Diversos

Com 100% de sucesso no pré-lançamento, Ecomax antecipa em um ano 2ª etapa do Condomínio Vila do Alto

A Ecomax lançou oficialmente ao mercado o seu mais novo empreendimento de alto padrão na área que mais se valoriza na Grande Natal: o Vila do Alto Residence. Ainda na fase do pré-lançamento, os lotes da 1ª etapa foram 100% vendidos e por isso a Ecomax decidiu antecipar agora em um ano o lançamento da 2ª etapa do empreendimento. O lançamento da 2ª etapa Alto será dia 27 de novembro. O atendimento aos clientes será feito no Gérbera Recepções (Rua Ingazeira, 204 – Nova Parnamirim), nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, por ordem de chegada. Interessados podem antecipar fazendo o cadastro aqui: https://podio.com/webforms/26904522/2056038

O Vila do Alto é a nova aposta da Ecomax no segmento de condomínios fechados, na mesma região de outros empreendimentos de sucesso do grupo, como a Cidade dos Bosques. É uma oportunidade para quem quer morar ou investir num ativo de valorização certa, construído por uma das mais tradicionais construtoras potiguares. O projeto é de alto padrão e preço acessível, com unidades a partir de 200,6 metros quadrados e 12 metros de frente. O empreendimento conta com piscinas adulto e infantil, sauna, playground, salão de festas climatizado, espaço kids, academia, espaço pet, área gourmet com churrasqueira, infraestrutura de esporte, quadra de beach tênis, quadra poliesportiva, minicampo, espaço de jogos. Tudo isso com segurança 24 horas, perto de shoppings, supermercados, escolas.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns a Ecomax pelo lançamento deste belo condomínio numa área de rápida valorização. Comprei 2 lotes e estou na expectativa de construir a minha casa e dos meus pais.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Judiciário

Segunda Turma do STF manda desbloquear bens de Lula retidos pela Lava Jato

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images

A Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu hoje, por 3 votos a 1, ordenar o desbloqueio de bens do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que estavam retidos pela Lava Jato. Em julgamento virtual iniciado na última sexta-feira (19), os ministros atenderam a uma reclamação feita pelo petista, em março, contra a medida, que havia sido determinada pela Justiça Federal do Paraná.

O ministro Edson Fachin, relator do caso, votou contra o desbloqueio, mas foi vencido pelos colegas Gilmar Mendes, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski. A Segunda Turma da Corte conta nesse momento com apenas quatro membros, porque a vaga aberta pela aposentadoria do ministro Marco Aurélio Mello ainda não foi preenchida.

LEIA MAIS: Lewandowski e Gilmar Mendes votam pelo desbloqueio de R$ 3 milhões em bens de Lula

Segundo o argumento da defesa de Lula, acatado pela maioria dos ministros, a Justiça Federal do Paraná não teria mais autoridade para manter a medida, desde que Fachin decidiu, em março desse ano, deslocar a competência dos processos contra o ex-presidente para o Distrito Federal.

O julgamento sobre os bens de Lula havia começado em agosto, com o voto contrário de Fachin, mas acabou suspenso por um pedido de vista de Lewandowski. Ao devolver o processo à pauta, Lewandowski considerou que a Justiça Federal não tinha mais poder para dispor sobre o assunto a partir da decisão de Fachin.

“Ora, se a autoridade reclamada [a Justiça Federal do Paraná] foi declarada incompetente para processar e julgar as ações penais em tela, não poderia ela emitir mais qualquer juízo de valor a respeito delas, inclusive acerca da manutenção do bloqueio dos ativos do reclamante”, escreveu o ministro em seu voto. Mendes e Nunes Marques apenas seguiram o posicionamento de Lewandowski, sem elaborar votos em separado.

UOL

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversos

Com 100% de sucesso no pré-lançamento, Ecomax antecipa em um ano 2ª etapa do Condomínio Vila do Alto

A Ecomax lançou oficialmente ao mercado o seu mais novo empreendimento de alto padrão na área que mais se valoriza na Grande Natal: o Vila do Alto Residence. Ainda na fase do pré-lançamento, os lotes da 1ª etapa foram 100% vendidos e por isso a Ecomax decidiu antecipar agora em um ano o lançamento da 2ª etapa do empreendimento. O lançamento da 2ª etapa Alto será dia 27 de novembro. O atendimento aos clientes será feito no Gérbera Recepções (Rua Ingazeira, 204 – Nova Parnamirim), nesta sexta-feira, a partir das 9 horas, por ordem de chegada. Interessados podem antecipar fazendo o cadastro aqui: https://podio.com/webforms/26904522/2056038

O Vila do Alto é a nova aposta da Ecomax no segmento de condomínios fechados, na mesma região de outros empreendimentos de sucesso do grupo, como a Cidade dos Bosques. É uma oportunidade para quem quer morar ou investir num ativo de valorização certa, construído por uma das mais tradicionais construtoras potiguares. O projeto é de alto padrão e preço acessível, com unidades a partir de 200,6 metros quadrados e 12 metros de frente. O empreendimento conta com piscinas adulto e infantil, sauna, playground, salão de festas climatizado, espaço kids, academia, espaço pet, área gourmet com churrasqueira, infraestrutura de esporte, quadra de beach tênis, quadra poliesportiva, minicampo, espaço de jogos. Tudo isso com segurança 24 horas, perto de shoppings, supermercados, escolas.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

COVID: Brasil registra 315 óbitos e 12,3 mil casos nas últimas 24h

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (26):

– O país registrou 315* óbitos nas últimas 24h, totalizando 613.957 mortes;

– Foram 12.392* novos casos de coronavírus registrados, no total 22.067.630.

*Sem dados do Ceará e com registro de 124 óbitos represados em São Paulo.

A média móvel de óbitos nos últimos 7 dias é de 227, e a média móvel de novos casos é de 9.188.

O Ministério da Saúde calcula que 21.282.804 pessoas já se recuperaram da covid-19. Outras 170.869 seguem em acompanhamento.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Pesquisadores do Lais dizem que 4ª onda de Covid é “pouco provável” e que é seguro fazer Carnatal só para vacinados

Foto: Canindé Soares

Pesquisadores do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais), da UFRN, consideram “pouco provável” que o Brasil vivencie uma nova onda de casos de Covid-19, com hospitalizações e mortes, como está acontecendo em países da Europa.

Relatório publicado nesta sexta-feira (26) pelo laboratório (veja aqui) aponta diferenças entre as realidades brasileira e a europeia, chegando à conclusão de que a situação da pandemia está caminhando para ficar sob controle no Estado e que há condições para realização de eventos como o Carnatal.

Desaceleração da pandemia

Enquanto países europeus vivem nova onda de casos e mortes por Covid, o Brasil segue com desaceleração da doença. Atualmente, o País tem uma média móvel de 217 mortes por dia, quando já teve uma média de mais de 3 mil óbitos em abril deste ano. O número de novos casos também está em queda, com média inferior a 10 mil casos por dia. Essa média já esteve perto de 80 mil, no auge da pandemia.

“Diante deste cenário mais favorável, é correto afirmar que em 2021 as festas de final de ano serão realizadas em um contexto muito mais seguro do que foram as do final do ano de 2020. É importante lembrar que o maior evento de massa de 2020 foram as eleições realizadas no mês de novembro. Elas mobilizaram milhares de pessoas em único dia simultaneamente em todo o país e aqui no estado, período em que não havia vacinas contra a Covid-19 disponível para população brasileira”, pontua o Lais/UFRN.

Carnatal

O Lais/UFRN também comentou sobre a realização do Carnatal, maior micareta fora de época do Brasil, que está previsto para acontecer entre os dias 9 e 12 de dezembro. Para o Lais, como o evento será apenas para vacinados e os índices de hospitalização estão dentro de limites aceitáveis, há segurança para que o evento aconteça.

“Sobre a realização do Carnatal, esse é um cenário mais complexo, pois trata-se de um evento com grande aglomeração de pessoas, todavia, diante das atuais condições epidemiológicas e assistenciais do RN com relação a covid-19 é seguro afirmar que as condições são favoráveis a realização do evento. Os principais motivos para isso são o baixo número novos de casos diários, a baixa demanda por leitos de UTI Covid-19 e a consequente redução do número de óbitos”, finaliza o laboratório.

O Lais complementa: “Como o Carnatal é um grande evento de massa, que promove aglomerações, e por se tratar de uma festa tradicional as pessoas tendem a ficar mais relaxadas. Por esse motivo, é fundamental que todos os participantes estejam com o seu esquema vacinal completo, ou seja, primeira e segunda dose.”

98 FM Natal

Opinião dos leitores

  1. As crianças ficaram quase dois anos assistindo aula de casa, pois o vírus era perigoso, porque o carnaval também não pode ser on-line? Afinal a pandemia não acabou

  2. As crianças ficaram assistindo aula quase dois de casa, o CARNATAL devia ser on-line também !!!

  3. falam pouco provável pq estão em cima do muro, isso são uns bundões. cancela carnaval, carnaval e etc.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

NOVA VARIANTE: Bolsonaro afirma que o Brasil “não aguenta mais um lockdown”

Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira (26) que o Brasil “não aguenta mais um lockdown” ao comentar a variante omicron, nova mutação da Covid-19 na África do Sul.

Durante conversa com a imprensa, após participar de cerimônia militar, no Rio de Janeiro (RJ), ele disse que serão adotadas “medidas racionais”. Ele não entrou em detalhes sobre quais serão e como definir o critério de racionalidade.

“O Brasil não aguenta mais um lockdown. Conversei com o almirante Barra Torres [presidente da Anvisa], com o Ciro [Nogueira] da Casa Civil discutindo Argentina. Quem vem da Argentina de carro para cá, sem problemas. Quem vier de avião tem que ficar quatro dias em quarentena. Vamos tomar medidas racionais”, declarou, segundo o jornal Folha de S.Paulo.

Mais cedo, nesta sexta, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou a proibição da entrada de voos e viajantes procedentes de África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue no Brasil.

As últimas informações veiculadas indicam que houve a notificação de 77 casos na África do Sul, quatro casos na Botsuana, um em Hong Kong (uma pessoa que voltou de uma viagem à África do Sul) e um em Israel (uma pessoa que voltou do Malaui) e um na Bélgica.

Metrópoles

Opinião dos leitores

  1. Esse Bozo é um cafuçu mesmo. Qdo teve Lockdown aqui no Brasil???
    Ele vá se vacinar e parar de falar b$@&*!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

Cantor tem instrumentos e carro roubados em Natal e fica impossibilitado de trabalhar

O cantor Davi Castelly foi assaltado na tarde desta sexta-feira (26) em Natal. Na ação criminosa, os bandidos roubaram o carro dele e instrumentos musicais, impedindo que ele pudesse cumprir sua agenda e fazer um show em um evento na tarde de hoje.

O próprio cantor informou através de seu perfil no Instagram que renderam a mãe dele com uma arma de fogo enquanto ela ajudava a colocar o material no automóvel para levarem o veículo e os instrumentos.

Davi informou também que o carro já foi localizado, porém sem placa e com os pneus furados. Os instrumentos não foram encontrados.

 

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeitura de Tibau cancela Carnaval em 2022: ‘Não podemos relaxar’

Foto: Divulgação

O carnaval em Tibau, município do Oeste potiguar, está cancelado. A medida foi anunciada pela prefeita Lidiane Marques (PSDB) nesta sexta-feira (26) em reunião com os secretários. O motivo da decisão foi o anúncio da Organização Mundial da Saúde (OMS) do surgimento de uma nova variante do vírus e de que o mundo vive o início da chamada quarta onda da infecção.

“Não podemos relaxar no controle, e entendo que a mobilização em torno do carnaval está preocupando todos os gestores porque é uma ocasião altamente propícia para o aumento de casos”, disse a prefeita.

A celebração do carnaval em Tibau é tradicional na região Oeste do estado. Em 2021, por conta da pandemia, os festejos da forma tradicional foram cancelados. Na ocasião, foi proibido, inclusive, o uso de paredões, carros de som, minitrios e similares mesmo que de forma particular.

Em relação às festas particulares que são realizadas no município, a prefeita antecipou que vai se reunir com os promotores de eventos e cobrar deles o cumprimento de ações que possam garantir a segurança e a saúde dos moradores de Tibau e dos turistas.

Com informações de Tribuna do Norte

http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/covid-prefeitura-de-tibau-cancela-carnaval-em-2022-na-o-podemos-relaxar/526276

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Covid: São Gonçalo do Amarante realiza ‘Mega Dia’ de vacinação e testagem neste sábado (27)

Foto: Divulgação / São Gonçalo do Amarante

O município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, vai realizar neste sábado (27) o “Mega Dia” de vacinação contra a Covid em toda a cidade. As unidades de saúde (veja mais abaixo quais) vão funcionar das 7h30 às 12h.

O município também vai disponibilizar teste rápido para Covid-19 a toda população. Não é preciso estar sintomático ou ter alguma prescrição médica para se testar – a demanda é livre.

O objetivo da prefeitura é mapear a circulação atual da Covid no município.

As vacinas e os testes vão estar disponíveis na unidades de saúde de Jardim Lola, Amarante, Novo Santo Antônio, Golandim I, Cidade das Flores, Centro e Ruy Pereira.

A prefeitura também ampliou a dose de reforço para o público a partir de 18 anos que já recebeu a segunda dose há pelo menos cinco meses. Antes, essa dose era restrita a pessoas acima de 60 anos.

Veja quem pode se vacinar

Dose de reforço

  • Pessoas acima de 18 anos e trabalhadores da saúde (atuando nos serviços de SGA) que completaram 5 meses da segunda dose;
  • Pessoas com imunossupressão que tomaram a D2 nos últimos 28 dias.

Segunda dose

  • Oxford/AstraZeneca para quem tomou a D1 até dia 4 de outubro
  • Pfizer para quem tomou a D1 até dia 4 de outubro
    CoronaVac para quem tomou a D1 nos últimos 28 dias.

Primeira dose

  • População acima de 12 anos.

G1 RN

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

OMS considera nova variante do coronavírus ‘preocupante’ e a batiza de Omicron

Foto: DIVULGAÇÃO / NIAID-RML

A OMS (Organização Mundial da Saúde) classificou como ‘preocupante’ a variante B.1.1.529 do coronavírus causador da Covid-19 e vai chamá-la de Ômicron, informou o órgão após uma reunião do Grupo Consultivo Técnico sobre o Vírus SARS-CoV-2 nesta sexta-feira (26).

Autoridades sanitárias da África do Sul notificaram na quarta-feira (24) a OMS sobre a nova cepa, que é potencialmente mais contagiosa e com múltiplas mutações.

“A situação epidemiológica na África do Sul foi caracterizada por três picos distintos nos casos notificados, o último dos quais foi predominantemente a variante Delta. Nas últimas semanas, as infecções aumentaram abruptamente, coincidindo com a detecção da variante B.1.1.529. A primeira infecção B.1.1.529 confirmada conhecida foi de uma amostra coletada em 9 de novembro de 2021”, diz a OMS em comunicado.

A Pfizer já anunciou que em duas semanas vai saber se a cepa provoca perda de eficácia da vacina desenvolvida por ela em parceria com a BioNTech.

A Ômicron passa a integrar a lista de variantes de preocupação, que é composta pelas variantes Alfa (Reino Unido), Beta (África do Sul), Gama (Brasil), e Delta (Índia).

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Corpo de Bombeiros do RN registra 72 salvamentos na praia de Pipa

Foto Ilustrativa: Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte, através do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), realizou 72 salvamentos na Praia de Pipa, no município de Tibau do Sul, a 85 km de Natal. Ao todo, a corporação também registrou 6.300 orientações e 5.300 advertências durante o período de janeiro a novembro de 2021. Os dados são da Secretaria do GBS e foram divulgados nesta quinta-feira (25).

“Em 2020, durante todo o ano, contabilizamos 50 salvamentos, 6.500 orientações e 3.800 advertências. Tudo leva a crer que vamos superar esses números em dezembro, principalmente de orientações e advertências, ou seja, atuando na prevenção ostensiva, que é a nossa principal medida para evitar óbitos por afogamento”, disse o major Roberto Oliveira, comandante do Grupamento de Busca e Salvamento.

Ainda de acordo com o oficial do Corpo de Bombeiros, uma das causas para o crescimento desse tipo de ocorrência são as ‘famosas’ correntes de retorno, sendo uma das maiores causas de afogamento nas praias brasileiras. Elas são provocadas porque, nos locais onde existem essas correntes, as ondas não quebram, arrastando o banhista para o fundo do mar. O major explicou também que, ao perceber que está em uma corrente de retorno, o banhista deve manter a calma e não gastar energia nadando contra a maré.

“O primeiro passo é manter a calma. Não sair perpendicular à praia, e sim pelas laterais da corrente de retorno. Além disso, se estiver próximo a alguém, é importante fazer sinal e buscar ajuda”, finalizou o major Roberto Oliveira.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *