LEO ÍNDIO: Senador emprega com R$ 23 mil de salário primo dos filhos de Bolsonaro

Resultado de imagem para CARLOS BOLSONARO E LEO INDIO
Leo Índio e Carlos Bolsonaro

 

O senador Chico Rodrigues (DEM-RR), vice-líder do governo, contratou Leonardo Rodrigues de Jesus para o segundo maior cargo de seu gabinete, com um salário de R$ 22,9 mil mensais. Conhecido como Leo Índio, ele é primo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro e pessoa de confiança do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Leonardo, que é estudante de administração, ocupará o cargo de assessor parlamentar do senador, que só tem remuneração inferior ao de chefe de gabinete, que recebe R$ 26,9 mil por mês.

Segundo o senador, a escolha do auxiliar se deu por “feeling” e “desenvoltura” após ter recebido indicação de uma assessora. Ele nega ter atendido a pedidos de emprego da família Bolsonaro.

“Pela conversa, pelo feeling que eu tive, me pareceu útil para mim, vou ver”, afirmou.

Leonardo tem 35 anos e cursa administração na faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro. Segundo o senador, ele terá de trancar a matrícula por precisar trabalhar integralmente no gabinete.

Questionado pela Folha sobre os motivos que o levaram a escolher o assessor, já que ele não tem experiência na vida parlamentar em Brasília, o senador disse que tem contratados em seu gabinete mestres, doutores e especialistas, mas que também está apostando em jovens.

“É um garoto novo, que estuda administração, conhece muita gente na República, aqui em Brasília e vai ser uma forma de me ajudar também. Assim como eu tenho doutores em direito eleitoral, tenho doutores em economia, inclusive um funcionário que eu requisitei do Banco Central. Enfim, eu também estou pegando essa turma nova para me dar suporte. Então é uma assessoria que vai ser boa para mim”, disse.

Quando lhe foi perguntado sobre o fato de Leonardo ter laços familiares com a família Bolsonaro, o senador disse que isso não é um problema.

“Melhor ainda sendo sobrinho do presidente. Qual o mal que tem nisso aí?”, afirmou.

O senador do DEM apontou como vantagem ainda o fato de Leonardo ter “mobilidade” dentro do governo.

“Eu não quero funcionários no gabinete, não quero todos funcionários no gabinete. Eu quero que me dê mobilidade, mobilidade para me dar mais movimento dentro do governo”, disse.

FOLHAPRESS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ceará-Mundão disse:

    A incansável perseguição da mídia marrom contra o governo Bolsonaro. O rapaz foi nomeado por um senador para um cargo de confiança (!!!!!) do seu gabinete. Ou seja, o senador pode nomear quem ele quiser, desde que não fira a lei. O que houve de errado nesse caso? O que há para se comentar no caso em questão? Ai a gente lê um bocado de comentário absolutamente sem noção por aqui, de gente que aplaude e defende bandidos efetivamente condenados pela justiça, mas que se acham no direito de criticar algo perfeitamente legal, normal e compreensível (se o senador acha que essa nomeação pode facilitar seu acesso ao presidente, fez o certo). Quanto mimimi dessa cambada que torce contra o Brasil. É nojento.

  2. ChoraPETRALHA disse:

    cargo de assessor parlamentar (CARGO DE CONFIANÇA)
    QUER QUE COLOQUE QUEM?
    UM DESCONHECIDO?

  3. GEORGE VIANA disse:

    De laranja e funcionário fantasma tem partido politico que entende como poucos, são os mestres dos mestres.
    Vejam o caso onde um influente senhor indicava tudo e todos para cargos, entres os indicados tinha de todo tipo, fantasma, improdutivo, corrupto e principalmente puxa saco, e todos tinham uma característica comum: não tinham compromisso com o país, apenas com seus bolsos e o poder.
    O tal senhor sabia tanto o que estava fazendo que tudo que usava, desfrutava, usufruía era dos amigos e para que todos o se calassem e o idolatrasse fazia ar$$$$$ticulações como poucos conseguem. Notaram a diferença? Então pode continuar o choro…

  4. Laudo Batista disse:

    O namoradinho dele já foi recompensado!

    • Ceará-Mundão disse:

      E se for verdade, o que vc tem a ver com isso, considerando que o cargo existe e a nomeação está totalmente dentro da lei e ninguém tem nada com a eventual opção sexual do rapaz? Ou vc é homofóbico? Ou gostaria de estar no lugar do rapaz? Será que vc mereceria? kkkkkkk

  5. Beto Araújo disse:

    Tá. Então tá!

  6. sergio disse:

    Feeling, desenvolura e mobilidade. Anotem aí. São as novas "qualidades" pra se dar bem na nova velha política.
    Obs: não tenho bandido de estimação.

  7. Cesar disse:

    A boa foi dizer que é garoto novo, que está apostando em jovens de um cara de 35 anos que AINDA curso a Universidade. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Vou rir até dezembro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  8. GEORGE VIANA disse:

    Índio, Amor, Roraima, Natureza, muito apropriada, tem tudo a ver a nomeação…

  9. Zé Raimundo disse:

    Os laranjeiros ñ perdem tempo. E os Bolsominion's tds de boca fechada. Daqui a pouco o velho Ceará deve se pronunciar c seu discurso panfletário pra iludir besta.

  10. Anti-Político de estimação disse:

    Dois golpes no eleitor, tanto na questão de hipocrisia moral como de hipocrisia política. Continuo torcendo pelo meu Estado e pelo meu País, mas tá difícil viu ???

  11. Henrique Américo disse:

    O amor é o amor, né ?…hahahahaha…só os quem entendem, entenderão

  12. Sandro disse:

    Nepotismo cruzado. Nova politica? 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣😆🤣 Minto acima de tudo, engano os bolsominios acima de todos. Amoedo presidente!

    • Amauri disse:

      Amoedo? Esse é pior ainda…já sabe o que o governador do PSDB gourmet fez em Minas Gerais? Acabou na canetada com o ensino integral para mais de 80mil estudantes da rede pública de ensino. vai lá amigão, continue apoiando o Novo que soh governa pra bancos…

COMENTE AQUI