Atropelamento é registrado na Avenida Olavo Montenegro, na Grande Natal

Foto: Reprodução/Via Certa Natal

O Via Certa Natal destaca em suas redes sociais que a Avenida Olavo Montenegro, na Grande Natal, registrou mais um atropelamento, dessa vez, na manhã desta quinta-feira(17). Até a publicação deste post não se tem informação de como ocorreu o acidente e a sua gravidade.

Segundo o Via Certa Natal,  a vítima ferida foi levada ao hospital da região. Ao longo do ano, a Avenida Olavo Montenegro tem registrado acidentes dessa natureza.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Alaca disse:

    Deveriam por algo para reduzir a velocidade na ladeira.

  2. nasto disse:

    Os culpados são na maioria os motoqueiros e moradores que moram ao longo da pista. Quebram os canteiros para atravessar as pistas . Já vi vários acidentes causados em função dessa atitude. Tem que colocar barreiras nos canteiros .afinal de contas o povo é mal educado mesmo. Nã respeita as leis.

  3. Romualdo Junior disse:

    Alguns populares arrancaram as pedras dos canteiro central ( exatamente numa curva onde os veículos desenvolvem alta velocidade) e utilizam o canteiro central pra passarem de carro e moto, simplesmente pra não fazerem o retorno da COOPHAB. Esse não é o primeiro nem será o último acidente que vai acontecer naquela área, caso a Prefeitura não tome uma providência.

  4. DeSacoCheio disse:

    E a solução vai ser o que? Melhorar a iluminação e sinalização ou vão recolocar o quebra-mola p/ os motoristas voltarem a ser assaltados?

    • Bruno A. disse:

      Poderiam colocar uma lombada eletrônica, acredito que seria a melhor solução para o local.

    • Alguém disse:

      Respondendo a Bruno A.: Também poderiam concientizar os pedestres que andam pela rua e não estão nem ai para o movimento de veiculos.

      Não estou dizendo que o motorista não tem culpa, mas o pedestre também precisa de um pouco mais de atenção, tanto que alguns atropelamentos ocorrem por pura falta de atenção dos pedestres.

      PS: Não tenho carro, ando a pé de ônibus.

COMENTE AQUI