PASSOU LONGE: Imagens compartilhadas por famosos sobre Amazônia são antigas ou de outros lugares

comoção internacional com as queimadas na floresta amazônicagerou uma nova onda de desinformação nesta semana. Nesta quinta-feira (22), celebridades nacionais e internacionais compartilharam fotografias e vídeos com a hashtag #PrayForAmazonia, para demonstrar seu apoio à campanha que tenta pressionar o governo brasileiro a garantir a preservação da floresta.

Mas algumas das imagens que mais aparecem nas contas dos famosos em redes sociais não são atuais, ou nem mesmo foram feitas na Amazônia. Até o presidente francês, Emmanuel Macron, espalhou em seu Twitter e no Instagram uma fotografia antiga.

FALSO

A imagem publicada por Cristiano Ronaldo é antiga e não foi registrada na Amazônia. A foto é de 27 de março de 2013, e foi tirada pelo fotógrafo brasileiro Lauro Alves na Estação Ecológica do Taim, no sul do Rio Grande do Sul. Apenas no Instagram do jogador português a foto tem mais de 6,5 milhões de curtidas.

FALSO

A imagem é uma das mais compartilhadas com a hashtag #PrayForAmazonia no Twitter e no Instagram. Mas ela não foi feita nas queimadas dos últimos dias, mas sim em 1989, pelo fotojornalista americano Loren McIntyre, que morreu em 2003. A fotografia está disponível no banco de imagens pago Alamy e já aparecia em publicações na internet desde, pelo menos, 2013.

No Instagram de Gisele, o álbum que contém a imagem foi curtido 431 mil vezes. A publicação de DiCaprio teve mais de 3,5 milhões de curtidas. Já a de Macron ultrapassou 107 mil curtidas. No Twitter, a foto publicada pelo presidente francês em dois posts teve mais de 20 mil compartilhamentos e 51 mil curtidas até a noite desta quinta-feira.

FALSO

A foto publicada pelo ator canadense Xavier Dolan não foi registrada neste ano na Amazônia. Ela foi tirada pelo fotógrafo Mario Tama em novembro de 2014, durante uma queimada da Amazônia. A imagem está disponível no banco de imagens da agência internacional Getty Images.

FALSO

A apresentadora Fernanda Lima publicou a foto de uma macaca com um filhote nos braços junto a uma série de outras imagens. Até a noite desta quinta, a galeria tinha mais de 60 mil curtidas.

Mas o registro é da Índia, de 2017, feito pelo fotógrafo profissional Avinash Lodhi. Ele viu a cena quando retratava um bando de macacos em Jabalpur, região central do país. Em entrevista para o site iChowk e também em sua conta no Facebook, Lodhi contou que o filhote ficou inconsciente e foi logo acolhido pela mãe, que fez uma expressão de dor. O clique ocorreu nesse instante. Minutos depois, o macaco acordou.

FALSO

A foto publicada no Instagram e no Twitter pela cantora Madonna foi tirada em 1989, e está disponível no banco de imagem Shutterstock – o autor, porém, não é identificado. Em 2007, essa mesma foto foi usada em uma  matéria do site inglês The Guardian em matéria que traçava a linha do tempo do desmatamento no bioma. A publicação de Madonna no Instagram teve 190 mil curtidas. Já no Twitter, foram 11,7 mil curtidas e quase 4 mil compartilhamentos.

FALSO

O ator João Vicente também compartilhou um álbum de imagens no Instagram com fotos que seriam da Amazônia. Uma delas é uma montagem que mostra quatro animais – mortos ou fugindo das chamas. Nenhuma das fotografias, no entanto, é da floresta ou de agora.

A que mostra um animal fugindo de um campo em chamas foi feita pelo fotógrafo Silva Júnior, da Folhapress, em 17 de agosto de 2011, durante uma queimada em canavial em Sertãozinho, no interior de São Paulo. Já a foto da onça pintada ferida circulava na internet já em 2016, em uma montagem. A imagem com um tamanduá morto em um campo queimado foi tirada em uma fazenda de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo. Por último, a foto em que o bombeiro dá água para um tatu em um campo devastado foi tirada em agosto de 2019 em um incêndio registrado em julho em uma fazenda em área de cerrado em Mato Grosso.

FOLHAPRESS

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justus disse:

    Nicolas, quem conhece a Amazônia de perto sabe que essas ações estão no rumo certo. Não se deixe levar pelos ambientalistas de escritório ou com interesses outros. Lá existe 1 ONG para cada 500 km quadrados. Há notícias de quantos desmatadores que conseguiram delatar para que fossem presos esses anos todos?

  2. Manoel disse:

    As fake news dos petistas sendo desmascaradas!

  3. Erald disse:

    A comunicação falsa
    vai destruir nosso Brasil com essas inverdades…

  4. gilberto ivan disse:

    Qual o interesse por trás de enviar fotos falsas, a esquerda enchendo a mídia com imagens não verdadeiras para prejudicar a imagem do Brasil e do nosso Presidente Bolsonaro e seus Ministros. O que ganha o nosso amado país com o desserviço a sociedade.
    Queimadas existem e sempre existiram, não é de hoje. O que precisamos são de Leis que combatam a mesma e conscientização da sociedade.
    hoje tudo se faz para tentar prejudicar o Presidente, visando a próxima eleição, os bandidos querendo retornar ao poder para continuar a roubalheira praticada a pouco por eles da banda podre da esquerda corrupta.

    • Nickolas disse:

      Você já viu as políticas voltadas ao meio ambiente do atual governo? Porque as leis que foram e estão querendo instituir estão em um viés contrário a esse combate que você cita.

COMENTE AQUI