Judiciário

Moraes aplica nova multa de R$ 105 mil a Silveira; total chega a R$ 645 mil

Foto: Mateus Bonomi/Estadão Conteúdo – Adriano Machado/Reuters

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, aplicou nesta quinta-feira, 18, uma nova multa de R$ 105 mil ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) por descumprir o uso da tornozeleira eletrônica, uma das medidas cautelares determinadas pelo magistrado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Salário mínimo previsto pelo governo federal para 2023 chega a R$ 1.310

Foto: ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO-05/03/2022

O governo prevê reajuste de 8,1% para o salário mínimo de 2023, que passará dos atuais R$ 1.212 para R$ 1.310, um aumento de R$ 98, de acordo com informações publicadas nesta quinta-feira (19) pela Secretaria de Política Econômica, vinculada ao Ministério da Economia.

O reajuste leva em consideração o aumento deste ano do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), indicador da inflação das famílias com renda de até cinco salários mínimos, usado como referência para o reajuste do salário mínimo. O governo elevou a projeção do índice de 6,7% para 8,1%.

Caso a nova expectativa do Boletim Macrofiscal seja confirmada, o valor também será maior do que o previsto na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2023, enviada ao Congresso. O projeto propõe um salário mínimo de R$ 1.294, com um aumento de R$ 82 em relação ao valor atual, de R$ 1.212.

No entanto, se a inflação aumentar mais ainda, o governo deverá rever o valor, já que é previsto por lei que o reajuste não pode ser inferior ao INPC.

O Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) estima mensalmente o valor do salário mínimo necessário, baseado no custo da cesta básica. Em abril de 2022, o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria equivaler a R$ 6.754,33, ou 5,57 vezes o mínimo de R$ 1.212,00.

Veja os últimos reajustes do salário mínimo

2022 – R$ 1,212,00 (10,04%)
2021 – R$ 1.100,00 (5,2%)
2020 – R$ 1.045,00 (4,7%)
2019 – R$ 998,00 (4,6%)
2018 – R$ 954,00 (1,8%)
2017 – R$ 937,00 (6,48%)
2016 – R$ 880,00  (11,6%)

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

VÍDEO: Bolsonaro cumprimenta Moraes em evento um dia após ter ação rejeitada contra ministro do STF

Um dia depois de ter notícia-crime contra o ministro Alexandre de Moraes rejeitada no Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro ficou frente a frente com o ministro durante evento no Tribunal Superior do Trabalho nesta quinta-feira. Também estavam presentes o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Edson Fachin, e o procurador-geral da República, Augusto Aras. Nenhum deles discursou, mas Moraes e Bolsonaro trocaram apertos de mão durante a cerimônia.

Na terça-feira, Bolsonaro apresentou uma ação no STF contra o ministro Alexandre de Moraes por abuso de autoridade. O presidente afirmou que o ministro teria realizado “sucessivos ataques à democracia, desrespeito à Constituição e desprezo aos direitos e garantias fundamentais”.

A notícia-crime foi encaminhada ao ministro Luiz Fux, presidente da Suprema Corte, e enumerava cinco justificativas que, na avaliação do presidente, fundamentavam a ação contra o ministro. Entre elas, Bolsonaro citou a “injustificada investigação no inquérito das Fake News, quer pelo seu exagerado prazo, quer pela ausência de fato ilícito”. O inquérito é conduzido por Moraes e Bolsonaro é um dos investigados.

A ação também pontuou que mesmo após a PF ter concluído que o presidente da República não teria cometido crime em sua live sobre as urnas eletrônicas, Moraes “insiste em mantê-lo como investigado”. No ano passado, Bolsonaro realizou uma live para promover teorias da conspiração contra a segurança das urnas eletrônicas.

Na ocasião, ele divulgou nas redes sociais a íntegra de um inquérito da Polícia Federal que apuou suposto ataque às urnas em 2018, que não representou risco às eleições. A publicação resultou em uma nova investigação contra o presidente por suposto vazamento de dados sigilosos. Nesta quarta-feira, Moraes prorrogou por dez dias o prazo para a PF elaborar um relatório sobre as mensagens de Bolsonaro obtidas após quebra de sigilo e incluídas no processo.

A ação não durou um dia no STF. Nesta quarta-feira, o ministro Dias Toffoli negou a notícia-crime com o argumento de que os fatos descritos na ação não trazem indícios de possíveis delitos cometidos por Moraes. No mesmo dia, Bolsonaro entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra Moraes.

O Globo

Opinião dos leitores

  1. Até o parasita reconhecer que a vida no tempo do Lula era melhor que agora. Não adianta os bichos de chifres espalharem mentiras. Foi o mentiroso mor que reconhecer isso.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

STF considera constitucional punição a motorista que se recusar a fazer teste do bafômetro

Foto: PRF

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que as sanções impostas pela Lei Seca aos motoristas que se recusarem a fazer o teste do bafômetro são constitucionais.

O plenário da Corte atendeu a um pedido do Departamento de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran/RS), que recorria de uma decisão favorável do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJRS) a um motociclista que se recusou a fazer o teste de alcoolemia.

Além de acatar o recurso do Detran/RS, o STF rejeitou duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADI) que questionavam a Lei 12.760/12, que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais, além dos artigos da Lei Seca que definem a tolerância zero para o nível de álcool ao motorista.

O voto do ministro relator das ações, Luiz Fux, que acatou o recurso especial e negou o pedido das ADI’S foi acompanhando integralmente pelos magistrados André Mendonça, Alexandre de Moares, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Carmen Lucia, Rosa Weber, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes.

Já o ministro Nunes Marques entendeu a constitucionalidade da ação do Detran/RS, mas deu provimento parcial ao pedido das ações de inconstitucionalidade que pediam a revogação da lei 12.760/12.

O recurso do departamento de trânsito gaúcho foi considerado um caso de repercussão geral pelo STF. Ou seja, a partir de agora, a decisão do plenário da Corte deve ser o entendimento utilizado por todas as outras instâncias do judiciário em ações de pedidos semelhantes.

Em uma das ADI’s, impetrada pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), a entidade alegava que punir o motorista que se recusa a fazer o teste de alcoolemia é inconstitucional uma vez que, segundo eles, não respeita o princípio da não autoincriminação.

Por meio de nota, a Abrasel informou que “mesmo entendendo como não satisfatório o posicionamento dos ministros, sabemos que o pleito trouxe ganhos pra sociedade, na medida em que estimulou o debate em torno da constitucionalidade da lei e dos direitos individuais, como o de ir e vir. Faz parte do amadurecimento da sociedade discutir temas como estes. É claro, esperávamos avanços mais significativos, mas devemos ressaltar já termos conquistado ao longo da caminhada bons resultados, como o fim da obrigatoriedade do bafômetro. Iremos avançar”.

Na segunda ação, ajuizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), eles pediam que fosse considerada inconstitucional a lei que proíbe a venda de bebidas alcoólicas em rodovias federais, alegando que fere o princípio da livre iniciativa.

Em nota a CNC declarou que “vai aguardar a publicação do acórdão e o trânsito em julgado da ação, respeitando a decisão do plenário da Corte.”

CNN Brasil

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Religião

VÍDEO: Padre critica noivos por levarem cães como pajem e encerra cerimônia sem bênção final: ‘Isso é o cúmulo’

O casal Antônio Eliwelton Rodrigues da Silva e Brenda Jamille planejaram o casamento com pajens especiais: os vira-latas Scooby e Pipoca. Para surpresa dos noivos e para os convidados, o padre se negou a dar a bênção final por não concordar na entrada dos cachorros na igreja. O caso aconteceu no sábado (14) na Paróquia São Sebastião, em Nova Olinda, 560 km de Fortaleza.

Vídeos da cerimônia mostram os noivos no altar e o padre César Retrão responsável pelo casamento criticar: “Isso é o cúmulo”.

De acordo com Antônio Eliwelton, a atitude do padre César Retrão deixou noivos e todos os presentes perplexos. Segundo o noivo, a entrada dos cães havia sido combinada no dia anterior ao da cerimônia. Eles pagaram R$ 310 como taxa de matrimônio.

A diocese do Crato afirmou que o caso será analisado em uma reunião com o Colégio dos Consultores junto do bispo diocesano. A data ainda não foi marcada, segundo a diocese. Somente após a reunião, a diocese poderá tratar do assunto.

“Para evitar qualquer imprevisto perguntamos para o secretário paroquial se tinha algum problema. Ele afirmou que não tinha nenhum problema, pois o padre não iria achar inconveniente. Ficou um clima ruim demais. Na hora que os cães entraram, ele disse que era inaceitável, um cúmulo dois cachorros entrarem com alianças e estarem ali naquele ambiente”, afirmou Antônio.

Antônio Eliwelton, que trabalha como balconista, diz que após pegarem as alianças, o pároco mudou de humor e pediu para os noivos e padrinhos assinarem os papéis e deixou o local rapidamente. Antônio Elivelto disse que a bênção final, o ritual que o padre diz “declaro vocês marido e mulher” e o tradicional beijo não foi realizado.

“A bênção final, a parte mais esperada do casamento não aconteceu, pois ele saiu do local logo depois da gente assinar os papéis. Aí ficamos lá constrangidos”, disse.

Cuidado com cães e gatos

Além de serem balconistas, o casal mantém há quase quatro anos o Instituto Lilica, uma instituição que cuida de 130 cachorros e 40 gatos. Scooby e Pipoca ,que entraram com as alianças, receberam cuidados da instituição. Antônio Eliwelton contou que Scooby foi atropelado perto da casa dos seus pais e ficou com ferimento grave em uma das patinhas. O cão foi para a instituição e o tratamento durou cerca de três meses.

Pipoca foi abandonada pelos seus antigos tutores em um terreno baldio por apresentar uma doença grave que a deixou cega. O casal resgatou a cadela e deu cuidados. No caso dela, segundo Antônio Eliwelton, foi mais delicado e o tratamento demorou, mas ela está bem.

“Ela foi abandonada e estava cega. Demos para ela todo um tratamento especial e medicação. Por isso, todo esse cuidado todo, ela é mais carinhosa. Quando escuta a voz da gente já corre e pula em cima da gente. São animais e têm sentimentos. Acho que merecem respeito”, afirmou.

g1

Opinião dos leitores

  1. Grande Padre. Temos que tributar com taxas altas quem cria animais domésticos. Na Europa já é cobrado impostos sobre bichos de estimação.
    Esses bichos poluem na mesma proporção de um ser humano e passam despercebidos pelos gestores. Temos que tributar já.

  2. Será que este padre já ouviu falar de São Francisco de Assis? Isto que ele chama de humildade?

  3. O padre está certíssimo.
    Já não basta os matrimonios realizados fora da Igreja, que é um lugar santo, diante de um altar santo pela presenca de Cristo …agora os pets de pajem. Um absurdo o que querem fazer com a Igreja Católica. Quem nao quer cumprir as normas da Igreja fundada por Cristo, o Catecismo da Igreja Catolica fundem outra.

    1. Concordo plenamente, Marie. As pessoas estão anarquizando com os Sacramentos da Igreja Católica. Se ama tanto os cachorrinhos deveriam ter casado num canil com um veterinário como celebrante do casório.

    1. Meu irmão, como um país melhor releva doentes mentais, o que o fundo tem a haver com as calças? Direitopata kkkkkkkkkk, isso existe? Tenha cuidado, o estado não oferece mais vagas nos antigos manicômios, vcs vão morrer, não existe mais espaço para tanta idiotisse.

  4. Eu confio 100% em cachorro ou gato!
    Esse padreco deve ser bostanarista pra falar tanta 💩 e deve ter sobrinhos como a boiada imunda tem.

    1. Dois idiotas divergentes, fraskerino quer a direita nos noivos, já NostraDeu no padre, no fim os dois viral bilus e abanam o rabo, sobre pensei que a pessoa mais idiota do mundo fosse a Anta, estava enganado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 114 óbitos e 10 mil casos nas últimas 24h

Foram divulgados os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quinta-feira (19), de acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass):

– O país registrou 114 óbitos nas últimas 24h, totalizando 665.433 mortes;

– Foram 10.415 novos casos de coronavírus registrados, no total 30.752.226;

A média móvel de óbitos nos últimos sete dias é de 113. A a média móvel de novos casos é de 16.157.

O ministério da Saúde calcula que mais de 29,7 milhões de pessoas já se recuperaram da Covid.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Guedes afirma que ‘fantasma do socialismo’ assombra a América Latina

Foto: Marcelo Camargo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira (19) que o “socialismo bolivariano do século 21” ainda assombra as economias da América Latina, cem anos após o que ele classifica de “falência das economias de comando central”.

“Esse fantasma ainda assombra a América Latina. Primeiro mergulhou na estrada da miséria na Venezuela, a Argentina está logo atrás, e o Brasil está indo para o caminho da prosperidade. É tudo uma questão de atitude”, disse Guedes durante participação em evento da TC (Traders Club) com a Arko Advice.

Ele recordou que o modelo fez com que China e Rússia mergulhassem no capitalismo global, o que resultou na retirada dos povos da miséria. “Essa ideia de comando central já faliu”, ressaltou ao analisar o ambiente econômico atual.

Ao criticar aqueles que dizem não existir um programa para a economia nacional, Guedes afirmou que o ministério trilha em busca da prosperidade. “É o mesmo caminho que reconstruiu a Alemanha no pós-guerra, é o que reconstruiu o Japão com os liberais, aquele que reconstruiu o Chile e o que os americanos e ingleses seguiram. É o caminho da prosperidade, evidentemente com adaptações”, enfatizou.

R7

Opinião dos leitores

  1. Imbecil, querendo desviar o foco da sua gestão criminosa contra a economia do país. Defendido pela burguesia podre que não se importa de pagar quase dez reais por um litro de gasolina e pela gadolandia imunda.

    1. Deixa de ser mau agradecido, cara. O Brasil performou melhor que países europeus, socorreu os mais pobres com um programa reconhecido pela OCDE, manteve os empregos com a flexibilização, recuperou-se em V. Deixa de ser idiota.

  2. O fantasma do PTralhismo é muito mais perigoso!!!!!!
    Tanto é que o Messias Jair Supremo consegue vence-lo a cada dia.

  3. O que assombra o país é o populismo barato, seja o advindo do MINTO das rachadinhas como o prometido pelo Lulaladrão…

  4. Começou, vão inventar de tudo um pouco de cada idiotice, ontem , os empresários de uma feira dos maiores atacadistas , tinha gente de vários países da América do Sul, espetava-se que o limitado intelectualmente levasse algo escrito por economistas, falasse do Mercosul, que nada, fez vergonha, foi falar de urnas, comunismo, STF , não tem jeito mesmo.

  5. Espantalho, cortina de fumaça.. que não resistem a uma ida a um posto de gasolina, utilização de transporte público e ida ao mercado.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

VÍDEO: mulher espera marido sair do motel e “vira onça” em Belém (PA)

O que você faria ao descobrir uma traição? Algumas pessoas sentem culpa, outras podem até perdoar o deslize. Tem gente que sente uma raiva que extrapola e acaba quebrando tudo. Outras pessoas preferem agir com mais calma e seguir adiante.

Em Belém (PA), uma mulher teria descoberto a traição do marido. Ela, então, foi até a porta do motel, se agachou, como se fosse uma onça, e gritou para o marido abrir a porta.

Veja o vídeo:

O vídeo que foi compartilhado nas redes sociais gerou muitos comentários. E até foi feita a associação com a personagem Maria Marruá, interpretada por Juliana Paes no remake de Pantanal, que se transforma em onça.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Corna Onça com rabo e chifre era só o que faltava.. Bolsonaro 2022 reeleito Brasil acima de tudo Deus Acima de todos.

  2. Vixe, Janja já está em Belém? Não ficou nem um dia em Sun Palo na suite de 3 mil contos vendo as tentativas do boquirroto?

    1. Deixe de ser liso e invejoso, e trabalhe, pois a inflação só piora.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

CNT vai selecionar até fim do semestre propostas para expansão do Porto de Natal

Foto: Divulgação

 

A Confederação Nacional dos Transportes (CNT) garantiu a realização de estudos de viabilidade técnica, econômica e ambiental para o projeto de ampliação da infraestrutura portuária de Natal. O tema foi tratado em encontro entre presidente da CNT, Vander Costa, o diretor de Relações Institucionais, Valter Luís de Souza, e o senador Jean Paul Prates (PT)

A Confederação vai selecionar propostas para os estudos de viabilidade ainda neste semestre. “O próximo passo é reforçar a importância da obra junto ao Ministério de Infraestrutura e apresentar a oportunidade a investidores”, afirma o senador. Em breve, Jean terá reunião com a direção da Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN, administradora do Porto de Natal, para dar continuidade à discussão do assunto.

A proposta de ampliação da estrutura portuária é do Centro de Estratégia em Recursos Naturais e Energia (Cerne) e foi apresentada pela primeira vez em 2015 ao então governador do Estado, Robinson Faria. Em 2020, foi levada ao ministro Tarcísio de Freitas, da Infraestrutura.

A proposta de construção do Terminal Oceânico do Rio Grande do Norte – Complexo Portuário “Porto Potengi” prevê a construção de um terminal na margem esquerda do Rio Potengi, além de outros investimentos, como um parque ecológico e a preservação do estuário; corredores logísticos ferroviários e rodoviários, com a construção da terceira ponte sobre o rio; e a recuperação do bairro da Ribeira.

“Será um complexo inédito no Nordeste, de águas internas, um porto facilmente conectado ao terminal aéreo por ramal ferroviário”, explica o parlamentar.

A estimativa inicial de investimentos em todo o complexo era de cerca de R$ 7 bilhões, sendo R$ 3,6 bilhões para construção do Terminal Portuário da Grande Natal; R$ 580 milhões para o corredor logístico, terceira ponte e parque ecológico; e R$ 2,8 bilhões para implantação do ramal ferroviário que abrangerá Natal, Assu, Macau, Mossoró, Jucurutu e Caicí. O complexo pode ser construído em etapas, com expansão em módulos, conforme o crescimento da demanda.

O novo porto teria capacidade de receber navios de porte muito superior aos que utilizam o atual. O calado com 14,6 metros seria ideal para receber cargueiros de granéis destinados aos mercados internacionais. Os primeiros levantamentos já apontaram que outra preocupação recorrente, a altura da ponte Newton Navarro, não representaria obstáculo, uma vez que seus 55 metros dão passagem a navios de grande porte, que têm altura máxima de 48,5 metros.

Tribuna do Norte

 

Opinião dos leitores

  1. Graças ao Messias o porto vai crescer e eu vou abrit uma filial da minha empresa para atender os marinheiros

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Empresa funerária adota energia solar e reduz custos com energia elétrica em mais de 70%

Foto: Reprodução 

Nos últimos anos, o Brasil tem passado por um aumento exponencial de empresas e consumidores que optaram pela geração de sua própria energia. Segundo dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a energia solar no Brasil se expandiu de modo que, hoje, o país gera 14 gigawatts (GW), capacidade igual à potência da usina hidrelétrica de Itaipu, no rio Paraná, entre o Brasil e o Paraguai.

Sabendo da importância da adoção desse tipo de tecnologia dentro de uma empresa, que resulta não apenas em economia, mas também em menor impacto ambiental e promoção de um desenvolvimento sustentável, o Morada da Paz, empresa do Grupo Morada, adotou um sistema de placas fotovoltaicas para geração de energia solar em suas unidades de Cemitério e Crematório no Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba. Assim, os empreendimentos passam a ser autossustentáveis energeticamente, gerando energia suficiente para suas demandas.

“Entendemos a importância de investir em métodos sustentáveis dentro da empresa e como isso pode contribuir para o meio ambiente. Desde a instalação das placas, conseguimos reduzir os custos com energia elétrica das unidades em 70%, o que representa uma geração de 50 mil kwh por mês”, explica Daniel Vila, vice-presidente do Grupo Morada.

Baseada na conversão direta da radiação solar em energia elétrica de forma renovável, limpa e sustentável, a energia solar agrega inúmeros benefícios, como redução de gastos com energia elétrica e impactos ao meio ambiente, além de atrair novos investimentos privados e contribuir para a geração de empregos locais.

“O uso de uma energia limpa pela empresa é simplesmente um resultado natural do surgimento de uma consciência ambiental voltada para a preservação dos recursos produtivos e a garantia da qualidade de vida das gerações futuras”, finalizou Daniel Vila.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Isenção do ISS para transporte público de Natal é aprovado por Comissão de Finanças da Câmara

Foto: Josenilson Rodrigues

A Comissão de Finanças, Orçamento, Controle e Fiscalização aprovou, nesta quinta-feira (19), o Projeto de Lei 202/2022, de autoria do Executivo Municipal, que concede isenção do Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) às concessionárias e permissionários do transporte público coletivo de Natal.

O presidente da comissão, vereador Raniere Barbosa (Avante), foi o responsável pelo voto final, já que durante a votação houve empate nos votos dos membros do colegiado. “Estamos falando de dar um aporte para que esse sistema se equilibre financeiramente e que tenha uma oxigenação para começar a melhorar, como por exemplo, o retorno gradual das linhas retiradas, que a própria lei já determina. Então são conquistas que se colocam de médio a longo prazo, e é diante desse contexto que votei favorável ao projeto, por entender que há uma necessidade emergencial. Precisamos conceder para que possamos cobrar a melhoria dos transportes públicos”, declarou o vereador Raniere.

O relator do projeto, vereador Anderson Lopes (SD), que apresentou parecer pela não aprovação da matéria, explicou que essa isenção pode gerar um impacto financeiro para o município. “É previsto que a prefeitura tivesse mandado para a Câmara juntamente com o projeto, o impacto financeiro que essa isenção causaria, mas isso não foi feito. Se o município está deixando de arrecadar por um lado, por outro, em algum local esse recurso pode faltar”, explicou.

 

Opinião dos leitores

  1. Quero saber se as linhas voltam, se depois das 22 terão ao menos um de cada linha nas ruas ou se vai continuar a mesma merda?

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Até abril, Semurb atendeu 190 denúncias de imóveis e terrenos com focos de dengue em Natal

Foto: Divulgação

A Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), realizou um balanço dos números de denúncias de imóveis e terrenos baldios da cidade recebidas nos meses de janeiro de 2020 a abril de 2022, e identificou uma queda no número geral de queixas nesta quinta-feira (19).  Cabe a Semurb, como órgão ambiental, realizar as vistorias nos imóveis e terrenos baldios da cidade notificando os moradores a mantê-los limpos e devidamente cercados, sendo essa uma ação contínua de combate às arboviroses.

Segundo o supervisor de fiscalização de poluição da água e do solo, Gustavo Szilagyi, essa queda nos primeiros quatro meses de cada ano, caindo de 81 em 2020 e 74 em 2021, para 68 denúncias em 2022 foi devido a eficiência dos atendimentos.

Além disso, os dados apresentaram um aumento substancial no número total de denúncias de imóveis em descaso ambiental, chegando à marca de 45 em 2022, em contraponto às 30 em 2021 e 29 em 2020. Segundo o supervisor, esse aumento pode ter ocorrido em função da grande quantidade de pequenos comércios que fecharam durante a pandemia, fazendo com que os prédios ficassem em situação de abandono, transformando-os em focos de proliferação de vetores de arboviroses.

Já com relação aos números de terrenos baldios, houve uma queda significativa. “Foram 51 denúncias de terrenos abandonados nos quatro primeiros meses de 2020, 44 em 2021 e 23 em 2022. Essa redução, assim como o número geral de denúncias, mostra que a Semurb tem vistoriado os locais denunciados e que seus proprietários têm cumprido as orientações dadas”, diz Szilagyi.

Só em 2022, foram lavrados 85 autos de infração e procedimentos administrativos só em função de descaso de terrenos baldios; e 22 para imóveis. E em torno de 190 denúncias de imóveis e terrenos em descaso foram atendidas nos primeiros quatro meses deste ano, somando as protocoladas em 2022 e as dos anos anteriores que estavam em aberto, das que 107 geraram autos de infração.

Lembrando que a Lei 325/2011 torna obrigatório aos proprietários de terrenos privados e particulares, edificados ou não, situados e registrados em Natal, a cercar ou murar a totalidade do seu bem imóvel independente do tamanho. Os proprietários que não cumprirem as regras de limpeza serão autuados por negligência com previsão de multa que pode variar entre R$2.364,86 a R$9.095,63.

Opinião dos leitores

  1. eu DUVIDO um dono de terreno baldio levar multa. Vem aqui no conjunto ponta negra, só o que tem.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Em Natal, 21% dos usuários de transporte por aplicativo usam plataforma para trabalho

Foto: Reprodução

Mais de 21% dos usuários de transporte por aplicativo em Natal fazem uso da plataforma para trabalhar, enquanto cerca de 42% usam para lazer. Esses dados foram descobertos por meio de uma pesquisa feita pela Fecomércio RN para mapear o perfil dos usuários de transporte por aplicativo em Natal.

A iniciativa está inserida no projeto Ecossistemas de Competitividade e Inovação em Comércio e Serviços (ECICS) da entidade. A pesquisa ouviu 605 usuários de transporte por aplicativos, residentes em Natal, no mês de março.

O estudo teve como objetivo identificar os hábitos de consumo, aplicativos mais utilizados, frequências de uso, gastos, e principais problemas enfrentados na utilização do serviço. A margem de erro atingido da pesquisa é de 3% com intervalo de confiança de 95%. Em média, 80% dos natalenses já usaram, pelo menos uma vez, os serviços de transporte por aplicativos.

Dentro do universo de pessoas ouvidas, 42,31% afirmaram que utilizam o serviço para lazer, enquanto 21,16% dos usuários acionam o transporte por aplicativo para trabalho. Perguntados sobre a frequência, 27,27% das pessoas disseram que usam o serviço de duas a seis vezes por semana, já 19,83% dos entrevistados usam apenas uma vez a cada semana.

Para 27,93% dos usuários, a principal motivação para utilizar o transporte por aplicativo é a economia de tempo. Em segundo lugar aparece facilidade e conforto com 26,12%. Segurança e preço representam 15,54% e 13,72%, respectivamente. A pesquisa da Fecomércio RN também constatou que 42,15% dos usuários avaliam positivamente o serviço de uma forma geral, com notas entre 9 e 10.

Dentre os principais problemas relatados pelos entrevistados na pesquisa estão cancelamento (62,91%), espera (48,55%) e preço (18%).

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Adriana Belém cita ganho com Instagram para justificar R$ 1,8 milhão

Foto: Instagram

A delegada Adriana Belém alega que dinheiro apreendido em ação do Ministério Público do Rio (MPRJ) contra redes de azar é lícito e cita distrato da venda de um imóvel e sua conta monetizada no Instagram. A defesa da policial entrou com um pedido de revogação de prisão preventiva e concessão de liberdade provisória.

De acordo com o jornal O Globo, o documento, assinado por Sandra Almeida, Luciana Pires, Alan Deodoro e Beatriz Streva, afirma que não há “necessidade e razoabilidade para a decretação da prisão cautelar”.

Adriana Belém foi presa após ser flagrada com R$ 1,8 milhão em espécie dentro de seu apartamento em um condomínio de luxo, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. O dinheiro era guardado dentro de sacos de lojas de grife, como da Louis Vuitton.

Ação foi feita no último dia 10, e a delegada foi direcionada ao Instituto Penal Oscar Stevenson, em Benfica, na manhã seguinte.

Na petição, a defesa de Adriana Belém afirma que a policial é “ré primária, delegada de polícia referência na carreira, além de possuir domicílio fixado no distrito da culpa e não ensejar nenhum risco à instrução criminal” e diz que “serão devidamente comprovadas a licitude” das “quantias em dinheiro”.

O recebimento de R$ 350 mil pelo distrato de um apartamento em Jacarepaguá, também na zona oeste da cidade, assim como o perfil com 178 mil seguidores no Instagram, são algumas das justificativas para o valor apreendido.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Não vai mostrar a pesquisa de hoje, BG?…você não adora mostrar todas elas ?KKK..ficou magoado porque a Governadora está perto dos 40 e seu Senador já sofre uma clara pressão para perder o segundo posto para Rafael Mota? Rapaz…não adianta apelar e tapar o sol com a peneira, forçando a barra para o fraquíssimo vice de Robinson. Um forte abraço para seu pai, que há anos não vejo, mas é uma pessoa que sempre me tratou muito bem.

  2. A justificativa dessa bandida tá muito parecida com a do João Alves, deputado e líder dos “anões do orçamento” que alegou ter construido sua fortuna sendo sorteado 200 vezes na loteria sendo assim, abençoado por Deus!
    Ainda bem que aquele disparate, que literalmente chamou o povo brasileiro de otário, aconteceu durante um governo de direita e não sob um governo esquerdista, o que deixou os idiotas direitopatas com o focinho enfiado num buraco de avestruz sem ter o que dizer!

    1. Eita que esse Brasil velho tem muito morador lesado kkkkkkk, vade retro satanás vermelho, que fazes por aqui? Esse negócio de direita e esquerda é uma graça, falar em João Alves e esquecer de Renan Calheiros, Jader barbalho, Sérgio Cabral, Palocci, Delcídio do Amaral, Lula, Dilma kkkkkkkkk, é uma piada, existe uma turma raiz do PT que quer ver esse salafrário de nove dedos bem longe do partido, um marginalzinho de marca maior, não a toa, levou peia com Haddad e vai levar de novo, ele só consegue enrolar os analfabetos e dependentes do partido, a muitos ele simplesmente dá as costas, safado.

    2. O Brasil vem sendo lascado a mais de 500 anos pela direita e vem um imbecil como você botar a culpa em doze anos de governo de esquerda!
      Vai estudar JUMENTO.

  3. Agora lascou tudo.
    Será que encantador de jumentos vai conceder “indulto da graça” a essa pilantra também?
    Ou será que ela deve ser comunista?
    Será das milícias?
    Rachadinha?
    Ou mais uma jumenta eleitora do genocida?

    1. Ele é fechada com a direita miliciana carioca, tem também a esquerda traficante, você escolhe sua bandidagem.

    2. Se der tem o apoio de 57 milhões de brasileiros, como ela disse, tem domicílio fixo, é delegada, não provoca temor a sociedade, vc lembra do indulto que foi dado a um meliante italiano, réu confesso de 04 assassinatos? Situação muito pior, pode conceder MITO, por outra, o nosso glorioso STF, liberou um safado e ladrão contumaz, que ia quebrando a Petrobrás, BNDES, fundos de pensão, deu dinheiro a ditadores em vários países, ganhou sítio e apartamento, ganhou agora festão de casamento, com certeza muito mais nocivo a sociedade.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comportamento

Filho de Lula rebate Eduardo Bolsonaro: “Culpa é do seu pai!”

Foto: Instagram

Luís Cláudio, filho do ex-presidente Lula (PT), fez posts no Twitter nesta quinta-feira (19/5) em resposta ao deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP). Ele disse que, “se crianças precisam assaltar para poder se alimentar”, a culpa é do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Cláudio foi assaltado por adolescentes na noite de terça-feira (17/5), quando estava dirigindo e parou em um semáforo, na zona sul de São Paulo. Na quinta (18/5), Eduardo Bolsonaro compartilhou uma notícia sobre o roubo no Twitter e comentou: “É expropriação que fala? Ou seria mais adequado 100 anos de perdão…”.

Luís Cláudio, então, rebateu: “Dudu bananinha é um ser desprezível mesmo. Se estamos vivendo num Brasil violento e necessitando, onde crianças precisam assaltar para poder se alimentar, a culpa é do incompetente do seu pai! São mais de 16 milhões de desempregados desesperados para alimentar suas famílias”.

“Família nojenta que comemora a desgraça dos outros… Também é o que resta né, é uma família que não tem vitórias para comemorar… Um patriarca egocêntrico, incapaz e limitado não teria como criar uma família de forma decente”, acrescentou.

Em resposta a outro usuário, Luís Cláudio ainda afirmou que a Polícia Militar “foi muito efetiva” e encontrou os assaltantes em menos de uma hora. Quem cometeu o assalto foram dois adolescentes, que têm 15 e 17 anos, levados para a Fundação Casa. O caso foi registrado no 27º DP (Campo Belo).

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Interessante, os Adolescentes que roubam hoje nasceram sob o governo do PT. Será que não tiveram oportunidades de ir para uma vida mais digna? E lula não tirou todo mundo da pobreza?

  2. 17 anos não é criança, não roubam pra comprar comida e sim drogas, e quando nasceram o PT era quem governava o Brasil, se eles estão na pobreza é porque o governo do PT não deu educação aos jovens mas doutrinação ideológica

  3. Quem não está contente com o STF e com a democracia, vá ser feliz na Rússia, Venezuela, Hungria, Arábia Saudita, Síria, Coreia do Norte, China. Tem ditaduras pra todos os gostos. Se piquem daqui. AI-5! Golpe militar! AQUI NÃO, boiada burra!!!

  4. Kkkkkkkkkkkk
    Fosse no governo do Pai dele, o ladrão, bebum, mentiroso, que ensina os filhos a roubar e serem vagabundos, ele mandava soltar os marginais e dizia q fazem isso pq precisam comer!
    Chupa, ptistinha de “M”! Teu Pai é o maior ladrão da história do Brasil! Muito pior q estes q te roubaram! Seu imbecil!

  5. Culpa do seu pai, o CARAL…… Um Fdp desses falar isso. Culpa do maior ladrão do Brasil. Luis Inácio

  6. Esse Luiz Cláudio aprendeu com o pai, o bebum e larápio a denegrir as pessoas, lave sua boca imunda antes de falar do filho do rei.

  7. Rapaz, eu DUVIDO que o filho do Rei seja “bananinha”. Ali deve ser uma coisa agigantada, viu?! Lulinha, muito cuidado ao falar dos dotes dos Messias Juniors. Eu sou fiel ao cajado do Messias!

  8. Eu sigo Luís Cláudio no Twitter, ele está certo.
    Nenhum filho do Presidente Lula mama nas tetas, já os do miliciano..
    Inclusive Carluxxa, começou com 18 anos

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

[VÍDEO] MEIO–DIA RN: Confira o programa desta quinta-feira

Confira programa desta quinta-feira (19). O MeioDia RN, com este blogueiro, debateu os principais assuntos no Estado, pelo país e no mundo.  Clique abaixo e assista via YouTube.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *