Política

VÍDEO: Confira o discurso completo de Jair Bolsonaro na avenida Paulista, neste domingo (25)

Foto: reprodução

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) discursou por 22 minutos durante ato em frente ao Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25).

Disse a apoiadores que sofre “pancadas” antes mesmo das eleições de 2018. “Passei 4 anos perseguido também enquanto presidente. E essa perseguição aumentou a sua força quando deixei a Presidência da República”, declarou.

Se preferir, leia:

“Meu Deus, esse povo brasileiro não merece estar vivendo por esse momento.

“Hoje, tão poucos, pouquíssimos, causam tantos males a todos nós. Nós sabemos que o mal não é eterno. Mas lá, na caixa de ferramenta, que é a Bíblia cristã, está escrito que nós devemos fazer tudo o que está ao nosso alcance. Quando não for mais possível, entreguemos nas mãos de Deus.

“Nós ainda podemos fazer muito pela nossa pátria. A liberdade é um bem maior. Mas ao longo dos meus 4 anos de presidente da República, nós aprendemos que esse bem não é pétreo. Não é eterno. Como um grande amor, todos os dias você tem de se preocupar com a sua liberdade.

“Lembro lá, nos dias de 2018, no dia meia dúzia de setembro [6.set.2018], em Juiz de Fora [MG], cidade do nosso governador [Romeu] Zema, eu fui covardemente agredido. Um cara, ex-filiado ao Psol me esfaqueou. Eu lembro muito bem, fui muito bem atendido por médicos e enfermeiros de Juiz de Fora. Depois vim para o [Albert] Einstein aqui em São Paulo. Nas mãos do doutor Macedo, outro milagre.

“Logicamente que devo minha vida a Deus. Mas me lembro muito bem, naqueles momentos de rara lucidez, eu pedia apenas uma coisa a Deus: que ele não deixasse órfã a minha filha Laura, com então 7 anos de idade.

“Por que eu falei isso? Porque quando falamos em Estado Democrático de Direito, quando ele não é respeitado, nós fabricamos, ou melhor, aquela minoria fabrica órfãos de pais vivos. É lamentável o que vem acontecendo. O abuso por parte de alguns, que trazem a insegurança para todos nós.

“Quem sou eu? Eu sou igual a vocês. Só que do lado em direção a Curitiba, da pequena cidade de Eldorado paulista. Talvez 4.000 habitantes. Mas ali eu me criei. Ali, conheci a luta armada em 1970. Onde foi executado pela esquerda, a pauladas, o tenente da Força Pública de São Paulo Alberto Mendes Júnior.

“Quis o destino que eu entrasse na carreira das armas. Cursasse a Escola Preparatória de Cadetes em Campinas, a Academia Militar em Resende [RJ] e saísse mundo afora. Minha última unidade de combate foi na longínqua Nioaque, [no] Mato Grosso do Sul. Dali voltei para o Rio e entrei em uma campanha de vereador. Sem nada, consegui me eleger. Depois, me elegi deputado federal. Fiquei por 28 anos dentro da Câmara, muitas vezes, discursando para as paredes. Mas sentia que algo estava por acontecer.

“Em 2014, disse que seria presidente da República lá no sagrado pátio das Agulhas Negras em Resende. E aconteceu. E eu tinha que fazer algo diferente do que sempre fizeram pelo Brasil. Escolhi, após a posse, ministros técnicos e combatentes. Muitos consagrados na política, como o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas. O homem que pegou um orçamento minúsculo e fez grandes obras pelo país. E não foram só obras de infraestrutura, não. Obras em portos e aeroportos, que são de infraestrutura, mas obviamente fora da área de PRS.

“Escolhi também, acabou de sair daqui, o [senador] Marcos Pontes, o ministro de Ciência e Tecnologia, que orgulha o Brasil, inclusive, fora da nossa pátria. Tivemos a [senadora] Tereza Cristina na Agricultura. Nosso agronegócio é um exemplo e é algo que orgulha todos no Brasil. Inclusive, durante meus 4 anos, o MST não apareceu, não deu as caras. Porque nós titulamos, para mais de 400 mil pessoas, o seu pedaço de terra. Deixo claro, 80% dos títulos foram para as mãos das mulheres.

“Assumimos 2018 e 2019. Aprovamos com o Parlamento brasileiro a Lei de Liberdade Econômica. Entramos em 2020. Lamentavelmente a pandemia apareceu. Um sinal de interrogação para todo mundo como, em parte, ainda é no dia de hoje. Fizemos o possível para atender a todos do Brasil. Demos auxílio emergencial para 68 milhões de pessoas. E as mulheres, mães, recebiam o dobro desse valor.

“Muita coisa foi aprovada, como programas do Pronampe [linha de crédito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte], cuja iniciativa foi do então senador Jorginho Mello, atual governador do Estado de Santa Catarina. Também, mais para o final do ano, aprovamos o Bolsa Família. O governo anterior paga, em média, R$ 190. Nós pagamos R$ 600 com responsabilidade fiscal, com ajuda do Parlamento. Tendo em vista a inflação no mundo todo, aprovamos, não a redução, mas a total isenção total de combustíveis no Brasil.

“Em São Paulo, no final de 2022, a gasolina ficou abaixo de R$ 5 e o etanol ficou na casa dos R$ 2,50. Com esses ministros, como o João Roma, que está aqui, que cuidou dessa parte do social, nós fizemos o Brasil crescer. O Paulo Guedes foi um gigante na economia. Nós chegamos a crescer mais do que a China. Chegamos a ter em 2022 3 meses de deflação em nossa pátria. Chegamos no final do ano, depois daquela coisa que aconteceu em outubro de 2022. E vamos considerar isso uma página virada na nossa história, porque nós sabemos o que precisa ser feito para o futuro. Para que todos não tenham dúvidas da transparência daquilo que nós devemos ter. E em especial quando se elege um representante nosso.

“Terminamos 2022. Deixamos lá um saldo de R$ 54 bilhões. No ano passado, tivemos um deficit na casa dos R$ 180 bilhões. Mas a minha vinda aqui, como eu convidei vocês, e eu estou muito orgulhoso e grato de vocês terem aceito meu convite, que era para nós termos uma fotografia para o mundo. Uma imagem para o Brasil e para o mundo do que é a garra e a determinação do povo brasileiro. Essa fotografia está sendo inédita para todo o mundo. É uma amostra das cores da nossa bandeira. Do quanto nós nos emocionamos quando cantamos o Hino Nacional ou quando vemos hastear a nossa querida bandeira verde e amarela, azul e branca.

“Com isso, mostramos, com essa fotografia, que nós podemos até ver um time de futebol sem torcida ser campeão, mas, não conseguimos entender como existe um presidente sem o povo ao seu lado. Vocês nos trazem esperança, nos trazem a garra, nos trazem a certeza que temos como vencer. Nós não queremos o socialismo para o nosso Brasil. Nós não podemos admitir o comunismo em nosso meio. Nós não queremos ideologia de gênero para os nossos filhos. Nós queremos respeito à propriedade privada. Nós queremos o direito à defesa à própria vida. Nós queremos o respeito à vida desde a sua concepção. Nós não queremos a liberação das drogas em nosso país. Mas para isso nós devemos trabalhar todo dia dentro de casa, no trabalho, com os vizinhos e com os amigos.

“Nós sabemos, então, o que foi o período de 2019 a 2022. E estamos conhecendo agora como está difícil vencer nesse país, com o que nós temos a nos governar no momento. Em último assunto, que é de extrema importância. Levo pancada desde antes das eleições de 2018. Passei 4 anos perseguido também enquanto presidente da República. E essa perseguição aumentou a sua força quando deixei a Presidência da República. E deixo claro: na transição fizemos a mesma [coisa] sem qualquer reclamação por parte da esquerda.

“Saí do Brasil e essa perseguição não acabou. É joia. É a questão de importunação de baleia. É dinheiro que seria mandado para fora do Brasil. É tanta coisa que eles mesmos acabam trabalhando contra si. A penúltima agora: ‘Bolsonaro queria dar um golpe’. Isso, desde que assumi em 2019, já ouvia. E parte da imprensa sempre reverberava isso. O que é golpe? Golpe é tanque na rua. É arma. É conspiração. É trazer classes políticas para o seu lado, empresariais. Isso que é golpe. Nada disso foi feito no Brasil. E fora isso, por que ainda continuam me acusando de um golpe?

“Agora, o golpe é porque tem uma minuta de um decreto de estado de defesa. Golpe usando a Constituição? Tenham santa paciência. Golpe usando a Constituição. Deixo claro que estado de sítio começa com o presidente da República convocando os conselhos da República e da Defesa. Isso foi feito? Não. Apesar de não ser golpe o estado de sítio, não foi convocado ninguém dos conselhos da República e da Defesa para se tramar ou para se botar no papel a proposta do decreto do estado de sítio.

“O 2º passo do decreto do estado de sítio, após o presidente ouvir os conselhos, ele manda uma proposta para o Parlamento. E essa proposta é analisada pelo Parlamento. E é o Parlamento quem decide se o presidente pode ou não editar um decreto de estado de sítio. O estado de defesa é semelhante. Ou seja, agora quem entubar a todos nós que um golpe usando dispositivos da Constituição, cuja palavra final quem dá é o Parlamento brasileiro, estava em gestação. Creio que está explicada essa questão.

“Teria muito a falar. Tem gente que sabe o que eu falaria. Mas eu busco, [governador Ronaldo] Caiado, é a pacificação. É passar uma borracha no passado. É buscar maneiras de nós vivermos em paz. É não continuarmos sobressaltados. É por parte do Parlamento brasileiro, Nikolas [Ferreira], [Gustavo] Gayer, [Luciano] Zucco, [Marco] Feliciano, meus colegas aqui do lado. É [por] uma anistia para que eles pobres coitados que estão presos em Brasília. Nós não queremos mais que seus filhos sejam órfãos de pais vivos. Há conciliação. Nós já anistiamos no passado quem fez barbaridade no Brasil.

“Agora, nós pedimos a todos os 513 deputados e 81 senadores, um projeto de anistia para que seja feita justiça em nosso Brasil. E quem, porventura depredou o patrimônio, que nós não concordamos com isso, que pague. Mas essas penas fogem ao mínimo da razoabilidade. Nós não podemos entender o que levou poucas pessoas a apelarem tão drasticamente. Esses pobres coitados que estavam lá no 8 de Janeiro de 2023.

“A defesa que eu queria já fiz para vocês. Essa fotografia vai rodar o mundo, tenho certeza disso. E após esse pronunciamento, nós pedimos a Deus que ilumine a todos, até aqueles poucos ou raros que não gostamos. Para que voltem a pensar com o coração, com a razão. Para que possamos fazer com que nosso Brasil prossiga na sua marcha. Agora temos eleições municipais, vamos caprichar no voto, em especial, para vereadores e prefeitos também. E nos preparemos para 2026. O futuro a Deus pertence.

“Nós sabemos o que deve ser feito no futuro para que o Brasil tenha um presidente que tenha Deus no coração, que ame a sua bandeira, que se emocione quando canta o hino nacional. Que respeite a família brasileira e que ame, de verdade, o seu povo. Vocês são os responsáveis por mim e pelo Tarcísio estarmos aqui. Nós somos privilegiados. Se bem que, no momento, ele, porque eu não tenho mandato. Porque nós podemos decidir o futuro de todos vocês.

“Também quero dizer que nós não podemos concordar que um poder tire do palco político quem quer que seja. A não ser que seja por um motivo extremamente justo. Não podemos pensar em ganhar as eleições afastando os opositores do cenário político. Então, a todos vocês, meus irmãos e minhas irmãs, meus amigos, eu quero agradecer a vocês. Agradecer a nossa Polícia Militar que está fazendo o trabalho de segurança. Uma salva de palmas para a Polícia Militar. Nossos irmãos, que oferecem a sua vida pela nossa vida, merecem todo nosso respeito e consideração. Também a Polícia Civil que está por aqui e a Guarda Metropolitana do [prefeito] Ricardo Nunes que está se fazendo presente aqui.

“Quero dizer para vocês que nós homens não vamos a lugar nenhum se você não tiver uma família estruturada. Se não tiver alguém do seu lado, que reconheça os momentos difíceis e lute por você. As perseguições que falamos há pouco continuam. Inclusive, contra a nossa filha que tem apenas 13 anos de idade. Então, todo homem tem que ter do seu lado alguém que some. Assim como toda mulher deve ter ao seu lado alguém que some, para que esses momentos difíceis possam ser superados. E hoje, não é por mim. Por coincidência, meu pai faleceu exatamente com minha idade, 68 anos. Tenho, hoje, 68 anos. Estou ultrapassando o tempo que meu pai viveu. E eu tenho uma boa memória, com toda a sua truculência, com toda a sua maneira de educar seus filhos, mas ele está no meu coração. E o que eu quero e que mais peço a Deus é que continue no coração de vocês o meu trabalho. A minha dedicação nada mais é do que servir a minha pátria e a todos vocês.

“Muito obrigado, povo do Brasil. Muito obrigado, homens e mulheres desse Brasil fantástico e maravilhoso. Nós pedimos a Deus que nos dê forças para trabalhar, para persistir e vencer. Não há vencedores ou vencidos. Todos nós seremos vencedores se a paz de Deus reinar sobre o coração de cada um de nós. Muito obrigada, [avenida] Paulista, muito obrigado, São Paulo, muito obrigado, Brasil.

“Brasil acima de tudo e Deus acima de todos. Um até breve. Um beijo nas mulheres e um abraço nos homens”.

Poder 360

Opinião dos leitores

  1. Já reservamos seu quarto e banheiro coletivo. O Presídio é quase uma colônia de férias. Deixa de moído aí fora e vem pras quatro paredes de nosso presídio.

  2. Não vi e nem ouvi o posicionamento dele sobre o impeachment de Lula que já possui 140 assinaturas da oposição. E aí?

  3. passou 4 anos no poder e só o que fazia era passear de jetsky, motociata paga com nossos impostos…. detonou a saúde e a educação. Não fez a reforma penal. Os filhos sequer tocam no assunto. Quer ser eleito de novo pra quê??

  4. Ontem foi uma das maiores demonstrações de popularidade popular dada por Bolsonaro, na Av, Paulista em São Paulo, Bolsonaro demonstrou mais uma vez, a sua pujança , segurança e amor ao povo brasileiro, falou do começo da sua vida, quando enfrentou pela primeira vez a eleição para vereador, e depois para deputado Federal, que mesmo sem dinheiro, enfrentou os poderosos, e permaneceu 28 anos na Câmara Federal. Depois falou a sua esposa, demonstrando muita segurança e inteligência, será se a analfabeta ,mulher de Lula, a Janja, teria essa inteligência e segurança de falar para mais de 2000,00 de pessoas? acho que ela não tem essa segurança.

  5. Como é patético e risível, pessoas que votam e defendem o maior ladrão da história do Brasil, isso provado de acordo com a justiça, aí ficam adjetivando quem vota numa pessoa que defende a pauta da maioria das pessoas que acreditam que é o básico para um país que goze de democracia, liberdade para todos, direitos fundamentais de acordo com a constituição, e ainda se acham acima dos outros que discordam de suas ideologias, haja paciência.

  6. Os Janjoloides surtaram ontem ao vê tanta gente na paulista, eles querem dividir na marra o título de ex-presidiário e não conseguem kkk….

  7. Contando os dias para chamá-lo de presidiário.
    Quer tremer de medo? Então escuta: xandaaaAaaoooo

    15 a 20 anos viu…

    1. Pois não é !! O cara que mais roubou, petrobras, mensalão , o dinheirão que os senadores e deputados . Um mar de corrupção , apartamentos e fazendas, sítios ,Jbs deu tanto de dinheiro para ele, e o povo ainda lota os lugares , e ainda mandou matar um tal de Celso Daniel, por isso o Grande Xandão taí.

  8. Cadê o ex ministro de Bolsonaro, Fábio Faria?? Não veio a Natal em dezembro recepciona-lo e muito menos pra avenida Paulista. É o homem não é mais presidente…

  9. Kkkkkkkkk
    Cabra mentiroso !!
    E ainda tem idiota que vai nessa conversa!
    Isso não passa de um canalha, covarde, pilantra!
    Não falou coisa com coisa, pior que matéria paga porque nem um dscurso ele sabe elaborar!
    Só falou besteira, pois é só o que ele sabe evacuar pela boca.
    Quanto aos golpistas do 08 de janeiro, aquela ruma de VAGABUNDOS, DESORDEIROS, CADEIA NELES !!
    Era pra perguntar ao “capitão” onde ele estava quando os vândalos estavam cumprindo o plano!!
    Kkkkkkkk

    1. Ser tem PROJETO DE JORNALISTA que POSTA EM BLOG, tem quem ACREDITE NO QUE E ESCRITO. até parece que o CHEFE DA SEITA BOLSONARISTA não fez nada de errado, só GOVERNOU e muito bem o PAIS. Quantas ESCOLA CRIADA, HOSPITAIS, ESTRADAS RECUPERADAS, INVESTIMENTOS NO PAÍS, PRESÍDIOS FEDERAIS E ETC. POSTE AI PROJETO DE JORNALISTA O QUE SEU MITO O MESSIAS fez nos 4 anos.

  10. Não é brincadeira!!
    Uma multidão desse tamanho
    presente e nada de baderna, nada de quebra quebra, nada de tumulto, o que prova que as verdadeiras pessoas de verde e amarelo, não estão aí pra bagunçar.
    Acho que Isso desmonta todas as narrativas do que ouve em Brasília, uma tentativa de golpe militar.
    Moral da história, tem gente preso e condenado a 17 anos de cadeia.
    Prenderam muitas pessoas erradas, de uma lapada só mais de 1.200 pessoas.
    Que justiça complicada de entender essa nossa.

    1. É só assistir aos vídeos do dia 08/01, né? R$ 30 milhoes de prejuízo provocado pelos canarinhos.

  11. Falou muito, mas falou mer…
    Vai pagar centavo por centavo das rachadinhas, vida por vida perdida pelos crimes cometidos dura te a pandemia, pelos itens roubafos, pela tentativa de golpe de Estado e por aí vai… competirá com Gilberto Cabral nos anos somados de pena.

    1. O Lula? Sim, fala e faz muita merda mesmo, assim como os eleitores dele!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Maior festival gospel do RN, Mossoró Sal & Luz 2024 será lançado dia 16 de abril

Foto: Cedida

A Prefeitura Municipal de Mossoró lançará na próxima terça-feira (16), a 3ª edição do “Mossoró, Sal & Luz”, evento conhecido como o maior festival gospel do Rio Grande do Norte. O evento acontecerá no auditório principal do Hotel VillaOeste, no Alto de São Manoel. O lançamento é aberto ao público.

No dia 16 de abril, será lançada a programação do Mossoró Sal & Luz 2024, além de serem anunciadas novidades para o evento deste ano.

O “Mossoró Sal e Luz”, criado no ano de 2022, é promovido com o objetivo de valorizar a cultura gospel local, proporcionando a participação dos artistas da terra, além de ampliar o calendário cultural de eventos de Mossoró.

Com a aprovação e a alegria dos mossoroenses, o evento foi um sucesso no ano passado e este ano promete também uma grande realização para o público de Mossoró e cidades circunvizinhas que prestigiam o “Mossoró Sal e Luz”.

O evento passou a compor o calendário cultural local para acontecer anualmente.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Empresária que teve casa invadida por engano em operação disse que policiais foram agressivos e até debocharam da situação: ‘Foi aterrorizante’

Foto: Reprodução

A empresária que teve a casa invadida por engano durante uma operação disse que os policiais foram agressivos e até debocharam da situação. Tainá Fontenele relata momentos de terror após ter o portão da casa arrombado, ver uma policial com a arma em punho e saber que os filhos estavam atrás dela.

“Foi aterrorizante. Minha filha estava atrás de mim e a policial com a arma em punho. Poderia acontecer uma fatalidade dentro da minha casa”, disse Tainá à TV Anhanguera.

Os policiais chegaram na casa, que fica no setor Parque Industrial Santo Antônio, em Aparecida de Goiânia, por volta das 6h do último dia 11 de março. Segundo os morados, eles não se identificaram e arrombaram o portão. A ação foi registrada pelas câmeras de segurança e filmada pela moradora.

Em nota, a Polícia Civil (PC) informa que a Superintendência de Correições e Disciplina apura os “supostos abusos” cometidos. Além disso, afirma que os mandados de prisão e busca e apreensão foram cumpridos dentro da legalidade, conforme deferimento de ordem judicial.

g1 GO

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Casal Bolsonaro processa União por falas de Lula sobre “sumiço” dos móveis do Alvorada

Foto: Alan Santos/PR

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro entraram na Justiça com um processo contra a União devido às falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre o desaparecimento de móveis do Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República.

A ação cível foi protocolada na Justiça Federal do Distrito Federal (TJDFT) na quarta-feira (10). Nela, o casal Bolsonaro pede uma indenização de R$ 20 mil por danos morais. Jair e Michelle Bolsonaro exigem ainda uma retratação pública em relação ao caso por meio de canais oficiais da Presidência da República.

No mês passado, o ex-presidente e a esposa entraram com uma ação cobrando indenização diretamente ao presidente Lula. A Justiça do DF, porém, rejeitou o pedido por entender que a ação deveria ter sido movida contra a União.

Em março deste ano, a Comissão de Inventário Anual da Presidência localizou todos os bens do Palácio da Alvorada, em uma lista que incluía móveis, utensílios, obras de arte e livros, que haviam sido dados como desaparecidos em meio à transição entre os governos Bolsonaro e Lula.

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

Silvio Santos é filiado ao PT depois de vazamento de dados

Foto: Reprodução/SBT

O apresentador e fundador do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), Silvio Santos, 91 anos, foi filiado ao PT (Partido dos Trabalhadores) depois de um vazamento de informações. A inscrição na sigla se deu em março de 2021.

Ao Poder360, a assessoria do SBT declarou que a filiação é uma fraude e se deu depois do vazamento de dados do empresário em junho de 2020. A emissora disse ainda que está tomando medidas legais. Também afirmou que ele não é filiado a nenhum partido.

Nas redes sociais, alguns usuários comentaram a situação. Um deles, cuja publicação viralizou nesta sexta-feira (12.abr.2024), divulgou um trecho da certidão de filiação partidária de Silvio Santos –que só pode ser expedida com informações pessoais sensíveis, como o número título de eleitor, nome dos pais e data de nascimento.

alt

Poder360

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Moraes é aprovado para ocupar cargo de professor da USP com notas entre 9,5 e 10

Foto: Bruno Santos/Folhapress

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes foi aprovado nesta sexta-feira (12) para ocupar o cargo de professor titular da USP (Universidade de São Paulo) com quatro notas 9,5 e uma 10 na defesa de tese, além de cinco notas 10 por seu memorial. A informação foi confirmada pelo R7 com a instituição. Em fevereiro, o ministro apresentou a tese final. Ele já era vinculado à universidade como docente associado.

O tema escolhido pelo ministro abordou temas eleitorais na internet e recebeu o título de “O direito eleitoral e o novo populismo digital extremista — liberdade de escolha do eleitor e a promoção da democracia”. No documento, Moraes fala da legislação sobre o combate à desinformação, notícias fraudulentas, discursos de ódio e liberdade de expressão.

“No ‘mundo virtual’ é inaceitável que as big techs não sejam responsabilizadas quando — não só cientes do conteúdo ilícito da desinformação, discurso de ódio, atos antidemocráticos — direcionem o usuário, preferencialmente, àquele conteúdo por meio de algoritmos ou ainda monetizem cada acesso realizado, tendo proveito econômico, principalmente por meio de publicidade realizada nas redes”, afirma o ministro, na tese.

R7

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Mais de 15 mil presos não voltaram para a prisão após “saidinhas”

Foto: Gustavo Moreno/Especial Metrópoles

O número de detentos que não retornaram às prisões após desfrutarem das saídas temporárias — as conhecidas “saidinhas” ou “saidões” — passou dos 15 mil no ano passado. A informação consta no Relatório de Informações Penais, que é elaborado pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen).

De janeiro a junho do ano passado, foram 7.630 que não retornaram à unidade prisional, o que representa cerca de 6,3% do total que teve acesso ao benefício. No semestre seguinte, de julho a dezembro, foram 7.619 registros de abandono, uma fatia de 5,6%.

Dispõem do benefício da saída temporária apenas detentos em regime semiaberto e que já tenham cumprido um sexto da pena total e que tenham bom comportamento. Durante o período de liberdade, é proibido que eles frequentem bares e casas noturnas, além de ser exigido o recolhimento à residência visitada no período noturno.

Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Com dividendos podendo render R$ 13 bilhões ao governo, Lula decide manter Prates na Petrobras

Foto: RICARDO STUCKERT

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu manter, por enquanto, o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, no comando da estatal. Segundo fontes ouvidas pelo R7 e pela RECORD, a recente crise enfrentada pela empresa não terá como resultado a demissão do dirigente. O R7 apurou que a decisão de Lula visa a conter os ânimos do mercado e diminuir os ruídos entre investidores.

Desde que o Conselho de Administração da Petrobras decidiu reter os dividendos extraordinários da empresa, em março, a presidência da estatal passa por um cabo de guerra entre integrantes do governo, inclusive com troca de farpas entre Prates e o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira. Por ora, a situação na empresa está pacificada.

No início desta semana, Lula se reuniu com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ao menos duas vezes para tratar do tema. Nos encontros, o ministro apresentou ao presidente informações sobre o caixa da Petrobras. Um dos dados argumentados foi de que eventual liberação dos R$ 43,9 bilhões bloqueados em dividendos extraordinários, tema-chave na crise aberta, renderia à União R$ 13 bilhões — equivalentes aos ganhos de 30% do governo, como acionista majoritário da empresa.

Na semana passada, Haddad, Silveira e o ministro da Casa Civil, Rui Costa, acertaram o pagamento dos dividendos extraordinários.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Governo suspende anúncios no ‘X’ após declarações de Musk

Foto: Reprodução

A Secretaria de Comunicação (Secom) da Presidência da República informou nesta sexta-feira (14) que decidiu suspender novas campanhas de publicidade com a rede social X, antigo Twitter.

O governo já investiu R$ 5,4 milhões em publicidade no X, de acordo com dados do Portal da Transparência. Entre 2023 e 2024, foram R$ 654.152,85.

No entanto, afirmou que, a partir de agora, não há previsão de novas campanhas na plataforma.

A situação tem como pano de fundo as desavenças entre o dono do X, Elon Musk, com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes nas redes sociais.

O bilionário utilizou sua plataforma para criticar Moraes e ameaçar reativar contas desativadas em processos movidos pelo tribunal.

Uma portaria de fevereiro de 2024, prevê que o governo observe publicidade na internet no sentido de mitigar riscos à imagem das instituições do Poder Executivo.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Câmara de Natal passará a emitir carteiras de identificação nacional

O Vereador Ériko Jácome, presidente da Câmara Municipal de Natal realizou na última terça-feira (09), uma visita institucional do Diretor Geral do ITEP, Marcos Brandão.

Acompanhado da presidente da Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte, Erineide Sá, da Diretora Thaís Nogueira e dos auxiliares Micarla Costa e Igor Costa, Ériko Jácome colocou a Câmara Municipal de Natal à disposição do Instituto Técnico e Científico de Perícia para colaborar na emissão das novas Carteiras de Identificação Nacional.

Mediado pela FECAM, a Câmara de Natal vai assinar nos próximos dias o termo de cooperação técnica com o ITEP, passando a ser um posto de atendimento do órgão, visando a descentralização no tocante a emissão dos novos documentos de identificação.

O programa liderado pela FECAM é inédito no país e tem sido fundamental na prestação do serviço em dezenas de municípios do Rio Grande do Norte.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gastronomia

PAPO DE FOGÃO: Uma explosão de sabores com duas receitas incríveis

Está pronto para uma explosão de sabores no Papo de Fogão desta semana! Duas receitas incríveis.
O Chef Matheus Rockenbach, do Verdegreen Hotel em João Pessoa/PB, irá revelar todos os segredos de um Tournedor de Filé Mignon ao Poivre com Aligot de Batatas, uma verdadeira obra-prima gastronômica! E como não poderia faltar, uma dica rápida que vai te transportar para a Itália: uma autêntica Bruschetta Italiana. Prepare-se para se deliciar com essa combinação perfeita de ingredientes frescos e aromas irresistíveis, preparada pelo Chef Andrea Antonucci dos Restaurantes Cortile, Ponza e Babbi em Fortaleza/CE.

SÁBADO
BAND
MARANHÃO, 7h
CEARÁ, 8h
PIAUÍ, 8h
MATO GROSSO, 8h30
ALAGOAS, 10h
PARAÍBA
TV CORREIO/RECORD, 13h30

DOMINGO
RIO GRANDE DO NORTE – TV TROPICAL/RECORD, 10h

Ou no nosso canal do YouTube
http://youtube.com/c/PapodeFogao

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *