Jornalismo

VÍDEO: Internautas acusam jornalista Vera Magalhães de xenofobia por desdém com hospitais do Nordeste

Foto: Reprodução

A jornalista Vera Magalhães foi acusada de xenofobia pelos internautas que acompanhavam o Jornal da Cultura na noite da última quinta-feira (18). Na edição do programa, ela pareceu desdenhar dos hospitais do Nordeste em uma fala vista por tuiteiros como preconceituosa.

A comentarista falava sobre a alta dos preços dos remédios em tempos de pandemia quando comparou a qualidade de um hospital particular de São Paulo, “de elite”, ao sistema de saúde do Nordeste do país.

Vera se mostrou indignada por saber que os médicos estão intubando pacientes em estado grave sem sedação e fora da UTI, pois não há medicamentos nem leitos disponíveis.

“Conversei com um médico do Sírio-Libanês, não de um hospital lá do meio do Nordeste, um hospital público, mas um hospital de elite da capital do principal Estado do Brasil. Ele me falou: ‘Vera, nós estamos intubando pacientes no leito, no quarto’. Isso é barbárie, é colapso no principal hospital particular da cidade de São Paulo”, disparou.

Não demorou muito para que os seguidores começassem a acusá-la de menosprezar a qualidade dos hospitais de outra região do país. Procurada pela reportagem, a assessoria da TV Cultura não se pronunciou sobre o comentário da jornalista até a conclusão deste texto.

Assista à fala controversa de Vera Magalhães, a partir dos 40 minutos 26 segundos do vídeo abaixo, e confira a repercussão no Twitter:

Notícias da TV – UOL

Opinião dos leitores

  1. É muita falta de ter o que fazer e tulmutuar, distorcer o contexto, é maldade? ou ignorância por não saber interpretar o que foi dito? Então os hospitais do "interior do Nordeste brasileiro ", são do nível do hospital Sírio libanês?

  2. Dá nojo ler estes cometários, pobres de direita com complexo de vira latas, ou cruzamento medonho.

  3. Não mentiu, não desfez dos médicos nordestinos, não houve desdenho algum! Fez apenas uma comparação estrutural, todos sabem que o Sírio Libanês é um dos melhores hospitais privados do Brasil. Não é a toa que os ricos e os próprios políticos, pagando a conta com dinheiro público, vão se tratar lá, assim como; muitos médicos do nordeste também vão se especializar lá. Vamos deixar de hipocrisia, ela apenas disse a vdd.

  4. Não sabia que comparar hospitais era xenofobia. Quer dizer que se alguém fizer uma comparação entre o ensino das escolas particulares com as escolas públicas brasileiras, comete preconceito? Que porcaria é essa? Mostrar a realidade agora é preconceito? Desde quando?
    Quem são esses filósofos, cultos e doutores sociais do twitter que se acham com capacidade e direito de julgar alguém?
    Sim o Sírio Libanês tem atendimento de excelência.
    Vamos lá, quando um político ou pessoa influente, rica, fica doente ela procura a rede pública do nordeste ou o Hospital Sírio Libanês?
    Vamos simplificar, se um governador, prefeito ou vereador da capital adoecer, ele procura os hospitais públicos? Os ridículos se alto flagelam em expor suas mediocridades.

  5. Ela não desqualificou de maneira algum o Nordeste com a afirmação dela! Ela fez comparações. Mas me digam uma coisa, vcs acham realmente que no Nordeste tem um hospital como o Sírio Libanês? E no interior do Nordeste, tem algum que se compare ao Sírio Libanês? Divulgar essa notícia e se chocar com ela eh mera “cortina de fumaça” pra abafar as MILHARES de mortes no Brasil TODO enquanto o nosso presidente inepto não fez nem faz NADA pra evitar! Hoje no Brasil o presidente e todos os governantes não deveriam ter em mente outra coisa exceto diminuir o contágio da doença e das mortes !

  6. Essa jornalistazinha junto com essa tv cultura dela, são um bando de esquerdalhas de narrativas ideológicas.

  7. Essa cidadã conseguiu uma proeza extraordinária no meio "jornalístico", ou seja, parece que virou grife, pois ela tem agora pelo menos uma franqueada em cada estado do Brasil. Está fazendo escola.

  8. Aonde foi que ela mentiu? Homi pelas caridade vamos deixar de frescura, é por isso que nós nordestinos somos malhados porque agente se ofende com qualquer verdade que é dita, sou nordestino sim com maior orgulho agora nós nordestinos querer comparar os hospitais e medicina do nordeste com a da região sul é querer demais.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jornalista potiguar Estella Dantas é nomeada ministra substituta do Ministério das Comunicações

Foto: Reprodução

É com orgulho que esse comunicador informa que a jornalista potiguar Estella Dantas foi nomeada ministra substituta do Ministério das Comunicações. O decreto assinado pelo Jair Bolsonaro tem validade durante o período de missão internacional do ministro Fábio Faria, para tratar do 5G.

Opinião dos leitores

    1. BG igualmente a vc todos nós santanenses aqui de Santana do Matos estamos muito felizes e orgulhosos por essa conquista e nomeação da nossa conterrânea querida e amiga nascida e criada na terra de nossa Senhora Santana, Estella Dantas filha do saudoso Docá e de dona Tetê e irmã do nosso querido amigo secretário chefe do gabinete civil do do estado do RN Raimundo Alves carinhosamente chamado por nós santanenses de "ferrinho" estellinha é uma pessoa amável, extremamente educada e doçe, desejo sucesso a nossa amiga estellinha, parabéns.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Eduardo Bolsonaro é condenado a indenizar a jornalista Patrícia Campos Mello por ofensas em live

Foto: Reprodução

A Justiça de SP condenou o deputado Federal Eduardo Bolsonaro a indenizar a jornalista Patrícia Campos Mello, repórter e colunista da Folha de S.Paulo, por ofensas proferidas durante live no YouTube.

O juiz de Direito Luiz Gustavo Esteves, de São Paulo, apontou que o parlamentar imputou à Patrícia, “falsamente, a prática de fake news e, via consequência, a conquista de uma promoção no trabalho” e “que teria se insinuado sexualmente para obter informações do seu interesse”.

O magistrado recordou na sentença que nenhum direito é absoluto, incluindo o direito de livre manifestação e pensamento.

“O réu ao postar/transmitir em sua rede social que a autora teria praticado fake news e, como resultado, obtido uma promoção em seu trabalho, bem como que teria se insinuado sexualmente a terceira pessoa, no exercício de sua profissão, por certo, transbordou tais limites, ofendendo a honra daquela, colocando em dúvida, inclusive, a seriedade do seu trabalho jornalístico e de sua empregadora.”

Mais detalhes AQUI no Justiça Potiguar.

Opinião dos leitores

  1. Diplomata gritador de hambúrguer kkkkk papai não vai deixar você zoar com a China nas redes sociais.

  2. Filho de peixe peixinho é . O pai e os filhos só fazem merda ? ……. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk aí pai paraaaaaaa ????

  3. Grande Diplomata!!!
    Xinga tido mundo, sai correndo e quem ficar que limpe a merda feita pelo filhinho playboy da Barra da Tijuca.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Instituto Nacional de Advocacia cobra do STF soltura do jornalista Oswaldo Eustáquio

Foto: Divulgação

O Instituto Nacional de Advocacia (Inad) tem cobrado o Supremo Tribunal Federal (STF) pela soltura do jornalista Oswaldo Eustáquio. Nessa quarta-feira (30 de dezembro de 2020), a entidade enfatizou o empenho realizado para ver a Corte tomar uma decisão nesse sentido.

Para o Inad, o caso envolvendo o jornalista representa “um dos mais graves erros judiciários da história do país”.

Eustáquio voltou a ser preso em 18 de dezembro, a mando do ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal (STF). Assim, a defesa do jornalista ingressou com pedido de habeas corpus para que o comunicador tivesse direito a prisão domiciliar.

Num primeiro momento, tal solicitação foi negada, mesmo após Eustáquio ter sofrido lesão na coluna ao tentar consertar problema no encanamento da cela em que está na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

Com isso, o Inad cobra diretamente o presidente do STF Luiz Fux, que é responsável por analisar casos que chegam na Corte durante o recesso do Poder Judiciário.

“Diante da ausência de informações de quando seria analisada a liminar, na tarde de ontem [terça-feira, 29] pressionamos a assessoria do presidente do STF afirmando que a partir de agora seria substabelecido o caso as centenas de advogados associados ao instituto para que realizassem a cobrança do HC [habeas corpus] diariamente”, afirmou a entidade em nota divulgada no Facebook.

No mesmo comunicado em defesa de Oswaldo Eustáquio, o Inad observou a mudança de postura por parte do Supremo Tribunal Federal.

Isso porque, segundo o instituto, o STF negou o habeas corpus ao jornalista uma hora após o registro de que faria cobrança diária à Corte: “Está claro que o STF não julga mais com base na Constituição e na lei, mas sim de acordo com as pessoas que o acionam, se são seus aliados ou desafetos”.

Gazeta Brasil

Opinião dos leitores

  1. Não sindicato pra ele por ele é de direita
    Si fosse de esquerda toda mídia já tinha caído em cima

  2. Gostaria de saber o q o sindicato dos jornalistas, a associação Nacional dos jornalista ( se é que existe), o antagonista e seus jornalistas que se dizem defensores da liberdade de expressão, os demais órgãos q defendem a liberdade, a democracia?

  3. O próprio instituto da OAB ameaçando o STF? Tinha mesmo q ser negado e ainda responder pelas ameaças feitas.

    1. Tem que pressionar esses ativistas judiciais. O inquérito do fim do mundo é deprimente.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Esposa de Oswaldo Eustáquio diz que jornalista fraturou vértebra

Foto: Reprodução

A esposa do jornalista Oswaldo Eustáquio, Sandra Terena, informou que o marido, que foi internado na segunda-feira (21), no centro de traumas do Hospital Base de Brasília, sofreu uma fratura na 5ª vértebra e chegou ao hospital sem o movimento das pernas. Pelas redes sociais, Terena informou que nem ela nem o advogado de Eustáquio puderam ver o jornalista.

– Gente, estou aqui, no hospital. Só falei com o médico. Fui informada [de] que meu marido, Oswaldo Eustáquio, teve fratura na 5t e chegou ao hospital sem o movimento das pernas. Até agora, nem eu nem o advogado pudemos ver meu marido. Angustiante isso. Ele precisa fazer ressonância – escreveu ela, às 0h06 desta terça.

Pelo Twitter, a deputada federal Bia Kicis (PSL), que acompanhou Sandra, informou que o hospital onde Eustáquio está internado não possui um aparelho de ressonância magnética. Por isso, a lesão ainda não foi investigada.

– Ele fez uma tomografia e está com uma lesão na 5ª vértebra que precisa ser investigada por uma ressonância magnética. O HBDF [Hospital Base] não possui esse aparelho (absurdo! Será minha 1ª emenda 2021) – disse Bia.

A deputada também afirmou que conversou com o secretário de Saúde do Distrito Federal (DF), Anderson Gustavo, que garantiu junto ao chefe da pasta de Saúde do DF, Osnei Okumoto, a realização do exame de ressonância em Eustáquio, ainda no início da manhã desta terça-feira (22). Anteriormente, Bia havia informado que o procedimento poderia levar dois dias para ser feito.

– Acabo de receber uma ligação do secretário de Segurança do DF, Anderson Gustavo, que conversou com o secretário de saúde do DF, Osnei Okumoto, que garantiu que a ressonância será feita amanhã, às 7:00 h da manhã no HUB. Obrigada Secretário Anderson e Secretário Osnei pela pronta resposta! – completou.

Com acréscimo de Pleno News

Opinião dos leitores

  1. Cliente especial, merecendo toda atenção dessa deputada Bia Kicis. Providencie um aparelho de ressonância magnética pra ele, excelência, ele merece. Deve saber mais alguns podres da "direita honesta" que pratica a "nova política". Mas, sem mi mi mi, por favor. O paciente precisa voltar pra sua cela.

  2. Deputada gostaria que todos tivessem essa pronta resposta quando precisam de exames de alta complexidade, e não somente quando os queridinhos dos políticos necessitam.

    1. Esta é a vontade de todos, sintam-se abraçados pelo SUS.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Alexandre de Moraes determina prisão preventiva do jornalista Oswaldo Eustáquio

Foto: Reprodução / Redes Sociais

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta sexta-feira (18) a prisão preventiva do jornalista Oswaldo Eustáquio.

Ele cumpria prisão domiciliar, mas, novamente, descumpriu as restrições impostas pelo STF. Desta vez, ele deixou sua casa e se deslocou até o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, comandado pela ministra Damares Alves. O monitoramento eletrônico apontou o deslocamento.

A Vara de Execuções Penais da Justiça do DF afirmou ao STF que não houve nenhuma autorização para que Eustáquio deixasse a prisão domiciliar.

O jornalista é investigado desde junho no inquérito que apura o financiamento e a organização de atos antidemocráticos. Durante os atos, manifestantes foram às ruas com pedidos inconstitucionais, como o fechamento do Congresso e do Supremo.

Segundo Moraes, a prisão preventiva é necessária porque as medidas alternativas não estão sendo cumpridas pelo investigado.

“Após sucessivas oportunidades concedidas ao investigado, ele continuou a insistir na prática dos mesmos atos que lhe foram anteriormente vedados por expressa determinação da Justiça, situação que revela a inutilidade das medidas cautelares impostas, bem como a própria ineficácia da prisão domiciliar, haja vista que Oswaldo Eustáquio Fillho, ao invés de permanecer no interior da sua residência cumprindo o que lhe fora determinado, continuou circulando livremente além do limite permitido”, escreveu o ministro.

Moraes afirmou que, diante dessa conduta, “impõe-se, portanto, a decretação da prisão preventiva, haja vista que as medidas impostas não alcançaram o efeito disciplinar e pedagógico que eram esperados”.

Em novembro, o STF decretou a domiciliar após constatar que o “blogueiro” saiu de de Brasília, onde mora, sem autorização judicial.

Mesmo proibido, o jornalista viajou para São Paulo, sem autorização, e postou nas redes sociais ataques contra o candidato à prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL).

Na época, a Polícia Federal confirmou o descumprimento da ordem do STF, e o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito, determinou uma nova busca e apreensão e a prisão domiciliar de Oswaldo Eustáquio , com tornozeleira eletrônica.

Com informações do G1

Opinião dos leitores

  1. O interessante é que a época pode fazer reportagem suspeita e não é investigada pelos demônios do apocalipse.

    1. Se você diz que não sabe até agora, não adianta tentar explicar.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Ex-colunista da Folha e componente do Saia Justa, da GNT, pede a morte de Bolsonaro e pelo menos 30 mil dos seus seguidores

Fotos: Reprodução/Twitter

 

Com milhares de seguidores, a jornalista Barbara Maria Vallarino Gancia, que foi colunista do jornal Folha de S. Paulo até 2016, e foi uma das apresentadoras do programa Saia Justa, do canal GNT, usou o seu Twitter nesta quinta-feira(10) para escancarar o seu desejo pela morte do presidente Jair Bolsonaro.

“Vamos parar com a hipocrisia. Pergunto: é errado desejar a morte de alguém q está matando brasileiros por descaso numa pandemia e estimulando a circulação e venda de armas num país recordista de crimes por armas de fogo? Alguém que incita a população ao uso da violência contra homossexuais, índios, sem terras que invadem propriedades irregulares, sem tento que invadem prédios abandonados”, diz trecho,

Sem mencionar algumas acusações absolutamente questionáveis, citando apenas o mínimo trecho, do “desejar a morte de alguém”, certamente, se tivesse saído das palavras do presidente,  seria o suficiente para manchetes nos principais veículos de imprensa do país, por incitação a violência e outras coisas mais.

Opinião dos leitores

  1. Mais uma descompensada que não aceita perder. Mude para onde tem a sua cara: Venezuela (por exemplo) não existe ódio do bem. E tudo que vai volta. Lei natural. Aguarde

  2. É a cara da esquerda latina… corrupta e mentirosa. Genocida é esse tipo de esquerda fajuta e corrupta. Esse povo de jornaleco nao sabe nem o que é esquerda.. mas fala como se fosse.. sao manipulados e gostam de manipular com fakes e acusacoes sem sentido.

  3. Bárbara externou o que milhões de brasileiros pensam secretamente, por se sentirem acuados por um governo genocida, que está tornando o Brasil a pátria da milícia e das rachadinhas.
    Quanto aos admiradores de Bolsonaro, podem parar com o mimimi! Quando ele falou em “metralhar a petralhada” vcs aplaudiram! Agora recebam de volta o ódio que criaram.

    1. Maria, os governos do PT, Lula e Dilma, mataram muito mais gente nos corredores dos hospitais, tudo pela corrupção. Roubaram dinheiro da saúde. Pense nisso.

  4. Aonde estava esse povo nos 16 anos que os ladroes lula e cia assaltavam o Brasil ?
    As consequências chegaram e não estão pior pq o mito fechou as torneiras para os parasitas e liberou pra quem precisa. Estão insatisfeitos ? Vão pra CUBAQUEPARIU !!!

  5. Isso não foi discurso de ÓDIO? Onde está a turma da LACRAÇÃO?
    Ah, mas foi uma pessoa de esquerda né. Foi o ÓDIO DO BEM…
    Ou seja, pura hipocrisia do pensamento de esquerda.
    Digo mais, a população MAJORITARIAMENTE CONSERVADORA não vai recuar do pensamento conservador.

    1. Se alguém desejasse a morte dela, com certeza ela iria se vitimizar no Twitter, dizendo que tudo é puro preconceito pelo fato de ela ser homossexual.

  6. Quem é o Presidente mesmo? Quem desejou a morte de mais de 200 mil brasileiros? Hummmmmmm será que foi o bozo lalau…..hummmm tem como rever a materia?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Televisão

Apresentador e jornalista Fernando Vanucci morre aos 69 anos em São Paulo

Foto: Reprodução/TV Globo

O apresentador e jornalista Fernando Vanucci morreu aos 69 anos, em Barueri, na Grande São Paulo, na tarde desta terça-feira (24). Vanucci deixa quatro filhos.

Segundo Fernandinho Vanucci, filho do apresentador, em 2019, o jornalista colocou um marcapasso. Nesta manhã, ele estava em casa, passou mal e foi levado para o hospital.

De acordo com informações da Guarda Civil Municipal de Barueri e do filho do apresentador, Vanucci foi levado ao Pronto-Socorro central da cidade, onde morreu.

No ano passado, Vanucci sofreu um infarto e ficou internado no Hospital Oswaldo Cruz, onde passou por uma angioplastia coronária.

Nascido em Uberaba, Vanucci começou a trabalhar em rádio ainda adolescente. Na década de 70, começou na TV Globo, em Minas Gerais, e depois foi transferido para a Globo do Rio de Janeiro. Na Globo, apresentou jornais como o Globo Esporte, RJTV, Esporte Espetacular, Gols do Fantástico, entre outros.

Desde 2014, ele atuava como editor de esportes na Rede Brasil de Televisão.

G1

Opinião dos leitores

  1. Tive o privilégio de conhecer pessoalmente o Fernando em duas oportunidades: a primeira, em 1986, quando veio passar férias em Natal. Foi comprar revista na banca de jornais do meu pai. A segunda, quando concedeu uma entrevista para mim na 96 FM, pelo motivo do lançamento do bloco do Carnatal Alô você, fazendo alusão ao jargão do Vanucci conhecido em todo o Brasil. Um grande comunicador se vai…

  2. É uma pena… Passei minha juventude vendo o Fernando fazendo o Globo Esporte
    Que Deus conforte os filhos e família

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Em rede social, Coronel Hélio interage com jornalista e garante doação de salário como prefeito

Foto: Reprodução

Em seu Instagram pessoal, a jornalista Lídia Pace, do RNTV 2a edição da afiliada Globo, fez uma postagem sobre as Eleições 2020 solicitando propostas aos candidatos aos cargos de prefeito e vereador. Candidato a prefeito de Natal, Coronel Hélio Oliveira, na manhã de hoje, respondeu ao post e nele prometeu a doação do seu salário, caso seja eleito.

Na postagem, a jornalista diz “Atenção! Precisamos de prefeitos e vereadores para trabalharem nas áreas de saúde, educação, segurança, mobilidade, turismo, cultura, entre outros… O povo paga bem!!!”.

Em resposta ao post da jornalista, o Coronel Hélio Oliveira se mostrou disponível para apresentar o seu Plano de Governo e as propostas para cada uma das áreas citadas. Em relação ao salário, o candidato a prefeito de Natal aproveitou a oportunidade para informar que irá doar todo o seu salário, caso eleito, para instituições de caridade.

Na resposta, Coronel Hélio Oliveira escreveu: “Olá, @lidiapace, tudo bem? Vi sua postagem, achei interessante e vim me colocar à disposição como candidato a Prefeito de Natal. Sei que você é uma mulher de coragem e quero conquistar o seu voto também! Tenho propostas em todas essas áreas que você comentou. Posso te disponibilizar o meu Plano de Governo para conhecer todas elas. Ah, quanto ao PAGAR BEM, irei doar todo o meu salário para instituições de caridade que realizem um trabalho sério e honesto. Desejo desde já, um excelente trabalho nas #Eleicoes2020. Espero poder dividir a bancada com você e apresentar nossas propostas para toda população”, comentou.

Opinião dos leitores

  1. Malandro é malandro e mané é mané…..pode crer que é. Kkkkk. Esse é malandro e eu sou o mané. Kkkkk.

  2. Nossa, bobo quem se ilude com isso… Vencimento de coronel da reserva é maior do que o de prefeito. Quero ver ele abrir mão desse tbm. A mamata é boa….

  3. Está velha politica instalada no estado são responsáveis pelo incremento do crime organizado, por fechamento de lojas fábricas e hospitais. Não vejo está velha politica com alguna solução e sim perpetuando problemas. já que as forças armadas desistiram de tutelar o civil. Vou confiar o voto a alguém com sangue patriota nas veias. Este tal Cel Hélio pode ser nosso Bolsonaro.. não tem outra alternativa 28 do Cel e do Morão

  4. Coronel Helio Oliveira é um homem de bem. Quem o ataca não faz a menor ideia da pessoa que ele é. Tê-lo como prefeito de nossa capital seria avançar 20 anos em 4. Deixo aqui um convite: experimentem…4 anos passa rápido!

  5. Coronel Hélio, é um empresário de sucesso, logo, sabe administrar a máquina pública. Tem meu voto!

    1. Empresário de sucesso normalmente tem dificuldade em domar a máquina pública.
      Ele acostumado a mandar e os func obedecerem, vai comer dobrado com muitos func públicos que fingem que trabalham

    2. Além da experiência como empresário, administrou com exelência a Base Aérea de Natal (atual ALA 10), desempenhando o cargo de GSB (Chefe do Grupo de Serviços de Base), na função de subcomandante de uma das maiores e mais importantes Bases da FAB.

    1. Chico 100! Já respondi, há alguns dias, semelhante pergunta nesse blog.
      Procure no blog do bg , pois está registrado um breve currículo do Cel. Hélio.
      Aproveitando a oportunidade, informo ao JAG que o Cel Hélio não precisa do salário de prefeito pois é Coronel da Reserva da Força Aérea Brasileira e Empresário. Além disso, o Cel. Hélio já tem um plano de governo, conforme citado na matéria do blog do BG, em resposta à Jornalista Lídia Pace, demonstrando organização, antecipação e preparo para mudar o rumo da gestão e da política na capital do RN. Os fatos que citei desmontam a falsa tese de hipocrisia que o JAG apontou. Não existe fato algum que justifique sua "acusação" e julgamento antecipado. Se tivesse, você ou outra pessoa já teria falado. Não dizem nenhum fato desabonador pois seriam processados por injúria e calúnia, sendo condenados ao final.
      Desconheço a lei que proibe um cidadão nascido numa cidade governar o município que escolheu de coração. O Cel Hélio é casado com uma natalense e mora aqui há muitos anos, inclusive gerando empregos para o RN em sua empresa.

  6. Coronel Hélio é o mais preparado para administrar Natal. Basta de políticos profissionais. Vamos mudar!

  7. Parabéns Coronel Hélio! Isso mostra que a sua verdadeira intenção é ajudar a melhorar a nossa cidade Natal. Voto em você!

  8. Pura hipocrisia, não adianta abrir mão do salário e fazer uma administração desastrosa, não é desse tipo de solução que precisamos, e sim de gestores comprometidos, competentes e acima de tudo honesto, tendo esses pressupostos o salário de torna extremamente necessário para a subsistência do próprio Prefeito.

  9. Coronel Hélio um homem de bem. Um gentleman da melhor qualidade uma pessoa honrada. a presença dele engradece o debate municipal. Meu respeito a ele, mesmo se não ganhar a eleição ele já é um vitorioso.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Luto na televisão brasileira: morre o jornalista Rodrigo Rodrigues, aos 45 anos, vítima de complicações decorrentes da Covid-19

Foto: Arquivo pessoal/Divulgação

A televisão brasileira está de luto. Aos 45 anos, morreu nesta terça-feira o apresentador Rodrigo Rodrigues, vítima de complicações decorrentes da Covid-19. O jornalista estava internado desde o último sábado na unidade de terapia intensiva do Hospital da Unimed, no Rio de Janeiro.

Com o bom humor característico e a competência indiscutível, Rodrigo Rodrigues deixou sua marca por onde passou. Desde janeiro de 2019 na Globo, o apresentador conquistou a confiança de todos, e diversos colegas logo se tornaram amigos também fora do ambiente de trabalho.

A morte de Rodrigo abre uma ferida que vai muito além do profissional insubstituível. Dentro e fora da Globo, dezenas de pessoas sentem a perda de um amigo. E a família chora a partida de um parente que conquistou uma legião de admiradores.

Apresentador do programa Troca de Passes, Rodrigo Rodrigues testou positivo para o novo coronavírus há pouco mais de duas semanas. Imediatamente, ele foi afastado do trabalho para que pudesse se recuperar e cumprir o isolamento em casa, com acompanhamento da equipe médica da Globo. No sábado, ele deu entrada no hospital com sintomas como vômitos, desorientação e dor de cabeça.

De acordo com o boletim médico do hospital, foi diagnosticada uma trombose venosa cerebral, e o apresentador passou por uma cirurgia na noite de domingo para aliviar a pressão intracraniana. Nesta terça, porém, ele não resistiu às complicações.

Rodrigo Rodrigues foi um dos grandes nomes da televisão brasileira nas últimas décadas. Iniciou a carreira em 1995, na Rede Vida, embora só fosse ingressar na faculdade de Jornalismo dois anos mais tarde. Em 2001, aceitou um convite da TV Cultura para integrar a equipe do programa “Vitrine”, apresentado por Marcelo Tas. Rodrigo ficou por lá até meados de 2003 e, na sequência, teve passagem curta como repórter no SBT.

Já em 2005, mudou-se para a TV Bandeirantes e, em seguida, retornou para a TV Cultura, desta vez para ancorar o “Cultura-Meio Dia” ao lado de Maria Júlia Coutinho. Ele permaneceu na função até 2010.

Em janeiro de 2011, Rodrigo ingressou na área de onde não sairia mais: o esporte. Assumiu a função de apresentador do “Bate-Bola”, da ESPN Brasil. Ganhou espaço e admiração graças à forma leve e descontraída de transmitir informação aos telespectadores. Entre idas e vindas, passou também pela TV Gazeta, pelo Esporte Interativo e pela Rádio Globo antes de ser contratado pela Globo no início de 2019.

Com carreira consolidada, Rodrigo Rodrigues chegou à equipe de esporte da Globo como reforço de peso. Começou com aparições em diferentes programas do SporTV e apresentou em algumas oportunidades o Globo Esporte de São Paulo. Em agosto, como mais um reconhecimento de sua competência, tornou-se âncora fixo do Troca de Passes.

Dentro e fora da televisão, Rodrigo Rodrigues tinha outra paixão que carregava desde a infância: a música. Em participação no “Domingão do Faustão” em março de 2020, ele contou que o interesse pelas artes começou cedo, com o desenho. Na sequência, veio o violão.

Em 2008, Rodrigo montou a banda “The Soundtrackers”, especializada em tocar trilhas de grandes sucessos do cinema. Guitarrista do grupo, ele dividia seu tempo entre o jornalismo e a música. Também encontrava espaço na agenda para escrever livros relacionados ao ambiente musical, como “As Aventuras da Blitz” e “Almanaque da Música Pop no Cinema”.

Na tela ou no palco, Rodrigo Rodrigues desempenhou suas funções com o brilhantismo de um dos gigantes da comunicação brasileira no século 21.

Globo Esporte

 

Opinião dos leitores

  1. É um sentimento de pena e lamento pela perda do grande repórter, alegre, despojado com toda uma vida ainda pela frente e ódio e desprezo por todos os inconsequentes, mau caracteres, desumanos e imbecis que minimalizam e relativizam tda dor que esse vírus trás.

  2. Uma grande perda. Que a familia seja consolada e que DEUS o receba com os braços abertos,pois éle transmitia alegria,mansidão,paz.
    Esta é uma doença muito agressiva para alguns.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Luciano Hang ganha processo contra jornalista Miriam Leitão

Foto: Reprodução

A 26ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro deu decisão favorável à Luciano Hang na tarde dessa terça-feira (30 de junho), em processo que foi movido pela jornalista Miriam Leitão. Esta decisão segue também o que já havia sido determinado na primeira instância.

Miriam moveu um processo contra Hang por danos morais após ela afirmar ter sido ofendida pelo dono da Havan após ele ter a falado que suas opiniões eram de “caráter político ideológico de esquerda”.

O TJ decidiu que o Hang tem direito à livre manifestação, bem como destacou que as sátiras veiculadas pelo dono da Havan em suas redes sociais não foram ofensivas.

A jornalista ainda deverá pagar honorários advocatícios ao escritório Leal & Varasquim, que representou o empresário na causa.

Com informações da Gazeta Brasil e Gazeta do Povo

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Preso no inquérito dos “atos antidemocráticos”, Oswaldo Eustáquio é repórter, apresenta DRT em rede social e se descreve como jornalista diplomado conservador

(Foto:Reprodução/Twitter)

O jornalista Oswaldo Eustáquio é preso pela Polícia Federal, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O mandado de prisão foi autorizado pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, no inquérito dos “atos antidemocráticos”.

Ele já tinha sido alvo de uma ordem de busca e apreensão há duas semanas.

Durante a investigação, a Procuradoria-Geral da República argumentou ao Supremo que Eustáquio defendeu uma “ruptura institucional de maneira oblíqua”.

O jornalista diplomado e com DRT, tem ainda tem um canal no Youtube com mais de 300 mil assinantes.

Band

https://noticias.band.uol.com.br/noticias/100000993472/oswaldo-eustaquio-e-preso-em-campo-grande-no-inquerito-dos-atos-antidemocraticos.html

Opinião dos leitores

  1. Bg o que você acha de inserir matérias com
    informações dos dois lados, dessa forma parece que o cara é um terrorista assassino como fizeram com a Sara.
    Por que você não pega por exemplo reportagem da Sara explicando os detalhes do processo que ela está respondendo.
    Nunca vi você fazer Isso.
    É o direito de defesa que todos nós temos.

  2. Inquérito do fim do mundo, segundo o ministro Marco Aurélio do STF. Qual foi o crime cometido? E a liberdade de expressão e manifestação onde fica? Quem defende esse absurdo, tome cuidado. Amanhã pode ser usado para outras pessoas que não pensam como o jornalista blogueiro. Mas, a mente doentia não permite enxergar isso.

  3. Não quer ser preso? É só não cometer crime!!
    Ameaça, calúnia, injúria, difamação e ruptura da ordem constitucional é crime há décadas!
    #MORO2022

    1. Lula também pode resolver. Por mais difícil que seja, em matéria de picaretagem dá de dez em Wassef.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Luciano Huck é detonado pelo jornalista Kennedy Alencar: “Canalha, você apoiou Bolsonaro”

Foto: Reprodução/Twitter

O renomado jornalista Kennedy Alencar, que é especializado em economia e política com passagens pelo SBT, RedeTV!, o jornal Folha de S.Paulo, entre outros veículos de comunicação, usou o seu perfil no twitter para atacar o apresentador Luciano Huck por questões políticas.

Com uma série de posts no micro blog, Kennedy se mostrou muito irritado após ver os comentários políticos feito por Huck em que ele cita o escritor britânico Oscar Wilde para refletir sobre o progresso da humanidade e suas utopias.

“Você é um babaca oportunista. Não merece participar do debate público. Canalha!, como diria Tancredo, avô do seu comparsa. Canalha! Você apoiou Bolsonaro”, acusou Kennedy Allencar, em publicação no Twitter, como resposta a uma postagem de Luciano Huck. Já em outro tweet, ele dispara: “Canalha!”.

No sábado (13), Luciano havia postado diversas críticas à atuação do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, após a publicação de medida provisória que permite ao governo nomear reitores de universidades. Na sequencia, Kennedy Alencar retrucou a postagem.

“Um mapa mundi que não inclua a utopia, nem vale a pena ser visto, pois deixa de fora o único país onde a Humanidade está sempre aportando. E quando a Humanidade chegar lá, olha para o horizonte e, ao avistar outro país melhor, parte. O progresso é a realização de utopias”, compartilhou Luciano Huck na web, em trecho atribuído a Oscar Wilde.

Alencar voltou a citar o comunicador neste domingo (14), com mais publicações na rede social. “Brasil está com uma safra de democratas de pandemia. Figuras que usaram seu poder de influência sem o menor pudor para colaborar com a eleição de Bolsonaro usam a ocasião para reescrever biografia. Huck e Moro são exemplos mais gritantes, mas praça tá cheia dos que sabiam quem era Bolsonaro”.

“Essas figuras causaram mal ao país, mas fingem que não têm nada a ver com o abismo no qual atiraram o Brasil. Demonizaram política, colaboraram para eleger um genocida e agora posam de defensores da democracia. Hipocrisia tem limite. O Google tá aí pra quem quiser conferir o que fizeram”, concluiu ele.

Isto É

https://istoe.com.br/luciano-huck-e-detonado-pelo-jornalista-kennedy-alencar-canalha-voce-apoiou-bolsonaro/

 

Opinião dos leitores

  1. Pensando bem… será que democracia é isto mesmo?
    Passar 24 anos de ditadura e ter que aguentar mais quatro de merda pura…
    E ainda há quem tenha a audácia de afirmar que Deus é brasileiro.

  2. E Kennedy Alencar tem autoridade para criticar Luciano Hulk? Ainda está com raivinha porque o candidato dele, o Stalinista, não foi eleito? Kennedy Alencar sempre vai ser um militante de esquerda se passando por jornalista.

  3. Qualquer um, por mais sujo que seja, não se compara a o mau carátismo de um petralha, cujo adjetivo se enquadrou no nosso jargão como corrupto, hipócrita, mau caráter, canalha, cara de pau e desonesto. Falar mais o que?

  4. Parabéns Kennedy Alencar. Sempre admirei seus comentários na CBN. Esse sim, é um jornalista com isenção.

    1. Kkkkkkkkkkkkkkkkk. Isenção onde cara pálida? Esse "jornalista" é petista de carteirinha. Nem disfarça mais sua militância e parcialidade!

    2. como isenção cara pálida, ele é declaradamente esquerdista, inclusive é amigo pessoal de Lula.

  5. Chamar Kennedy Alencar de jornalista é faltar com parte da verdade, ele é um jornalista petista doente, assim como Augusto Nunes é bolsonarista doente. Esse tipo de jornalismo parcial é que faz mal ao país, quanto a Huck criticar esse ser desprezível que ocupa a presidência, ele tá no direito de expressão dele

  6. Hulk é só mais um pitantra do momento, piolho de tubarão oportunista, graças a Deus temos hoje a oportunidade de ter acesso a informação de patriota da imprensa desse quilate como vc Kennedy Alencar. Que falta está fazendo hoje Paulo Henrique Amorim!

  7. Eleição 2018. O povão pisou na bola. Exigia-se mudança urgente. Mas haviam vários candidatos com propostas melhores que Bolsonaro. A falta de princípios constatada nos atos de Bolsonaro dava ideia clara de seu espírito ditatorial e prepotente.
    E agora, o que se esperar de um governo que não mais tem respaldo das pessoas íntegras e de bom senso deste País.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jornalismo

Jornalista Daniel Cabral assume diretoria executiva do Grupo Tribuna do Norte

Foto: Divulgação

O jornalista Daniel Cabral foi contratado pelo grupo Tribuna do Norte e assume a partir desta quinta-feira, 14, a diretoria executiva do grupo. O papel de Daniel será modernizar e integrar o sistema de comunicação, composto pelo Jornal Tribuna do Norte, o Portal Tribuna do Norte On-line e a Rádio Jovem Pan News.

Enquanto vários veículos demitem e se retraem nesse momento de crise, o grupo Tribuna do Norte, que também passou por uma redução na equipe, aposta no planejamento e preparação dos veículos para a transformação que o mercado exige em virtude do cenário atual e também das mudanças nos formatos da comunicação.

A Direção Executiva é uma nova função dentro do grupo que continua contando com a gestão administrativa do Diretor e acionista, Ricardo Alves, com quem Daniel Cabral dividirá a responsabilidade de gerir o Sistema Tribuna. A chegada do novo executivo faz parte das mudanças que o empresário Flávio Azevedo tem empregado ao grupo de comunicação com a visão de crescimento, integração e modernização.

Daniel Cabral é conhecido pela eficiência, seriedade e perfil de liderança. Foi ele quem comandou o jornalismo da TV Ponta Negra nos 7 anos em que a empresa se manteve na liderança do IBOPE no horário local contra a afiliada da Globo no RN. Até o final de 2019, esteve à frente da direção de jornalismo do Sistema Opinião, o maior grupo de comunicação do Nordeste.]

Opinião dos leitores

  1. Caberá ao novo diretor redesenhar o modelo de negócio do grupo, o que não deixa de ser uma tarefa árdua numa economia retraída como a do RN. Do contrário, rádio e portal funcionarão como provedores de caixa para manter o septuagenário jornal devorando dinheiro à tripa forra.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Jornalista da Globo News Leilane Neubarth é acusada de preconceito contra nordestinos nas redes sociais ao apontar que pessoas da região não sabiam o que era ‘lockdown’

 FOTO: SERGIO ZALIS/TV GLOBO

A jornalista e apresentadora Leilane Neubarth, da Globo News, passou por uma saia justa na tarde dessa quinta-feira (7). Através de seu perfil no Twitter, a comunicadora escreveu uma mensagem de teor preconceituoso em relação aos nordestinos ao dizer que algumas pessoas dessa região não sabiam o que significava o termo “lockdown”, referente ao isolamento total, que implica no fechamento de serviços ditos como essenciais, no combate ao coronavírus.

“Acabei de ouvir de uma amiga que tem parentes no nordeste que, por lá, muita gente está se perguntando de “lockdown” é nome de remédio! Precisamos achar uma expressão que as pessoas no Brasil TODO compreendam… Não só na nossa bolha…”, escreveu a jornalista. Não demorou muito para que ela recebesse respostas apontando sua discriminação.

“Como nordestina que morou no sul, tenho que lhe alertar que não é só nordestino que não entende essa expressão. Da forma como você coloca parece que só nordestino é burro”, apontou uma usuária. “Não é apenas o nordestino que não compreende a língua inglesa. A maioria dos brasileiros de todas as regiões também não. Aliás, embora conhecimento seja sempre válido, ninguém deveria ser obrigado a entender uma língua estrangeira para conseguir se comunicar no seu País”, respondeu outra seguidora.

“Comentário infeliz. Falta de instrução formal e desconhecimento de outros idiomas não é “privilégio” do nordeste”, disparou outra usuária.

Três horas após o post polêmico, Leilane Neubarth voltou ao seu Twitter para responder às críticas: “Quando a pessoa quer odiar sempre consegue um motivo… Eu apenas citei a informação que tive e falei no Brasil todo… Se você não conseguiu ler, não posso fazer nada”.

Foto: Reprodução

Jornal do Commercio

Opinião dos leitores

  1. Que tal mudar o nome do noticiário para GLOBO NOVAS? Desejo um Knockdown no preconceito dessa apresentadora.

  2. Não assisto a Globo e muito menos a Globo fak News. Não sou a advogado de ninguém, agora eu quero só dizer uma coisa, ela está sendo vítima do mesmo jeito que o presidente Jair Bolsonaro tem sido, nos últimos tempos, o presidente fala uma frase tiram fora de contexto e aí está criada a polêmica, da mesma forma foi esta jornalista da Globo fak News, ela está provando do próprio veneno, só falta ela dizer que os que estão criticando ela, são bolsonaristas.

  3. Essas notícias são estupidas mesmo, ela disse que recebeu de uma amiga a notícia e essa imprensinha de quinta mudou todo o comentário. Nota zero

  4. Só sei dizer que haverá corrida nos cartório para registrar crianças com esse no me tão importante. ….. "Passe aqui, LOCKDOWN!"

  5. Foi correta a manifestação da jornalista, tem muito sulistas e de outras regiões que não sabem bem o significado desta palavra em inglês. É muito mími para pouca coisa. Coisa do politicamente parvo

  6. Essa cachorra da comunicação sempre desrespeitou os nordestinos, não é a primeira vez. Deve ser falta de macho, pois é muito fraquinha.

  7. Sou nordestina com orgulho!!Não troco meu OXENTE pelo OK de ninguém!! Humildade, amor, solidariedade, alegria, faz parte do coração dos nordestinos!! Sinto muito, pelo infeliz comentário desta mocinha!!

    otgulho, .

  8. Claramente xenofobismo que é enraizado no sul/sudeste. Mas tenho certeza que esses que apoiam o comentário estão levando para o clubismo politico. Se fosse o PR falando, os mesmos que estão concordando com a falta de respeito da jornalista, estariam criticando. Ou seja, é a psicologia do acuse os do que somos. Repita várias vezes que se tornara verdade. Diga que eles são gados, já que na verdade nos somos….e assim é a arma deles de revisionar toda a história. Xenofobia senhores, mas só se preocupam quando convém. Complicado….

  9. Tanto faz. O povo não sabe mesmo… Pode ser lockdown, lockup, lockleft, lockright, pode ser até ISOLAMENTO em bom português. As pessoas não entenderão. Pode ser Nordeste, Sul, Sudeste, Norte, Centro Oeste…. As pessoas não entenderão.

  10. Leilane Neubarth SE RESUMA A SUA BOLHA NEFASTA E PROCURE SER MAIS HUMILDE COM SUAS REPORTAGENS. VOCÊ SABE COM QUE SIGNIFICA A PALAVRA AMOR? NA SUA BOLHA É DIFICIL.

  11. Mas se Bolsonaro ou algum dos seus falasse isso, neguinho já sabe como seria, mas é de esquerda, tá tudo muito bom, lindinho….

  12. Se ela disse não mentiu muitos não sabem nem o português que dirah o inglês eh só olhar o português nas redes sociais eh de fazer vergonha

  13. A pedra sempre na mão para jogar…..Deus nos perdoe.
    Ela citou o que a amiga falou. Ainda destacou o Brasil TODO. Essa atitude do povo ou é falta de leitura e interpretação ou crueldade mesmo.
    Obs. Sou nordestina e nao troco o meu oxente pelo ok de ninguém.

  14. Não percebi nada de preconceito da parte da Sra. Leilane. Sou nordestino mas não me ofendo com pouca coisa. Mas, uma das palavras da moda, Lockdown, demonstra que o idioma inglês está entrando com força no nosso dia a dia.

  15. certamente esse é o pensamento da Globo , sou nordestino e com orgulho e respeito qualquer brasileiro de qualquer região, assim é o meu Nordeste.

  16. Mimimi. Vi nas redes sociais vários memes feitos por aqui, justo sobre o que significa lockdown e todos com teor de gozação sobre o seu significado. Ninguém se melindrou. Agora, como o comentário foi feito por uma jornalista ….

  17. Que exagero danado. Sou NORDESTINO. Não vislumbrei preconceito na fala da repórter. Aliás, clamou pela utilização de expressão que todos entendessem. Chamou, inclusive, de bolha o mundo em que poucos sabem o real significado de lockdown. Ademais, é no Nordeste onde se tem os maiores índices de analfabetismo. Deveriam ficar revoltados com os políticos que elegem.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Bolsonaro diz que agressão a jornalista é coisa de “infiltrado” e de “algum maluco” e merece punição

Fotoarena / Agência O Globo

Um dia depois do ato na Praça dos Três Poderes com palavras de ordem contra o Congresso e o Supremo Tribunal Federal (STF) e agressões a jornalistas, o presidente Jair Bolsonaro disse que a manifestação de domingo foi democrática.

Bolsonaro disse, nesta segunda-feira (4), que não viu jornalista sendo agredido, mas declarou que, se ocorreu, foi coisa de “infiltrado” e que a conduta do agressor merece ser punida.

“Eu não vi nada. Estava dentro do Palácio. Recriminamos qualquer agressão que porventura tenha havido. Se houve agressão, é alguém que está infiltrado, algum maluco e deve ser punido. Não existe agressão. Agora vaia e apupo é parte da democracia”, disse o presidente na portaria do Palácio da Alvorada.

Último Segundo – IG

Opinião dos leitores

  1. Até onde eu lembro na história do Brasil, a bandeira nunca foi vermelha e nem mesmo no governo do PT. Não vi revolução comunista ou socialista e nem movimento algum que levasse a isso. O que vejo são discursos rasos e fracos argumentos, junto a uma ignorância intelectual e interesses de pessoas que apenas substituíram outras e continuam fazendo a.mesma coisa ou pior. A infiltração que está correndo o Brasil é aquela que desagua dos corredores de Brasilia espalhando a água podre que corre nas veias dos que lá estão. E por favor não me venham com ESTÓRIAS de esquerda, de comunista e de Ptista, porque não me identifico. Mas me recuso a beber da fonte da ignorância coletiva que alguns bebem e querem que outros o façam a força através de argumentos pífios de mentes que não pensam.

  2. É não. Issoné uma reação do povo que não aquenta mais essa imprensa sebosa e sensacionalista que só pensa em deturpar a imagem.do presidente. E por causa de uns todos acabam pagando o pato. Lembrando que quando o pt estava no poder a imprensa também leva-va cassete.

  3. É a velha estratégia do "morde e assopra": o Capetão estimula a agressão do seu gado bravo e em seguida aparece para tentar amenizar as consequências irresponsáveis.

  4. Nossa bandeira é vermelha!!! E azul e branco…pq somos e sempre fomos o quintal do EUA… cloroquina ja foi que venha Remdsevan

  5. Qual o sentido de uma manifestação política com presença do presidente da República, na rampa do Palácio do Planalto – sede do Poder Executivo nacional -, com pessoas brandindo bandeiras de países estrangeiros?

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *