Estudantes e MST protestam contra Temer em frente ao Palácio do Jaburu

Cerca de 200 integrantes do Levante Popular da Juventude e do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) realizam na tarde deste sábado (23) um protesto em frente ao Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-presidência da República.

O vice Michel Temer (PMDB) está no palácio e havia a expectativa de ele receber nesta tarde o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, cotado para chefiar a Fazenda caso o peemedebista assuma o poder.

Os manifestantes chegaram por volta das 14h30 e fecharam o acesso ao Palácio do Jaburu e ao Palácio da Alvorada, uma das residências da Presidência da República, cerca de um quilômetro distante do Jaburu. Dilma Rousseff está no Alvorada.

Eles colaram cartazes nas placas indicativas do Jaburu com a inscrição “QG do Golpe” e picharam o chão de acesso ao palácio com os mesmos dizeres.

Os manifestantes também fizeram discursos e puxaram palavras de ordem contra Temer e contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Em nota, o Levante Popular da Juventude DF e Entorno afirmou que realiza um “escracho” em frente ao Jaburu “para denunciar publicamente o golpe político articulado pelo vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB)”.

“Nós não aceitaremos um governo ilegítimo, conquistado por golpistas. Para nós, nesse momento da conjuntura política brasileira, nossa jovem democracia está ameaçada, uma presidente legitimamente eleita por mais de 54 milhões de pessoas e que não é acusada de qualquer crime, seja de corrupção ou de responsabilidade fiscal, está correndo o risco de ser afastada em um golpe orquestrado por esses traidores da pátria, como Temer, Cunha e outros”, diz a nota.

O grupo é o mesmo que realizou um protesto em frente à casa de Temer em São Paulo, na quinta (21). Naquele dia, o vice assumiu interinamente a cadeira presidencial devido à viagem de Dilma a Nova York. A segurança presidencial recomendou, então, que o vice passasse o feriado e o fim de semana em Brasília.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Azevedo disse:

    A polícia tem é que baixar a borracha nesse magote de vagabundos. Tem que fazer como a PF em uma cidade no interior de Goiás, não ficou nenhum sem apanhar, foi peia do começo ao fim.

  2. Brasil, Meu país NÃO será dos fascistas! disse:

    Essa turma coxinha adora um clichezinho vagabundo como aqueles difundidos por Reinaldo Azevedos da vida. O povo de argumento fraco.

  3. charles disse:

    Vão perder a boquinha cambada de desocupados.

  4. Jarleno Damasceno disse:

    Espelho espelho meu tem alguém mais nojento que Zé de Abreu? Tem sim senhor o Zé Agripino o famoso Já Já. Sua hora vai chegar!

  5. Jacinto Leite no Rego disse:

    Temer quando assumir corta a grana deles e manda buscar com Dona Dilma.
    Mudando de assunto tem cara mais nojento que Zé de Abreu?

  6. JOAO MARIA disse:

    ESTES MILITONTOS NÃO SE CONFORMA MESMO,HA ESPECIE TEIMOSA

  7. Arnaldo Lopes disse:

    É só cortar a verba.Eles fogem! !!

  8. caio fabio disse:

    Tudo pago.

COMENTE AQUI