Integrantes do Conselho da OAB/RN vão acompanhar investigação da operação ‘Dama de Espadas’

É destaque no Tribuna da Justiça:

Um grupo do Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional RN, irá acompanhar as investigações da Operação ‘Dama de Espadas’ no âmbito da Procuradoria da Assembleia Legislativa do RN.

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através da Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Natal e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), com apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã desta quinta-feira (20), a Operação Dama de Espadas, no afã de descortinar esquema estruturado no âmbito da Assembleia Legislativa do RN, através do qual uma refinada associação criminosa composta por alguns servidores públicos do órgão, com auxílio de um gerente do Banco Santander, se utilizavam de “Cheques Salário” como forma de desviar recursos em benefício próprio ou de terceiros.

Os desvios eram operacionalizados por meio de inserção fraudulenta de pessoas na Folha de Pagamento da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte para que fossem emitidos “cheques salários” em nome desses servidores fantasmas. Estima-se em R$ 5,5 milhões desviados.

http://tribunadajustica.com.br/integrantes-do-conselho-da-oabrn-vao-acompanhar-investigacao-da-operacao-dama-de-espadas/

Comentários:

  1. Macrio disse:

    Se bem me lembro, a AL resistiu muito em obedecer a lei da transparência e divulgar a folha de pagamento de seus servidores, a exemplo de como foi feio pelo Governo do Estado. Bruno, tem notícia se a lista de remuneração dos servidores da AL já está nos padrões legais de transparência?

  2. marcus paulo disse:

    Pessoal que mora em apartamento de luxo no alto da Candelária. Quero ver os nomes divulgados. Este blog com certeza não divulga, pois deve ter amigos na operação…. Duvido totalmente da publicação por este blog

    • bruno disse:

      Já está no post publicado caro Marcus Paulo. Nunca até hoje deixamos de divulgar nenhuma operação

  3. Rômulo disse:

    Será que foi por isso que nunca tornaram públicas as remunerações dos servidores da AL, como são públicas as dos servidores do poder executivo e do judiciário? Será esse o motivo de se manter a caixa-preta?

  4. carlos alexandre disse:

    OAB vai fazer oq? prestar assistencia juridica 0800 pros acusados?

  5. tributino o fino disse:

    Oxente tá cá peste, minino isso é mintira das grandes nam, num acriditu?

  6. Helio Motta disse:

    Na ALRN? Quem diria. Nunca pensei que isso pudesse acontecer por lá.

  7. Carvalho disse:

    É farra demais com o dinheiro do contribuinte.