Plano de Bolsonaro para segurança ainda é incógnita

Um dos principais temas usados pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência, a segurança pública permanece um ponto de interrogação entre os órgãos da União que atuam no setor.

Bolsonaro e seu núcleo de campanha não explicaram o que pretendem fazer nem quem seriam os prováveis candidatos a dirigir a Polícia Federal e o Ministério da Segurança Pública. O mesmo vale para a Polícia Rodoviária Federal e o Depen (Departamento Penitenciário Nacional).

“Aguardamos a abertura de um diálogo logo após a eleição. Não sabemos ainda quais são os planos para a Polícia Federal. Esse silêncio deixa a classe dos delegados um pouco nervosa. Todo mundo quer saber o que Bolsonaro pretende fazer na PF”, disse na sexta-feira (28) Edvandir Paiva, presidente da ADPF (Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal).

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Ceará-Mundão disse:

    Reforma da Previdência é extremamente necessária pois sem ela o país quebrará, literalmente, e não haverá dinheiro para nada inclusive para pagar os proventos dos aposentados. A Grécia andou flertando com o populismo de esquerda, demorou a fazer o que era preciso e chegou ao ponto de precisar cortar 30% dos salários dos servidores públicos de lá. A propósito, Lula fez duas reformas da Previdência (em 2003 e 2005) e Dilma chegou a enviar uma para o Congresso em janeiro de 2016. Vamos deixar de fanatismo cego e tentar enxergar a realidade. Aliás, o déficit do RN também se deve à previdência de seus servidores. Pesquisem, informem-se melhor.

  2. Augusto disse:

    REFORMA DA PREVIDÊNCIA, galera! o Ministrão escolhido já afirmou. Vamo ver se é coisa boa, o que DUVIDO, pois o novo Presidente foi A FAVOR de todas as REFORMAS DE TEMER, que deixaram o brasileiro mais tonto e fraco!

    Deus toque o coração desse cidadão para que ele seja democrata e não transforme o país num clubinho de pseudo ricos, onde quem não participar será enquadrado e carimbado de serviçal com parcos direitos!

  3. Waldemir disse:

    Chora petista

  4. Salviano disse:

    Só lamento que no discurso de vitória, ele já mudou o tom e puxou o freio de mão ao afirma que não será um governo de necessidades imediatas, mas que fixará bases para o futuro. Ou seja, a urgência e as propostas para resolver nossos problemas imediatos, como saúde, educação, segurança vão ter que esperar mesmo.

  5. Ceará-Mundão disse:

    O resultado saiu há poucas horas e a turma da oposição (essas associações não passam de sindicatos e são dirigidas por gente de esquerda) já iniciou a torcida contra e a oposição irracional ao presidente eleito. Essa gente é brincadeira.

  6. P. P. disse:

    Tá bem visto!! O mito se elegeu ontem, agora com tranquilidade escalar o time.

  7. wfc disse:

    Ele já disse ontem: facilitar o porte de armas. Entenda-se: virem-se! Compre sua arma e defenda-se! Um exemplo de planejamento! Tão despreparado que esqueceu de sugerir que se compre um colete à prova de bala tbm.

  8. Leo disse:

    Só o da segurança?
    O coiso ganhou sem plano algum, sema nada, apenas pelo sentimento antipetista. Lamentável.

    • Jorge disse:

      Diferente de Lula, que já tinha um plano mirabolante, como 3nganar milhões de zumbis com bolsa esmola, gás, alimentação e corrupção em todas as estâncias, .agora chegou a fatura e milhões desse bolsistas estão no olho da rua.

    • Jorgensen disse:

      Tudo é uma incógnita !
      Estamos no limbo

COMENTE AQUI