Um deputado de SP na cruzada contra a masturbação

Marcelo Aguiar, deputado federal pelo DEM de São Paulo, entrou numa cruzada contra a pornografia e a masturbação. Apresentou um projeto à Câmara propondo que as operadoras telefônicas criem uma maneira de vetar “conteúdos de sexo virtual, prostituição e sites pornográficos”.

Na justificativa ao projeto, Aguiar diz que há “viciados em conteúdo pornô e na masturbação”. Explica o deputado na justificativa do projeto: “Estudos atualizados informam um aumento no número de viciados em conteúdo pornô e na masturbação devido ao fácil acesso pela internet e à privacidade que celular e o tablet proporcionam.

Os jovens são mais suscetíveis a desenvolver dependência e já estão sendo chamados de autossexuais – pessoas para quem o prazer com sexo solitário é maior do que o proporcionado, pelo método, digamos, tradicional.”

Lauro Jardim – O Globo

COMENTE AQUI

Bruno  05/01/2017

O que tem de crianças morrendo vitima da violência urbana e tantas outras coisas maléficas e esse viado tá preocupado com os punheteiros! - Responder

Ramos CS  05/01/2017

Tem fundamento sim, a campanha do deputado o caso é sério, há quem leve este assunto na brincadeira, talvez se o deputado tivesse proposto o incentivo ao aborto em qualquer circunstância, talvez tivesse todo apoio, mais como é algo que vai contra boa parte dos masturbadores o deputado é ridicularizado. - Responder

Rogério Diniz  05/01/2017

Excelente resposta, caro amigo lusitano... - Responder


+ Ver todos os comentários