Marina defende ajuda humanitária a venezuelanos que chegam ao Brasil

A candidata da Rede à Presidência da República nas eleições 2018, Marina Silva, disse que é preciso organizar um programa de ajuda humanitária aos venezuelanos que estão deixando seu país de origem. “A situação da Venezuela é dramática, pela perda da democracia e em relação ao sofrimento do seu povo”, disse.

“O governo brasileiro errou quando, por alinhamentos políticos, não fez prevalecer o ideal que nos deve orientar e nos deixou sem nenhuma ação política”, falou, criticando a atuação dos governos em relação ao regime de Nicolás Maduro. “O Brasil tinha de liderar na América Latina o esforço diplomático para que a Venezuela não chegasse aonde chegou”, afirmou.

Questionada sobre suas propostas em relação ao subsídio ao óleo diesel, que deve ser extinto em janeiro do ano que vem, ou seja, já na posse do próximo presidente, Marina disse que o governo de Michel Temer teve uma atitude desastrosa em relação aos combustíveis. “O subsídio ao combustível é ir na contramão dos esforços que devemos ter na redução de emissão de gás carbono”, afirmou. “Estar sujeito a um único modal de transporte é deixar o País na mão, como na greve dos caminhoneiros. A greve poderia ter sido evitada, mas em um governo sem credibilidade fica muito difícil”, disse.

A candidata foi questionada sobre como deve lidar com a bancada ruralista, que tem força no Congresso Nacional, caso seja eleita. “Sempre trabalhei com convencimento. Não tenho medo de diálogo com o Congresso”, respondeu.

Sobre o armamento, Marina disse que a solução para a segurança pública no Brasil é permitir que bandidos não usem arma e não distribuir armas para que a população se defenda sozinha. “Não vamos combater violência distribuindo armas para as pessoas”, afirmou.

Estadão Conteúdo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Dadá disse:

    Essa é igual a copa do mundo, cria do PT se esconde, fica na moita durante 4 anos, não da um piu, depois aparece com soluções pra tudo. Hora, ela quase não pode nem com ela o que dirá com esse país esculhambado, tomado por todos tipos de marginais. Nao tem pulso forte, logo logo é engolida por aqueles cafagestes do congresso Nacional. Só o Bolsonaro tem peito pra barrar o resto são todos cúmplices da roubalheira, só não ver quem não quer.

  2. Neymar disse:

    Tô sabendo agora que os bandidos podem usar armas. kkkkk, misericórdia certas coisas nós não acreditamos.

  3. Mário Victor disse:

    Marina é uma mulher honesta, que está com um grande economista em sua equipe, o Eduardo Giannetti. Saberá colocar a economia no caminho certo. Menos Brasília e mais Brasil.

  4. Fernando Antônio Ribeiro Bastos disse:

    Marina Silva, deveria tentar era tirar os títulos eleitorais desses venezuelanos, ajudaria um pouco acalentar seu sonho.
    Coisa de quem quer fazer média com o PT.

  5. HSA disse:

    Essa Marina é ridícula mesmo.
    Ela disse que a solução é permitir que bandidos não usem armas! E desde quando bandido precisa de permissão pra fazer e acontecer.
    É uma tonta mesmo.

COMENTE AQUI