Meirelles prevê crescimento econômico de 3% para 2018

Foto: Fábio Motta/Estadão Conteúdo – 04.12.2017
Ao comentar o rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência de classificação de risco S&P (Standard & Poor’s), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles disse que a retomada da nota de crédito é “questão de tempo” e projetou um crescimento de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) — soma de todas riquezas produzidas no País — neste ano.
— Tenho certeza de que o País vai ver o próximo Ano-Novo em uma condição muito melhor do que a atual.
Meirelles avalia que o Brasil “está em processo de consolidação de um crescimento forte”. Ele atribui a fala à série de medidas em processo de votação nas casas legislativas.
— Nossa ideia e compromisso é pela manutenção dessas políticas e dessa direção para assegurar que as condições [econômicas] do país estejam muito melhores no final do ano.
Na noite desta quinta-feira (12), Standard & Poor’s rebaixou a nota de crédito do Brasil de BB para BB- e citou o atraso da reforma da Previdência como motivo. Com isso, o Brasil ficou a três níveis do grau de investimento.
O ministro afirma que o Congresso Nacional tem se mostrado ao lado do governo ao aprovar a “reformas necessárias para o País”. Ele afirma que o próximo passo agora é votar as mudanças no sistema de aposentadorias.
— Tenho certeza de que a reforma da Previdência vai ser aprovada. O compromisso está mantido e vamos fazer com que os mecanismos de controle sejam os mais eficientes possíveis.
R7
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Roberto disse:

    Essa múmia é até competente, mas trabalha a favor dos banqueiros. Fora, empregado do sistema financeiro imundo.

  2. Internauta político disse:

    Disfarçou a inflação, fala em crescimento do PIB, mas convive num governo que ajudou a ter R$ 160 bi de déficit fiscal. E ainda quer ser Presidente. Sem condições….

  3. ALLDO disse:

    O ex-ministro Maílson da Nóbrega falou que o Brasil vai demorar 5 anos para recuperar o indicação de grau de investimento positivo. Esse Meirelles está gagá, viajando na maionese.

  4. Brasil disse:

    Pense num mentiroso!