Política

CPI da Pandemia comete os mesmos excessos que a Lava Jato, diz advogado

Em entrevista à CNN, o advogado criminalista e professor da FGV-SP Celso Vilardi afirmou que a CPI da Pandemia tem cometido “os mesmos excessos ou muito parecidos com o que se critica na Operação Lava Jato.

Para que uma pessoa seja punida, os direitos precisam ser cumpridos e não é isso que estou vendo. Vejo cotidianamente uma pressão sobre os investigados, adjetivação absolutamente desnecessária e ameaças de prisão em relação ao direito ao silêncio”, disse Villard.

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias teve prisão decretada pelo presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM). Ele foi solto após pagar fiança no valor de R$ 1.100.

Apesar das críticas, Vilardi reforça a importância do trabalho da CPI. “É um instrumento importante da investigação, principalmente se tratando de uma crise sanitária jamais vivida pelo mundo e pelo Brasil”, explicou.

“Precisamos punir quem praticou coisas erradas? Sim, mas na forma da lei, senão não vai gerar impunidade.”

CNN Brasil

Opinião dos leitores

  1. Se age como a Lava Jato está certíssima e tem o apoio das pessoas de bem. Essa conversa é antecipação da tentativa de desacreditar os resultados, que condenam Bozo e sua tropa de desonestos. Quem não aguentar que se deite.

  2. E a lava-jato cometeu excessos?
    Já vi alguns ruminantes escreverem aqui que a lava-jato era praticamente uma espécie de “Deus”..
    Bando de hipócritas.
    Se não fosse a CPI, a matança em Manaus não viria a público, essa merda desse tratamento precoce ainda estava sendo empurrado de goela abaixo na boiada.
    Que a CPI bote quente no toba do miliciano e da corja dele.

    1. Não é possível convencer um fanático de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar”.

    2. Logo você titia, falando de fanatismo? Fale sobre ignorância e desonestidade que essa área você domina.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

FOTO: Em ação conjunta PRF e Deicor apreendem 106kg de maconha na cidade de Canguaretama/RN

Foto: Divulgação/PRF

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Deicor, apreendeu, na tarde desse domingo (25), no km 164 da BR 101, em Canguaretama/RN, 106kg de maconha e prendeu um homem de 39 anos. Após um trabalho investigativo da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor), os policiais civis identificaram um traficante de 39 anos que costumava agir trazendo drogas de Pernambuco para o RN. A informação foi repassada para os agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que passaram a monitorar as rodovias.

Segundo a PRF, por volta das 15hs de domingo, os PRFs visualizaram o carro onde estaria o alvo e deram ordem de parada. Ao perceber a presença da PRF, o indivíduo empreendeu fuga em direção ao centro da cidade de Canguaretama/RN. Os Policiais Rodoviários Federais iniciaram acompanhamento tático e realizaram abordagem dentro da cidade de Canguaretama/RN. No porta-malas do veículo foram encontrados 106kg de maconha dentro de caixas de papelão.

Cada quilo de maconha custa em média R$ 1.000,00 (mil reais). A apreensão deste domingo (25) representou um prejuízo estimado em mais de cem mil reais ao crime organizado.

O condutor do veículo recebeu voz de prisão pelo crime de tráfico e foi conduzido para a delegacia de polícia civil de Canguaretama/RN.

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Justiça concede liberdade provisória para homem preso após grupo colocar fogo na estátua de Borba Gato em SP

Fotos: GABRIEL SCHLICKMANN/ISHOOT/ESTADÃO CONTEÚDO/YURI MURAKAMI/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

A Justiça de São Paulo concedeu neste domingo (25) liberdade provisória para um homem suspeito de envolvimento no incêndio no monumento que homenageia o bandeirante Borba Gato.

O suspeito teria dirigido o caminhão, que foi identificado e apreendido pelos policiais. Ele responde pelo crime de associação criminosa e por causar incêndio, expondo a perigo o patrimônio de outra pessoa. O homem também é acusado de ter adulterado a placa do caminhão usado na ação.

O ataque à estátua ocorreu nesse sábado (24) em Santo Amaro, na Zona Sul de São Paulo. Um vídeo mostra o momento em que os manifestantes retiraram pneus de um caminhão, espalharam os objetos pela via e nos arredores da estátua e, em seguida, atearam fogo no local. O caso ocorreu por volta das 13h30.

Na madrugada deste domingo (25), a Polícia Civil localizou o caminhão utilizado pelo grupo na cidade de Ferraz de Vasconcelos, na Grande SP. O veículo estava com a placa adulterada e foi apreendido.

O motorista foi identificado e encaminhado ao 11º Distrito Policial (DP) em Santo Amaro, na Zona Sul, onde foi preso após prestar depoimento.

Na decisão desse domingo, a juíza Eva Lobo Chaib Dias Jorge revogou a prisão em flagrante por considerar que os atos “não foram praticados com violência ou grave ameaça”.

A juíza afirma ainda que, por ter endereço e trabalho fixos, o suspeito, mesmo se for eventualmente condenado, dificilmente deve cumprir pena de prisão em regime fechado.

Na decisão, a Justiça determina ainda que o suspeito não poderá se ausentar da cidade ou mudar de endereço, e que deverá comparecer às audiências para justificar suas atividades.

Incêndio na estátua

Em frente ao monumento em chamas, o grupo responsável pela ação estendeu uma faixa com a frase “Revolução periférica – a favela vai descer e não vai ser carnaval”.

Policiais militares e bombeiros chegaram ao local pouco tempo depois, controlaram as chamas e liberaram o tráfego. Ninguém ficou ferido.

Uma avaliação preliminar da Defesa Civil indicou que, a princípio, o fogo não comprometeu a estrutura. No entanto, a Prefeitura da capital disse que nos próximos dias, após a limpeza do local, será possível analisar melhor os danos ao monumento e, então, uma vistoria mais detalhada deve ser feita.

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) informou que irá aumentar o número de rondas pela Praça Augusto Tortorelo de Araújo, onde fica a estátua de Borba Gato.

Com G1

Opinião dos leitores

  1. Por esses motivos é que a bandidagem deita e rola um bandido deste j´pa estar solto para fazer tudo de novo , quando na realidade era para botar fogo nessa FDP tambem, ou passarums ferias de uns dez anos atraz das grades, talvezx se fosse uma trabalhador seria penalizado

    1. Bota 🔥 na tua galhada também… tá impedindo de passar pela porta já.

  2. Fica difícil compreender a justiça brasileira. As vezes eu penso que passar em um concurso não diz se a pessoa tem mesmo capacidade de assumir um cargo.

  3. Se fosse um pai de família talvez estivesse preso, mas como é um bandido já está solto para fazer tudo novamente!

  4. Participação de quem? Incentivado por quem? Manifestação de quem? Contra quem? Dinheiro do contribuinte queimado. Quem vai pagar para restaurar?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Butantan libera mais 1,5 milhão de doses de CoronaVac para Ministério da Saúde

Foto: Rodney Costa/Zimel Press / Agência O Globo

O Instituto Butantan anunciou nesta segunda-feira a entrega de mais 1,5 milhão de doses da CoronaVac para o Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. O secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou em coletiva de imprensa que o Instituto pretende concluir o contrato de 100 milhões de doses no dia 30 de agosto, um mês antes do previsto.

O Estado de São Paulo também anunciou que pretende começar a vacinar as faixas etárias de 12 a 17 anos e 11 meses a partir do dia 23 de agosto. Segundo o secretário, a expectativa é que três dias antes o governo de São Paulo conclua a vacinação (da primeira dose) de todo o público adulto acima dos 18 anos. Atualmente, já foram vacinados 34,5 milhões de pessoas, o que corresponde a 56% de toda a população.

Sobre a paralisação da vacinação para o público de 28 anos na cidade de São Paulo, a coordenadora do programa estadual de imunização do Estado de São Paulo, Rejane de Paula, afirmou que o calendário do estado prevê a vacinação dessa faixa etária até o dia 4 de agosto.

— Toda vez que qualquer município faz uma antecipação de doses tem um certo risco. O calendário estadual só prevê a vacinação de 25 a 29 anos a partir do dia 5 de agosto, até porque nós aguardamos vacinas do Ministério da Saúde — afirmou ela, lembrando que também são aguardadas vacinas da Pfizer.

Variante Delta

Gorinchteyn disse que o Estado de São Paulo não registrou novas identificações da variante Delta, se mantendo nos dez casos previamente identificados.

Segundo ele, há uma atenção redobrada na região do Vale do Paraíba, onde foram identificados casos em Pindamonhangaba e Guaratinguetá.

O Globo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Número de pacientes internados em leitos críticos(UTIs) cai pela metade em um mês no RN

Foto: Reprodução/Regulação RN

No Rio Grande do Norte, 42,5% dos leitos críticos para tratamento da covid-19 amanheceram ocupados nesta segunda-feira (26). A situação resume a tendência de queda nas solicitações e é o melhor percentual desde 15 de novembro do ano passado.

Para se ter ideia, há um mês, 293 leitos de UTI estavam com pacientes, sendo 71,29% da taxa de ocupação naquele momento. Às 9h20 desta segunda eram 144 pacientes internados, ou seja, menos da metade em comparação.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

País está na mira dos hackers, mas só 1/3 das empresas se protege contra ataques

Foto: Andriy Onufriyenko / Getty Images

Recentemente, um relatório da consultoria de cibersegurança Fortinet mostrou que o Brasil é um dos países que mais sofreram ataques de hackers neste ano. Ao todo, foram registradas quase 3,2 bilhões de tentativas de invasões só no primeiro trimestre.

Mesmo assim, a maioria das empresas parece não estar preocupada com a cibersegurança: apenas 30% das companhias brasileiras possuem equipe dedicada a lidar exclusivamente com problemas de segurança digital. É o que aponta a pesquisa “Barômetro da Segurança Digital”, feita pelo Datafolha a pedido da Mastercard.

Um ataque pode provocar diversos problemas, desde roubo de informações estratégicas até a captação de dados pessoais de clientes. No mês passado, a subsidiária da JBS na América do Norte teve de fechar temporariamente seus frigoríficos, depois de ter sido alvo de um ataque ransomware.

O ransomware é uma espécie de sequestro digital, em que os cibercriminosos infectam um banco de dados, restringindo o acesso por parte da empresa e, posteriormente, cobram um resgate para o restabelecimento do sistema. No caso da JBS, a empresa afirmou ter desembolsado US$ 11 milhões para recuperar as informações.

Não se sabe exatamente como os hackers acessaram o sistema da empresa, mas, conforme destaca Paulo Reus, gerente de operações da Scunna Cyber Defense Center, o trabalho remoto recomendado durante a pandemia é um dos fatores de vulnerabilidade para os ataques, já que nem todas as empresas estavam preparadas para essa migração repentina.

“Conseguindo comprometer o colaborador remoto, o hacker invade o ambiente da empresa, estuda, analisa, instala o ransomware e criptografa todos os dados daquela organização, tornando-a inoperante. Depois disso, é cobrado o resgate”, explica Reus.

O que as empresas devem fazer?

Para evitar problemas de cibersegurança, o melhor é se antever ao problema, mitigando os riscos. Hoje, já existem no mercado diversas instituições especializadas em proteção digital que fornecem serviços personalizados para as companhias.

Uma das soluções é a implantação dos chamados SOCS (Centro de Operações de Segurança, em português), um conjunto de mecanismos que funciona como uma barreira de defesa dos bancos de dados.

Existe, ainda, o seguro cibernético, que oferece assistência e indenização aos contratantes no caso de ataques. A apólice prevê a cobertura contra paralisações provocadas por invasões criminosas, diminuindo os prejuízos quando não for possível evitar o ocorrido.

“Em um ambiente cada vez mais digitalizado, parece inevitável que, em algum momento, organizações sofram algum incidente de segurança da informação com potencial para prejudicar a reputação, confiança, além de gerar prejuízos financeiros, legais e de produtividade. A questão é se tais organizações estarão preparadas ou não para responder a esses incidentes de forma rápida e efetiva”, indaga Reus.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Olimpíada de Tóquio: finais do surfe são antecipadas para evitar tufão; potiguar Ítalo Ferreira e Medina já competem nesta segunda-feira pelas quartas de final a partir de 19h30

Foto: LISI NIESNER / REUTERS

As finais do surfe na Olimpíada de Tóquio serão antecipadas em um dia para evitar um tufão que atingirá a costa do Japão. A previsão do tempo afetará o calendário das provas, de disputa do ouro e do bronze, programadas para ocorrer a partir da manhã do dia 27 no país asiático (noite desta segunda e madrugada de terça no Brasil).

O fenômeno meteorológico, que deve mudar o tempo e o mar, mexeu na programação da terça (27), que envolvia apenas as disputas das quartas e semifinais. Com a alteração, a final será realizada na sequência. A mudança no calendário foi confirmada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional) nesta manhã.

Os representantes brasileiros Gabriel Medina e Italo Ferreira vão disputar as quartas de final por volta de 19h30 desta segunda (horário de Brasília). Se passarem, vão à semifinal por volta de 23h40. A final será disputada depois das 2h da manhã de terça.

Já no feminino, as ondas não ajudaram tanto. Ainda assim, a brasileira Silvana Lima também se garantiu nas quartas, enquanto Tatiana Weston-Webb foi derrotada por Amuro Tsuzuki, do Japão, e deu adeus à Olimpíada.

O Globo

 

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Polícia Civil e PRF prendem grupo especializado em furtos a caixas eletrônicos que se deslocou de Natal para Maceió com objetivo de ações criminosas

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em conjunto com a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Natal, da Divisão Especial de Investigação e Capturas da Polícia Civil de Alagoas (DEIC/PCAL) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), deflagraram, no sábado (24), na cidade de Maceió (AL), uma operação com o objetivo de prender uma quadrilha especializada em furtos a caixas eletrônicos de agências bancárias.

De acordo com investigações, o grupo criminoso se deslocou de Natal para a cidade de Maceió, com o objetivo de furtar agências bancárias naquela cidade, contudo eles já estavam sendo monitorados pelos policiais civis do Rio Grande do Norte. As informações foram compartilhadas com os policiais civis do DEIC/AL e com a PRF e, na tarde de sábado (24), após a confirmação de que o bando tinha tentado furtar uma agência bancária, em Maceió, as equipes começaram as diligências.

Dois veículos foram abordados, no estado de Pernambuco, quando foram encontradas as ferramentas utilizadas na tentativa do furto. Na ocasião, foram detidos: Laydson Costa da Cunha, 35 anos, o qual estava com documento falso e com mandado de prisão em aberto, expedido pela Justiça Federal; Ricardo Alexandre Ramalho da Silva, com 45 anosl; Rodolpho Doran Amorim, 36 anos; e Max Victor Magalhães da Costa Pinheiro, 24 anos, o qual responde a seis processos por violação a caixa eletrônico.

O grupo criminoso já era investigado pela DEICOR, pois seriam responsáveis pelos furtos de algumas agências bancárias em Natal, ocorridos em 2019. Os suspeitos foram autuados em flagrante pela tentativa de furto qualificado e associação criminosa. Em seguida, foram encaminhados para o sistema prisional alagoano.

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181, ou dos números da DEICOR: (84) 3232-2862 ou (84) 98135-6796 (Whatsapp).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN – SECOMS

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Cotado para medalha, potiguar Italo Ferreira avança para as quartas de final

O potiguar Ítalo Ferreira está nas quartas de final do surfe masculino nas Olimpíadas de Tóquio. O campeão mundial de 2019 venceu sua bateria nas oitavas de final contra o neozelandês Billy Stairmand nesta segunda-feira (26), na praia de Tsurigasaki, em Chiba.

O potiguar terminou com 14.54 pontos no somatório, enquanto seu adversário somou 9.67.

Com o resultado, Ítalo enfrentará Hiroto Ohhara nas quartas de final. O japonês venceu o peruano Miguel Tudela por 10 a 9.63. A bateria, que definirá um dos semifinalistas, acontecerá ainda hoje.

“Estou muito feliz. Sem dúvida isso me dá muita confiança. Estou bem preparado e tenho pessoas que estão sempre comigo e isso me deixa muito feliz e motivado para chegar nessa final”, destacou o surfista à Globo.

UOL

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Caminhoneiros iniciam greve nacional e RN pode ter pontos de paralisação

Caminhoneiros iniciaram a meia noite desta segunda-feira (26) uma greve nacional em nove estados, incluindo o Rio Grande do Norte, com possibilidade de bloqueios nas rodovias.

A expectativa é de que 1,2 milhões de caminhoneiros autônomos estejam aderindo ao movimento de hoje. Eles não descartam bloqueios no fluxo de rodovias federais em todo o país, contudo a grande quantidade de entidades e a falta de uma unidade nacional não garantem como será a adesão no RN.

Entre as principais reivindicações está o julgamento da constitucionalidade do piso mínimo do frete rodoviário pelo STF, o fim da política de Preço de Paridade de da Petrobras, a unificação do ICMS do óleo diesel e a anulação das multas aplicadas aos caminhoneiros na greve de 2018.

Os caminhoneiros estão programando parar no RS, SC, PR, interior de SP e litoral, RJ, MG, PR, BA e RN.

Opinião dos leitores

  1. Tomaz, essa herança devemos aos governos PT corruptos. Em 2 anos na presidência o Bolsonaro já fez milagres.

  2. A greve tem que ser geral, de todos os trabalhadores.
    Ninguém aguenta mais governo da morte não.
    Ontem passou uma reportagem de Cuiabá, a fila do osso, alguém viu? E o arroz fragmentado? E feijão “bandinha”?
    É a ração dos brasileiros…

    1. Essa pauta eh só do MINTOmaníaco das rachadinhas e os bolsopetistas da gadolandia…

  3. Atrelar a gasolina ao valor do dolar é um atraso. O cambio estrangulado pra favorecer o exportador acaba massacrando o cidadao.

    1. Pensei que o MINTOmaníaco das rachadinhas tinha mudado o presidente da Petrobras pra resolver isso… Mas claro que não foi! Dizem q ele mudou pq o presidente anterior não assinou um contrato de publicidade de 100 milhões com a Record e SBT, as novas mamadoras de dinheiro público…

  4. Assim como tem força para uma paralisação nacional unam força para não aceitar frete que dê prejuízo, não precisa de tabela. Definam seu preço e não aceitem valor menor, não são obrigados. Subiu o diesel suba o frete, nunca vi um padriro vender pão com prejuízo, então por que aceitar frete que dê não paga os custos?

    1. País com um ladrão abobalhado na presidência é assim, não tem controle com nada, primeiro nem administrar sabe, segundo perde o tempo do trabalho para declarações estapafúrdias, criação de teorias conspiratórias, defesa de escândalos de corrupção e desmandos. Podia entregar a presidência ao Morão e criava um canal no YouTube pra passar o dia conversando merda. Pelo menos talvez o General conseguisse colocar a casa em ordem.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde envia quase 180 mil doses de vacinas até esta quarta-feira para o RN

O Rio Grande do Norte vai receber até a próxima quarta-feira (28) novos lotes de vacinas que somarão quase 180 mil doses. O envio será feiro pelo Ministério da Saúde.

Serão entregues 144.500 mil já amanhã e mais 35.100 na quarta. A informação foi dada pela gestora do Núcleo RN do Ministério da Saúde, Midya Targino.

Até agora, 100% das vacinas foram compradas e distribuídas pelo Governo Federal.

Opinião dos leitores

  1. Prefeita, agradeça ao governo federal. Pq a depender do governo petista local não saiu nada. Nem respiradores, nem hospital de campanha…muito dinheiro recebido do governo federal e pouca ação. O RN era pra ter saído dessa pandemia desde o ano passado, mas os políticos resolveram ir às ruas pedir votos em Outubro deu no q deu.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *