Após 35 dias, sindicatos decretam fim da greve dos Correios no país

Foto: Brenda Ortiz/G1

Um dia após o TST (Tribunal Superior do Trabalho) determinar o fim da greve dos Correios, a maioria dos sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect) decretou o fim da greve e encerrou a paralisação iniciada há 35 dias.

Segundo a federação, os sindicatos que ainda estão em assembleia, como o do Paraná e o da Bahia, devem seguir a orientação da Fentect para retomada das atividades.

Em nota, a entidade afirma que a decisão do TST – que aprovou um reajuste de 2,6% para os trabalhadores – não contempla a categoria. “No entanto, sabemos que muitas lutas virão pela frente como a batalha contra a privatização dos Correios, que já está na ordem do dia”, diz a Fentect, que aponta ainda que vai recorrer da decisão.

Também nesta terça-feira, os Correios afirmaram, em nota, que a maior parte dos funcionários que havia aderido à greve retornou ao trabalho, o que corresponde a 92,7% dos trabalhadores da estatal.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Junin disse:

    Vixe! Repartição cheia de bolsogados tava em greve era????

    • paulo disse:

      BG
      Esta instituição já foi destaque mundial, agora depois dos BANDIDOS E CRAPULAS ptralhas simplesmente foi ao fundo do poço, até o postalis foi assaltado pelos criminosos da luz vermelha.

  2. Direita Honesta disse:

    A pior coisa que pode ocorrer a uma categoria profissional é entrar em greve e ninguém notar. Definitivamente, é o fim.

  3. LEO disse:

    E os Correios Estavam em Greve ???????????

  4. Matheus disse:

    Ninguém sentiu falta. Poderiam aproveitar e entrar em greve eterna (sem receber salário).

  5. Vergonha disse:

    Privatiza esse antro de PTralhas e enfia o pé na bunda desses carteiros , o ladrao Lula roubou e TODOS FICARAM CALADOS ,

COMENTE AQUI