Banco Central escolhe cinza como a cor da nota de R$ 200

Por orientação do BC (Banco Central), a nota de R$ 200 deverá ser cinza. Com lançamento previsto para o fim de agosto, a nova cédula deverá trazer ainda detalhes amarronzados, caso o modelo em teste seja aprovado pelo BC.

Segundo a assessoria de comunicação da Casa da Moeda –responsável pela emissão do Real– as opções da moeda apresentadas pelo BC estão em fase final de testes.

Nessa primeira etapa, a Casa da Moeda confecciona o fundo das cédula, sem textura. Na segunda e terceira etapas, ocorre a calcografia –que é a gravação de imagens em alto relevo– em cada uma das faces da nota, passando-se para a impressão de itens de segurança para impedir a falsificação do dinheiro.

Fábricas de matrizes e cédulas da Casa da Moeda do Brasil (CMB), em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro
Fábricas de matrizes e cédulas da Casa da Moeda do Brasil (CMB), em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro – Fernando Frazão/Folhapress

Escolhido para estampar a nota, o lobo-guará foi eleito em uma consulta realizada pelo Banco Central em 2001.

Antes da emissão do dinheiro, o modelo terá de ser aprovado pelo BC. O governo tem pressa para colocar Real em circulação, já que boa parte dos beneficiários do auxílio-emergencial concedido durante a pandemia preferem receber o dinheiro em espécie.

Presidente do Sindicato Nacional dos Moedeiros, Roni Oliveira lembra que 40% dos brasileiros são “desbancarizados”, não têm acesso a nenhum instituição financeira.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Albino Neto disse:

    Bruno,

    Extremoz parou no tempo, a buraqueira, a lama e a falta de iluminação vem prejudicando a população.

  2. H4CK3R disse:

    Ficaria melhor se fosse rosa…

  3. Gibira disse:

    Menos volume pro Capitão Cueca Petista carregar kkkkkk

  4. AZ disse:

    Meu Deus do ceu o que tem a ver a cor da nota com morte.

  5. Galvão Bueno disse:

    Putz! A cor da morte.
    É isso mesmo, Arnaldo?

  6. El Potiguar disse:

    Vai facilitar o transporte de $ de corrupção, antes o que se levava em cuecas e malas de mão, vão caber em fio dental e frasqueiras…. Dinheiro vivo não rastreável!!

COMENTE AQUI