Aeroporto de Guarulhos é multado em R$ 3 milhões por causa de combustível

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) multou o aeroporto de Guarulhos em cerca de R$ 3 milhões nesta terça-feira (26) por problemas de concorrência no sistema de dutos para o abastecimento das aeronaves. Segundo a agência, as empresas interessadas em concorrer com a distribuidora de combustível Raízen no local deverão ter acesso liberado imediatamente pelo aeroporto, que deve compartilhar a infraestrutura da rede de hidrantes com as companhias autorizadas pela ANP (Agência Nacional do Petróleo).

A Anac também negou um recurso do aeroporto e da Raízen para uma penalidade sobre a questão e decidiu que os critérios de acesso precisarão ser discutidos mais abertamente com o setor. Em caso de descumprimento após 60 dias, haverá multa diária de R$ 34 mil.

Procurado pela coluna, o aeroporto de Guarulhos afirma que vai recorrer da decisão porque diz que não descumpriu o contrato de concessão e não dificultou o acesso para a distribuição de combustível.

FOLHAPRESS