Justiça decreta prisão de jipeiro que matou amigo em confusão durante confraternização na Grande Natal; suspeito segue foragido

A Justiça decretou nesta segunda-feira (2) a prisão temporária de Ailton Berto da Silva, suspeito de ter matado Fantone Maia durante uma confraternização na noite do sábado (30), Praia de Santa Rita, em Extremoz, na Grande Natal. Ailton da Silva agora é considerado foragido.

Além de Fantone, que tinha 41 anos e morreu no local, outros dois homens foram baleados durante a confusão. O suspeito surtou e atirou contra os próprios amigos. Fantone Maia teria tentado apartar uma briga entre duas pessoas presentes na confraternização de um clube de jipes.

Uma das vítimas baleadas foi levada para o centro cirúrgico do Pronto Socorro Clóvis Sarinho (PSCS) do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, no Tirol, Zona Sul da cidade. O outro homem baleado foi atendido no Hospital Santa Catarina, em Pajuçara, na Zona Norte de Natal. De acordo com um parente que não quis se identificar, o estado de saúde dos dois é considerado grave.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Curitiba já disse:

    Vamos desarmar todo mundo, inclusive as donas de casa que tem facas na Cozinha, cabeleireiros com tesoura, mecanicos c chaves de fenda……..

    • Alexandre Freire disse:

      Como é que existem tantos alienados que insistem em comparar balas com automóveis, facas de cozinha, chaves de fenda etc.?
      Se fosse pelo menos razoável a comparação, pra quê então se discute a liberação de revólveres?

  2. Aparecida disse:

    Os grandes meios de comunicação dependem muiiito da propaganda das bebidas alcoólicas, por isso não há interesse em conscientizar de que UMA ARMA LETAL. Aposto q se estivessem sóbrios nada disso teria ocorrido

  3. Realista disse:

    Se numa "confraternização" acontece isso, imagine com todo mundo andando armado com um três oitão no 'coldre' como vai ser?
    Western á vista, Sô !!!
    E chuva de balas no curral dos bostonaro….

    • Paranhos disse:

      Se todos estivessem armados, nenhum deles teria a ousadia e a imbecilidade de balear um cidadão que estivesse presente, como o atirador sabia que era o único que estava armado, provocou esse ato insano

    • Paranhos disse:

      Concordo com vc,a violência aumento muito depois que esse Bozo entrou

    • Sergio Nogueira disse:

      Verdade. Pessoas matam apenas usando armas.
      Nessa festa não tinha faca, garrafa, cadeiras, nada que pudesse ser usado, no momento de fúria para matar uma pessoa. Nada. Só a arma desse rapaz.
      O problema do raciocínio de um esquerdalha é que ele não resiste aos argumentos de um gato de três de patas.
      Faz é pena.

    • Carlos disse:

      Pior é o governo petista que matou uma nação. esquerda nunca mais!!!! Chora esquerdinha!!! kkkkk

COMENTE AQUI