Meio Ambiente

Lagoa do Bonfim atinge 46% de sua capacidade. A pior situação dos últimos anos

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

A lagoa do Bonfim, responsável pelo abastecimento da adutora Monsenhor Expedito, acumula 39.128.103 m³, percentualmente, 46,43% do seu volume total, que é de 84.268.200 m³. É a pior situação dos últimos anos.

Os dados são do Relatório do Volume dos Principais Reservatórios Estaduais, divulgado nesta quinta-feira (25), indica que as reservas hídricas superficiais totais do RN.

Outras lagoas monitoradas

A lagoa de Extremoz, responsável pelo abastecimento de parte da zona norte da capital, acumula 8.655.944 m³, correspondentes a 78,55% da sua capacidade total, que é de  11.019.525 m³.

A lagoa do Boqueirão, que atende a usos diversos, acumula 8.939.984 m³, correspondentes a 80,72% da sua capacidade total, que é de 11.074.800 m³.

Opinião dos leitores

  1. fake news. è só olhar a marcação na estação de captação, está menos de 38%. O Estado mente e o blog simplesmente repassa, acreditando de boa-fé na honestidade dos que fazem a Caern. Vá lá e olhe você mesmo

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Ministério da Saúde recomenda dose de reforço da Janssen

Foto: © Breno Esaki / Agência Saúde DF 

O Ministério da Saúde divulgou uma nota técnica na noite dessa quinta-feira (25) em que orienta que os 4 milhões de brasileiros que se vacinaram com o imunizante da Janssen tomem uma dose de reforço entre dois e seis meses após a primeira aplicação. A recomendação do ministério é que seja utilizado a vacina do mesmo fabricante.

Segundo a nota, a orientação foi baseada em estudos científicos que mostram aumento significativo na imunidade após a aplicação de mais uma dose da vacina, principalmente com intervalo mais longo, de seis meses.

Se a dose de reforço, segundo estudos, for aplicada com um intervalo de seis meses, os níveis de anticorpos aumentam nove vezes após uma semana com a imunização da Janssen. Esse índice segue aumentando em até 12 vezes quatro semanas após a aplicação do reforço.

A nota técnica citou uma pesquisa norte-americana que demonstrou que a dose de reforço, quando aplicada com um intervalo mínimo de dois meses, fornece até 94% de proteção contra a covid-19. Com dose única do imunizante, o índice é de 75%. O estudo também demonstrou que os níveis de anticorpos aumentaram de quatro a seis vezes com a dose de reforço.

Os resultados embasaram o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês) a também recomendar a dose de reforço da Janssen.

No caso de mulheres que se vacinaram com a Janssen e que estejam grávidas, a recomendação é que a dose de reforço seja feita com a vacina da Pfizer.

O Brasil recebeu, até agora, 6,6 milhões de doses de vacinas da Janssen. No momento, cerca de 2 milhões de doses estão em análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Segundo o Ministério da Saúde, a previsão do laboratório é que mais 2,8 milhões de doses sejam entregues no começo de dezembro e o restante até o fim do mês. “Esses quantitativos são suficientes para a aplicação do reforço de quem se vacinou com a Janssen dentro do intervalo recomendado de até seis meses”, informou o ministério em nota.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Em um mês, Portal 96 atinge 220 mil acessos e um impacto superior a 1 milhão de contas

O Portal 96 já conseguiu alcançar marcas expressivas de acessos, visualizações, engajamento e repercussão. Com apenas um mês no ar, além de atingir os 220 mil acessos, o Portal também se tornou referência em publicações exclusivas que foram replicadas em outros veículos e, também, nas redes sociais oficiais da 96, gerando um crescimento exponencial das visualizações e do impacto atingidos pela rádio.

Após a chegada do Portal (que entrou no ar no dia 25 de outubro), a 96 alcançou 426 mil contas no Instagram, um crescimento de quase 60% na média mensal. No Facebook, o aumento foi ainda maior: 456 mil, um aumento de 907%.

Nesse período, foram mil notícias postadas, a grande maioria, produzida pela própria Redação da 96 ou pelos programas da emissora, o que reforça o perfil da 96 como uma das maiores produtoras de conteúdo do Nordeste. A notícias, inclusive, destacam também o perfil multiplataforma da 96, com a exploração não só de textos, mas também de imagens (vídeos e fotos), audios, infográficos e, até, memes.

Com a chegada do portal, a 96 iniciou mais dois canais no YouTube. Além do tradicional 96 FM, agora, o veículo também o “Portal 96” e “Esportes 96”.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

PT tenta consertar estrago de Lula

O Partido dos Trabalhadores (PT) veio a público tentar consertar o estrago causado por uma declaração dada pelo ex-presidente Lula em entrevista ao El País.

Como a coluna mostrou, Lula deu uma resposta desastrosa ao comparar o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, com a chanceler alemã Angela Merkel.

Em texto publicado no site oficial da legenda com o título “Nova fake news distorce entrevista de Lula ao El País”, o PT afirma que o ex-presidente defende a alternância de poder.

“É falso e de má-fé afirmar que Lula teria apoiado “ditaduras de esquerda” ou igualado a primeira-ministra Ângela Merkel ao presidente Daniel Ortega”, escreve o PT.

O partido publicou o vídeo – segundo eles, sem edição- com o trecho da entrevista que causou a polêmica. Lula começa defendendo a alternância de poder, mas em seguida compara Ortega e Merkel.

“Todo político que começa a se achar imprescindível ou insubstituível, começa a virar um pequeno ditador. Por isso, eu sou favorável à alternância de poder. Posso ser contra, mas não posso ficar interferindo nas decisões de um povo. Nós temos de defender a autodeterminação dos povos. Por que a Angela Merkel pode ficar 16 anos no poder, e o Daniel Ortega não? Por que Felipe González pode ficar 14 anos no poder? Qual a lógica?”.

Embora tente afirmar que Lula não disse o que realmente disse na entrevista, é fato que o ex-presidente soltou uma frase infeliz e deveria, pelo menos, pedir desculpas pela forma como colocou seus pensamentos.

Matheus Leitão/Veja

Opinião dos leitores

  1. Quando o jornalista é “cumpanheiro”: deve pedir desculpas pela frase infeliz. Como se isso mudasse o fato de como pensa esse canalha. Kkkkkkk

  2. Mas afinal, “Por que a Angela Merkel pode ficar 16 anos no poder, e o Daniel Ortega ou qualquer outro não?”.
    Essa é uma questão.
    Outra são os regimes de cada País e as suas autonomias internas para dispor de como deve ser suas gestões sem interferências externas no sentido de intervenções não solicitadas, desejadas ou permitidas.
    O fato é que tudo que Lula diz ou deixa de dizer, faz ou deixa de fazer, incomoda e será criticado simplesmente por ser dele que provém.
    Vejam que a visita de Bolsonaro a ditaduras no Oriente Médio que impulsionou articulação com a extrema direita não incomodou, perturbou ou causou sequer estranheza, mas o comentário contextualizado de Lula sim?
    Quanta hipocrisia falsa moral.

  3. Sim , quero vê também qual a desculpa que darão para a frase que o maior ladrão do mundo disse: ” O Bolsonaro destruiu tudo que nós destruímos” , só que desta vez ele está certo, destruíram todas as grandes estatais, destruíram as obras de infraestruturas sem fim, destruíram fundos de pensão, destruíram a dignidade e a esperança do povo brasileiro, etc…O Bolsonaro e equipe reverteram tudo isso. E o pior é que o luladrão ainda tem muitos esquerdopatas acéfalos, que o apoiam .

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

[VÍDEO] Bolsonaro confirma agenda oficial no RN em janeiro

O presidente Jair Bolsonaro confirmou que estará no Rio Grande do Norte em janeiro de 2022 em agenda oficial. A informação foi dada durante sua live semanal realizada nesta quinta-feira (25).

Ao ser convidado pelo ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional) para a inauguração de um trecho das obras do Rio São Francisco, ele foi simples e direto: “Estarei lá”.

Opinião dos leitores

  1. Então tá. Os satanás do PT são responsáveis pelos combustíveis altos. Eles saíram do poder em 2016, já faz 5 anos que o PT deixou o comando do Brasil. E nos votamos nesse INFELIZ desse doido pra que? 5 anos e nem os combustíveis baixou? 5 anos e só inflação? Homi VTNC
    Esse viado fica botando a culpa no demônio do PT aí agora ninguém acredita mais, trabalho perdido e os infeliz do Petê vão voltar
    Esse doido num faz nada VTNC seu FdP! Esse doido vem ver o que aqui? Andar de moto com os rico? VTNC

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

TCE manda câmara suspender reajuste de vereadores de Natal

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) determinou que a Câmara Municipal de Natal se abstenha de elevar os subsídios dos vereadores. A Câmara havia aprovado, por meio da Lei Municipal nº 7.108, de 28 de dezembro de 2020, o valor de R$ 19.533,24 como subsídio mensal dos vereadores para a legislatura de 2021 a 2024, com efeitos financeiros a partir de 01 de janeiro de 2022.
Segundo o voto do relator, conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, não se poderá ordenar qualquer despesa pública com base na lei aprovada pela Câmara sob pena de multa pessoal de R$ 5 mil ao chefe do Poder Legislativo. O voto do conselheiro Carlos Thompson foi acompanhado pela conselheira Maria Adélia Sales. O conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior apresentou um voto vista, com tese oposta à do relator, contudo o entendimento não foi confirmado pela Primeira Câmara.

A divergência dizia respeito à data limite para edição de lei do Poder Legislativo Municipal para elevar os subsídios dos vereadores para a legislatura subsequente. No entendimento do conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior, o aumento pode ser concedido a qualquer momento antes do início da legislatura na qual a elevação será efetivada. Já para o relator o aumento deve ser dado antes dos últimos 180 dias do mandato do chefe do Poder Legislativo.

Nos termos do voto do relator, o limite de 180 dias antes do fim do mandato do chefe do Poder Legislativo está expresso na Lei de Responsabilidade Fiscal e tem sido confirmado na jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, do Superior Tribunal de Justiça e demais Cortes. Dessa forma, não há “qualquer decisão acerca de eventual controvérsia jurídica relativa a limite temporal anterior às eleições municipais ou à vedação à prática de atos que impliquem aumento de despesa com pessoal nos 180 últimos dias dos mandatos do Prefeito e do Presidente da Câmara de Vereadores”, apontou.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

“Respiradores não existiam e custariam 10 vezes mais”, revela deputado

O deputado estadual Kelps Lima, presidente da CPI da Covid do Rio Grande do Norte revelou que os respiradores, pagos com dinheiro público para o combate à pandemia, mas que nunca chegaram aos potiguares não existiam. De acordo com o parlamentar, eles ainda seriam superfaturados.

“Os respiradores não existiam. Sendo desenvolvido, eles custariam ao povo do Nordeste dez vezes mais do que o seu custo”, resumiu Kelps Lima.

Opinião dos leitores

  1. Será que o (des)Governo de Fátima Bezerra vai dizer que isso é uma FakeNews, igual faz diariamente com os fatos reais da desastrosa gestão que vem executando?
    O povo não pode ficar inerte a um governo incompetente e claramente corrupto…
    FORA FÁTIMA!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

CPI: testemunha recebeu R$ 2,5 milhões para desenvolver respirador para empresa

A CPI da Covid da Assembleia Legislativa se aproxima do término de seus trabalhos e, nesta quinta-feira (25), ouviu mais três pessoas, sendo um investigado e duas testemunhas sobre contratos investigados pela comissão. Entre os ouvidos estava o engenheiro Antônio Carlos Alvares Fasano, que falou como testemunha sobre o contrato do Consórcio Nordeste. No depoimento, o engenheiro e empresário confirmou que havia sido contratado para desenvolver um respirador pulmonar para a Biogeoenergy, que venderia os equipamentos à Hempcare para atender demanda do Consórcio Nordeste.

Segundo o depoimento de Fasano, que não é investigado pela CPI e não tem quaisquer acusações contra ele, a empresa Biogeoenergy buscou seus serviços para o desenvolvimento de um respirador pulmonar de baixo custo e que pudesse ser utilizado para o tratamento da covid-19. O serviço consistia em desenvolver e fornecer a tecnologia para viabilizar o novo ventilador, cedendo ainda cinco protótipos e treinando equipe de engenheiros que daria continuidade à produção dos equipamentos na sede da empresa, em Araraquara (SP). Inicialmente, ele recebeu R$ 500 mil, mas o primeiro protótipo precisou ser aperfeiçoado.

De acordo com o que disse à CPI, a mudança no protótipo precisou ocorrer para que o equipamento atendesse às especificações que viabilizaria a utilização dos respiradores para outros casos que não fossem a covid-19. O valor inicial era de R$ 8 mil e, com as mudanças implementadas após estudos e trabalho de sua empresa, o custo ficaria em R$ 15 mil. Pelo serviço e para a compra de novas peças, Fasano disse ter recebido outro adiantamento no valor de R$ 2 milhões da Biogeoenergy.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

Ter um celular em casa e outro para sair é solução contra risco de golpes?

A onda crescente de roubos de celulares que levam a invasão de contas bancárias fizeram o escritor e jornalista Chico Felitti adotar a tática do “celular fixo”: manter um telefone em casa só com os principais apps de banco e outro “móvel”, para usar na rua.

A estratégia repercutiu nas redes sociais. Até o momento a sua publicação tem mais de 4 mil curtidas. Mas será que ter dois celulares —um pessoal e um outro para poder sair na rua com menos medo— é solução para nos manter mais seguros? Segundo os entrevistados, a tática ajuda, mas não resolve tudo.

Como existem vários tipos de golpes, infelizmente, é preciso conhecer o máximo que puder sobre as tentativas dos criminosos antes de tomar qualquer decisão. Mas, para evitar golpes com Pix ou acesso a seus apps bancários, esta pode ser, sim, uma boa decisão.

Caso você opte por ter dois celulares, o conselho é: instale em um todos os aplicativos sensíveis como os de bancos, de investimento e carteiras virtuais de cartões de crédito. No outro, você pode manter os apps de comunicação necessários para o dia a dia.

Tilt/UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Planos de saúde crescem 9,5% no Rio Grande do Norte

Os planos de saúde no Rio Grande do Norte ganharam 48,6 mil usuários entre setembro de 2020 e setembro de 2021 e registraram o maior aumento percentual do Brasil (9,5%), de acordo com dados da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Em números absolutos, o Estado tinha 511.932 usuários em setembro do ano passado ante 560.615 em setembro último. Dois Estados do País apresentaram queda nos doze meses analisados pela ANS: Maranhão (-2,1%) e Acre (-1,8%).

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro antecipa que participará de debates em 2022

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que pretende ir aos debates para as eleições de 2022, mas impõe uma condição: não quer ser questionado sobre sua família e seus amigos. O chefe do Executivo deu a declaração em entrevista ao programa Agora com Lacombe, da RedeTV!, na noite de 5ª feira (25.nov.2021).

“É para falar do meu mandato. Até a minha vida particular, fique à vontade. Mas que não entrem em coisas de família, de amigos, porque vai ser algo que não vai levar a lugar nenhum”, disse o presidente.

Para Bolsonaro, o debate foge da sua finalidade quando tem provocações.

“Eu pretendo participar de debates. Não pude da última [vez, em 2018] porque estava convalescendo ainda [por conta de uma facada]. Da minha parte não vai ter guerra, eu tenho 4 anos de mandato para mostrar o que fiz (…) agora, eu não posso aceitar provocação, coisas pessoais, porque daí você foge da finalidade de um bom debate.”

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *