Política

Brizola Neto abre crise no PSOL após homenagear ditador da Coreia do Norte

Foto: Divulgação/EBC

Uma homenagem pública prestada pelo vereador Leonel Brizola Neto (PSOL-RJ) ao ditador norte-coreano Kim Jong-Un gerou diversas reações negativas dentro de seu partido, nesta quinta-feira 12. O neto do falecido líder esquerdista Leonel Brizola apresentou, no última dia 29 de novembro, uma moção “Moção de Louvor e Reconhecimento” a Kim na Câmara Municipal da Cidade, revelada pelo jornal O Globo.

O ato foi recriminado pelo diretório municipal do PSOL no Rio, que emitiu nota afirmando não endossar a homenagem. O partido declarou que Brizola Neto promoveu uma moção individual, que “não necessita de apoio, nem votação”.

“Esta ação [de Brizola Neto] não foi construída coletivamente pela bancada e não representa a posição do partido. O líder da Coreia do Norte é acusado de inúmeras violações de direitos, dentre elas, perseguições políticas, prisões arbitrárias e restrições às liberdades de expressão e de imprensa. O PSOL reafirma seu compromisso na defesa da democracia e dos direitos humanos”, expõe a nota do diretório carioca da sigla.

Grandes lideranças do partido seguiram a mesma linha de reprovação. “Respeito muito o vereador Leonel Brizola e o trabalho importante que ele realiza no Rio. Sua homenagem ao ditador norte-coreano foi uma manifestação individual, da qual eu discordo. Me oponho a todas as ditaduras porque a democracia é para mim um princípio inegociável”, escreveu o deputado federal Marcelo Freixo, pré-candidato à prefeitura do Rio de Janeiro em 2020.

Veja

Opinião dos leitores

  1. CRITICAR A DITADURA DOS OUTROS E LOUVAR A NOSSA ME PARECE SER UM CONTRADIÇÃO!
    ENTÃO A DITADURA DOS OUTROS É RUIM E A NOSSA BOA?
    SOMOS CONTRA A DITADURA OU A FAVOR?
    CRITICAR MADURO E ELOGIAR PINOCHET ME PARECE ESTRANHO E SEM LÓGICA.
    COMO POSSO CRITICAR FIDEL E ELOGIAR USTRA, UM TORTURADOR FRIO, CALCULISTA E SANGUINÁRIO?
    VCS PRECISAM RESOLVER ESSA QUESTÃO. POIS SENÃO NOS PARECE UMA SITUAÇÃO EM QUE DIZEMOS "FAÇA O QUE DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE FAÇO!"

  2. Senhor José Augusto, lamentavelmente o senhor acaba de passar atestado de um verdadeiramente ANTI-PATRIOTA e consequentemente um COMUNISTA, querer comparar a figura de uma GRANDE GENERAL DO EXERCITO BRASILEIRO, com um "ditadorzinho de 5ª categoria", que vive a atentar contra a humanidade.

  3. VAMOS LIMPAR O BRASIL DESSES COMUNISTAS SEM FUTUROS E MANDA-LOS TODOS PARA O PAIS DE SUA ESCOLHA QUE SEJA DE BANDEIRA ESQUERDISTAS. BANDO DE IMPRESSIACAS COMPLICADO NOSSO DESENVOLVIMENTO.

    1. Vamos se aliar aos Comunistas Chineses, que aliás, estiveram aqui e postaram fotos de mãos dadas com o Presidente que se diz anticomunista.
      Vc sabe o que é comunismo mesmo?

  4. Hipócritas, que diferença entre os ditadores tiranos da Venezuela, cuba e africanos desse carnificina da Coreia. Querem enganar a quem, quem idolatra essa esquerdalha corrupta criminosa, não vai deixar de idolatrar por ela ter pacto com mais um CANALHA assassino, basta ver o caso Celso Daniel com o PT. Nem ligam pra isso, esse tontos feito burros de cargas

    1. Disse tudo.
      Faço minhas a suas palavras.

  5. Os políticos de esquerda tem VERGONHA de dizer abertamente que são COMUNISTAS. Quando algum deles fala abertamente, os outros tentam encobrir. A internet consegue desmascarar muito bem. Não adianta tentar esconder. O BRASIL NUNCA SERÁ COMUNISTA. Vão cansar de tentar. Estamos vendo os exemplos no mundo. Não cairemos nessa!!!

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

MEI “válvula de escape” na pandemia: mais de 620 mil micro e pequenas empresas foram abertas em 2020

Foto: Agência Brasil

Dados do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) mostram que, em 2020, foram abertas 626.883 micro e pequenas empresas em todo o país. Desse total, 535.126 eram microempresas (85%) e 91.757 (15%) eram empresas de pequeno porte.

Os setores onde as microempresas abriram maior número de unidades em 2020 foram serviços combinados de escritório e apoio administrativo (20.398 empresas), comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (16.786) e restaurantes e similares (13.124). Já os setores onde as pequenas empresas abriram mais estabelecimentos foram serviços combinados de escritório e apoio administrativo (3.108), construção de edifícios (2.617) e comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios (2.469). De acordo com o Sebrae Nacional, o resultado evidencia a força do empreendedorismo no Brasil.

Com base em dados do governo federal, apurou-se que, no ano passado, o país criou 3,4 milhões de novas empresas, alta de 6% em comparação a 2019, apesar da pandemia de covid-19. Ao final de 2020, o saldo positivo no país foi de 2,3 milhões de empresas abertas, com destaque para microempreendedores individuais (MEI).

De acordo com o Ministério da Economia, o registro de 2,6 milhões de MEI em 2020 representou expansão de 8,4% em relação ao ano anterior, levando essa categoria de empreendedores ao total de 11,2 milhões de negócios ativos no país. O MEI representa hoje 56,7% das empresas em atividade no Brasil e 79,3% das empresas abertas no ano passado.

Importância

Números divulgados pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro (Sebrae RJ) confirmam a importância do empreendedorismo para garantir a sobrevivência das empresas e a renda dos micro e pequenos empresários.

Ao mesmo tempo em que a crise provocada pela pandemia de covid-19 causou o fechamento de 90,2 mil pequenos negócios no estado, foram abertos mais de 307,8 mil pequenos negócios, com destaque para o setor de serviços, com quase 160 mil novas empresas.

“Foi um dado que espantou bastante a gente”, comentou, em entrevista à Agência Brasil, o analista do Sebrae RJ, Felipe Antunes. “A pandemia causou impacto em todos os setores. Toda a economia sofreu. No nosso entendimento, porém, as pessoas precisam gerar renda, muitas foram demitidas e procuraram o empreendedorismo, abrindo empresas para ter geração de renda”.

Nesse processo, Antunes ressaltou que o microempreendedor individual (MEI) teve grande destaque. “Oitenta e oito por cento das empresas que abriram foram por meio desse regime do MEI, que oferece facilidade para a pessoa abrir um negócio. Por isso, há um percentual muito alto de MEI entre as empresas abertas”.

Receita

O levantamento do Sebrae Rio, elaborado com base nos dados da Receita Federal, revela que salão de beleza (cabeleireiro, manicure e pedicure) e fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar foram as principais atividades escolhidas pelos microempreendedores individuais. Para o analista, o MEI “foi uma válvula de escape” no cenário trazido pela pandemia. “O empresário, por necessidade, precisou continuar no mercado e viu o empreendedorismo como opção de gerar renda”, acrescentou.

Do total de novas empresas que surgiram no estado do Rio de Janeiro em 2020, o setor de serviços foi responsável pela abertura de 159,9 mil empresas, seguido pelo comércio (72,5 mil), a indústria (52,7 mil), economia criativa (10,5 mil), o turismo (9,9 mil) e a agropecuária (2,1 mil). Por atividade, o desempenho dos pequenos negócios foi liderado por serviço de escritório e apoio administrativo, comércio varejista de roupas, serviço médico-ambulatorial e restaurantes.

Fechamento

Durante o ano de 2020, o setor de serviços foi o que mais fechou empresas no estado do Rio (39,1 mil), seguido pelo comércio (28,8 mil), a indústria (14 mil), economia criativa (4,1 mil), o turismo (3,5 mil) e a agropecuária (470). “O setor de serviços precisa muito da presença de pessoas e a pandemia, ao interromper a circulação, prejudicou muito o setor de serviços, mas o setor de comércio também teve impacto”, comentou Felipe Antunes.

As atividades voltadas para o comércio varejista de roupas e restaurantes foram as que sofreram maior impacto por causa da pandemia. Das microempresas que fecharam, 42% eram do setor de comércio, mostra a pesquisa.

Agência Brasil

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN repudia o silêncio e a inércia do governo ante as mortes violentas de policiais

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN vem a público repudiar a forma como as autoridades do nosso Estado têm lidado com a série de ocorrências que têm vitimado agentes de segurança pública.

No período de seis dias, foram cinco policiais baleados, sendo que três deles, um APC e dois PMs, foram a óbito em consequência da ocorrência, e até o presente momento nada foi feito de forma concreta por parte dos gestores do Estado.

Quantos policiais militares mais terão que morrer para que o Estado adote uma postura mais objetiva direcionada a buscar evitar esse tipo de situação, bem como, dar uma resposta à altura nos casos já ocorridos, com a identificação e prisão dos envolvidos?

O silêncio e a inércia do Governo têm incomodado a categoria, pois mais parece que as mortes dos policiais militares são tratadas apenas como números em estatísticas, desconsiderando que por trás de cada vida policial ceifada existe uma família que foi destruída.

Em decorrência desta situação, a ACS-PM/RN iniciará neste mês de Abril uma campanha de valorização da vida dos Policiais Militares.

Opinião dos leitores

  1. A desvalorização da polícia não é de agora. Faz muito tempo. Esse secretário de segurança tem uma boa conversa, só isso, esse comandante geral está omisso, muito fraco.
    Casos como esses seriam resolvidos rapidamente se dependesse apenas da vontade dos colegas de farda, mas a própria população adora meter o pau na polícia, filmam ações, interferem no trabalho, criticam e por aí vai. Deixando os policiais com medo não de arriscar a vida e sim de perder o emprego e a própria liberdade.
    Vale lembrar que fazemos parte de uma nação apodrecida, que elegem e idolatram políticos curuptos e que não valoriza quem sai de casa para tentar garantir a segurança da sociedade.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trânsito

Vereadores aprovam mudança de nome da Avenida Bernardo Vieira em Natal para Nevaldo Rocha

Foto: Google Street View

Os vereadores de Natal aprovaram, em segunda discussão, nessa terça-feira (13) um projeto de lei que altera o nome da Avenida Bernardo Vieira, uma das principais da capital, para Nevaldo Rocha(fundador do grupo Guararapes, dono das lojas Riachuelo, que morreu em junho de 2020). O autor do projeto – que visa homenagear o empresário potiguar dono da Riachuelo, que morreu em 2020 – é o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB).

Uma emenda da vereadora Ana Paula Araújo (PL), que pedia que houvesse uma consulta popular para a mudança do nome, foi rejeitada pela Comissão de Constituição e Justiça. A emenda do vereador Kléber Fernandes (PSDB) foi inserida, concedendo à administração pública 180 dias para as mudanças relacionadas à parte burocrática do processo, como alteração dos endereços da via.

Com a aprovação na Câmara Municipal de Natal, agora é necessário apenas a sanção do gestor municipal para a mudança ser oficializada.

Com acréscimo do G1-RN

Opinião dos leitores

  1. Esses vereadores não tem nada de útil para fazer não?
    Eita que esse projeto vai trazer grandes avanços para a capital.
    O Sr Nevaldo Rocha merece uma homenagem sim, mas acredito que teria outro lugar para homenagea-lo.
    Mas o que esperar de uma casa que produz quase nada de relevante.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Meio Dia RN

VÍDEO: Minuto na Câmara Municipal de Natal – Covid Aglomeração (14-04-2021)

Minuto da Câmara no ar trazendo os assuntos mais importantes debatidos na última semana, na Câmara Municipal de Natal, disponibilizado nesta quarta-feira(14).

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Em duelo pela segunda fase da Copa do Brasil, América e Cruzeiro se enfrentam na noite desta quarta na Arena das Dunas

Foto: Augusto César Gomes

É dia de jogo decisivo na Copa do Brasil. Às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, América-RN e Cruzeiro se enfrentam na Arena das Dunas, em Natal, pela segunda fase da competição. Diferentemente da primeira fase, não há vantagem para o melhor ranqueado na CBF. Empate leva a decisão da vaga nos pênaltis.]

O América, que eliminou o Real Brasília na primeira fase, estava invicto na temporada até a última quinta-feira, quando perdeu para o Palmeira pelo Campeonato Potiguar. Em casa, o time comandado por Evaristo Piza espera surpreender o maior vencedor da Copa do Brasil. A principal arma da equipe rubra é o atacante Wallace Pernambucano, que fez 19 gols na temporada 2020 e já marcou três vezes este ano.

O Cruzeiro chega ao duelo vivendo seu melhor momento na temporada, com três vitórias seguidas, sendo a última sobre o Atlético-MG, por 1 a 0. Sem ser vazada há quatro jogos, a defesa é o ponto forte da equipe neste início de temporada. A Raposa se credenciou a enfrentar o América por conseguir passar pelo São Raimundo-RR na fase inicial, com empate por 1 a 1, fora de casa.

Transmissão: TV Globo (para MG), com narração de Rogério Corrêa, comentários de Grafite e Henrique Fernandes; Sportv 2 e Premiere (para todo o Brasil), com narração de Júlio Oliveira e comentários de Pedrinho.

Com Globo Esporte

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Com transmissão da Globo, ABC e Botafogo duelam na noite desta quarta em jogo único pela segunda fase da Copa do Brasil

Foto: © Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

O Botafogo visita o ABC, nesta quarta-feira (14) a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio Frasqueirão, em Natal (RN), pela 2ª fase da Copa do Brasil. O confronto, em jogo único e eliminatório, definirá quem avançará na competição, abocanhando um prêmio de R$ 1,7 milhão. Caso prevaleça a igualdade no tempo normal, a vaga será decidida nas penalidades máximas.

Os donos da casa estão na quarta posição do Campeonato Potiguar, com dois jogos a menos do que os líderes (América-RN e Globo). No último sábado (10), perderam para o Bahia por 2 a 1 e acabaram eliminados da Copa do Nordeste. Pela Copa do Brasil, o time do técnico Sílvio Criciúma empatou por 1 a 1 com o Rio Branco de Venda Nova e levou a classificação, pois o regulamento previa essa vantagem nesta etapa para a equipe melhor posicionada no ranking da CBF.

O Glorioso do Rio de Janeiro chega à etapa após golear o Moto Club por 5 a 0 em São Luís. No entanto, o time do treinador Marcelo Chamusca está fora do G4 no Campeonato Carioca e acumula seis empates em dez jogos nesta temporada, contabilizando ainda três vitórias e apenas uma derrota.

Os botafoguenses têm problemas no ataque. Além de Matheus Babi, já anunciado como novo jogador do Athletico-PR, Chamusca não deve contar com Rafael Navarro, machucado. A solução pode ser a revelação da base Matheus Nascimento, de apenas 17 anos.

Com Agência Brasil

Opinião dos leitores

    1. Tão foda que nem partudo conseguiu criar.
      Essas vacas do Bozo são um bando de fracassados.

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Previsão da semana é de maior quantidade de chuvas no Rio Grande do Norte

A previsão do tempo para a semana promete maior quantidade e melhor distribuição de chuvas no Rio Grande do Norte. É o que apontam as análises da unidade instrumental de meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte – Emparn. A previsão da semana é de céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuva isoladas no interior, durante a tarde e noite. No Litoral Leste e Agreste, a previsão é de céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuvas a qualquer hora do dia.

O chefe da unidade, Gilmar Bristot, explica que as chuvas do fim de semana aconteceram devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), juntamente com restos de uma Frente Fria, situação que deverá permanecer nos próximos dias. “Depois de uma semana com pouca chuva no Estado devido a um bloqueio atmosférico, as chuvas voltaram a ocorrer em praticamente todas as regiões do Estado. A expectativa é que ocorram mais chuvas na Chapa do Apodi e Serra de São Miguel, e em outras com menos como no caso de grande parte da Região Central. As chuvas aconteceram devido a atuação da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT), juntamente com restos de uma Frente Fria”, destacou.

Com relação as temperaturas, em Natal, a previsão é de variação entre 24 oC, durante as madrugadas e 30 oC, durante as tardes. Já no interior, no Seridó por exemplo, o termômetro deverá oscilar entre 20oC e 32oC. Nas regiões Serranas, a previsão indica variação entre 20oC e 31oC.

Balanço das chuvas
De sexta-feira até segunda, o boletim pluviométrico da EMPARN registrou ocorrência de chuvas em todas as regiões do RN. A região Oeste registrou a maior quantidade de municípios com chuva e maiores volumes. Os municípios de Rodolfo Fernandes e Apodi, registraram, 99,9 milímetros (mm) e 95,7mm, respectivamente.

Previsão da Semana

14/04/21-quarta-feira- Céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

15/04/21-quinta-feira – Céu parcialmente nublado a claro com pancadas de chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

16/04/21-sexta-feira– Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

17/04/21- sábado– Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

18/04/21- Domingo-Céu parcialmente nublado a claro com chuvas durante a tarde e noite no interior. No Litoral Leste e Agreste, céu parcialmente nublado a claro com chuvas a qualquer hora.

AGORA RN

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Municípios do RN receberam 3.284 doses de vacina a menos

Setenta e seis cidades, distribuídas em todas as regiões do Rio Grande do Norte, relataram à Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap/RN) que receberam menos doses no último lote das vacinas CoronaVac. Até a noite desta terça-feira (13), segundo levantamento feito pela pasta, foram 3.284 doses a menos. Segundo a Secretaria, a diferença aconteceu porque os frascos da vacina vieram com nove e não dez doses, como informado na bula do fármaco. A Sesap garantiu que irá repor o estoque aos municípios prejudicados por meio da reserva técnica. O Instituto Butantan, que fabrica a vacina no Brasil em parceria com o laboratório chinês SinoVac, disse que irá revisar a bula da vacina e atribuiu os casos à “prática incorreta na extração das doses nos serviços de vacinação”.

 

De acordo com a coordenadora de Vigilância em Saúde da Sesap, Kelly Maia, o problema começou a ser relatado pelos municípios há uma semana, quando a última remessa da CoronaVac foi entregue. Os gestores em saúde passaram a informar que havia frascos com quantidade de vacinas suficiente para nove doses, ao invés de dez. O Plano Nacional de Imunização (PNI) foi notificado do caso e informou que outros Estados já haviam relatado o mesmo problema.

Ainda de acordo com Kelly Maia, a quantidade aplicada em cada pessoa vacinada é de 0,5ml. Cada ampola, segundo o Butantan, vem com 5,7ml, isto é, uma dose extra, o que daria para as 10 doses. “À medida que os aplicadores foram aspirando perceberam que não dava para as dez doses. Até dava para aspirar a última, mas não chegava a 0,5ml. E não é recomendado que se faça com menos porque não terá a eficácia”, explicou Kelly Maia. Segundo ela, não houve erro por parte dos aplicadores de vacina nos municípios potiguares.

“Não partimos desse pressuposto de erro no preparo da dose porque seria muita coincidência. De repente, vários municípios relatando esse erro? O que mudou na prática? No início da pandemia fizemos um curso de atualização para que as pessoas fizessem a aspiração da forma mais adequada, porque sabemos que pode ter uma perda ou outra, o mínimo possível. Não acreditamos que seja erro técnico, e sim que foi a questão dos frascos desse lote que veio com envasamento menor e ocasionou isso”, frisou Kelly Maia, acrescentando que o problema foi registrado em outros Estados.

A presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), Maria Eliza Garcia, defende que os municípios não podem ser prejudicados com o erro do envasamento. “Os municípios não estão sendo irresponsáveis, até porque tivemos casos em todo o país. A reserva técnica vem para atender uma situação dessas ou outra eventualidade, de forma que o município não possa ser prejudicado, ainda mais nesse momento em que as doses seguem sendo insuficientes. Criamos uma câmara técnica em que os municípios prejudicados vão no RN + Vacina e pontuam como perda técnica. O Estado, na sua reserva técnica de 5%, repõe essa perda”, argumentou Garcia.

O problema de doses a menos na embalagem da CoronaVac também foi relatado em pelo menos outros 11 Estados, que registraram a questão junto ao Instituto Butantan e à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Os municípios ficaram preocupados de acharem que eles estavam tirando uma dose. Mas seria muita coincidência, todos os municípios, e não é só aqui no Estado. E também foi relatado, quando lá no início, tinha doses a mais. Então a gente crê que seja um problema de envasamento mesmo. Tinha frasco que conseguíamos fazer dose doses, para se ter uma ideia”, pontuou Kelly Maia.

Leia matéria completa na Tribuna do Norte.

Opinião dos leitores

  1. Isso é de certo modo é muito estranho, se tem dose a menos é percebível , só olhar para embalagem que se percebe e niguem fala nada antes , não tira foto da embalagem lacrada . Muito estranho .

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mundo

Pandemia piora na Alemanha e Merkel quer sistema de lockdown nacional

O governo da chanceler alemã Angela Merkel aprovou nessa 3ª feira (13.abr.2021) uma proposta legislativa que permitiria a aplicação de um sistema de lockdown nacional no país. O projeto foi proposto como uma emenda à Lei de Proteção contra a Infecção, e ainda precisa ser aprovado pelo Parlamento.

A Alemanha tem um sistema de poder descentralizado. Alguns líderes estaduais têm relutado em impor as restrições, em parte porque os Estados apresentam taxas diferentes de infecção.

Por isso, o governo tenta chegar a um acordo com os Estados sobre políticas nacionais de resposta à pandemia.

A ideia é implementar o sistema nacional nas áreas onde os níveis de infecção estão altos. Com as taxas atuais, o bloqueio poderia atingir metade da Alemanha. “Acredito que essa emenda é importante porque é uma decisão urgente sobre como proceder na pandemia do coronavírus”, disse Merkel.

A Alemanha registrou, na última 3ª feira (13.mar.2021), 10.810 novos casos de infecção em 24h, o que elevou a taxa de infecção para 140 por 100 mil habitantes.

A emenda permitira ao governo federal fechar lojas e instituições culturais. Ainda, impor limites ao número de pessoas autorizadas a se reunir em qualquer região onde as infecções superem 100 novos casos por 100 mil habitantes em um período de 7 dias.

Se o número de novas infecções chegasse a mais de 200 por 100 mil habitantes, Merkel poderia determinar o fechamento de escolas e creches. Atualmente, as escolas estão sob a jurisdição dos Estados, e os líderes locais estão relutantes em renunciar a esse controle. “Estamos em uma situação em que um mecanismo de emergência é necessário”, disse Ralph Brinkhaus, líder da CDU (União Democrata Cristã no Parlamento), partido de Merkel.

No total, o país registrou 3 milhões de infecções e 78.000 mortes por covid-19 desde março de 2020.

 

PODER360

Opinião dos leitores

  1. Tantos lockdowns e bem feitos, afinal estamos falando da Alemanha, nação mais rica e desenvolvida do ja rico continente europeu. Será que isso funciona mesmo ? Se sim, não deveria estar funcionado ? Pelo visto assim como no Brasil e todas as outras nações ninguém sabe mais o que fazer e como fazer p voltar a vida normal

  2. Essa é a mesma chanceler que pouco mais de 01 mês estava pedindo desculpas ao povo alemão por ter errado com a aplicação do lockdown??
    Ela muda de rumo a cada momento? Quando ela anteriormente decretou o lockdown o problema do covid não foi resolvido? Com o lockdown ela não parou o covid na Alemanha? Vai repetir a ação que ela já tomou e reconheceu ser errada? Essa posição dela mostra que continua completamente perdida no combate ao covid.
    Ela não é uma genocida?

  3. O medo é o melhor instrumento de controle de um povo. Esse “lockdown” não tem qualquer comprovação de eficácia contra a COVID e acarreta problemas piores que o vírus. Estudo recem-divulgado, realizado por cientistas da UFRGS (universidade FEDERAL), atesta essa ineficácia. Localidades e países que o utilizam estão colhendo maus resultados. O estado de SP, por exemplo, “puxa” para cima a média nacional de óbitos e casos de COVID. Governantes que o adotam estão apenas querendo dar uma satisfação à população ou possuem motivos políticos e escusos. A propósito, essa Merkel é social-democrata, algo como o PSDB daqui. Esquerda “light”.

  4. Essa chanceler eh muito incompetente: decretar novo Lockdown ! Ora todo bolsominion raiz sabe que Lockdown não funciona! Esses alemães não sabem de nada mesmo né! Os cientistas e médicos da Alemanha sabem muito menos que nosso MINTOmaníaco daqui que já declarou que Lockdown não serve de nada! Nosso presidente eh inepto mas sabe espalhar fake news como ninguém!

    1. E quase todo “bolsomínio raiz” sofre das faculdades mentais, igual ao seu “líder”. Deixa de falar besteira e sai dessa, sem noção.

    1. Precisa atualizar seu livro de história… Vc ainda está do outro lado do muro de Berlim….

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Brasil bate novo recorde, aplicando 1.225.396 doses de vacina só nesta terça-feira, 13

O Brasil bateu recorde na aplicação de doses de vacinas contra covid-19 nesta terça-feira (13). De acordo com a plataforma independente acinabrasil.org, foram aplicadas 1.225.396 doses apenas hoje. Agora, o Brasil contabiliza 32.310.602 doses administradas nos brasileiros, sendo 24.498.318 primeiras doses e 7.812.284 segundas doses das vacinas adquiridas pelo governo federal.

O Ministério da Saúde já disponibilizou aos Estados um total de 47.862.856 doses de imunizantes contra o coronavírus, das quais 32,3 milhões foram efetivamente aplicadas.

O Brasil continua ostentando a posição de quinto país que mais aplica vacinas em sua população, ficando atrás apenas dos quatro grandes produtores de imunizantes: Estados Unidos, China, Índia e Reino Unido.

Nesta terça, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, confirmou que cerca de 1,5 milhão de brasileiros não apareceram para tomar a segunda dose, mas todos serão chamados a comparecer aos postos de vacinação. Afinal, apenas uma dose de vacina não é suficiente para imuniza uma pessoa, de acordo com especialistas.

DIÁRIO DO PODER

Opinião dos leitores

  1. Não sei quem construiu UBS’s, UPAS e estruturou com salas de vacinas mais de 20000 Brasil a fora. Isso aqui é SUS.

  2. O governo Bolsonaro segue agindo, fazendo o que pode (e o STF permite) no combate ao vírus. Estados e municipios têm que fazer sua parte. O RN, por exemplo, precisa investir na saude pública. Cadê os novos leitos hospitalares? Tempo e dinheiro (recebeu muito do governo federal) tiveram. Por que não usaram na saude?

  3. É, o mundo começa a ver que vacinas sem estudos conclusivos é uma Temeridade, e pode ter efeitos contrários, os seguros de saúde estão pedindo a suspensão de vacinas jonhson jonhson nos EUA, depois de detectado efeitos colaterais, a Europa também suspendeu a astrazeneca, o Brasil já temos notícias de mortes após a 2a dose. A imprudência da esquerdalha a favor da pressa da vacinação, é uma Temeridade. Muita irresponsabilidade, quem será responsabilizado se aparecer efeitos colaterais irreversíveis? Vai ficar como fatão, que desviou dinheiro, se omitiu na contrução de campanha, fez dispensa de licitação com sobrepreço de produtos e prestação de serviços, isso tudo com o dinheiro enviado pelo governo federal pra o combate ao covid.

    1. E a gente ia fazer o quê? Ficar com o “”PIRES”” na mão, aguardando o vírus ceder seus altos níveis de infecção e mortalidade?

    1. Seu português também não. Inteligente como muitos idiotas que apoiam o maquiavélico e comentam nesse blog.

    2. E o cidadão indignado, é um tremendo de um grosso. Só pode ser petista mesmo

Comente aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *