Pastor molestou filho e enteado no ES antes de matá-los em fogo, conclui Polícia

Pais de meninos que morreram carbonizados após quarto pegar fogo em Linhares (Foto: Rafael Zambe/ TV Gazeta)

Por interino

A Polícia Civil concluiu que o pastor George Alves matou o próprio filho e o enteado em Linhares, na região Norte do Espírito Santo, segundo o inquérito policial divulgado nesta quarta-feira (23). A perícia aponta que o pastor molestou as crianças antes de cometer o homicídio. Ele está preso temporariamente e a Justiça decidiu prorrogar a detenção por mais 30 dias.

“O conjunto de indícios nos demonstra que, naquela madruada, o investigado, inicialmente, molestou as duas crianças, tanto filho biológioco Joaquim quanto o enteado Kauã, mantendo um ato libidinoso”, afirmou o delegado André Costa, de Linhares.

Para ocultar o ato, segundo o delegado, George violentou fisicamente as crianças, o que foi comprovado pelos vestígios de sangue no banheiro que o exame de DNA comprovou ser de Joaquim.

“Com as duas vítimas ainda vivas, porém desacordadas, o investigado os levou até o quarto, as colocou na cama e, utilizando um agente acelerador, ateou fogo nas crianças e no local, fazendo com que elas fossem mortas com o calor do fogo”, explicou Costa.

O delegado afirmou que eles os meninos morreram pela carbonização. “Isso tudo é comprovado pelo exame pericial. Isso porque ambas as crianças continham fuligem na traqueia e o exame demonstrou que elas ainda respiravam quando começou o incêndio”, afirmou.

O caso

Os irmãos Kauã Salles Butkovsky, de 6 anos, e Joaquim Alves Salles, de 3 anos, foram encontrados mortos no dia 21 de abril, na casa onde moravam em Linhares. Inicialmente, o pastor George Alves, que é pai de Joaquim e padrasto de Kauã, disse que os meninos morreram em um incêndio que atingiu apenas o quarto onde as vítimas dormiam.

Na residência, estava apenas o pastor e os meninos. A mãe das crianças, Juliana Salles, estava em um congresso em Minas Gerais com o filho mais novo do casal. Ela está em Linhares, não fala com a imprensa e não é investigada.

Depois de três perícias na casa da família e de ser interrogado duas vezes, o pastor teve a prisão temporária decretada por 30 dias, no dia 28 de abril. No dia 17 de maio, a polícia pediu a prorrogação da prisão e afirmou que George estava sendo investigado por homicídio.

No dia 22 de maio, foi o Ministério Público quem pediu à Justiça a prorrogação da prisão temporária do pastor.

Irmãos morreram carbonizados em incêndio em Linhares, no Espírito Santo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

O que disse o pastor no dia do incêndio

Dois dias depois da morte dos irmãos, o pastor George Alves, deu uma entrevista à imprensa contando detalhes sobre a sua versão do incêndio.

Na ocasião, ele disse que tentou entrar no cômodo para salvar as crianças pelo menos três vezes. “Escutei os choros, a gritaria, eles gritando ‘pai, pai’. Pus a mão na cama e queimei as mãos, mas não consegui pegar”, disse.

Segundo George, o fogo começou por volta das 2h. Ele contou que, ao colocar Joaquim para dormir, ligou o ar condicionado e a babá eletrônica, equipamento que monitora o que acontece no quarto das crianças.

“Por volta de umas 2h da manhã, escutei a babá eletrônica, os gritos deles, vi o fogo muito grande [através da babá eletrônica], corri desesperado, e a casa já não tinha energia. Eu empurrei a porta do quarto deles, que estava entreaberta, eu só havia encostado por causa do ar condicionado, entrei. Quando entrei, escutei os choros deles, a gritaria, eles gritando ‘pai, pai’. Pus a mão na cama, queimei as mãos, não consegui pegar”, lembrou George.

Ele afirmou que Kauã tinha descido da beliche onde dormia para tentar ajudar o irmão e se proteger. “Eles se abraçaram, eu não consegui, o fogo estava muito quente, queimei meus pés, minhas mãos. Eu saí, estava só de cueca, gritando. Comecei a desesperar, duas pessoas vieram e me tiraram da casa, eu tentei uma três vezes entrar para salvar mas já não ouvia mais a voz deles”, lamentou o pastor.

Relembre a cronologia do caso:

(mais…)

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. JC disse:

    Pastor do cão.

Juíza Federal Gisele Leite é reconduzida para coordenar o Centro de Conciliação da JFRN

Por interino

A Juíza Federal Gisele Leite foi designada para ser a coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania da Justiça Federal no Rio Grande do Norte. O ato da Presidência do Tribunal Regional Federal da 5ª Região foi assinado pelo Desembargador Federal Cid Marconi Gurgel de Souza, Vice-Presidente e atuando no exercício.

Cada Seção Judiciária da 5ª Região conta com uma coordenadora do CEJUSC. No caso do Rio Grande do Norte, a Juíza Federal Gisele Leite tem um amplo trabalho envolvendo a conciliação. Inclusive, ela, junto com o Juiz Federal Marco Bruno Miranda Clementino, foi vencedora com o projeto Avis no Prêmio Conciliar é Legal. O sistema AVIS, de gestão de audiências de conciliação, traz agilidade para as audiências no momento em que permite administrá-las.

Declaração anual do Microempreendedor termina em 31 de maio

Por interino

O Núcleo de Apoio Fiscal e Contábil (NAF) da faculdade Estácio promove um mutirão para preenchimento da Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN – SIMEI), que deve ser entregue até dia 31 de maio. A declaração é uma das obrigações e responsabilidades que o MEI deve apresentar anualmente à Receita Federal e diz respeito ao faturamento bruto do exercício do ano anterior, ou seja, do ano de 2017.

O serviço gratuito acontece de segunda a quarta, nas duas últimas semanas de maio, tendo iniciado no dia 21 de maio, sempre no horário das 15h às 18h. A equipe de alunos e professores está a postos para o atendimento no segundo piso do Shopping 10, localizado no Alecrim.

De acordo com Lyana Gurgel, professora de Contabilidade da Estácio Alexandrino e coordenadora do NAF, o documento serve para informar à Receita Federal que o microempreendedor segue operando e enquadrado como MEI. Nesta declaração não é pago ou restituído imposto, isto porque o MEI já tem a obrigação de pagar mensalmente o DAS (R$ 48,70 comércio e R$ 52,70 serviço), independentemente do faturamento.

“Muitos microempreendedores individuais não sabem que precisam fazer a Declaração Anual. Acham que é só abrir o CNPJ de MEI e pronto. Só sabem que estão irregulares quando descobrem o “nome sujo” no mercado, e não conseguem fazer um empréstimo ou abrir uma empresa”, relata a profissional. Além disso, há casos em que a pessoa abre o CNPJ e não recolhe o valor mensal do imposto, ficando em dívida com a Receita.

O teto de faturamento, até dezembro, era de R$ 60 mil. O valor foi ajustado para R$ 81 mil em janeiro. O novo limite, no entanto, só vale para a declaração que será enviada no ano que vem (2019). Quem tiver declarações atrasadas deve, primeiro, enviar as DASN antigas, em ordem cronológica, até habilitar o envio da declaração referente a 2017. Quem extinguiu o MEI em 2017 também precisa declarar.

Associação de caminhoneiros se reúne com governo para decidir futuro de greve

Por interino

A Abcam (Associação Brasileira de Caminhoneiros) participará de reunião na Casa Civil nesta quarta-feira (23) para decidir se manterá a greve que paralisa estradas pelo Brasil desde segunda.

A reunião acontece às 14h. Devem estar presentes o ministro dos Transportes, Valter Casemiro, o ministro da secretaria de governo Carlos Marun e o diretor geral da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Mário Rodrigues.

O presidente da associação, José Fonseca Lopes, divulgará os resultados do encontro e as decisões da categoria às 17h em Brasília.

Na manhã desta quarta-feira, as manifestações atingiam 23 estados, com 253 focos de protesto.

Os caminhoneiros pedem mudanças na política de reajuste dos combustíveis da Petrobras (medida que o governo refuta) e redução da carga tributária para o diesel (que está em negociação).

A nova política de reajustes, adotada pela Petrobras em julho do ano passado, é bem-vista por investidores por acompanhar o padrão adotado em outros países. Alterá-la agora seria interpretado como intervenção do governo na estatal.

Com essa nova política, os valores dos combustíveis sofrem alterações diárias que acompanham a cotação internacional do petróleo e a variação do câmbio.

Como o dólar e o preço do óleo tiveram repiques, o valor do diesel saltou. Em um mês, o litro do diesel na bomba subiu 4,9%, de R$ 3,42 para R$ 3,59, segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo).

Folha de São Paulo

 

São Paulo proíbe fabricar, vender e soltar fogos de artifício barulhentos

Montagem/ Lalo de Almeida/FolhaPress

Por interino

Muitos animais de estimação, crianças e idosos sofrem com a queima de fogos de artifício com efeitos sonoros e ruídos. Na manhã desta quarta-feira (23), o prefeito de São Paulo Bruno Covas sancinou o projeto de lei 01-00097/2017 que proíbe o manuseio, a utilização, a queima e a soltura desse tipo de explosivo com estampido em todo o município. O texto será publicado no Diário Oficial de quinta-feira (24).

Em caso de descumprimento, o infrator receberá uma multa de R$ 2.000,00 (dois mil reais), valor que será dobrado na primeira reincidência e quadruplicado a partir da segunda reincidência, dentro de um prazo de 30 dias.

Os fogos com efeitos apenas visuais continuam permitidos. A Prefeitura ainda deve definir como será a fiscalização.

R7

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Luiz Moreira disse:

    Totalmente apoiado. Ontem uma pequena procissão em homenagem a Santa Rita em Ponta Negra, com meia dúzia de pessoas, encheu a paciência de todos e infernizou a vida dos cães.

Justiça condena Maurício Marques por contratação irregular de mão de obra

Por interino

O Núcleo de Julgamento dos Processos que envolvem casos de improbidade administrativa e corrupção, referente à Meta 4 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), proferiu sentença condenando ex-prefeito, ex-secretários e membros da Comissão Permanente de Licitação de Parnamirim por irregularidades na contratação de mão de obra destinada ao Hospital Municipal Deoclécio Marques, em 2007.

A sentença reconheceu a prática de dispensa indevida de licitação para a contratação da empresa Conserge, de responsabilidade de José Geraldo da Cunha Dantas, irmão do então secretário do Gabinete Civil da Prefeitura de Parnamirim, Jorge Luiz da Cunha Dantas, para prestação de serviços de fornecimento de mão de obra com contratação de ASG e Vigilante para o Hospital Deoclécio Marques, quando a unidade de saúde foi inaugurada.

Ficou provado que houve fraude na apresentação de proposta de valores, reconhecendo-se superfaturamento, com a determinação de devolução do valor integral do contrato atualizado, alcançando o valor de R$ 1.060.326,40, de forma solidária entre todos os demandados.

Em relação às irregularidade, a sentença condenou o espólio de Agnelo Alves, ex-prefeito de Parnamirim, os ex-secretários daquele município, Maurício Marques dos Santos, Jorge Luiz da Cunha Dantas, Deoclécio Marques de Lucena Filho; os membros da Comissão Permanente de Licitação, Francisco das Chagas Rodrigues de Sousa, Einstein Pedrosa Maniçoba, Gutemberg Xavier de Paiva, Solange Cardoso de Oliveira e Karina Kátia Lima de Macedo Cavalcanti, além da além da empresa Conserge Administradora de Condomínios e Flats, e seus representantes, José Geraldo da Cunha Dantas, Carmem Dolores da Costa Dantas e Patrícia Cristina da Costa Dantas.

Foi determinada ainda a perda das funções ou cargos públicos ocupados pelos demandados, bem como suspensão imediata dos seus direitos políticos pelo prazo de oito anos, além de multa civil e proibição de contratar com a Administração Pública pelo prazo de cinco anos.

O Processo nº 0003826-77.2007.8.20.0124
TJRN

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. FRASQUEIRINO disse:

    Vamos aguardar o cumprimento da decisão. Direito de pergunta: Quem é, ou quem são os responsáveis pelo espólio do ex-prefeito Agnelo Alves?

Justiça dá liminares em 7 estados contra ato de caminhoneiros

Por interino

O governo federal ou concessionárias de rodovias conseguiram decisões liminares (provisórias) contra o bloqueio de vias ou aglomerações nos acostamentos em ao menos sete estados. Pelo 3º dia seguido, caminhoneiros protestam nesta quarta-feira (23) em vias estaduais e federais contra o aumento do óleo diesel.

Ao todo, a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com 17 ações contra os bloqueios. O órgão representa o governo federal na Justiça.

Segundo levantamento feito pelo G1, já foram concedidas liminares do tipo relacionadas a estradas da Paraíba, do Paraná, de Pernambuco, do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e São Paulo.

Cinco das decisões estão em vigor. Sobre uma delas, relacionada à Dutra (entre Rio e São Paulo), há divergência: a decisão trata apenas do dia 21 de maio, mas a concessionária diz que ainda está em vigor. O G1 tenta contato com a Justiça para esclarecer a questão.

Algumas dessas liminares estipularam multas em caso de descumprimento, mas até as 11h desta quarta não havia registro de nenhum valor aplicado.

Algumas decisões, como em Santa Catarina e em Pernambuco, a decisão impede o bloqueio total da pista – estratégia que tem sido evitada pelos caminhoneiros nesses locais. Em Pernambuco, os manifestantes acataram a determinação e liberaram o transporte de combustível de aviação. Na Paraíba, houve acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

No Rio Grande do Sul, por volta das 12h desta quarta, a PRF foi enviada para cumprir a decisão que impede bloqueios parciais ou totais. Os caminhoneiros se recusam a sair do acostamento.

Com informações do G1

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Kgb disse:

    kkkkkk…Temer meu Presidente. .queria gasolina a 5 reais…mas vc me surpreende outra vez e num "golpe " de sorte, já temos gasosa a 8 reais no Recife ..te amo…e aos trouxinhas tb..que tornaram tudo isso possivel

  2. joao gomes disse:

    eles tem o direito de fazer greve, o caminhão é deles, ninguém pode obrigá-los a trabalhar nessas condições.

  3. Carlúcio disse:

    Será que também vão proibir o aumento abusivo dos combustíveis.

Fachin autoriza comissão de deputados a visitar Lula na prisão

Por interino

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a inspeção de uma comissão de deputados federais à carceragem da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está preso desde o dia 7 de abril. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção por vantagem indevida que, no caso, foi um apartamento triplex em Guarujá (SP).

A autorização havia sido negada duas vezes pela juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba e responsável por supervisionar a execução da pena de 12 anos e um mês de prisão à qual Lula foi condenado. Ela disse não haver “necessidade” da visita, pois uma outra comitiva do Senado já havia inspecionado o local, em 17 de abril.

Após a negativa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), entrou no STF com uma ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF), alegando que a juíza violou o princípio de separação de Poderes, pois a Constituição, a lei e o regimento interno da Casa conferem aos deputados o direito de fiscalização e acesso a qualquer órgão público.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou contra o pedido, alegando que não poderia ter sido feito via ADPF. Fachin, porém, acolheu os argumentos de Maia e autorizou a visita da comitiva, composta por 12 deputados dos partidos PT, PSB, Psol, PC do B e PDT.

“Determino, para tanto, que o Juízo da 12ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Curitiba/PR, em comum acordo com a Coordenação da aludida Comissão, fixe dia, hora e demais condições, inclusive de segurança, que reputar adequadas ao implemento da medida”, escreveu Fachin.

Agência Brasil

 

Comissão de Finanças da AL aprova contas de Robinson

Por interino

A prestação contas da administração do Governador Robinson Faria (PSD), referente ao exercício de 2016 foi aprovada pela Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) em reunião realizada na manhã desta quarta-feira (23). Em relatório encaminhado à Assembleia Legislativa, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) aconselhava, por unanimidade, que as contas fossem rejeitadas.

A matéria tinha recebido pedido de vista pelo deputado Mineiro Lula (PT), na reunião da semana passada, após o relatório do deputado José Dias (PSDB), favorável à aprovação das contas.

“O Tribunal de Contas fez o seu papel. A maioria da Comissão votou pela aprovação das contas, acompanhando o voto do relator da matéria, mesmo depois do voto vista do deputado Mineiro, que votou contra a aprovação da matéria”, disse o deputado Tomba Farias (PSDB), presidente da Comissão de Finanças e Fiscalização.

Em seu voto, Mineiro disse que o processo tem para o Rio Grande do Norte, e em especial para a Assembleia Legislativa, natureza paradigmática, “porque pela primeira vez na história do nosso Estado o Tribunal de Contas emitiu parecer prévio recomendando a rejeição das contas do Governador do Estado, referente ao exercício de 2016”.

A matéria segue agora para o Plenário da Assembleia para a votação final. De acordo com o parágrafo 7º do artigo 282 do Regimento Interno, “na terceira sessão subsequente à distribuição dos avulsos, a matéria será incluída na ordem do dia do Plenário”.

De acordo com o deputado, independentemente do posicionamento da Casa, mais especial da Comissão de Finanças em relação ao parecer prévio do TCE caberia adotas as medidas preventivas, reparadoras e de resguardo ao processo de orçamentação estadual. Todos os deputados da CFF concordaram que são importantes as medidas sugeridas.

Na reunião foram aprovadas ainda três Projetos de Lei. Um deles foi 08/2018, que trata do aumento de suplementação de verbas do Orçamento Geral do Estado. O governo pedia para aumentar o percentual de 10% para 20%, mas a Comissão apresentou uma emenda e o percentual autorizado ficou em 17%.

O Projeto de Lei Complementar 14/2018, que dispõe sobre o Sistema Integrado de Controle Interno do Poder Executivo, cria as atividades de ouvidoria e corregedoria, no âmbito da controladoria Geral do Estado.

O outro foi o Projeto de Lei Complementar 10/2018 que dispõe sobre os servidores estabilizados pela Constituição Federal, do quadro de Pessoal do Poder Judiciário.

Participaram da reunião os deputados Tomba Farias, José Dias (PSDB), Galeno Torquato (PSD), Mineiro Lula, e Getúlio Rêgo.

VÍDEOS: Ônibus intermunicipais aderem a protesto e seguem para BR na Grande Natal para encontro com caminhoneiros

Por interino

Protesto dos caminhoneiros contra aumento de combustíveis ganhou reforço na manhã desta quarta-feira(23) dos ônibus intermunicipais, que deixaram a rodoviária na capital potiguar para deslocamento até a BR-101, em Parnamirim.

Vídeo 1 abaixo: cedido

Vídeo 2 abaixo: Kelly Amorim Matoso

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno de Lira Alves disse:

    Só há um jeito para o Brasil: exterminar todo o seu povo e colocar um casal de japonês nesse país escroto.

  2. Antonio Turci disse:

    O Brasil é uma piada. Senão vejamos: 1) Optou pelo transporte rodoviário, mas tem as piores estradas do mundo; 2) É superavitário na produção de petróleo, mas tem os combustíveis mais caros do planeta. Agora entenda esta contradição!!!!!!!

  3. Carlos Bastos disse:

    Eu quero que chegue a 10,00 o litro, kkkkkkkk

  4. Sergio disse:

    Vou nada !!! preciso trabalhar, temos que protestar em outubro na hora do voto !!

  5. Armando Cruz de madeira disse:

    Se o PT tivesse no poder a gasolina tava custando uns R$ 10,00 o litro.

    • Sergio disse:

      Por que? Não era o Senador José Agripino que reclamava porque o PT segurava o preço dos combustíveis superficialmente prejudicando os acionistas da Petrobras? Você pode até culpar o PT pela quebradeira da Petrobras, mas os aumentos nos combustíveis é obra do Temer e do Pedro Parente!

    • Gabriel Vieira disse:

      Ufa, então devemos ficar aliviados, não é?

    • Leo disse:

      O coxa esquece q na epoca de Dilma o barril chegou a 140 dólares (hoje é 80) e o preço nao chegou nem a 4 reais. Os coxas q foram atrás do pato ficaram loucos e hoje, como mau caracteres q são, continuam culpando o PT mas sabem q a culpa é deles q colocaram uma verdadeira qusdrquadrilha no governo.

  6. Sinceridade disse:

    Pense num povo que sabe protestar. Aí quem por exemplo precisa ir ao médico em Natal, não conseguirá passar. Por que não vão protestar em frente às assembléias, câmaras?

  7. Lorena Galvão disse:

    VAMOS ADERIR TAMBEM, NOS QUE TEMOS AUTOMOVEL DE PASSEIO

    • Paulo disse:

      Concordo!!!!

      Se todos nos aderirmos vamos ter preco de gasolina igual ao que a petrobras vende para o paraguai. E nao precisa muito, basta 1 semana sem abastecer.

FOTOS: Operação Malvinas efetua prisões e apreende drogas e armas em Mossoró

Por interino

Uma ação conjunta do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e da Polícia Militar foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (23), com o objetivo de combater a criminalidade na região conhecida como Malvinas, na cidade de Mossoró. A operação Malvinas cumpriu seis mandados de busca e apreensão em residências da região. Investigações do MPRN concluíram que os locais serviam para armazenar drogas e armas utilizados na atividade criminosa.

A ação resulta de uma investigação da 6ª Promotoria de Justiça Criminal de Mossoró, com apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), órgão do MPRN, e foi iniciada após a ocorrência de uma série de atos de violência na região.

Além do cumprimento dos mandados de busca e apreensão, a operação Malvinas apreendeu um adolescente por posse de arma de fogo, sendo uma espingarda calibre 12, e prendeu quatro pessoas em flagrante com dinheiro fracionado. Houve ainda a apreensão de 44 “pedras” e um tablete de 200g de crack; e 4,5kg de maconha e mais 26 “trouxinhas”. Foram também encontradas anotações que evidenciam vinculação dos suspeitos com organização criminosa.

As investigações prosseguirão no âmbito do Ministério Público e da Polícia Civil para fim de individualização das condutas.

Federação Nacional prevê falta de combustíveis a partir desta quarta

Caminhoneiros bloqueiam faixas da Rio-Teresópolis (RJ) na manhã desta quarta. FOTO: THIAGO RIBEIRO/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO – 23.05.2018

Por interino

O protesto dos caminhoneiros contra tributos no diesel que elevam os custos para a categoria entrou no terceiro dia nesta quarta-feira (23), ameaçando o abastecimento de combustíveis em postos e aeroportos a partir de hoje.

“Os postos têm capacidade de armazenamento em média de três dias. Parece que já tem revendedor com os estoques no final. A partir de hoje provavelmente a situação se agrava”, afirmou hoje o presidente da Fecombustíveis (Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes), Paulo Miranda Soares.

O protesto dos caminhoneiros ocorreu em mais de 20 Estados do país na terça-feira e continua nesta quarta-feira, conforme a associação que organiza o movimento dos caminhoneiros autônomos do país, a Abcam.

Segundo o presidente da Fecombustíveis, que representa os postos de abastecimento no país, “em vários locais os caminhões-tanques não estão conseguindo passar” para abastecer postos e distribuidoras.

Rio de Janeiro tem situação mais complicada

De acordo com o diretor da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), Aurélio Amaral, há bloqueios em polos de distribuição, estocagem e mistura de diesel e biodiesel em alguns pontos do país, mas a situação é mais delicada no Rio de Janeiro.

Por isso, a ANP vai suspender temporariamente na quarta-feira e quinta-feira a mistura de 10% de biodiesel no diesel comercializado para atender grandes consumidores no Rio de Janeiro.

Um dos principais polos de biodiesel que atendem a capital fluminense está situado perto da Refinaria Duque de Caxias. Com os bloqueios nas estradas brasileiras, há dificuldades para a chegada do produto, que vem principalmente do Centro-Oeste do país.

“A situação ficou um pouco delicada no Rio com bloqueio nas bases e não se consegue escoar a saída do combustível. Vamos adotar medidas excepcionais para mitigar os riscos, tal como liberar a venda de diesel sem biodiesel em polos mais críticos”, disse Amaral à Reuters.

“Autorizamos serviços essenciais e frota rodoviária na flexibilização”, adicionou.

A ANP já entrou em contato com as principais distribuidoras do setor para alertar que esse “waiver” é válido para grandes consumidores da cidade do Rio de Janeiro como barcas e empresas de ônibus.

“Estão saindo os ofícios para Raízen, BR Distribuidora e Ipiranga. Será concedido ‘waiver’ para os dias 23 e 24, com base em tabelas informadas pelas distribuidoras”, esclareceu a agência.

Se não houver dissolução dos bloqueios, a ANP avalia renovar a autorização.

Já o sindicato dos postos de combustíveis do Rio de Janeiro anunciou na noite de terça-feira que o abastecimento de combustíveis aos postos está prejudicado e que “caso a situação não seja normalizada nas próximas horas poderá haver falta de produto, ao consumidor, nos postos do município do Rio de Janeiro”.

Os sindicatos das empresas de ônibus da cidade e do Estado também informaram que os passageiros poderiam ser afetados pela manifestação com redução da frota a partir desta quarta-feira.

Demais Estados

Amaral, da ANP, alertou ainda para problemas no fornecimento de querosene de aviação para os terminais de Brasília e de Pernambuco, dizendo que a única solução seria o “uso da força policial” após serem esgotadas as negociações.

Para tentar colocar um fim nas manifestações, que estão paralisando também unidades produtoras de carnes e prejudicando o escoamento de produtos como soja, o governo está sinalizando redução de tributos.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou na noite de terça-feira que será incluída uma redução de PIS/Cofins para o óleo diesel no texto do projeto de lei da reoneração da folha de pagamento, como forma de reduzir os preços do combustível.

A medida se soma ao anúncio feito pelo governo na terça-feira de que fechou um acordo com o Congresso para usar os recursos obtidos com a reoneração da folha de pagamento de alguns setores da economia para zerar a Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre o diesel.

Representantes dos caminhoneiros têm reunião com a cúpula do governo na tarde desta quarta-feira.

Os protestos continuam em várias rodovias brasileiras, entre elas a Dutra e a BR-163, importante para o escoamento da safra de Mato Grosso.

R7, com Reuters

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. joao gomes disse:

    acho é pouco, tomara que falte até comida pra ver se o brasileiro relaxado se movimenta contra esses políticos malditos!

  2. Lorena Galvão disse:

    VAMOS PARAR ESTE PAIS DA CORRUPÇÃO, CADA UM FAZER SUA PARTE, NÃO VAMOS ABASTECER, ENCHER O TANQUE E O QUE ELES QUEREM, VAMOS PARAR DE RODAR, QUANDO ACABAR MINHA GASOLINA VOU ANDAR A PE OU BICICLETA, ATE BAIXAR, E UMA VERGONHA PARA ONDE MANDAMOS A GASIOLINA CUSTA 1, 45, E NOS QUE TEMOS O PRODUTO PAGAMOS CINCO, ESTA CLARO O ROUBO DESDES VERMES POLITICOS, E NÃO VAMOS MAIS PAGAR POR ELES

    • renata disse:

      Já passou da hora de pararmos essas roubalheiras sem fim…mas, nunca é tarde para darmos o troco aos políticos corruptos.

  3. Ramon Davi disse:

    #VIVAAAA
    #QUERO GASOLINA A DOIS REAIS
    #ANO DE ELEIÇÃO PODE TUDO KKKK

JÁ VIU DE TUDO? Expulso de casa pelos pais, americano de 30 anos diz que vai recorrer

Por interino

Foto: Douglass Dowty / AP

Expulso de casa pelos pais, Michael Rotondo, de 30 anos, diz que vai recorrer da decisão judicial que o despejou da residência da família. Mark e Christina Rotondo recorreram à Justiça depois de enviarem cartas de ultimato ao filho, que não ajudava nas despesas e tarefas domésticas. Apesar de não haver brigas, os parentes nem se falam.

Segundo o site “Syracuse”, o morador evicto da casa de Camillus contestou a deliberação do juiz da Suprema Corte do condado de Onondaga Donald Greenwood e convocou os repórteres para apresentar sua defesa no processo. Ele alega que, conforme um caso similar precedente, tem direito a mais seis meses na casa dos pais até ser expulso.

Greenwood ouviu o pleito do réu, mas corrigiu o argumento com base no julgamento mesmo caso. Segundo o juiz, a corte de apelação revisou a decisão e negou que parentes tenham tratamento especial, salvo em circunstâncias raras. O magistrado ainda mostrou uma cópia do julgado citado por Rotondo, que não desistiu da sua versão.

Questionado pelos repórteres se gastaria o mesmo tempo que gastou na busca por argumentos legais na procura busca por uma nova casa, Rotondo frisou que não está pronto para deixar a residência da família. Ele negou que more em um porão e destaca que os pais não o fornecem alimentos nem lavanderia.

O juiz decidiu que os pais podem entrar com um pedido de despejo para o filho e prometeu assinar o pleito. Não foi fixado prazo para a expulsão, que deve ser concluída “em tempo razoável” para o réu arrumar sua vida. Michael Rotondo diz que não tem para onde ir.

Depois de falar com a imprensa, Rotondo deixou o tribunal rumo à casa da família.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno de Lira Alves disse:

    Virou moda falar mal do PT e, notadamente, do maior presidente que este país já teve… Falar mal de Lula e do Partido dos Trabalhadores virou fetiche de psudointelectuais, pseudorricos e de pseudossábios; mas esse que tentam enegrecer a imagem do metalúrgico que chegou à presidência (algo que jamais vocês sonharam em estar), na verdade, não passam de idiotas, ludibriados pela pesudodireita brasileira e pelo Moro, (protagonista da maior encenação já realizada no país do futebol e do samba) fantoche dos Estados Unidos: não são raras as notícias de que o famigerado magistrado está no país do Trump, explicando-se e e recebendo orientação do país que nunca quis ver uma nação sul-americana sair do buraco, do caos!… Parabéns a você que fala mal de Luís e do partido dele… Tenho quase certeza de que o seu carro (se tiver) está na garagem, ou coberto por aquele saco prateado, que protege do sol e do sereno, quando o veículo passa a noite na calçada! Pergunta: já pagou a parcela do financiamento este mês?

  2. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Verdade. PTista, esquerdista, populista, generalista, motorista, eletricista, ista, ista, ista ista, ista, ista, ista ista logo aonde. Concordo que seja todos esses istas ai.

  3. EDU disse:

    Deve ser Petista, então saia de casa vagabundo, e vá morar no acampamento do MST ou, no acampamento perto do LULALADRÃO…

  4. gust disse:

    Esse rapaz deve ser petista. Some-se à fileira da esquerda e exija que o governo banque as suas despesas! No Brasil dá certo!

BALANÇO DA MANHÃ: BRs no RN permanecem com bloqueios em protesto de caminhoneiros contra alta do diesel

Por interino

Encontram-se interditas as BRs 101 em Parnamirim, 226 em Santa Cruz, 304 em Mossoró e 427 em Currais Novos. A Polícia Rodoviária Federal destaca que o bloqueio é realizado apenas para caminhões. Os demais veículos continuam com o trânsito livre.

Com o trânsito lento nos trechos, equipes da PRF se encontram nos locais.

Veja mais: Em adesão a protesto contra aumento do diesel, motoristas de ônibus intermunicipais cancelam viagens no RN

VÍDEO: Sob aplausos e apresentado como corajoso campeão de justiça, Sergio Moro recebe título honorário em universidade dos Estados Unidos

Por interino

O juiz Sergio Moro recebeu no último domingo (20), o título de Doutor em Direito honoris causa pela Universidade de Notre Dame, nos Estados Unidos. Moro já havia sido homenageado pela instituição em 2017, quando recebeu um prêmio concedido a pessoas que são “pilares de consciência e integridade, cujas ações beneficiaram seus compatriotas”.

Sergio Moro recebeu a honraria pelo seu trabalho durante a cerimônia de graduação da turma de 2018. O juiz foi convidado a fazer o discurso inicial e exaltou os trabalhos prestados pela Operação Lava Jato, que foi capaz de julgar e condenar empresários e políticos influentes no Brasil.

“Como resultado, mais de 157 pessoas foram condenadas por corrupção e lavagem de dinheiro, dentre eles empresários das maiores empresas de construção do País, executivos da Petrobras, parlamentares, um ex-governador, um ex-ministro da Fazenda, um ex-presidente da Câmara dos Deputados e até um ex-presidente”, afirmou o juiz federal.

No discurso, o juiz afirma que seu trabalho foi influenciado por nomes, como o do italiano Givoanni Falcone que condenou membros da máfia da Scicilia. Ele também citou o combate à corrupção americana, elaborada por um ex-aluno de Notre Dame.

“Esforços valem a pena. Todos os brasileiros têm esperança de que, no fim, nós teremos uma economia forte e uma democracia com mais integridade e com uma melhor qualidade. Não queremos ser conhecidos como o País da propina, mas como uma forte e moderna democracia, com a regra da lei”, finalizou Sergio Moro.

De acordo com o presidente da universidade, John Jenkins, o magistrado foi escolhido para ser o orador por ser um exemplo claro de alguém que vive os valores e que luta pela justiça sem medo ou favor.

Com informações do IG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bruno de Lira Alves disse:

    Moro: tão somente um fantoche do país mais poderoso do mundo. Essas premiações que o famigerado magistrado tem recebido com frequência lá é apenas uma encenação: Ele, o juiz, vai todo mês explicar-se, assim como receber instruções de como dar continuidade na maior teatralização já realizada neste país. Lima Duarte, Fernanda Montenegro, Tarcísio Meira e Francisco Cuoco perdem feio para os integrantes da Operação Lava-Jato. Com a descoberta do Pré-Sal, ou seja, com a possibilidade de o Brasil sair do buraco, foi feito um estratagema para que o país de Neymar continuasse como sempre foi: um país submisso e subdesenvolvido. O país de Trump nunca quis ver um país sul-americano independente, rico… A famosa guerra do Paraguai é uma prova disso: o Brasil, sustentado pelos americanos, praticamente dizimou a população paraguaia e aniquilou a sua promissora ascensão como um país desenvolvido e independente! Vão estudar, batedores de penelas…

  2. Carlos disse:

    Lula tem 32 títulos destes, todos de universidades americanas e europeias. Essas universidades são petralhas?

    • Uthred Bebaburg disse:

      Só recebeu #lulalivre queria ver #lulapreso receber.
      E tenho certeza que se fosse possível pediriam de volta.

    • Helio Mota disse:

      Procure um especialista que isso tem cura.

  3. Antonio Pessoa. disse:

    Uma pena Nilvan, vc ainda pensar assim, esquece os petralhas, que vc Vera q o serviço tá sendo feito, é pouco, mas alguém tinha q começar.

  4. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    O Poder Judiciário (Sérgio Moro) tem sido PARCIAL quando o assunto é fazer justiça. É isso que a população percebe. As últimas pesquisas dão conta que a população está ligado em tudo. Pesquisa identificou que 90,3% da população pesquisada afirmaram que o poder judiciário não trata todos de maneira igual. FONTE: http://midianinja.org/news/mais-de-89-dos-brasileiros-desconfiam-do-poder-judiciario-do-brasil/

    • Beto disse:

      Faça uma pesquisa pra saber qual o grau de satisfação com o trabalho do moro, tanto que todos os políticos, de todos os partidos, não querem ser julgados por ele. Viva moro!

Protesto de caminhoneiros na BR-226, em Santa Cruz, tem previsão de liberação de rodovia somente para fim da tarde

Por interino

A Polícia Rodoviária Federal(PRF) informa que em Santa Cruz/RN, na BR 226, km 108, ocorre nesta quarta-feira(23) uma interdição parcial com previsão de liberação às 18h, em virtude de MANIFESTAÇÃO DE CAMINHONEIROS, que reivindicam diminuição no preço do combustível. Na ocasião, estão sendo liberados veículos pequenos e não há desvio no local.