Bolsonaro defende legislação trabalhista diferenciada para agronegócio

Foto: Fábio Motta/Estadão Conteúdo

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, defendeu nesta quinta-feira uma legislação trabalhista diferenciada para o setor de agronegócio, ao mesmo tempo que afirmou que não é contra os direitos trabalhistas.

Em entrevista à RedeTV!, Bolsonaro também disse que isentará do Imposto de Renda quem ganha até cinco salários mínimos e criará alíquota única de 20 por cento de IR para todas as demais faixas.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Cresio disse:

    Quando eu vejo pobre defendendo grandes latifundiários, subsidiados pelo nosso dinheiro, me dá uma angustia enorme. Lembro do abandono aos pequenos agricultores, sem financiamentos à agricultura familiar, que e 100% da agricultura do nosso estado.

  2. PATRICIA disse:

    Não é contra direitos trabalhistas mas votou A FAVOR DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA E A FAVOR DA REFORMA TRABALHISTA. Foi apoiador de todas as propostas do Sr. MIchel Temer e agora prega uma de bonzinho. Acredita quem quer.

  3. valmor clemente disse:

    O AGRONEGÓCIO FOI QUEM SEGUROU A ECONOMIA TODOS ESSES ANOS !!! GERA MUITO TRABALHO E DIVISAS PARA O BRASIL !!!

  4. Jacques Derrida disse:

    Boa mas a nação está acima de tudo ou de todos. O empresário do Agro negócio não tão cidadão quanto os demais, ou só por ser um empresário do setor rural
    Me lembra Arthur Bernardes Bernardes ,"aos amigos tudo, aos que não são amigos a lei e aos inimigos o rigor da lei". Estamos voltando a isso o Brasil de uns só não vê quem não tem quer.

  5. Iran vigilante disse:

    Resumo grilagem e trabalho escravo

  6. Teco disse:

    Esse é o setor que alavanca o crescimento de riqueza e emprego no país, tem que ter um olhar especial ao mesmo tempo que ampare também o trabalhador, parabéns pela iniciativa única dos candidatos.

COMENTE AQUI