Capitais registram panelaço e gritos de ‘Fica, Mandetta’ após informação de que Bolsonaro decidiu demitir ministro


Foto: Pablo Jacob / Agência O Globo

Assim que tomou o noticiário a informação de que o presidente Jair Bolsonaro avalia demitir o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, uma série de manifestações foram registradas em algumas capitais. Em São Paulo, além do panelaço, muitos pessoas gritavam “Fica, Mandetta”.

O presidente estaria avaliando colocar o deputado federal Osmar Terra no lugar de Mandetta. Terra almoçou nesta segunda-feira com Bolsonaro e quatro ministros que despacham do Palácio do Planalto: Walter Braga Netto (Casa Civil), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Augusto Heleno (Gabinete de \Segurança Institucional).

Também foram registradas manifestações no Rio, como em Copacabana, Leme, Botafogo e Jardim Botânico. Há relatos também de atos contra uma eventual demissão de Mandetta em Belo Horizonte e Salvador.

Os protestos se acentuaram assim que iniciada a coletiva de imprensa de integrantes do governo para tratar da crise. Mandetta não faz parte da mesa.

Há tempos Bolsonaro vem demonstrando insatisfação com o trabalho de Mandetta, que mantém a tese de que o isolamento social é a forma mais eficaz para o combate ao coronavírus. Chegou a dizer na semana passada que nenhum e seus ministros era “indemissível”, e que faltava “humildade” ao titular da pasta de Saúde.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Glenio disse:

    Uma fagulha de inteligência de Bolsonaro.

  2. Paranhos disse:

    Kkkkkkk, a petralhada deu com os burros n'agua. O verdadeiro drible da vaca.

    • Nordestino disse:

      Será que só tem idiota apoiando esse verme que fez da cadeira de presidente uma privada. Se liga gados otários.
      Vimos domingo quando o bolsodiabo falava, um monte de doentes mentais dizia amém, ele é o Cristo?,
      Vocês tão piores do que a ptralhada, um monte de gado idiotas, imbecis.

COMENTE AQUI