Carreta com 35 mil litros de álcool e avaliada em R$ 82 mil é apreendida no RN


Foto: SET-RN/divulgação

Auditores fiscais da Secretaria Estadual de Tributação (SET-RN) e agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptaram e aprenderam na sexta-feira (22) uma carga de 35 mil litros de álcool, avaliada em R$ 82 mil, que estava sendo transportada com documentação fiscal irregular na BR-304, em Mossoró. A mercadoria sairia da cidade com uma nota fiscal utilizada pela segunda vez. A apreensão representa a recuperação de R$ 31 mil que deixariam de entrar para os cofres públicos por sonegação.

Essa é a quinta retenção de carretas apreendidas nos últimos meses pela parceria entre os dois órgãos, o que já somam aproximadamente meio milhão de álcool irregular. As autuações fazem parte da estratégia da SET de formar parceria e forças tarefas com diversos órgãos para as operações de fiscalização de mercadorias em trânsito e de fiscalização aos estabelecimentos empresariais.

Portal Grande Ponto

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Francisco disse:

    Essa carreta não tem placa, dono, ou coisa parecida?
    O combustível, não tem dono?
    Cadê os nomes?
    Deve ser de alguém que manda nos mandatários de plantão do Estado do RN.

  2. Soraya disse:

    Imposto único é a solução.

  3. Santos disse:

    Acho que o empresário propietário do protudo "esqueceu" de pagar o imposto oh?
    Esse empresários já são esquecidos.

  4. John Porrada disse:

    Jumento, o produto é do cliente…ele vai pagar o imposto e pronto…

  5. Luciana Morais Gama disse:

    E aí eu pergunto, pq todo esse combustível apreendido não é usado na frota do estado. Ora, todos os carros hoje são flex. Basta boa vontade e um pouquinho de inteligência. Fica a dica!

    • Plim plim. disse:

      É melhor a desgovernadora, destribuir com a população, pra passar nas mãos e prevenir o Covid.
      Basta torna lo 70%
      Até agora nunca destribuiu um frasco de 100ml.
      Nunca fez nada para amenizar a contaminação, a não ser seguir o mandetinha, baixar decretos e mandar o povo ficar em casa.
      Álcool e máscaras, nem pensar.
      Dinheiro tem, Bolsonaro mandou, só que serviu pra comprar respiradores inexistentes e contratar ambulâncias a peso de ouro.
      Genocida.

  6. Observador RN disse:

    Isso fora os postos de combustíveis que só emitem cupom fiscal quando solicitado. Peçam o cupom/ nota fiscal, não alimentem a ganância dos donos de postos, o imposto está embutido no valor final dos combustíveis, se não pedimos a nota esses valores irão para o bolso dos donos de postos que não tem dó, nem piedade de repassar aumentos para os consumidores.

    • Junior disse:

      Independente de pedir o cupom ou não o dono do Posto ele é obrigado a faturar a venda. O Problema do Brasileiro é culpar quem não tem culpa. O Dono do Posto que vcs tanto criminaliza é apenas um pagador de altos impostos e gerador de diversos empregos diretos e indiretos. Ahh Mas a gasolina ta cara!. A culpa não é do empresario e sim do Governo estadual que joga uma carga alta de impostos no produto.

    • Ribeiro disse:

      Verdade junior.
      Aqui no RN a genocida, do PT, deve lançar mão do PMPF em breve.
      Grande parte fos consumidores não sabe o que é isso. Ou seja mais arrecadação pro Estado.
      Agora, as estradas boas so exister dentro da propaganda milionária e fake.

COMENTE AQUI