Delatores confirmam à juíza substituta de Moro que reforma em sítio era para Lula

Foto: Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo

No primeiro interrogatório do processo do sítio em Atibaia, conduzido nesta segunda-feira (5) pela juíza federal Gabriela Hardt, dois delatores da Odebrecht confirmaram que a empreiteira realizou obras no imóvel para beneficiar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Gabriela assumiu os processos da Lava Jato na 13ª Vara Federal de Curitiba, depois que o juiz Sergio Moro anunciou que aceitou o convite para assumir o cargo de ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro.

Leia mais aqui em Gazeta do Povo, com informações do Estadão