Bolsonaro defende pena maior para quem discriminar LGBT

Foto: Reprodução

Nessa segunda-feira (29), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) defendeu o aumento de pena para crimes motivados por discriminação a LGBT.

A afirmação veio em resposta a pergunta da jornalista Renata Vasconcelos, ao vivo, no Jornal Nacional. Ela questionou:

Na campanha, o senhor repudiou o voto de quem usa a violência. Como presidente eleito, o que o senhor diria para aqueles que ousem ser preconceituosos e agressivos com outros seres humanos apenas por serem gays?

Bolsonaro respondeu:

A agressão contra um semelhante tem de ser punida na forma da lei. E se for por um motivo como esse, tem de ter sua pena agravada.

Com informações da Globo e Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Amaral disse:

    Não votei no Bolsonaro, porque tenho discordâncias com algumas das ideias dele. Mas as pessoas têm que entender que a campanha acabou, é preciso desarmar o palanque eleitoral e deixar quem ganhou governar e tentar colocar em prática suas promessas. Não concordo com a tática do quanto pior melhor, afinal agora estamos todos no mesmo barco.

    • Pato Amarelo disse:

      Faço minhas as suas palavras. E que isso valha para a Governadora daqui também, vamos torcer pelo melhor, sempre.

  2. Justiceiro disse:

    To achando que a esquerda está louca para que o país se torne uma ditadura, pois não sai da boca deles esse negócio de torturador… querendo que B17 retroceda décadas para eles terem certeza que vivemos numa ditadura kkkkkkkkkk nem eu sei que to falando, acho que estou dilmando depois de anos de convivência com PTorturadores comunistas hihihi

  3. Anderson disse:

    Devemos contribuir para a pacificação do nosso País e deixar de lado as ideologias. A oposição nunca deixará de existir, porém esta não deve querer ser maior que o bem comum. Vamos batalhar por um País melhor, por um povo livre de verdade. A agressão a quem quer que seja é vedada, portanto quem a praticar responderá por tal ato independente da vontade do presidente da república, seja quem ele for.

  4. Paulo disse:

    Vejam o nível baixo dos petistas, mesmo Bolsonaro dando apoio aos LGBT eles criticam.
    Gente seja honestos com vocês mesmos, vão morar em Cuba, naquela democracia defendida por vocês os LGBT são executados no paredão.
    Mas terão muito tempo para chorar, agora escaparam no nordeste em breve serão uma peste banida. Salvo se aprenderem a ser gente!

  5. Pedro disse:

    Kkkkkkkkkkkkkkkk
    Sem comentários….
    Kkkkkkkkkkkk

  6. Nilvan Rodrigues da Silva disse:

    Olha o que falastrão. “Não vou combater nem discriminar, mas, se eu vir dois homens se beijando na rua, vou bater” (Em entrevista sobre uma foto do ex-presidente FHC ter posado em foto com a bandeira gay e defendido a união civil, em maio de 2002). Depois dessa frase vir dizer isso acho que esse presidente um grande falastrão.

    • duendevermelho disse:

      AMIGO, SE VOCÊ PENSAR HOJE IGUAL AO QUE PENSAVA 16 ANOS ATRÁS. NÃO PRECISA DIZER MAIS NADA DE VC

    • Raimundo Fernandes disse:

      Calma rapaz, quem nunca falou algo e se arrependeu depois, e os odientos somos nós, não é?

    • Filho disse:

      Aceita que dói menos!

    • Raimundo Fernandes disse:

      Calma rapaz, quem nunca falou algo e se arrependeu depois, e os odientos somos nós, não é? Baixa essa guarda, vamos torcer pelo melhor.

    • Antonio disse:

      O ser humano é mutante por natureza. Há opiniões que precisam serem melhor refletidas. O mundo evolui diariamente e com ele a gente também. Há alguns anos atrás uma mulher desquitada sofria preconceito. E não era justo. Em seguida, veio o divórcio. É evolução! Vc não pode ter os mesmos pensamentos de décadas atrás. Se for assim, pára no tempo. E a vida não é estática, está sempre movimento. Quem nunca se arrependeu de uma opinião proferida? Errar é humano. Persistir no erro é burrice.

    • Nilvan Rodrigues da Silva disse:

      Não tem como torcer pelo melhor tendo uma figura deplorável desse naipe no poder. Não iria gastar minhas fichar apostando num DESEQUILIBRADO que vai gerir a coisa pública.

      Já inicia jogando as fichas na reforma da previdência declarando guerra a milhões de trabalhadores que foram as ruas contra. Quem pagou pra ver vai ver. Nós avisamos.

COMENTE AQUI