Polícia cogita envolvimento de Carlos Bolsonaro no caso Marielle, diz colunista

Foto: Reprodução/Twitter

A Polícia Civil trabalha com uma nova hipótese no assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes. De acordo com o colunista Kennedy Alencar, da Rádio CBN, nos bastidores das linhas de investigação, comenta-se o envolvimento do vereador Carlos Bolsonaro no caso. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (20).

Segundo o colunista, Carlos e Marielle tiveram uma discussão pública na Câmara Municipal do Rio e haveria relatos de que o vereador se recusava a entrar no elevador se a parlamentar estivesse dentro.

Ainda de acordo com Kennedy, a linha de investigação mostrou que o vereador teria relação próxima com Ronnie Lessa, conhecido assassino profissional do Rio acusado de ter disparado contra Marielle e Anderson. A polícia trata com cautela essa hipótese, mas ela faz parte da apuração do caso.

iG

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nando disse:

    Tá mais do que claro a participação dele.

  2. Antonio Turci disse:

    Concordo.

  3. Marco58 disse:

    prendam o Queiroz . só 30 dias.

  4. Carlúcio disse:

    Pode não ser, mas que tem gente graúda envolvida disso tenho certeza. Caso contrário esse caso já tinha encerrado.

  5. Bento disse:

    Homi vão arrumar uma lavagem de roupa, estão parecendo Paula Noku.

  6. Manoel disse:

    Daqui a pouco vão dizer que foi Michele ou Laurinha a mandante… Aguardem a próxima "bomba"…

    • Curiosa disse:

      Duvido não, essa família está mais para uma quadrilha de bandidos.

  7. Ricardo disse:

    Falta de assunto na impressa.

COMENTE AQUI