Bolsonaro compartilha retratação de autores que retiraram artigo sobre hidroxicloroquina de revista científica

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou na tarde deste sábado (6) uma publicação sobre a decisão do periódico científico Lancet de retirar um artigo que contestava a eficácia da hidroxicloroquina no tratamento da Covid-19.

 “Cientistas pedem desculpas por erro” diz o título da matéria do jornal Tribuna, do Espírito Santo.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. José Macedo disse:

    Vamos parar de falar, isso não cura .
    Vocês que dão a opinião certamente ainda não tiveram a doença e se tiveram ,fazem parte do grupo dos assintomáticos.
    Quando você está fud… com o pulmão tomado em cima de uma cama como eu fiquei, você vai querer se tratar com qualquer medicamento polêmico.
    E não devemos descartar nenhum deles, cloroquina, invermectina, Anita, azitromicina, , amoxicilina, acetilcisteína e até mesmo uma dipirona, zinco, vitamina c , são os medicamentos receitados pelos médicos para combater a doença, nenhum deles está comprovado que cura a doença, mas tem muitas pessoas talvez se salvando com alguns deles.
    Vamos parar com babaquice, cura, não cura nenhum médico sabe de nada, todas as pesquisas estão em testes, os médicos não sabem nem se a pessoa que pegou o vírus está imune.

  2. Nordestino disse:

    Eita que o gado chifrudo tá com fome de defender o estrume. Estrume esse que não entende nem de segurança pública ( ele diz que entende), quer entender de saúde. Faça me o favor. Ôôôôôôôôôô gado

  3. E. costa disse:

    Isso não muda nada!! A retratação não tem nada a ver com a eficácia da droga no tratamento da covid 13. Apenas o miliciano tentando induzir as pessoas a uma interpretação errada

  4. Santos disse:

    Coincidência ou não, logo após o presidente dos EUA deixar de financiar a OMS, surgiu esse novidade. Moral da história:
    Evite sair à rua, se resguarde o máximo possível, com ou sem essa tal cloroquina oi hidroxidocloroquina, é melhor previnir do que remediar.

  5. Manoel disse:

    A retratação acerca do estudo sobre cloroquina não prova que o remédio funciona ou não funciona, apenas que o estudo errou. Somente isso!

    • Raimundo disse:

      Temos visto muita perseguição à cloroquina. Que não há comprovação científica da eficácia contra o corona vírus todo mundo sabe e ninguém nunca falou o contrário.
      A esquerda bolivariana e a mídia antidemocrática sempre tentando falar mal da hidroxicloroquina.
      Aí aparece uma revista famosa com um estudo fajuto, a OMS para pesquisa, França proíbe o uso.
      Depois: ah, desculpe. É um estudo fake…
      Centenas de pessoas relatam significativa melhora em curto espaço de tempo.
      Mas a esquerda quer proibir.
      Mais preocupada com politicagem do que com salvar vidas…

  6. Ronaldo Sergio disse:

    A Globo deveria ser obrigada,judicialmente, a divulgar, no JN essa noticia !!! simplesmente isso

COMENTE AQUI