CASO GUGU: Protocolo nos EUA, em caso de morte cerebral, obriga anúncio só 48h depois

Foto: Getty

Há uma determinação médica nos Estados Unidos em relação à morte cerebral.

O anúncio público do falecimento não pode acontece antes de 48 horas do fato ocorrido.

Se, de fato, a informação preliminar confirmar o anúncio oficial, então, não acontecerá antes de sábado (23).

Ontem, as duas primeiros repórteres de TV do Brasil a chegar à frente do hospital Orlando Health, onde Gugu chegou inconsciente, foram Patrícia Maldonado, da Band, e Eleonora Paschoal, da Record, ambas moradoras de Orlando.

Ainda nesta sexta-feira, o jornalista Roberto Cabrini embarca em voo direto de São Paulo para Orlando, pelo SBT, para cobrir o caso.

UOL