Para ex-PGR e ex-vice do STJ, Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade

Para ex-procurador geral da República, Claudio Fonteles, e para o ex-vice presidente do Superior Tribunal de Justiça, Gilson Dipp, não resta dúvida: o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cometeu crime de responsabilidade ao incentivar um protesto contra o Congresso e o STF.

Na noite da terça (25), a jornalista Vera Magalhães revelou em seu site BR Político que o presidente usou seu WhatsApp pessoal para chamar manifestantes a participar do protesto, previsto para 15 de março, em apoio ao governo e contra o Congresso Nacional e o STF (Supremo Tribunal Federal).

“Desta vez é a gota d´água”, afirmou Dipp, que também exerceu as funções de Corregedor Nacional de Justiça e de ministro do Tribunal Superior Eleitoral e hoje atua como consultor e parecerista. “Por muito menos Collor e Dilma sofreram impeachment”, disse.

“Para mim, o fato noticiado é o famoso fumus boni juris [a fumaça do bom direito]. É o suficiente para sustentar a acusação de crime de responsabilidade contra o presidente”, afirmou Fonteles.

UOL

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Fabiano Andrade disse:

    Voces deveriam era parar de propagar tais mensagens. Mas o que não presta da mais noticia né!? Bando de imbecis que adoram agir contra o bem.

  2. Brasileiro disse:

    Impeachment, Impeachment, Impeachment, Impeachment…
    Será a música em 2020.
    Bolsonaro espirrou, impeachment;
    Bolsonaro falou, impeachment;
    Bolsonaro ficou calado, impeachment;
    Bolsonaro suspirou, impeachment;
    Enfim querem vingança, não sabem ver um governo trabalhar pelo povo, tem que ser em prol da manutenção deles no poder

  3. Tarcísio Eimar disse:

    Tá bom mesmo de retirar o PR JB e o vice assumir. Mas o ideal seria o militar assumir com rigor e radicalismo pra acabar de vez com a bagunça desse país. Nenhum dos gestores se preocupa com o povo, com o cidadão q paga os impostos, sempre estão preocupados com seus interesses, e na maior cara de pau. É isso q é difícil de engolir.

  4. Jorge disse:

    Daqui a pouco vai aparecer comentários dizendo que Claudio Fonteles de Gilson Gipp são esquerdopatas, que o PT foi o culpado, que antes alguém fez isso ou aquilo e não deu em nada e que só tem ladrão em partido A ou B.

  5. Carlos disse:

    É tanta gente (ladrões) querendo tirar Bolsonaro da presidência!!!
    Por que será, hein???

  6. Karen disse:

    Enquanto não chegasse ou mexesse com os deuses do supremo, o presidente estaria sendo somente observado, sem maiores problemas. O programa de combate à corrupção não poderia deixar o judiciário de fora, a não ser se lá fosse praticado justiça de verdade e não houvesse corrupção. O interessante nisso tudo é que tudo e todos têm o direto a manifestar-se contra o governo e seja lá o que for que queiram ser contra ou a favor. Sou contra a corrupção, seja em qualquer um dos três poderes. Temos que manifestar nossa indignação contra a corrupção dentro dos nossos órgãos gestores, legisladores e judiciários mesmo, enquanto ainda houverem atores corruptos dentro deles.

  7. Junin disse:

    Esse homem é louco….ao invés de trabalhar fica arrumando confusão com os outros poderes!!!!! Doido mete logo a cabeça na parede….tira as calças e pisa em cima….!!!!

  8. Cidadão Atento disse:

    “Por muito menos Collor e Dilma sofreram impeachment”.

COMENTE AQUI