Coronavírus: Brasil está abaixo da curva de crescimento de Espanha, Itália e EUA

Imagem: reprodução/YouTube

Segundo o secretário executivo do ministério da Saúde, João Gabbardo, a dinâmica da doença no Brasil está “abaixo da curva de crescimento da Espanha, Itália e Estados Unidos, a partir do centésimo caso.”

O ministério da Saúde divulgou, na tarde de hoje (04), os números atualizados do novo coronavírus. De acordo com a pasta, o número de infectados, no momento, é de 10.278. O número de mortes é de 431. O estado de São Paulo lidera tanto em número de casos (4.466) quanto em mortes (260).

Com esses números, o país ocupa a 16º lugar em casos da doença, o 14º lugar em óbitos e o 8º lugar em letalidade.

Em todo mundo já foram registrados mais de 1,18 milhão de casos e mais de 64 mil mortes.

No Brasil, nas últimas 24 horas foram notificados 1.222 casos – aumento de 13% em relação à sexta-feira (3). O incremento do número neste dia é o maior desde o início da coleta de dados do ministério da Saúde. O mesmo ocorre no número de óbitos: um incremento de 72 mortes, 20% em relação ao total de ontem (359).

A incidência medida do novo coronavírus no Brasil é de 4,9 casos a cada grupo de 100 mil habitantes. A proporção varia conforme o estado, e é superior no Distrito Federal (14,9 casos), seguido por São Paulo (9,6), Ceará (7,9), Amazonas (7,4), Rio de Janeiro (7,2), Rio Grande do Norte (6), Roraima (5,9) e Acre (5,1).

Os óbitos afligem mais os homens (57,6%) do que as mulheres (42,4%), de acordo com total de mortes apuradas até ontem. Oito de cada dez óbitos ocorreram com pessoas com mais de 60 anos.

A mesma proporção de pessoas que faleceram apresentava pelo menos um fator de risco de morte como cardiopatias, diabetes, problema nos pulmões e doenças neurológicas.

Passaporte da imunidade

Segundo Gabbardo, o ministério da Saúde pensa em formas de criar uma espécie de “passaporte da imunidade”, uma identificação para pessoas que contraíram o novo coronavírus, se recuperaram totalmente e já possuem anticorpos.

Essas pessoas, segundo o secretário, não podem mais transmitir ou ser infectadas, e já adquiriram imunidade. Elas podem ser úteis no contato com grupos sensíveis, como idosos, e possivelmente são aptas a retomar certas atividades.

Cidades sem casos

O secretário afirmou, ainda, que fechar cidades ou municípios que não contabiliza nenhum caso do novo coronavírus pode ser “uma medida excessiva”.

“Não significa que vai ficar assim para sempre. Podemos fechar, abrir, se julgar necessário. Acho que isso merece uma discussão. Pode ser que tenha sido antes da hora, e merece uma análise melhor”, afirmou.

*Com informações da Agência Brasil

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Justus disse:

    Não é uma defesa, é esclarecimento ao comentário do desgaste com a Chima. Leis jornais estrangeiros e diversos líderes atacaram a China. Manhumirim embaixador chinês esperneia. Só aqui. Nenhum presidente de câmara pediu desculpa. Só aqui. Por quê? Responda um entendido. Submissão? Povo não esclarecido?

  2. Votei ñ voto mais,não tem responsabilidade, é destemperado de uma ignorância tremenda.

    Agora PT nunca mais.

    Sou Mandela 2022…. quem viver Vera..

  3. Jr Laranjeiras disse:

    Mandetta 2022 meu presidente!

  4. Seu Lunga disse:

    Milhares de casos não notificados e nao testados, óbvio que vai ficar abaixo.

  5. Felipe Monteiro disse:

    Infelizmente esse corona vírus não escolhe quem atacar… matando pessoas inocentes… se matasse só petralhas e comunista, o Brasil sairia muito melhor dessa crise… bando de abutres.

  6. Eduardo Neto disse:

    Exato Ricardo Lúcido, se o presidente tivesse tido outra atitude, ao invés de Eduardo Bolsonaro estar desgastando a relaçao com o governo chines, teríamos os avioēs da FAB trazendo insumos da China, os EUA foram inteligentes e "rasparam" tudo, o presidente poderia ter trabalhado junto ao povo e pedido seriedade no isolamento, fechado aeroportos com antecendencia como ta fazendo a Russia ou como fez a Coreia do Sul…enfim, exemplos nao faltaram, mas ele preferiu o caminho do contra, da irresponsabilidade…

  7. RICARDO LÚCIDO disse:

    Poderia estar ainda melhor se o presidente , votei nele e me arrependo , tivesse contribuindo para isso

    • Nando do oeste disse:

      E vai votar novamente, o nosso presidente tem implementado medidas no campo da saúde, na economia e no social, que o mundo já está repercutindo positivamente, nas avaliações de pesquisas. Parabéns mito. Não esqueça: amanhã tem jejum. Hehehe

    • Victorino disse:

      Só pode ser um robô esse Ricardo InLúcido, estar em todos comentários falando a mesma merda, eu votei nele, vc votou no poste seu babaca.

    • .40 disse:

      " o presidente tem implantado medidas no campo da saúde, na economia e no social ", Nando do oeste, no campo da saúde, as medidas são do ministro Mandetta, que por sinal está fazendo um ótimo trabalho, medidas que o presidente é contra já na economia e social, até agora, nada de concreto. Votei em Jair Bolsonaro, pensando eu, estar fazendo a coisa certa, mas a cada dia que passa, vejo que esse voto foi perdido, pois ele tem ido contra tudo e contra todos.

    • Julian souza disse:

      Fique com lula mesmo seu Cururu de Bermudas.
      Quem vota no MITO, não se arrepende.
      Patriota não arrega, cagão.
      Fraco!!!!
      Kkkkkkkkkkk

    • Paulo disse:

      BG.
      Esses arrependidos de votar em Bolsonaro, deveriam terem votado no poste Haddad, participante da quadrilha que assaltou o País. CANALHAS salafrarios e incompetentes, se lembram do comentário do sapo de 09 dedos sobre os estádios em detrimento dos hospitais?. Votem neles babacas.

COMENTE AQUI