Primo de Michelle Bolsonaro divulga nas redes discussão com primeira-dama “Vou te processar por essa postagem. Deixa de ser cretino.”

Eduardo D’Castro, que afirma ser primo da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, foi às redes sociais nesta 4ª feira (12.ago.2020) dizer que ela não auxiliou a avó, que morreu vítima da covid-19. Eduardo chamou Michelle de “ingrata”.

Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 81 anos, morreu de covid-19 no HRC (Hospital Regional de Ceilândia), em Brasília. Ela estava internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) desde 1º de julho.

“Obrigado por você não ter feito absolutamente nada por nossa avó. Tanto poder, tanta influência e por vergonha, sim, vergonha, não ajudou seu próprio sangue. Você ajuda tantas pessoas, participa de tantos projetos pra ajudar os outros e sua própria família, você vira as costas. Triste ver quem você se tornou. Não reconhecemos mais você”, escreveu Eduardo D’Castro.

O criador de conteúdo digital, como ele se apresenta na internet, também postou a imagem de reportagem do portal G1 que ressalta que o Planalto optou por não se posicionar sobre o estado de saúde da idosa antes de ela morrer. “E nem ela se posicionou sobre o estado da própria avó. Lamentável”, declarou.

Na sequência, ele postou outra imagem que seria do perfil no Instagram da primeira-dama, com a mesma foto e nome de Michelle. Ela diz que irá processá-lo por conta das publicações.

“Vou te processar por essa postagem. Acho melhor você rever sua postura em relação a essa postagem. Deixa de ser cretino. Você não é o rico da internet? Cuidado com as suas postagens, seu moleque. Você nem gostava da vó. Seu falso. Seu merda. Cuidado!”, teria dito Michelle.

Logo depois, o homem fez uma sequência de vídeos em que fala: “Sim, sou primo da ‘criatura’. A pessoa mais ingrata que conheci na vida. Depois da minha publicação, como forma de desabafo, é a 1ª vez que ela me respondeu aqui no Instagram. Consegui chamar a atenção da criatura”.

A Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto divulgou nota sobre o caso. Michelle compartilhou o texto  e fez o comentário: “Infelizmente, muitos se aproveitam da nossa posição para buscar os holofotes. Confiando na justiça de Deus”.

Eis a íntegra:

“A primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu com pesar a notícia sobre o falecimento da avó. Ela sente e afirma que é um momento de tristeza e dor para toda a família.

A senhora Michelle Bolsonaro lamenta que alguns parentes tratem certos momentos tão pessoais com oportunismo em desrespeito ao sofrimento de todos.

A primeira-dama permanece recolhida em casa em tratamento contra o novo coronavírus e espera que o momento de luto seja respeitado, acima de quaisquer questões pessoais e familiares.

Secretaria Especial de Comunicação Social

Ministério das Comunicações”. 

PODER 360

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Manoel disse:

    Família tradicional brasileira, cristã e dos bons costumes
    Não é mesmo, Micheque?

  2. Luciano disse:

    Não foi essa avó que foi presa por tráfico de drogas ? se foi eu também teria vergonha de uma avó criminosa, a lei do retorno é cruel.

  3. Observando. disse:

    Apartai-vos de mim, malditos de meu pai. Estive enfermo e nao foste visitar-me.

  4. Marcos Benício disse:

    Será que ele vai contar mesmo?
    Tadinha dessa avó, morava a 30km de distância da Michelle e ela nunca fez uma visita a avó.

  5. Osvaldo disse:

    Era pra Micheque ter pedido pro Queiroz depositar uns cheques para a avó dela ou pagar um tratamento no Albert Einstein em $$$ vivo!

  6. Pedro Henrique disse:

    Era só ter pedido para o Queiroz depositar um cheque para a avó dela ou pagar o tratamento no Albert Einstein em $$$ vivo!

  7. Valeria disse:

    Que linguagem interessante para quem se apresenta como evangélica seguidora de Jesus Cristo…

  8. Beto Araújo disse:

    Tadinha…

COMENTE AQUI