Parnamirim recebe em sua programação o Carnaval do Por do Som, no Pium

Foto: Ascom Parnamirim

Na frente do Ginásio de Esportes Miguel Carrilho de Oliveira, no Pium, dois palcos serão montados para receber 29 (vinte e nove) artistas e grupos, durantes os dias 22 a 25 de fevereiro de 2020. Um palco voltado para a nova música popular brasileira, com a presença de artistas do RN, PB e PE. Entre eles:

MUNDO LIVRE S/A (sábado, 22/2)
Criado no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, o grupo é um dos fundadores do movimento Manguebeat, na década de 1990. Sobre a escolha do disco lançado em 1988 para ser celebrado no show, os músicos atribuíram a ele a importância de fazer a transição do analógico para o digital na cultura musical pernambucana.

SIBA (domingo, 23/2)
Iniciou a carreira em 1992, tocando guitarra e rabeca na banda Mestre Ambrósio, uma das pioneiras do movimento Manguebeat. Em 1997 compôs Baile catingoso, incluída na trilha sonora do filme Baile Perfumado.
É considerado por muitos com um dos melhores músicos pernambucanos, por sua rima rápida e inteligente.

EDDIE (segunda-feira, 24/2)
Nascida em Olinda/PE, a banda Eddie sempre teve um set list bem carnavalesco. Com os anos, claro, o caldo foi engrossando e hoje, com alguns clássicos do frevo e outras ousadias rítmicas, como adaptar boleros para o folião dançar agarradinho, a Eddie é animação segura no Carnaval.
Após festejar 30 anos em 2019, o quinteto – formado em Olinda (PE) em 1989 – renova o repertório em disco fiel à ideologia musical dessa banda habituada a seguir o passo do frevo com a linguagem do rock e dos beats eletrônicos.

MOMBOJÓ (terça-feira, 25/2)
Expoente da geração pós-mangue beat de Pernambuco, o Mombojó despontou em 2001, e ganhou o Brasil com o ótimo disco de estréia “Nadadenovo”. De lá para cá, o grupo formado em Recife por Felipe S, Chiquinho, Missionário José e pelos irmãos Marcelo e Vicente Machado se consolidou no cenário independente, manteve um público fiel e, ao mesmo tempo, atingiu novas gerações.

Prefeitura de Parnamirim