Advogado potiguar palestra na França

Foto: Reprodução

O Brasil foi representado pelo advogado potiguar, Eduardo Gurgel, no evento internacional de Direito na Universidade ICES – Institue Catholique D’études Supérieures, em La Roche-sur-Yon.

Para plateias de juristas de diferentes países e de dezenas de universitários franceses, Eduardo falou quinta e sexta, 14 de fevereiro, sobre a legalidade do impeachment da ex-Presidente Dilma Roussef, a sensação de impunidade proveniente do foro privilegiado, a operação Lava Jato e, ainda, sobre as discussões envolvendo a antecipação da prisão em segunda instância, apresentando sua tese de modo diametralmente oposto, por exemplo, ao filme “Democracia em Vertigem”.

Veja a matéria aqui

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Sandro disse:

    Era(ou é) o advogado do partido de Bolsonaro.
    Isso já diz tudo sobre suas opiniões acerca do impeachment que todo o planeta sabe que foi fake.

    • Marcelo disse:

      Fake? Foi corretíssimo. Ela teve todo direto de se defender, inclusive por advogado pago pelo Estado. Perdeu e fui expulsa da Presidência. Mantiveram seus direitos políticos e ela foi rejeitada pelo voto. Aceite

  2. Carlos Reny disse:

    Parabéns Dr Eduardo Gurgel! Um orgulho para o nosso RN.

  3. Heltron Xavier disse:

    Eduardo da Cunha Gurgel é um homem inteligentíssimo, de grande cultura e brilhante na sua profissão de advogado. Esse tipo de evento no exterior é uma excelente oportunidade de mostrar um ponto de vista diverso do dominante sobre o Brasil e também de atravessar de maneira justa e contundente o bloqueio midiático imposto ao mundo sobre o que de fato houve. Deve ter desconcertado muitos analistas políticos internacionais, com o seu francês fluente e a propriedade de causa. Parabéns meu caro! Você é um orgulho para nosso país

  4. Beatrix disse:

    O mal dos Brasileiros é a preguiça de ler só ler a Manchete.

  5. Beatrix disse:

    Leia a matéria que o nome está lá, Eduardo Gurgel

    • Luciana Morais Gama disse:

      Quando se coloca a imagem ou a foto de uma pessoa coloca-se o nome dela abaixo. Isso é um erro grotesco na nossa imprensa. Vejo isso diariamente na televisão e agora em alguns blogs.

  6. Luciana Morais Gama disse:

    Cadê o nome do advogado??

COMENTE AQUI