Judiciário

Advogada transexual que havia sido presa com maconha, é novamente detida após furto em supermercado de Mossoró

Foto: Montagem/Ivanúcia Lope/Inter TV Costa Branca

O Justiça Potiguar destaca nesta quarta-feira(18) que a advogada transexual Maitê Ferreira Nobre, de 24 anos, foi presa em flagrante na tarde dessa terça-feira (17), após furtar um queijo e uma castanha do Pará de um supermercado no Centro de Mossoró. Maitê já havia sido presa há menos de um mês por tráfico de drogas.

Segunda a polícia, Maitê Ferreira teria colocado dois itens sem pagar durante uma compra de R$ 86,00 no supermercado. O sistema monitoramento do estabelecimento percebeu a ação da advogada, e a segurança deu voz de prisão. A Polícia Militar foi acionada e conduziu a advogada para Delegacia de Furtos e Roubos para ser autuada pelo crime. Veja mais detalhes aqui em texto na íntegra.

Opinião dos leitores

  1. Da primeira vez que foi presa ela alegou que era perseguição porque era transsexual…
    Quando recebeu a carteira da OAB gritou Lulalivre! e ela que foi presa, ironia da vida.

    1. Isto é formação de caráter não por estudo de formação.

    1. Foste lúcido, sem destilar ódio ou babaquice. É isso aí, furtou tem que pagar.

  2. Uma advogada dos tempos atuais.
    Passa mais tempo em audiência de custódia tentando ser solta que defendendo os clientes.
    A OAB sequer vai abrir PAD. Quem aposta?

    1. OAB ?kkkkkk, Já passou da hora desses " Adevogados " ir as ruas saber o que o Povo Honesto pensam deles.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *