Política

Apoio de vereadores de São Gonçalo a Rafael Motta gera dúvida quanto a posição de prefeito do PT

Foto: Reprodução

O deputado federal Rafael Motta (PSB) anunciou nesta segunda-feira, 20, o apoio de 15 dos 17 vereadores do município de São Gonçalo do Amarante à sua pré-candidatura a senador.

O apoio de 90 por cento dos integrantes da Câmara Municipal de um dos maiores colégios eleitorais do Estado a um pré-candidato que não tem o apoio oficial do PT, partido do prefeito Eraldo Paiva fez surgir uma dúvida: ou Paiva liberou os vereadores para apoiarem Rafael Motta ou não tem coordenação e comando político.

Em tempo: O candidato do PT ao Senado continua sendo o ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Pesquisa PoderData: Lula tem 44% contra 37% de Bolsonaro no 1º turno

Foto: reprodução

Pesquisa PoderData com 3.500 entrevistas realizada de 14 a 16 de agosto mostra que Lula (PT) tem uma vantagem de 7 pontos percentuais sobre Jair Bolsonaro (PL) no 1º turno. Hoje, o petista tem 44%; o presidente marca 37%.

Com o resultado, a dianteira de Lula sobre Bolsonaro segue estável. Há 15 dias, era de 8 pontos.

Hoje, Ciro Gomes (PDT) tem 6%. Empata tecnicamente com Simone Tebet (MDB), que marca 4%, considerando-se a margem de erro de 2 pontos percentuais. Sofia Manzano (PCB) aparece com 1%.

É a 1ª vez que o PoderData testa os nomes de Soraya Thronicke (União Brasil) e Roberto Jefferson (PTB) no cenário de 1º turno. Nenhum dos 2 teve menções suficientes para pontuar. Eymael (DC), Pablo Marçal (Pros), Felipe d’Avila (Novo), Vera Lúcia (PSTU) e Leonardo Péricles (UP) também não chegaram a 1%.

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, empresa do grupo Poder360 Jornalismo, com recursos próprios. Os dados foram coletados de 14 a 16 de agosto de 2022, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 3.500 entrevistas em 331 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. O intervalo de confiança é de 95%. O registro no TSE é BR-02548/2022.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 247 óbitos e 21 mil casos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (17), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 247 óbitos nas últimas 24h, totalizando 682.010 mortes;

– Foram 21.927 novos casos de coronavírus registrados, no total 34.223.207;

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 175. A a média móvel de novos casos é de 18.039.

O ministério da Saúde calcula que mais de 33,1 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Prefeito de Caicó diz que Carlos Eduardo “presenteou” a cidade com um presídio e que ainda atrapalha o que vai de bom para a cidade

Se depender do apoio e empenho do prefeito Judas Tadeu Santos, os eleitores de Caicó, a maior cidade da região Seridó e um dos maiores colégios eleitorais do Estado, o acompanharão na opção pelo ex-ministro Rogério Marinho como candidato a senador.

O prefeito gravou e divulgou vídeo em que destaca e agradece a Rogério pelas obras viabilizadas durante sua passagem pelo Ministério do Desenvolvimento Regional. E finaliza dizendo que o outro candidato, “que está desesperado” – o ex-prefeito Carlos Eduardo Alves – “presenteou” Caicó com um presídio na entrada da cidade.

“Caicó não tem como votar contra Rogério Marinho. Pelas ações, pela garantia de segurança hídrica que ele trouxe pro nosso Seridó”, destaca o prefeito caicoense. “O candidato que entrou com uma ação de impugnação do nosso senador trouxe um grande ‘presente’ que foi um presídio na entrada da cidade”, afirma o prefeito, referindo-se ao ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, que já foi secretário estadual de Justiça.

“Uma pessoa dessa que traz um presente desse não merece o nosso respeito, não merece o nosso voto”.
O prefeito conclui dizendo que vota em Rogério Marinho pelo que o ex-ministro representa para o Rio Grande do Norte, para a região Seridó e para o município de Caicó.

No vídeo, gravado numa rua de Caicó, o prefeito cita a pavimentação da avenida Seridó e das ruas Pedro Velho, Celso Dantas e Renato Dantas, com recursos oriundos de convênio com o Ministério do Desenvolvimento Regional.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

VÍDEO: Menino entra em máquina de pelúcias de shopping do Rio

Um menino de dois anos viveu uma aventura no Norte Shopping na noite da última terça-feira (16). Samuel, de 2 anos, conseguiu entrar na máquina de pegar pelúcias do centro de compras. Lá dentro, ele brincou com os bonecos sem prestar atenção nos apelos da mãe que, do lado de fora, pedia para que ele saísse. As imagens viralizaram nas redes sociais.

“Ele é muito arteiro, então o que ele faz eu já estou acostumada. Não imaginei que ia ter tanta repercussão. O bombeiro abriu a máquina e teve que entrar para tirar ele de lá”, contou Jailma Soares do Nascimento, a mãe do menino. A mãe contou que a família saiu para fazer um lanche e o pai aproveitou para jogar na máquina. Nesse momento, Samuel entrou no espaço dos brinquedos pelo buraco por onde os brinquedos caem.

“A gente estava olhando o pai brincar e, do nada e, quando a gente olhou, já vi a cabeça dele dentro da máquina. Aí eu fiquei desesperada porque eu não sabia como tirar ele dali”, contou a mãe do menino. Jailma disse que bateu no vidro e tentou convencer o filho a voltar, mas Samuel curtiu estar entre os brinquedos e não queria saber de sair.

Como muita gente começou a se aglomerar para ver o menino, a equipe de segurança foi chamada. Os técnicos responsáveis pelo aparelho de pegar bichinhos de pelúcia isolaram o local. A máquina foi aberta e o menino foi retirado, sem nenhum ferimento, sob aplausos dos frequentadores.

De acordo com a mãe, o menino não queria deixar o novo point de diversão: “Ele não queria sair”, contou Jailma. Por meio de nota, o Norte Shopping afirmou que o operador foi chamado para entender o que permitiu que o menino acessasse o interior do aparelho e para que novos casos não ocorram. Na saída da máquina, Samuel não saiu de mãos abanando. Ele ganhou um dos ursinhos de presente.

G1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Rosalba já se decidiu e sua dobradinha será Dr. Anax e Beto Rosado

Foto: Reprodução 

A ex-governadora do Rio Grande do Norte e ex-prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (Progressistas), já se decidiu e declarou seu apoio de deputado estadual para Dr. Anax (União Brasil). Anax é casado com Isaura Rosado, prima de Beto Rosado, médico e ex-prefeito de Governador Dix-sept Rosado. Já para para deputado federal, é o seu sobrinho Beto Rosado (Progresssistas).

Rosalba fez o seu primeiro discurso na noite desta terça-feira (16), em Mossoró. “É Beto lá e Dr. Anax cá”, afirmou ela, se referindo as cadeiras da Câmara dos Deputados e da Assembleia Legislativa.

Betinho Rosado (PP), o ex-deputado federal e pai do candidato Beto Rosado, participou do encontro e também reforçou apoio e pedido de votos para Dr. Anax.

Opinião dos leitores

  1. A Rosa de Mossoró.
    Outra vítima do PT.
    Foi tratada a Pão e Água pelo PT, quando esteve governadora.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

VÍDEO: Empresa usa imagem de Gugu Liberato em anúncio de lápide: “Absurdo”

A assessoria da família de Gugu Liberato se manifestou após a imagem do apresentador ser utilizada, sem autorização, para a venda de lápides personalizáveis no site Mercado Livre. A informação foi divulgada pela colunista Fábia Oliveira, do Em Off.

“Que absurdo isso. Jamais autorizariam (a família) algo tão lamentável. Vou encaminhar para o advogado”, disparou a assessoria em nota. Além de utilizar a data de nascimento, falecimento, nome completo e foto do saudoso comunicador, a propaganda ainda colocou a frase: “Que a luz que te ilumina seja tão grande quanto a saudade que sentimos de você”.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Máscaras deixam de ser obrigatórias para passageiros em aeronaves e nos aeroportos no Brasil

Foto: Reprodução

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) retirou nesta quarta-feira (17) a obrigatoriedade do uso de máscaras em aeroportos e aeronaves. A agência segue recomendando o uso nesses ambientes. A medida estava em vigor desde 2020.

Segundo a agência, o cenário epidemiológico atual permite que algumas medidas sanitárias sejam atualizadas, como o uso obrigatório das máscaras. No entanto, reforça que o uso de máscaras faciais e o distanciamento físico são medidas efetivas de mitigação do risco de transmissão da doença e continuarão a ser recomendadas.

“Diante do atual cenário, o uso de máscaras, adotado até então como medida de saúde coletiva, é convertido em medida de proteção individual”, diz o documento. Dos cinco diretores da Anvisa, três já votaram a favor da retirada da obrigatoriedade das máscaras, levando à aprovação por maioria: o relator, Alex Machado Campos, e os diretores Daniel Pereira e Rômison Rodrigues Mota.

Em maio deste ano, a Anvisa liberou o serviço de bordo em aeronaves, mas manteve o uso de máscaras em aviões e áreas restritas de aeroportos. Na época, o retorno do uso da capacidade máxima para transporte de passageiros também foi autorizado.

A Anvisa manteve as seguintes medidas:

  • Disponibilização de álcool em gel em aeroportos e aeronaves
  • Procedimentos de limpeza e desinfecção
  • Sistemas de climatização
  • Desembarque por fileiras

Avisos sonoros com adaptações, recomendando o uso de máscaras, especialmente por pessoas vulneráveis
Atualmente, países como Estados Unidos, França, Reino Unido e Portugal não exigem o uso de máscaras em aeroportos e aeronaves.

96 FM

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

“Não sou candidato de uma facção religiosa”, afirma Lula

Foto: Divulgação

Ex-presidente e candidato do PT à Presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva comentou, nesta quarta-feira (17/8), sua desvantagem em relação a Jair Bolsonaro (PL) nas pesquisas de intenção de voto entre o público evangélico. Lula minimizou a preocupação com o tema e afirmou que não pretende “fazer guerra santa no país”.

“Eu não sou candidato de uma facção religiosa. Eu sou candidato do povo brasileiro”, pontuou o ex-presidente em entrevista à rádio Super, de Minas Gerais. Segundo ele, o objetivo é tratar todos os fiéis de forma igualitária. “Eu não quero fazer uma guerra santa no país”, afirmou o petista. Lula também disse que não incentiva rivalidade entre as crenças.

Pesquisa Quaest divulgada nesta quarta-feira (17/8) mostra que, em relação ao levantamento do início do mês, Jair Bolsonaro cresceu quatro pontos percentuais entre o eleitorado evangélico, chegando a 52% das intenções de voto; Lula oscilou um ponto percentual para baixo, marcando 28%. O presidente, agora, abriu vantagem de 24 pontos sobre o petista.

O levantamento aponta que Bolsonaro cresceu 17 pontos percentuais entre os evangélicos desde março deste ano, enquanto Lula caiu seis pontos. Mesmo diante do cenário, o petista não demonstrou promover ações para conquistar esse eleitorado em específico.

“A religião é para a gente cuidar da fé, da nossa espiritualidade, não para fazer política. Eu não estou preocupado em fazer um discurso para evangélico, para católico. Não, eu quero ter discurso para o povo”, continuou Lula. “Eu não quero ser unanimidade. Nem Jesus Cristo conseguiu unanimidade.”

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. “Eu não sou candidato de uma facção religiosa. Eu sou candidato de uma facção criminosa.”
    Ai a frase fica certa, kkkkkkk.
    Ai o Bozo já é o candidato de uma família criminosa.

  2. Mentiroso. Você é candidato da facção criminoso PCC. Representa todos os bandidos e criminosos desse nosso Brasil. Seus apoiadores, são todos semelhantes ao seu chefe LULADRAO.

  3. ,”MAS É DE UMA CRIMINOSA”,
    Seu vice foi quem disse que vc quer voltar a cena do crime.
    E aí????

  4. Chamar de facção as religiões já é uma extrema falta de entendimento. Eu sei de qual tipo de facção ele entende.

  5. Este individuo não tem limites para cretinizes e enxovalhamentos. O povo tem que extirpar esse meliante nas urnas em outubro.

  6. Facção religiosa? Que moral esse condenado e ex presidiário tem? De facção ele entende.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Opinião

PENSE NUMA RÉ: Marcelo Freixo diz que não é mais a favor da legalização das drogas

Foto: Mauro Pimentel

Em mais uma modulação de seu discurso para atrair o eleitorado de centro, o candidato ao governo do Rio de Janeiro Marcelo Freixo (PSB) afirmou nesta quarta-feira, em entrevista a TV Record, ser contra a legalização das drogas no Brasil. A pauta é uma bandeira histórica de sua militância política. Questionado na entrevista sobre o tema, o pessebista disse ter revisto sua posição.

— Não. Não sou mais a favor (da legalização) — declarou Freixo. — Não acho que isso vai nos ajudar nesse momento no Brasil .

Em um primeiro momento ele havia se esquivado da pergunta, dizendo que era contra temas que “dividissem a sociedade brasileira” na atual conjuntura. Ao explicar sua nova posição, o candidato do PSB afirmou que nesse momento os esforços do governo devem ser na direção de investir em políticas sociais, de saúde e na polícia.

— O que a gente precisa fazer é avançar em dois braços. Um é o braço efetivo da polícia, pra botar bandido na cadeia. Estou falando de miliciano, traficante e político corrupto também. E, mais do que isso, quero o braço social. Tem quer ter lugar com esporte, psicólogo, assistente, para a mãe poder levar o filho e permitir prosperidade, uma chance pra essa juventude — prosseguiu o postulante ao Palácio Guanabara.

A legalização de drogas é considerada um tema tabu por pessoas de perfil conservador, eleitorado que Freixo busca conquistar com sua nova roupagem de político moderado. O foco de sua campanha tem sido quebrar a rejeição entre setores como evangélicos, policiais e empresários. Além disso, ele vem intensificando sua agenda na Baixada Fluminense, região que historicamente elege políticos ligados à direita.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. a liberação tiraria o poder do crime organizado, além de liberar poder judiciário, policial e carcerário.

  2. Próximo passo é frequentar missas e cultos evangélicos, como Haddad fez na eleição de 2018. Depois, esqueceu das virtudes cristãs. O golpe está aí, cai quem quer.

    1. Tudo hipócrita! Assim como o bandido das rachadinhas que toda semana professa uma fé diferente…

  3. Esse Freixo é um crápula mesmo! Mas o que se pode dizer do MINTO das rachadinhas que sancionou a emenda de Freixo que cria o juiz de garantias hein?! O medo de ser preso sempre foi grande viu!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Número de candidatos policiais no RN dobra em 16 anos

Foto: Magnus Nascimento

Nas últimas cinco eleições, o número de candidaturas de policiais mais do que dobrou no Rio Grande do Norte. Na corrida para governo estadual, Congresso Nacional e Assembleia Legislativa, as eleições de 2022 terão número recorde de representantes da área de segurança pública.

Em 2022, dos 546 nomes lançados, 19 têm como policial, representando 3,48% do total de candidatos. São 12 policiais militares (2,20%) e 7 policiais civis (1,28%).

Em 2006, dentre os 273 candidatos, 8 eram policiais. Isso representa cerca de 2,93% do total de concorrentes daquele ano. Naquela eleição, 7 eram Policiais Militares (2,56 %) e apenas 1 era Policial Civil (0,37%). Em comparação a 2022, houve um aumento de 137,5%.

Porém, em 2010, há uma queda nesse índice. Dos 249 nomes postos naquela eleição, apenas 4 eram da Polícia Militar, 1,61% dos candidatos. Nesse ano, nenhum Policial Civil concorreu ao pleito. No comparativo as eleições de 2022, o número reduz e apresenta 0,04% das candidaturas.

Já em 2014, o número total de policiais aumentou. Nessa eleição, entre os 402 candidatos, 13 policiais militares lançaram seus nomes, representando 3,23%. Não houve candidatura de Policial Civil. Em relação a 2022, esse número representa 68% dos policiais na disputa do cargo político.

Nas últimas eleições, em 2018, foram 18 candidatos da policia. Naquele pleito, 13 eram policiais militares (2,54%) e 5 eram policiais civis (0,98%). Dos 512 nomes do total, os policiais representaram 3,52% dos concorrentes daquele ano. O índice mantém o aumento em relação aos anos anteriores.

Tribuna do Norte

Opinião dos leitores

  1. Já vimos que professor que não ensina não deu certo, vamos ver se polícia no executivo funciona….

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *