Após denúncia, fiscalização vai a estabelecimento e comprova que não havia aglomeração em Ponta Negra

Divulgação/PMN

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) coordenou, na noite dessa quarta-feira (05), uma operação de fiscalização a um bar, situado na Rua Aristides Porpino Filho, no bairro de Ponta Negra. A ação se deu após as guarnições da Guarda Municipal do Natal (GMN) receberem uma denúncia de que ocorreria um forró com chamamento de público para o local, o que poderia desobedecer as regras de distanciamento social, previstas no decreto municipal que regula a abertura gradual da economia na capital.

Guardas municipais e equipes de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e do Procon foram ao bar e averiguaram todas as normas determinadas pelo decreto, desde o distanciamento social, passando pela localização das mesas e cadeiras, acesso do álcool gel 70% aos clientes, uso de máscaras de proteção por funcionários, utilização de música ao vivo com no máximo dois integrantes, entres outras.

Os fiscais concluíram que tudo estava funcionando dentro da legalidade, ou seja, não foi encontrado nenhum desajuste em relação às regras de prevenção à contaminação pelo coronavírus. “Essa foi mais uma operação preventiva da Prefeitura, onde chegamos ao local, fiscalizamos, orientamos os responsáveis e agimos de maneira que a possibilidade de aglomeração fosse totalmente anulada, já que de fato havia um chamamento público nas redes sociais para que as pessoas fossem ao bar”, comentou a secretária da Semdes, Mônica Santos.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paul disse:

    P Brasil está se tornando um sociedade de X9. Isso que os representantes adoram. Agora trabalhar para fiscalizar boca de fumo não tem valentão que vai né. Cuidado para não ter um efeito bumerangue.

  2. Antonio Barbosa Santos disse:

    Tem como dançar forró mantendo 1,5m de distância?

COMENTE AQUI