Câmara votará reforma política nos dias 9 e 10 de abril

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, confirmou há pouco a votação da reforma política nos dias 9 e 10 de abril. Segundo o deputado Henrique Fontana (PT-RS), relator da proposta, o presidente garantiu que o assunto será votado de qualquer maneira.

Os pontos que serão colocados em votação são

– Financiamento público exclusivo de campanha;
– Fim das coligações, porém permitindo que os partidos façam federações partidárias que durariam 3 anos e meio;
– Coincidência das eleições (municipais, estaduais e federais);
– Ampliação da participação da sociedade na apresentação de projetos de iniciativa popular (participação digital);
– Nova opção de lista flexível em que o eleitor continua votando no deputado ou no partido, mas só o voto na legenda é que reforçaria a lista apresentada pelo partido.