Judiciário

Alexandre de Moraes determina que Roberto Jefferson volte ao presídio após período internado em hospital

Fotos: Agência Brasil | STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou, nesta quarta-feira (13), que o ex-deputado federal Roberto Jefferson retorne à unidade prisional onde ele estava preso antes de ser internado para passar por uma cirurgia.

Jefferson estava preso no presídio de Bangu 8 desde agosto. Em setembro, o ex-deputado foi encaminhado ao Hospital Samaritano da Barra da Tijuca para tratamento médico.

“Diante do exposto, comprovada a efetiva alta hospitalar, DETERMINO o imediato retorno de ROBERTO JEFFERSON MONTEIRO FRANCISCO à unidade prisional em que se encontrava custodiado, devendo o Hospital Samaritano Barra enviar a documentação pertinente imediatamente a esta CORTE.

O custodiado deverá ser escoltado pela Polícia Federal, com a devida retirada da tornozeleira eletrônica.

Comunique-se à Polícia Federal e à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária do Estado do Rio de Janeiro, inclusive por vias eletrônicas, para cumprimento imediato.

Intimem-se a Procuradoria-Geral da República, o Hospital Samaritano Barra e os advogados do denunciado, inclusive por vias eletrônicas.”

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Seja qual for seu espectro político, não silencie nem apoie a injustiça. Esse mal volta pra sociedade. Volta pra você.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro diz que Guedes fica até o fim: “Vamos sair juntos”

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou neste domingo (24) que o ministro Paulo Guedes (Economia) permanecerá no cargo até o fim de seu governo.

“A gente vai sair junto, fica tranquilo. Bem lá na frente”, disse o chefe do Executivo em entrevista a jornalistas no Parque de Exposições da Granja do Torto, em Brasília, ao lado do ministro.

Guedes chegou a ser criticado por parlamentares E membros do primeiro escalão do Governo por sua atuação na economia. Na semana passada, a imprensa nacional chegou a noticiar que ele sairia do governo Bolsonaro.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Deputada do Psol entregará relatório da CPI da Covid à ONU e associa Bolsonaro à extrema direita: “perigo para o planeta”

A deputada Fernanda Melchionna (Psol-RS) foi escolhida pela CPI da Covid para ir ao Alto Comissariado da ONU, em Genebra, entregar o relatório final da comissão. O documento pede o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro e mais 65 pessoas, entre elas, membros do governo, parlamentares e agentes da saúde.

A deputada deve participar da reunião do colegiado no dia 26 de outubro, quando ocorre a votação do relatório. Melchionna foi convidada à Suíça pela organização The Left para participar do grupo de trabalho intergovernamental da ONU. A deputada trabalha na elaboração de um tratado das Nações Unidas.

“Estou levando em mãos o relatório final CPI para entregar ao Alto Comissariado para DH da ONU. Em Genebra vamos alertar que Bolsonaro, como um dos principais representantes da extrema-direita, é um perigo para todos os países o planeta”, escreveu mas redes sociais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF racha sobre investida contra procuradores e teme impacto no Judiciário

Com destino ainda incerto na Câmara dos Deputados, a proposta que altera a composição do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) e amplia o poder do Congresso sobre o órgão divide os integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal).

Nos bastidores, ministros críticos aos métodos da Lava Jato demonstram apoio à PEC (proposta de emenda à Constituição) que aumenta o número de indicados por Câmara e Senado na composição do órgão. Já outra ala do tribunal diz acreditar que as alterações são inconstitucionais.

Uma questão que tem sido discutida em conversas reservadas é até que ponto as alterações no CNMP podem impactar no CNJ (Conselho Nacional de Justiça), órgão equivalente do Judiciário e que é chefiado pelo presidente do Supremo.

Folhajus/Folha de S.Paulo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Facebook e Instagram derrubam live em que Bolsonaro associou Aids a vacina da Covid

Na noite deste domingo (24), o Facebook derrubou a live semanal do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) transmitida na última quinta-feira (21).

O vídeo não está mais disponível nem no Facebook nem no Instagram. De acordo com porta-voz da companhia, o motivo para a exclusão foram as políticas da empresa relacionadas à vacina da Covid-19. “Nossas políticas não permitem alegações de que as vacinas de Covid-19 matam ou podem causar danos graves às pessoas.”

Em sua live semanal, Bolsonaro leu uma suposta notícia que alertava que “vacinados [contra a Covid] estão desenvolvendo a síndrome da imunodeficiência adquirida [Aids]”. Médicos, no entanto, afirmam que a associação entre o imunizante contra o coronavírus e a transmissão do HIV, o vírus da Aids, é falsa e inexistente.

Folhapress

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Fiocruz avaliará combinação de CoronaVac e AstraZeneca contra Covid-19

Foto: Michel Alvim/Secom-MT

Em fevereiro, profissionais de saúde que haviam recebido a primeira dose da CoronaVac foram vacinados com a segunda dose da AstraZeneca em Porto Velho, capital de Rondônia. Ao saberem disso, pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) começaram a investigar os efeitos da vacinação trocada. No Brasil, cerca de 16 mil casos desse tipo foram registrados na Rede Nacional de Dados em Saúde até abril.

Por isso, a Fiocruz anunciou que irá realizar um estudo sobre os efeitos da imunização com combinações das vacinas CoronaVac e AstraZeneca, que são produzidas no Brasil.

Financiado pelo Departamento de Ciência e Tecnologia do Ministério da Saúde (Decit/MS), o estudo abrangerá as cinco regiões do país e contará com a participação de sete unidades da Fiocruz.

“Ainda não há dados publicados sobre a intercambialidade das vacinas CoronaVac e AstraZeneca”, afirma, em comunicado, Adriana Vallochi, coordenadora do projeto pioneiro e pesquisadora do Laboratório de Imunofarmacologia do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz). “Os resultados do projeto devem esclarecer se os protocolos com combinação dessas vacinas induzem proteção e a duração da imunidade. Essas informações podem contribuir para o planejamento do Programa Nacional de Imunizações (PNI), apontando esquemas mais efetivos e permitindo a substituição de vacinas caso haja falta de doses de um dos imunizantes.”

Os principais objetivos da pesquisa serão avaliar a imunogenicidade — ou seja, a capacidade de estimular a resposta imune — e a segurança das combinações das vacinas. Para isso, serão acompanhados 1,4 mil voluntários, que serão divididos em cinco grupos: vacinados com CoronaVac na primeira dose e AstraZeneca, na segunda; com AstraZeneca, na primeira aplicação, e CoronaVac, na segunda; com os esquemas regulares de duas doses dessas vacinas; e não vacinados.

Galileu

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Vendaval no Paraná danifica 939 casas, desliga turbinas de Itaipu e deixa milhares sem energia elétrica

Foto: Divulgação/Copel

Uma forte chuva atingiu ontem (23) diversas cidades do Paraná e causou estragos em pelo menos 939 casas, segundo a Defesa Civil. Hoje, de acordo com informações da Copel (Companhia Paranaense de Energia), 253,6 mil imóveis ainda estão sem energia.

Segundo informações do MetSul Meteorologia, o Aeroporto de Foz do Iguaçu chegou a registrar ventos de 80 km/h. No oeste do estado, os ventos passaram de 100 km/h.

O vendaval foi registrado em ao menos 18 municípios do estado. Até o momento, não houve notificações de pessoas feridas ou mortas.

Ao todo, 384 pessoas foram atingidas e 32 desalojadas — destas, 16 estão em abrigos provisórios. A Copel afirmou ter recebido 7.600 registros de ocorrências e que suas equipes de manutenção e emergência estão nas ruas desde sábado.

“O Noroeste é a região mais prejudicada no momento, contabilizando 123,7 mil unidades consumidoras sem energia e 2.200 ocorrências para atendimento. Pelo menos 127 postes quebraram na região, por conta da queda de árvores e dos ventos fortes”, informou a companhia.

5 turbinas de Itaipu foram desligadas

As chuvas interromperam também a operação de linhas de transmissão que conectam a usina hidrelétrica binacional de Itaipu ao SIN (Sistema Interligado Nacional), desligando automaticamente, por segurança, cinco das 20 turbinas da usina.

Em função da diminuição na geração, houve redução da afluência e, também, do nível do rio Paraná à jusante da usina, ou seja, na parte mais baixa.

Como o Acordo Tripartite, do qual fazem parte o Brasil, Paraguai e Argentina, impõe limites de variação nos níveis do rio Paraná, foi necessário abrir o vertedouro da usina às 14h30, para compensar temporariamente a variação de afluência sofrida com o desligamento das cinco unidades geradoras, informou Itaipu em nota.

Segundo a hidrelétrica, o temporal não trouxe qualquer impacto para as instalações da usina de Itaipu, que segue operando normalmente, com total disponibilidade de potência e energia.

UOL

 

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: PRF resgata dezenas de aves silvestres em cidades do interior do RN

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou neste domingo (24) o resgate de dezenas de aves silvestres em duas cidades do interior do Rio Grande do Norte. Os policiais também encontraram tamanduás e tatus mortos. As ações aconteceram em João Câmara e em Jandaíra.

De acordo com o órgão federal, 78 aves foram encontradas em uma casa na altura do Km 114 da BR-406, próximo à entrada da Lagoa do Serrote, em João Câmara. As outras aves foram localizadas no Km 52 da BR-406, em Jandaíra.

Além das aves, as ações encontraram ainda quatro pebas, dois tacacas e dois tamanduás-mirins. A PRF não informou se as apreensões resultaram em prisões de suspeitos.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Cinco brasileiros presos com ‘arsenal de guerra’ são expulsos do Paraguai pela Ponte da Amizade

Foto: Marcos Landim/RPC

Cinco brasileiros que foram presos em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na região de fronteira por Mato Grosso do Sul, foram expulsos do país ao Brasil, neste domingo (24), pela Ponte Internacional da Amizade, que liga Cidade do Leste, no Paraguai, a Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Os suspeitos foram presos, no sábado (23), após serem encontrados com um “arsenal de guerra”, de acordo com os oficiais paraguaios.

VEJA MAIS: Cinco brasileiros são presos com ‘arsenal de guerra’ no Paraguai

Eles foram levados de avião, de Pedro Juan Caballero a Cidade do Leste, pela Polícia Nacional do Paraguai.

Foto: Polícia Nacional do Paraguai/Divulgação

Em seguida, foram entregues para as autoridades brasileiras diante de um grande esquema de segurança, em que a Ponte da Amizade foi bloqueada. Os suspeitos foram levados para a sede da Polícia Federal (PF), em Foz do Iguaçu.

Organização criminosa

De acordo com o policial do Paraguai Fernando Ruiz, os presos fazem parte de uma organização criminosa que atua nos dois países.

O arsenal de guerra encontrado com os criminosos era usado para dar suporte ao tráfico. As armas e drogas eram enviadas principalmente ao interior de Minas Gerais.

“Eles estavam de alguma forma garantindo a rota do tráfico de drogas e de armas para essa organização criminosa, nesse ponto do Paraguai com conexões com o Brasil.”

A polícia paraguaia também afirma que todas as armas foram periciadas e não encontraram indícios de que foram usadas em crimes investigados no Paraguai.

As Polícia Nacional do Paraguai informou que todos devem responder por crime organizado.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 187 mortes e 6,2 mil novos casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil neste domingo (24):

– O país registrou 187 óbitos nas últimas 24h, totalizando 605.644 mortes;

– Foram 6.204 novos casos de coronavírus registrados, no total 21.729.763.

O Ministério da Saúde calcula que 20.907.224 pessoas já se recuperaram da covid-19. Outras 216.895 estão em acompanhamento.

A Média Movel de Casos é de 12.186 e está em alta de +24,27% em relação a 7 dias atrás e em queda de -20,80% em relação a 14 dias atrás.

A Média Móvel de Óbitos é de 337 e está em alta de +4,01% em relação a 7 dias atrás (324) e em queda de -23,06% em relação à 14 dias atrás (438).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

SÉRIE D: ABC perde para a Aparecidense-GO no jogo de ida da semifinal

Imagem: ElevenSports/reprodução

O ABC perdeu por 4 a 2 para a Aparecidade-GO no primeiro confronto pela semifinal da Série D. A partida aconteceu no Estádio Aníbal Toledo, na cidade de Aparecida de Goiânia.

O Mais Querido até saiu na frente com um gol de Suélinton aos 17 minutos e vencia a partida até os 44 minutos do primeiro tempo, quando sofreu o empate. Robert, de cabeça, deixou tudo igual.

A virada do time goiano aconteceu aos 11 minutos da segunta etapa, com um gol de Rafa Marcos. Logo depois, os donos da casa marcaram o terceiro com Alex Henrique. O ABC diminuiu com Allan Dias aos 22 minutos, mas sofreu o quarto gol aos 40, Samuel fez para o time de Goiás.

As equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (31), no Frasqueirão, às 16h. O Mais Querido precisa de uma vitória por três gols de diferença para chegar à final. Uma vitória do ABC por dois gols de diferença leva a partida para os pênaltis.

Opinião dos leitores

  1. A burrinha caiu de quatro para a Aparecidense, o placar moral do jogo era para ter sido 6×2 pois anularam dois gols da Aparecidense.

    1. Esse despeitado para o ano vai continuar na D graças á burrinha

    2. Azevedo teu time só está na serie D do ano que vem, por causa da burrinha, por outra, como vcs estão na copa do nordeste começa kkkkkkkkkk.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *