Advogado solicita cumprimento de decisão do TRE para afastamento de prefeito e agendamento de novas eleições em Alto do Rodrigues

Contrariando decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que determinou o afastamento do prefeito do município do Alto do Rodrigues, Abelardo Rodrigues Filho, no último dia 22 de junho, o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) ainda não determinou o afastamento e agendamento de novas eleições na cidade. A demora gera estranhamento, uma vez que outros municípios, como o de Pendências, com decisões mais antigas, já tiveram cumpridas as mesmas medidas com novas eleições marcadas. A advogado Felipe Cortez protocolou, no último dia 21 de setembro, um recurso solicitando o cumprimento da lei, mas a presidência do TRE ainda não se manifestou.

O prefeito Abelardo Filho, que já deveria ter sido afastado, continua na função e novas eleições ainda não foram marcadas. O município de Pendências, vizinho a Alto do Rodrigues, passou pelo mesmo processo. Apesar da decisão ser bem mais recente do que Alto do Rodrigues, o prefeito de Pendências já foi afastado e novas eleições foram agendadas para 28 de novembro próximo. Alguns vereadores do município, como Renan Melo (PSD), Batista de Zé de Cícero (PSD) e Magno Medeiros (PP) desconfiam de que “influências políticas” estariam retardando o cumprimento da lei para a cidade de Alto do Rodrigues. “Acreditamos na justiça e esperamos que a decisão do presidente do TSE seja respeitada e que a presidência do TRE no RN mande cumprir a medida”, declarou Renan Melo.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Vitória Steffany disse:

    Infelizmente as cidades aonde circulam altos ROYALTS isso ocorre e sempre ocorrerá. O prefeito que tem a MÁQUINA nas mãos não sai fácil. Por que nas demais 5 cidades em 2018 os prefeitos foram afastados e em 3 meses ocorreram eleições??? Mas Alto do Rodrigues e GUAMARÉ já foram cassados, inclusive passaram pelo TSE e STF e até agora Guamaré continua com o prefeito no poder, ao invés de já está com o Presidente da Câmara gerindo até chegar as eleições. A população não acredita mais nessa justiça corrupta, que nada faz…sempre encontram uma "brecha" na lei para irem empurrando com a barriga!!!

  2. Antonio Marcos disse:

    O TRE não pode ficar omisso em cumprir a constituição, em Brasilia o TSE o prefeito foi cassado e mais foi confirmado pelo STF, o comprimento de afastamento é imediato pelo o TRE, sendo provocado no pedido de comprimento de sentença, de acordo com a reportagem foi o que o Advogado da coligação fez no dia 21 de setembro2018 pediu ao presidente do TRE-RN o afastamento e novas eleições , é simples só cumprir a lei.

COMENTE AQUI