Justiça Federal determina que Prefeitura de Natal e IPHAN executem restauração do antigo Hotel Central


Foto: Google Street View

A Prefeitura de Natal e o Instituto do Patrimônio Histório e Artístico Nacional (IPHAN) estão obrigados a executarem a completa restauração do antigo Hotel Central, localizado na rua Câmara Cascudo, no bairro da Ribeira, na capital potiguar. A sentença foi do Juiz Federal Ivan Lira de Carvalho, titular da 5ª Vara, que acolheu pedido formulado pelo Ministério Público Federal.

O Município e o IPHAN deverão apresentar, no prazo de 60 dias, o cronograma de ações para o imóvel, contemplando desde o projeto executivo até a efetiva realização dos serviços. Além disso, deverão, periodicamente, vistoria o imóvel até que seja completamente recuperado. Na ação, o Ministério Público Federal apontou que o prédio está contemplado com o PAC das Cidades Históricas e há R$ 610.400 depositados há mais de cinco anos para a obra de recuperação.

Leia a matéria completa no site Justiça Potiguar.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Antonio Turci disse:

    Tem muitos imóveis da Natal Antiga precisando de restauração e posterior ocupação. Bem que o Prefeito Álvaro Dias poderia começar pelas Ruas Dr. Barata e Chile.

  2. Gui Torres disse:

    Que grande merda, uma bosta dessa vai ser restaurada agora o Hotel Reis Magos não teve reconhecido o valor histórico e foi derrubado.

  3. joao disse:

    Álvaro dias só quer saber do finado hotel dos Reis Magos, a ribeira que se exploda

  4. Cristiano potiguar disse:

    Com ralação a ponte de ferro de igapó, quem vai olhar por ela um dia, espero que seja antes de cair aos pedaços no rio Potengi.

    • Só Comento disse:

      Manda o aço da ponte velha pra Gerdau derreter e remanufaturar em ferragens pra uma nova ponte de concreto armado.

COMENTE AQUI