Covid: Associação Médica do RN defende tratamento precoce com Ivermectina

A Associação Médica do Rio Grande do Norte (AMRN) defendeu nesta segunda- feira (25) a adoção do tratamento precoce contra a Covid-19 com a prescrição de protocolo de medicamentos como cloroquina, ivermectina e azitromicina na fase inicial da doença, ressaltando que as drogas são eficazes, ajudam aos pacientes a não evoluírem para estágios mais graves da moléstia, coibem a sobrecarga do sistema de saúde com internações e evitam óbitos.

As declarações foram dadas em coletiva de imprensa realizada no auditório da instituição que contou com a participação do presidente da AMRN, Marcelo Cascudo (cardiologista); Geraldo Ferreira (anestesiologista); Fernando Suassuna (Infectologista); Álvaro Barros (Cardiologista); Marcos Leão (Hematologista); Roberta Lacerda (Infectologista); Luiz Alberto Marinho (Infectologista) e João Maria de Lucena Marinho (Cardiologista).

Todos os profissionais médicos foram enfáticos e reforçaram a necessidade da adoção do tratamento precoce, defenderam a autonomia do médico em observar as especificidades de cada caso e criticaram a politização da pandemia o que segundo eles acaba confundindo a opinião pública.

“A Covid-19 é uma doença nova e os médicos foram adotando suas condutas através da observação diária dos atendimentos realizados. Hoje é ponto pacífico entre a categoria que aquela orientação de só buscar o médico quando se sentir cansado é errada. A nossa recomendação é de que ao sinal dos primeiros sintomas é essencial buscar um médico e este ao observar as condições do paciente, seu histórico e situação prescreve a medicação que ele achar necessária. Também sabemos pela experiência vivenciada ao longo da pandemia que a adoção do tratamento precoce com cloroquina, ivermectina, azitromicina e outras substâncias mostrou eficiência e contribuiu para evitar o agravamento da doença. Portanto, baseado na opinião e experiência de médicos que estão no enfrentamento da Covid-19 desde o início da pandemia defendemos essa conduta”, destacou o presidente da AMRN, Marcelo Cascudo.

A infectologista Roberta Lacerda que atua nos Hospitais Giselda Trigueiro e Onofre Lopes revelou que trata pacientes em estágios iniciais com essas drogas e informou que existem diversos estudos e pesquisas de instituições internacionais que atestam a eficácia do tratamento precoce.

“Hidroxicloroquina, Ivermectina e Azitromicina são medicamentos usados há muito tempo para outros tipos de doenças e nesse período da pandemia quando aplicados em pacientes infectados pelo novo coronavírus, associados a outras intervenções terapêuticas produziram uma resposta bem positiva. As evidências que observamos no dia a dia atestam o sucesso dessa prática que precisa ser defendida e usada. Já existem diversos estudos e publicações corroborando e comprovando o que estamos vendo diariamente nas unidades de saúde e consultórios. É preciso deixar a população bem informada e dizer que há sim medicação para tratar a Covid-19”, asseverou Roberta.

GRANDE PONTO

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Bolsovirus disse:

    Só não entendo porquê não fazem um documento oficial e encaminham para o ministério da saúde e secretárias de saúde dizendo que pacientes com covid deveriam usar esse esquema. Evitaria que o doido da presidência e seu assecla do MS tivesse que ser acusado e investigados por recomendarem o tratamento. Também não consigo entender por que precisam pedir autorização dos pacientes? É aquela história, eu digo mas não assino. Façam esse documento e encaminhem para que o presidente e o ministro tenham um suporte para justificar suas recomendações.

  2. Ivan disse:

    A torcida pelo vírus pira!!!!! kkkkk, vc´s perderam…as vacinas estão aí e os tratamento precoce tb!!!!

  3. Lourenço disse:

    Idiotice pura, senhores Greg, Manoel Mané, Santos e ZeGado de todos osc comentários realizados, 27 corroboram a opinião da associação médica do RN, só vcs militantes negativos de uma esquerda moribunda, que só se sustenta nas pernas por termos um STF aparelhado e covarde, estão gritando o contrário, nada como ter um guru analfabeto, porem, escolado em roubos e mentiras. O Brasil tem medo e repele vcs desde 2016 é ainda vai repelir, com esse presidente ou outro que não seja da laia de vcs.

  4. Greg disse:

    A Própria ANVISA não recomenda este tipo de tratamento, assim como a Associação de Infectologia e o Conselho Médico Nacional…pra completar o a cereja do bolo, a própria OMS…só mesmo no "Principado do RN', que essas coisas passam…vergonha viu. Em outras Associações em outros Estados não são assim…só reforça a falta de unidade entre ambas…tudo isso é puxa saco com o governo Bolsonaro, não é medicina e sim militância…

    • Neto disse:

      "MILITÂNCIA"!!!!! Falou um militante petista! Tudo o que for bom para a população, ele é contra. Raça do mal. O que é de vocês a Justiça Divina trará. Esse protocolo que você critica, salvou a minha família, graças a Deus! Defendo aqui esses medicamentos, pois sofremos muito com a infecção dos nossos familiares, os quais após o tratamento com os remédios citados, foram CURADOS. Eu uso a Ivermectina como Profilaxia e até hoje não me contaminei. Esses médicos são profissionais qualificados e respeitados. Vamos divulgar para que as pessoas se cuidem. Tenho amigos que, assim como você, zombaram desse protocolo e contraíram coronavírus. Ao procurarem ajuda médica foram orientados a utilizar EXATAMENTE essas medicações. Estão todos vivos. Faça o bem. Pare de disseminar o mal. Até porque são remédios baratos e acessíveis a todas as classes sociais. Se você não pode ajudar, pelo menos não atrapalhe àqueles que precisam viver.

    • Lógico disse:

      Que tá falando em política e vc.
      Sim, quero ver como estão os índices desses estados que não adotam nenhuma medicação precoce.

    • Lógico disse:

      Faz assim, e vez de ficar bostejando o que sai na mídia, vai discuitir com um médico desses.

    • Nildo disse:

      O que você diz da vacina chinesa? A Anvisa aprovou sob pressão. Para de falar asneiras!

  5. Hipócrates Viana disse:

    As instituições representativas do Brasil hoje são completamente divergentes. O STF possui 11 ministros. Todos discordam de tudo entre si. No Executivo os Ministros dizem uma coisa e no outro dia o Presidente diz o oposto. Algumas Associações Médicas dizem uma coisa e os cientistas e pesquisadores do resto do mundo (médicos também) dizem o oposto.
    O que tá havendo? Estão fazendo o mesmo curso mas cada um com um livro diferente do outro?

  6. José Macedo disse:

    Alô esquerdopatas quem diz que ajuda no tratamento são os médicos da linha de frente que estão em contato diário com o paciente e não aquele que está com o vírus dentro de um tubo de ensaio, minha mãe com 76 anos e com histórico de câncer e hipertensão tomou no início e só teve sintomas leve.
    Alguém já parou para pensar porque as midiaslixo não fazem reportagem de mortos no continente africano , lá eles usam algum medicamento que reduz a mortalidade, mas Isso não é importante o que importa para as midiaslixo é a ciência e o quanto mais morte melhor.

  7. Manoel disse:

    Nada surpreendente vindo dessa associação de terraplanistas. A classe médica está totalmente desmoralizada. Felizmente há médicos ainda íntegros.

  8. Bezerra disse:

    Já usei e continuo usando Ivermectina!
    A maioria das pessoas que conheço também usaram e usam. Ninguém até o momento contraiu o vírus.
    Quem quiser toma, quem não quiser, não toma.
    Simples assim. Eh uma questão de escolha. Nessa guerra até injeção na testa, voga.

  9. Santos disse:

    Quem já ficou esperando um representante de medicamentos sair da sala do médico pra ser atendido?
    Pois é… então não é de admirar ver uma associação de médicos se posicionar a favor do uso de um meficamanto pra piolho no tratamento "precoce"🤔 pra covid.

  10. Raminho disse:

    O tratamento precoce tem sido realizado em todas as doenças. Covid tem sido essencial para salvar vidas. Parabéns ao Dr Albert Dickson que desde o início luta por esse tema e que tem dado certo e irá salvar muita gente ainda. Quem não quiser usar . Espera ser entubado e ponto final.

  11. Antonio Turci disse:

    Efusivos parabéns à Associação Médica do Rio Grande do Norte.

  12. SANDRA disse:

    As declarações foram dadas em coletiva de imprensa realizada no auditório da instituição que contou com a participação do presidente da AMRN, Marcelo Cascudo (cardiologista); Geraldo Ferreira (anestesiologista); Fernando Suassuna (Infectologista); Álvaro Barros (Cardiologista); Marcos Leão (Hematologista); Roberta Lacerda (Infectologista); Luiz Alberto Marinho (Infectologista) e João Maria de Lucena Marinho (Cardiologista).

    OLHA QUEM SÃO OS MÉDICOS…..TODOS ABSOLUTAMENTE RENOMADOS.
    EU CONFIO NELES.

  13. ZéGado disse:

    Morreram quase 217 mil pessoas no Brasil, essa associação estava em qual planeta? Desembarcou na terra essa semana foi?

  14. Lourenço disse:

    Ter de conviver, mesmo que em um blog, com pessoas despreparadas e radicais é o fim da picada. Como dito acima e alimentado por varios estudos, tudo sobre o covid é muito recente, afirmações precisas desmerecendo um ou outro medicamento, acontecem em decorrência de discussões científicas ainda não conclusivas. Fazer ou querer fazer uso dessas discussões para querer um tratamento ideal ou preciso é burrice. A politização sobre esse tema só favorece aos incautos e burros, deve-se tratar essa questao de forma comedida, seria e madura, pois culpar pontualmente esse ou aquele gestor ou tratamento não vai trazer a cura. Usar esse ou outro medicamento prescrito por um medico e decisão pessoal, toma quem quer e confia no prescritor. Sr. Manoel, arranje o que fazer, cabeça vazia é morada do diabo.

  15. Cesar Bomone disse:

    PARABÉNS a Associação Médica, o tratamento precoce tem salvado muitas pessoas, sem dúvida é uma excelente opção no enfrentamento da doença.
    Infelizmente os ESQUERDOPATAS GENOCIDAS preferem ver as pessoas em casa, doentes, sem tentar qualquer tratamento, até ficarem sem ar e precisarem se internar às pressas com risco grave de morte.

  16. Aprígio disse:

    Boa!!!
    Ótima notícia.
    Vamos continuar salvando vidas.
    Médicos corajosos, vem a público e bota a cara pra bater sem medo.
    Ao contrário da desgovernadora escondida que só sabe pregar o fiquem em casa.
    A rigor, o tal comitê científico ainda continua comendo o dinheiro do povo??
    E os respiradores vem ou não vem?
    Fátima do PT tá acabando com o RN.
    Os alunos da rede pública sem aula a um ano, e até agora não fez nada pra mudar essa realidade.
    É imoral!

  17. Jonatas disse:

    Sou diabético, do grupo de risco. Peguei a COVID e a partir do segundo dia de sintomas fiz o tratamento precoce com esses medicamentos. Não tive problemas, fiquei em casa e hoje estou curado.

    • Gonoud disse:

      Se nao tivesse tomado, nao teria o mesmo resultado.

    • Greg disse:

      Se tivesse comido jujuba teria o mesmo efeito…90% dos casos de COVID não precisa de internação..parabéns vc entrou na maioria.

    • Lógico disse:

      É muito cômodo ficar dando pitaco sobre a saúde alheia sem ter nenhum ônus por isso.

  18. Manoel disse:

    Estranho isso. Tanto a azitromicina quanto a cloroquina já foi comprovado que além de não ajudarem no covid, podem atrapalhar a recuperação… Ou seja, não eh uma questão de ter dúvida se ajudam, agora já se tem a certeza que não ajuda em nada!

    • CIÇO disse:

      Droga antiga que tem sim efeito antireplicaçao viral Manoel , foi inclusive usada em outras situações como epidemia do Ebola e dengue. A questão infelizmente são os interesses políticos e econômicos da indústria farmacêutica que preferem investir em novas drogas mais dispendiosas é que são protegidas de comercializações por outra laboratorios.

    • Darwin disse:

      É simples, se vc adoece, não tome!

    • disse:

      Taí uma possibilidade de "negacionismo", não? Ora, foi comprovado por quem? Não tá claro que os entendimentos de cientistas não são uma matemática, não há absolutos?
      Se só há – até à verificação da efetividade das vacinas – essa opção de tratamento PRECOCE (não finalístico, o que parecem não querer entender), você prefere morrer do que tentar a possibilidade de resistir ao vírus??
      Só tem um para-quedas no avião… você vai cair com o avião se o para-quedas não tiver o selo do Inmetro??

    • Severino disse:

      Mais um alienado que tem como base da vida as mentiras fabricadas por seus pares contra o governo. Saiba Manoel que no mundo real existem centenas de estudos publicados afirmando exatamente o que tem nessa notícia. Saiba também que existem cerca de 8 milhões de pessoas curadas do covid.
      Que as cidades onde foram adotados esses medicamentos, a grande maioria dos cidadãos que adoeceram de covid, ficaram curados.
      Acorde, abra os olhos para realidade

    • Paulo disse:

      Zémané tu só sabes criticar sem ter tido a experiencia relatada pelo paciente, cria vergonha na cara passa o dia falando asneiras BABACA OTÁRIO. Não sei como BG deixa um desleixado desse ficar comentando no blog, deleta essa jegue BG.

    • Januário disse:

      É simples Manoel, fique em casa! O cara vem discordar de vários médicos com um comentário desses…. se não é para apresentar algo produtivo no sentido contrário, fica na tua mermão, o papo é sério, seu moleque militantezinho desqualificado, vá estudar!

    • AVELINO disse:

      quando se mistura pandemia com politica da merda.

    • Junior disse:

      O argumento do negacionismo é seletivo, vários estudos científicos estão caminhando no sentido de comprovar que esse tratamento mecamentoso é positivo, entretanto por ter o reforço dessa recomendação simbolisada por Bolsonaro e Trump, aí uns idiotas não aceitam, isso sim, pode-se caracterizar negacionismo IDIOTA!

    • Ricardo Oliveira disse:

      Manoel parece que você vive das narrativas ilusionistas vendidas pela esquerda que foge da realidade. Toda cidade onde essa medicação não foi banida por seus prefeitos e governadores a população que pegou covid, teve apenas sintomas leves. Só para informar, que provavelmente você não faça ideia, no Brasil tem cerca de 08 milhões de pessoas curadas do covid.
      Saiba ainda que existem diversos estudos feitos, comprovando cientificamente que essa medicação realmente funciona na prevenção.

    • Deco disse:

      Vc com essa certeza das coisas esta deixando de ganhar muito dinheiro assessorado a OMS.
      Ta chamando todos os médicos que prescrevem esses medicamentos de burros?
      Então diz aí tua receita, sabichão.

    • Chicó disse:

      Você é doutor em quê ?

    • Chico 200 disse:

      Não tem nada comprovado que não serve. Continua fazendo seu papel de esquerdista, quem for jumento igual a você, vai seguí-lo.

    • Xô funerauta ! disse:

      Deus nos livre de passar no caminho de uma pessoa tão negativa. Para esse tipo de gente é soro antiofídico.

    • Manoel disse:

      Acho que vocês que vivem ilusão, só não sei de quem… Pesquisem! Os "protocolos" que são passados aqui no Brasil não são usados em nenhum outro lugar. Já houve pesquisas CIENTÍFICAS que não detectaram nenhuma vantagem em usar cloroquina nem azitromicina no combate ao covid. Se eu ou você tomar e melhorar NÃO PROVA NADA sobre a eficácia de um medicamento. As pesquisas não são feitas assim. Vocês tem certeza mesmo que onde se usam esses medicamentos a taxa de mortalidade é menor?! Soa estranho que a pesquisa científica no mundo TODO não tenha descoberto isso! Deve ser porque TODOS esses países são comunistas ou votam no PT né?! KKKK. Maduro lá na Venezuela também defende umas gotinhas mágicas para curar a covid… O MINTOmaníaco aqui faz o mesmo! Precisa ser muito bovino para seguir o INEPTO e esquecer da ciência viu!

    • Roberto disse:

      Falou o cientista Manoel. Sempre contrário a qualquer ato que possa trazer benefícios à população. Pois aqui em casa, 6 familiares, após a aparição dos sintomas do covid 19, se curaram com esse protocolo. Não precisaram de internação. Os demais, que não se infectaram, tomaram e estão tomando Ivermectina e até o momento, continuam sem contaminação, graças a Deus! Se fôssemos seguir o pensamento do Dr. Manoel, estaríamos, provavelmente, debaixo da terra, que é isso que a esquerda tresloucada deseja. Ô raça para disseminar o mal é a tal do petista. Manoel, os médicos citados são profissionais renomados. Já você… aparenta ser um baba ovos de Fátima Bezerra.

    • Incitatus disse:

      Deixe de dar murro em ponta de faca, Manoel. O "vírus" do Bolsonarismo é bem pior do que esta pandemia. O gado idolatra seu "Mito" como o dono da verdade! Se ele disse que cloroquina é bom, o gado vem e defende! É uma militância cega e aguerrida, como fundamentalistas religiosos são. Esse "mito" não é muito diferente do colega venezuelano Maduro. Lá o remédio milagroso são gotas misteriosas. Aqui são comprimidos de Cloroquina, que ninguém no mundo usa, nem os "USA".

COMENTE AQUI