Bolsonaro diz que “tem que ter calma” na reabertura das escolas

Imagem: reprodução/Facebook

Na chegada ao Palácio da Alvorada no fim da tarde desta quinta (21),  Jair Bolsonaro afirmou que é preciso ter “calma” sobre a possibilidade de reabertura das escolas no país, após ser questionado por uma apoiadora.

“Tem que ter calma. A população tem que ir entendendo aos poucos o que é esse vírus. Ele realmente é muito perigoso para quem tem certa idade, para quem tem alguma doença. Para a juventude não tem esse perigo todo. Estamos analisando aí”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou ainda que os pais devem afastar esse “pavor” em relação ao coronavírus para o Brasil avançar para a retomada das aulas presenciais. Não deu prazo, contudo, para o possível retorno. Segundo o chefe do Executivo, essa decisão cabe aos governadores.

Com informações de O Antagonista e Poder 360.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. De olho👀 disse:

    Que calma porra nenhuma. O presidente está abandonando as ideias originais pra ver se escapa do impeachment. Tarde demais. Capitão Cloroquina que se lasque.

  2. Morais disse:

    Isso é um medo grande de sofrer impeachment. Tá mudando o discurso de uma hora pra outra. Também… O cerco fechando com a popularidade caindo tanto quanto as mentiras que vocifera e as implicações cada vez maiores em relação às ilicitudes do Zero 1. Tá complicado. E não adianta comparar com Lula e seus pares porque não sou petista. Desonestos, quais forem, devem ser banidos da vida pública e devem pagar pelos crimes cometidos.

    • Théo disse:

      Sempre foi assim amigo. Um ser sem palavra. Diz algo hj, daqui a pouco fala outra contradizendo a anterior. Bem o tipinho dele. DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE NOSSO PAÍS. UMA VERDADEIRA VERGONHA INTERNACIONAL ESSE IMUNDO É.

  3. O rei do gado disse:

    Nao vou dizer que Bolsonaro recobrou o juizo, pq ninguem recobra o q nunca teve… mas hj pela primeira vez vi ele agir de forma pondenrada. Torço pra que ele continue assim, nao por ele mas pelo Brasil.

    • Juninho Play disse:

      Só lobby amigo. Além de verba, de cargo, o centrão TB cobra dele mais postura para poder ser "defensável". Tinha um potencial de dar certo, mas se entregou a politicagem velha. Assim como Dilma, prometeu uma coisa e ao assumir, deu as caras

COMENTE AQUI