Mundo

Talibã diz ter encontrado 12,3 milhões de dólares em espécie e várias barras de ouro nas casas de ex-membros do governo afegão


Foto: KARIM SAHIB / AFP

O Banco Central do Afeganistão informou, nesta quarta-feira (15), que os combatentes talibãs entregaram 12,3 milhões de dólares (cerca de R$ 64 milhões) em espécie e várias barras de ouro, recuperados das casas de ex-autoridades do governo anterior, incluindo a do ex-vice-presidente Amrullah Saleh.

“O dinheiro recuperado proveio de funcionários de alto escalão no governo anterior (…) e de uma série de agências de segurança nacional que tinham dinheiro em espécie e ouro em suas casas”, afirmou o comunicado.

Nesta semana, os membros do grupo anunciaram que estavam investigando contas bancárias de ex-funcionários de alto escalão do governo afegão em busca de eventuais rendas ilícitas.

O governo do então presidente Ashraf Ghani foi acusado de corrupção e de ter desviado milhões de dólares recebidos pelo país em ajuda estrangeira.

O talibã afirma que o próprio Ghani levou milhões de dólares quando fugiu para de Cabul para Abu Dhabi quando o grupo extremista ocupou a capital afegã. O ex-presidente nega que tenha levado valores ao deixar o país.

Para evitar o colapso do sistema bancário, cada afegão pode sacar apenas o equivalente a 200 dólares (aproximadamente R$ 1.043) por semana.

Segundo ex-presidente interino do Banco Central afegão, o país estaria sem o acesso à 9 bilhões de dólares (R$ 46,9 bilhões) desde a retomada do controle do Afeganistão pelo Talibã.

R7

Opinião dos leitores

    1. Bem que ele gostaria de governar com plenos poderes, sem STF ou Congresso Nacional, baseado numa moralidade rígida e uma religiosidade extremada acima de tudo. Como os talibans no Afeganistão.

  1. É bem capaz desse achado ser do Lula da Silva o maior ladrão do mundo.
    Pode ir atrás que tem tudo pra ser.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Cidade Alta tem menor número de negócios ativos em 10 anos

Foto: Magnus Nascimento/TN

Se anos atrás a Cidade Alta era o berço de um comércio pulsante, hoje, o bairro, que é o mais antigo de Natal, sofre os impactos das transformações pelas quais passa a capital. Diminuição do fluxo de pessoas nas principais ruas e avenidas, lojas vazias ou com baixo movimento, além de um cenário que salta aos olhos: diversas empresas fechadas. Entre janeiro de 2021 e o começo deste mês de outubro, 2.164 empresas foram extintas segundo dados da Junta Comercial do Rio Grande do Norte (Jucern). O órgão informou ainda que, em 2021, a região possui 2.023 negócios ativos, o menor número dos últimos dez anos. Em 2011, o número de empresas que estavam ativas no bairro era de 2.581, segundo a Jucern.

Para efeitos de comparação, no Alecrim, os negócios ativos, apesar de algumas oscilações, manteve a tendência de crescimento em dez anos. Se em 2011, a Jucern registrava 3.037 empresas em atuação, neste ano, o número está em 3.467. Os negócios extintos eram 4.406 em 2011. Neste ano, o número está é de 3.585.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte. Sim you

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

‘Governo Fátima imita Bolsonaro e privatiza complexo da Rampa’, diz sindicato

“O governo de Fátima Bezerra imita o e privatiza o complexo da Rampa”. A declaração é do Sindicato dos Servidores da Administração Direta do RN (SINSP), em publicação feita em seu site. O sindicato defende que o novo equipamento público seja entregue à Fundação José Augusto, que faz parte do Estado, não à Casa da Ribeira, como fez o governo. O complexo será aberto ao público somente em 2022.

Segundo o Sinsp, “a contratação é uma desistência de realizar concurso público para admitir servidores, passando o equipamento público para iniciativa privada”. Caso o espaço fosse destinado à Fundação José Augusto, de acordo com o sindicato, seriam necessários servidores de carreira.

O último concurso para administração direta do RN foi realizada em 1989, segundo informou o SINSP, com nomeação em 1990. “Já são mais de 30 anos desde a última admissão pública no Estado. Há anos o SINSP luta para que haja a realização de concurso para o serviço público do RN”, defende.

Ainda conforme os servidores estaduais, a terceirização prejudica o serviço público, agrava a situação da previdência estadual e nada contribui para a manutenção dos servidores de carreira.

Grande Ponto

Opinião dos leitores

  1. Se o SINSP tivesse lido atentamente o termo de concessão assinado com a Casa da Ribeira, não
    teria cometido esse Mico de sair dizendo isso.
    A diferença entre informação e publicidade é clara e a checagem das mesmas é o que fa, diferença entre jornalismo e engajamento político partidário, passando a atuar como produtor de conteúdos politiqueiro apenas para distrair, destruir, desonrar e manipular a opinião pública.
    Uma pena que não podemos confiar nos meios de comunicação de massa, concessões públicas com um papel tão importante na formação de uma sociedade ética e verdadeira.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

TCE vê indícios de enriquecimento ilícito nas contas do Governo Fátima

Em análise no Tribunal de Contas do Rio Grande do Norte (TCE/RN), o Relatório Anual das Contas do Governo do Estado aponta que em 2019, no seu primeiro ano de gestão, o governo Fátima Bezerra, cancelou despesas empenhadas (Restos a Pagar Processados) no valor de R$ 13,8 milhões, levantando nos auditores do Tribunal a suspeita de enriquecimento ilícito do Estado. Outro apontamento é que a gestora listou gastos com pessoal, sem prévia dotação orçamentária, com o Estado extrapolando o limite imposto pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O Governo nega a possibilidade de enriquecimento ilícito e argumenta que essas inconsistências se justificam pela reforma administrativa e omissões nas contas da gestão anterior, incluindo as folhas em atraso, alegando ainda que o gasto com pessoal observou a projeção de crescimento da receita.

Essas justificativas, junto ao relatório, estão sendo analisadas pelo Ministério Público de Contas e embasarão o voto do conselheiro do TCE, Carlos Thompson Fernandes, relator do processo que julga as contas do primeiro ano de Fátima Bezerra à frente do Governo Estadual. Nem o conselheiro, nem os auditores da comissão falaram sobre o assunto, uma vez que as finanças ainda não foram julgadas e nem há uma data definida para esta e nem para aquelas do último ano do ex-governador Robinson Faria, que teve contas de sua gestão reprovadas pelo TCE, que indicou a até a existência de crime de responsabilidade. O ex-governador, no entanto, conseguiu reverter a situação na Assembleia Legislativa.

Leia a notícia completa aqui na Tribuna do Norte.

Opinião dos leitores

  1. A políticagem é uma coisa interessante. Nem julgaram as contas de Robson Farias e já estão antecipando as de Fátima para tentar queimá-la frente a opinião pública.
    Quanta hipocrisia!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Foto: Pedro França/Agência Senado
Com as atividades paradas desde março de 2020, início da pandemia da Covid-19 no Brasil, a CPI mista das Fake News no Congresso Nacional só retomará os trabalhos em 2022, ano eleitoral. As informações são da coluna do jornalista Igor Gadelha.

Até então, o presidente da comissão, senador Angelo Coronel (PSD-BA), previa retomar as atividades do colegiado logo após o término da CPI da Covid-19 no Senado, o que está previsto para o final de outubro.

O presidente da CPMI das Fake News disse ter mudado de ideia após ter assumido a relatoria da reforma do Imposto de Renda no Senado. “Estamos focado na reforma do IR”, afirmou.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

ACREDITE SE QUISER: Brasil tem 162 cidades sem homicídios há pelo menos 10 anos

A violência é um problema endêmico no Brasil. São mais de 50 mil homicídios por ano, de acordo com o Atlas da Violência, feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Ao número superlativo somam-se ocorrências assustadoras retratadas diariamente pela mídia. A impressão é que mortes violentas acontecem em todo o país, sem exceção.

Mas não é bem assim. Há 162 cidades que não registraram assassinato nos últimos 10 anos. São municípios pequenos espalhados por 11 estados – o maior tem pouco menos de 10 mil habitantes –, que acabam formando um arquipélago de paz em meio a um oceano turbulento. Juntas, essas ilhas de tranquilidade somam 480 mil pessoas. O número é ínfimo perto dos 212,6 milhões habitantes estimados no país, mas permite imaginar que a violência mais brutal não é, necessariamente, um fato absolutamente impossível de ser evitado – ou, ao menos, amenizado.

Há um grupo ainda mais seleto, dos municípios que não computam homicídio desde 2001. São 58 em oito estados sem mortes violentas há 20 anos. Nesse caso, o maior deles tem população de 5,6 mil pessoas. Ao todo, são 154 mil homens e mulheres vivendo nesses locais.

Para chegar ao número, o (M)Dados, núcleo de análise de grande volume de informações do Metrópoles, levantou, com base no Datasus, por cidade brasileira, todos os homicídios que ocorreram desde 2001. Isso foi feito segundo a metodologia do Atlas da Violência, que utiliza os registros de saúde, e não os policiais, que são mais subnotificados. É importante ressaltar também que os índices de 2020 ainda são considerados preliminares pelo Ministério da Saúde.

O mapa a seguir mostra onde estão as cidades sem homicídios há 10 anos e as sem assassinatos há duas décadas. Em amarelo, as que não tiveram esse tipo de crime desde 2011. Em azul-claro, as que não registraram casos assim desde 2001. A lista de municípios pode ser consultada no fim da reportagem.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Auxiliares defendem que Bolsonaro ‘paz e amor’ mire no voto da terceira via para 2022

Em trégua há mais de um mês com o Judiciário, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pode ter perdido uma parcela de apoiadores mais radicais, mas auxiliares diretos dizem acreditar que sua versão “paz e amor” deve trazer votos da centro-direita na campanha de 2022.

A avaliação entre interlocutores no Planalto é que não deve haver um candidato competitivo da chamada terceira via no próximo pleito. As eleições, apostam eles, deverão ser polarizadas entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

De acordo com ministros, a postura que o mandatário vinha adotando até as manifestações de raiz golpista do 7 de Setembro afastava eleitores não radicais do presidente.

Folhapress

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Avanço da vacinação libera turismo e setor prevê retomada das viagens no fim do ano

Estimulado pela vacinação contra a Covid-19, o setor de turismo apresenta sinais de melhora no Brasil e espera que a retomada ganhe força nos próximos meses com os feriados e as festas de final de ano.

Enquanto a atividade econômica segue fragilizada, o que anima o setor é a combinação entre restrições menores à circulação de pessoas e demanda reprimida por viagens durante a pandemia.

Apesar de ainda estar abaixo do patamar pré-crise, o turismo vem reduzindo os prejuízos nos últimos meses. Cálculos da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) ilustram o cenário.

Folhapress

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil recebe lote de 4,5 milhões de doses da vacina da Pfizer

Foto: UPS

A Pfizer entregou neste sábado (16.out.2021) um lote de 4.527.900 de doses da vacina contra a covid-19 ao Brasil. Os lotes chegaram em 2 voos. O 1º aterrissou por volta de 4h50 no Aeroporto Internacional de e trouxe 3.194.100 doses do imunizante. O 2º, com 1.333.800, chegou às 16h50.

É o 2º maior carregamento já feito pela empresa em um só dia, atrás apenas das 5 milhões de doses entregues em 12 de setembro.

Os lotes deste sábado fazem parte do novo cronograma da farmacêutica anunciado no início desta semana, que prevê o envio de 10 milhões de doses até domingo (17.out). Outras entregas foram feitas na 5ª feira (14.out) e na 6ª (15.out).

Eis o cronograma desta semana:

  • 5ª feira (14.out) – 912.600;
  • 6ª feira (15.out) – 3.226.860;
  • Sábado (16.out) – 3.194.100;
  • Sábado (16.out) – 1.333.800;
  • Domingo (17.out) – 1.333.800.

As remessas fazem parte do 2º contrato firmado entre a Pfizer e o governo federal. Assinado em maio, o acordo prevê a entrega de 100 milhões de doses entre outubro e dezembro. O 1º lote referente ao contrato chegou ao Brasil no dia 9 de outubro, com 1.989.000 doses.

O 1º contrato também previa 100 milhões de doses, cuja entrega foi finalizada no dia 5 de outubro, depois de atraso da última remessa por “questões logísticas”.

Poder 360

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

América é eliminado pelo Campinense nos pênaltis e dá adeus à Série D

Foto: ElevenSports/CBF TV

O América de Natal foi eliminado da Série D pelo Campinense, em partida disputada no Estádio Amigão, em Campina Grande, neste sábado (16). O Campinense retorna à Série C depois de 10 anos.

Após empatar novamente em 0 a 0 com o time paraibano, o América foi derrotado na disputa de pênaltis. Esquerdinha e Roni despediçaram suas cobranças.

Agora, o Alvirrubro precisa torcer para que o ABC conquiste o acesso no domingo (17), contra o Caxias-RS, para não ficar sem série para disputar em 2022.

Opinião dos leitores

  1. Nero disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Deixe aqui sua risada.
  2. Filho disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Foi melhor não ter o acesso a série C esse ano pra não ter que voltar em 2023, não tem time nem de série C, seria uma loteria não voltar se subisse. Melhor ficar onde tá.
  3. Bolsovirus disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Com dó e piedade do mequinha, vou passar correspondência ao diretor do ABC, ultimando providências urgentes para o maior clube do RN não perder e o o time do baile das quengas poder disputar algo no ano que vem ; todos sabem que praticamente só lhe resta o campeonato estadual e esse ele nunca fez questão de ganhar.
  4. João Soares disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Agora só tem campeonato de bairros. Kkkk
  5. MARCILIO CAMPINENSE NOBREGA disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Minha Raposa Feroz!!!! Campinenseeeeeeee
  6. Nero disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Deixe aqui a sua risada…
  7. Padang disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Tenho uma peeeeena
  8. Bessa disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Tinha que dar uma surra nesses pernas de pau , ganhando 60…70 mil para errar2 pênaltis, mercê da cachaça
  9. Toto Riina disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Perdeu a esperança não, as pakitas vão torcer pelo ABC.
  10. Biu Fontes disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Foi competente em campo principalmente no segundo tempo e muito incompetente nos pênaltis. Pagou muito caro erros no jogo em Natal. Agora, contra vontade é torcer pelo O MAIS QUERIDO para não ficarem de férias em Maio de 2022. Não tem jeito sempre vão precisar do clube do povo para sobreviver!😁😁😁😁😁😁
  11. Junior disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    As pakitas vão ter que torcer pro ABC para não ficarem sem Série ano que vem. Kkkkkkkk
  12. Cristian disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Parabéns aos caciques, mais uma vez perderam nas penalidades. Padang, Moraes, Rocha, Bezerra e Carvalho… continuem assim, a CBF logo cria a série E.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Brasileiro é condenado a um ano em liberdade condicional e a prestar serviços comunitários por invasão ao Capitólio nos EUA

Foto: reprodução/TV

Um brasileiro que participou da invasão do Capitólio, em janeiro deste ano em Washington, no Estados Unidos, foi condenado pela Justiça na última quarta-feira. Eliel Rosa, de 53 anos, foi flagrado dentro da sede do Legislativo americano quando o prédio foi invadido por apoiadores do ex-presidente Donald Trump.

Rosa recebeu pena de um ano em liberdade condicional, multa de US$500 e 100 horas de serviço comunitário. Ele chegou a ser preso em 13 de janeiro deste ano, uma semana após a invasão. Na ocasião, se declarou inocente de todas as acusações. No entanto, em 29 de julho, firmou um acordo de confissão, segundo informações do Departamento de Justiça do Distrito de Columbia.

O brasileiro respondeu na Justiça por obstrução de processo; ´pr entrar e permancer em local restrito; conduta desordeira e perturbadora em local restrito; e por participar, ajudar, encorajar o protesto e os piquetes no Capitólio.

Morador de Midland, no Texas, Rosa vive nos Estados Unidos desde 2016. Ele foi para Washington acompanhado de sua amiga Jenny Cudd, que também se declarou culpada mas ainda não teve a sentença divulgada.

Cudd tem 36 anos e foi candidata a prefeita da cidade de Midland, de acordo com o Washington Post. Ela está entre os mais de 70 réus que se confessaram culpados em negociações com o Ministério Público dos Estados Unidos.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Maria disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Bem feito, que sirva de exemplo pra boiada quer invadir congresso e STF. O Zé Trovão até hj não voltou do Mexico, oh grandão corajoso, virou cajarana igual aos outros, faz merda e pede desculpas depois .
  2. Nostradamus disse:
    Seu comentário está aguardando moderação. Esta é uma pré-visualização, seu comentário ficará visível assim que for aprovado.
    Alguns indivíduos pensam que podem tudo, a coisa deu ruim para esse indivíduo, sorte não ter sido mandado de volta para casa. Aqui no Brasil, fazem arruaças, matam, quebram, invadem, roubam e o estado ainda dá um prêmio, lá o cabra sai chamuscado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *