Puxado pelo agronegócio, RN tem saldo positivo de empregos com carteira assinada

Pela primeira vez em 2018, o Rio Grande do Norte teve salto positivo na geração de empregos com carteira assinada. E o grande impulsionador desses números foram o agronegócio.

De acordo com dados do Cadastro de Empregados e Desempregados (Caged), 805 novos postos de trabalho foram gerados em junho. O número representa a diferença entre a quantidade de admissões e a de demissões no período. Em junho, foram registradas 11.750 novos empregos e 10.945 vagas desligadas.

Desde 2013, que o Estado não atingia marcas positivas no mês de junho.

Assim, o número total de empregos formais supera 422 mil. Ainda segundo o Caged, o total de estabelecimentos atingiu a marca de 91.053.