DEMISSÃO EM MASSA: UnP demite professores com Mestrado e Doutorado e revolta alunos

O clima é de revolta e insatisfação na Universidade Potiguar (UnP), informações apuradas pelo Blog do BG apontam grande número de demissões de professores com Mestrado e Doutorado quer tinham décadas de serviço a instituição.

Há pelo menos quinze dias houve demissões no Curso de Medicina e hoje estão sendo chamados os professores mais experientes do Curso de Direito. Segundo as informações que chegaram ao Blog, pelo menos 10 professores do Curso de Direito já foram demitidos. A UnP faz parte da rede de educação Laureate que estaria fazendo o mesmo processo de demissões na Paraíba.

A situação está sendo grande revolta dos alunos que estariam se mobilizando para protestar. A direção da universidade ainda não se manifestou sobre o caso.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Maria disse:

    Na UnP sempre trocaram mestres e doutores por graduados. Isso não tem explicação complexa: mão de obra barata e desqualificada. Eu fui vítima disso. Uma vida inteira dedicada à ciência e estudo, e o valor disso é zero.

  2. Aluno de Pós disse:

    O que tem haver contigenciamento da educação federal com o as demissões da empresa de capital fechado Unp?

  3. Sandro disse:

    Salário mensal de R$ 1.100,00 (mil e cem reais) a professor universitário. Fazer FAXINA dá muito mais dinheiro.

  4. Leão disse:

    Sou aluno de engenharia e tá sendo humilhante estudar uma instituição tão desorganizada!!! Algumuns programa de disciplinas são dado pela metade e sua formação fica pela metade. Mostram as ementas com uma quantidade de conhecimento a ser ministrado mas só tem aula da metade. É quase uma propaganda enganosa!!!

    • Rodrigo disse:

      O seu português, repleto de erros básicos de concordância já é o indício do péssimo profissional que você será.

  5. Marcelo disse:

    A FADISP de São Paulo, também está demitindo Professores e acabou com o período matinal, prejudicando inúmeros alunos (as), inclusive eu

  6. Flávio disse:

    O curso de Odontologia está um caos!

  7. Flávio disse:

    No curso de Odontologia tiraram uma professora experiente da coordenação e colocaram um AMADOR que se encontra perdido sem saber o que fazer. A instituição IGNORA as constantes reclamações sobre a falta de gerenciamento no curso de Odontologia.

  8. Abilene disse:

    Isso também ocorreu com os cursos de Educação da UNP, no o prédio que fica na Avenida Floriano Peixoto infelizmente o campos vai ser transferido para o campo da Roberto Freire.

  9. Infelizmente isso está acontecendo no Brasil devido a uma demonstração totalmente fracassada e sem rumo, os investimentos que vinham sendo feito na educação se perderam pelo caminho, agora podemos ver como um concerto que o povo queria, agora vem mais desaprendizado para poder comandar. Cada dia que passa nossa economia cai é como se tivesse em uma ladeira abaixo, triste povo brasileiro que acreditou e acabou se decepcionando com a política que continua a mesma ou até pior. O que está destruindo o nosso país é a política, nós trabalhadores lutamos cansavelmente todos os dias para manter o país de pé, nossos políticos simplesmente não estão preocupados com a economia do nosso país e muito menos com que o seu povo vai passar, Sim estão preocupados com suas mordomias que não tem tamanho e nem limite e tudo quem paga é você meu caro contribuinte, enquanto isso as empresas vão se fechando e o desemprego aumentando é a realidade do atual Brasil .

    • Sônia disse:

      Sem crise. Mas eu vi muitos alunos de universidades fazendo arminha com a mão apoiando o Bolsonarco. E endemoniado o PT agora estão tendo o presidente de merda que apoiaram seguindo os idiotas do MBL, é lamentável onde esses lixos jogaram a educação do Brasil aliás jogoram o Brasil no esgoto. Deviam tá batendo panela e fazendo a dancinha sincronizada no meio das ruas. O bozococa vai agradecer pondo todos no xelindró.

  10. Joao paulo disse:

    A minha esposa é professora na Unp e ganha por essa árdua tarefa pouco mais de 1 mil reais. Não aguenta mais. Vai deixar. Aliada à desvalorização profissional, ali é a universidade da desorganização. Ganha das demais em todos os cursos. Nesse campo é vitoriosa.

  11. Joao disse:

    É uma pena esse desastre. Minha esposa é professora na Unp, ganha pouco mais de 1 mil reais, e até tenta de esforçar por esse valor, mas a desorganização é tanta que está desistindo. Vai deixar o barco seguir. Não tem mais força p tentar mudar essa bagunça.

  12. Alguém que sabe o que diz disse:

    Qual a dificuldade de vocês entenderem que estamos falando de uma universidade privada, mais precisamente de uma empresa (capitalista) privada?
    Nenhum dos que foram desligados, possuía a prerrogativa de estabilidade, todos estão sujeitos a rotatividade desse tipo de empresa, este é ônus, afinal estamos falando de uma rede internacional de ensino privada, uma operação com presença em todo mundo.
    Não há o que se falar em abuso, vergonha, crime, descaso ou qualquer outro tipo de adjetivo negativo afim de denegrir e diminuir a imagem da instituição.
    A UnP, é uma universidade de proporções gigantes, com um impacto social ainda maior que seu metro quadro. Quantas vidas são transformadas através de seus cursos e atendimento a comunidade?
    Enquanto empresa, se caso esteja em crise, é uma escolha dela em reduzir gastos, atitude legitimada por uma reforma trabalhista. Quanto instituição de ensino, é uma escolha saber quem emprega e mantém em seu quadro de funcionários, e qual o grau de conhecimento técnico ela exigira de sua equipe. Uma coisa eu garanto, a universidade, ela não é amadora, sabe muito bem o que faz, muita análise por trás de cada de ação, trabalha com números exatos e precisos, busca exatidão em tudo o que faz, e caso esteja errada, amargará as consequências em futuro, coisa que acho particularmente, muito difícil.
    A UnP é uma locomotiva para o mercado, onde até mesmo sua concorrência adere suas praticas e faz igual ou ao menos tenta copiar.

    • Fabricio disse:

      Camarada essas demissões são seguidas de recontratação de profissionais menos qualificados ou de "acordos" com os funcionários antigos que são recontratados por metade do que ganhavam. O nome disso é sucateamento e desvalorização de mão de obra qualificada. Isso é consequência da reforma trabalhista aprovada na gestão Temer e se o Bolsonaro aprovar a reforma previdenciária vai ficar ainda pior. O estado deveria ser agente regular para evitar absurdos como este. Este tipo de situação aumenta a desigualdade social, deixa os 5% mais ricos com mais grana a troca de mão de obra barata e desvalorizada. Esse é o novo Brasil que queremos? Vamos acordar minha gente.

    • Otto disse:

      Típico comentário de funcionária – reconhecível até os cacoetes do texto – da Laureate/UnP defendendo seu salario. Pena que ela vá perder também seu emprego…'alguém que sabe o que diz e avisa a alguém que acha que sabe o que está acontecendo mas está mais por fora que a quenga do côco.

    • Otto disse:

      "A UnP, é uma universidade de proporções gigantes, com um impacto social ainda maior que seu metro quadro. Quantas vidas são transformadas através de seus cursos e atendimento a comunidade?"

      não aprendeu pontuação? a vírgula depois da 'UnP' quase me fez rir, mas depois me lembrei que o assunto é muito sério e está além da Laureate, afinal sendo vendida a UnP continuará servindo ao RN e – espero eu – com uma maior qualidade e respeito aos consumidores e à comunidade local.

    • José costa Jr. disse:

      Locomotiva que precisa e vai ter que explicar isso aqui:
      https://apublica.org/2019/05/professores-acusam-laureate-de-forjar-documentos-para-obter-o-reconhecimento-de-cursos-ead-no-brasil/

      Professores acusam Laureate de forjar documentos para obter o reconhecimento de cursos EAD no Brasil
      Docentes denunciam irregularidades, dizem que foram obrigados a mentir para o MEC e a dar aulas em disciplinas fora de sua área de formação; documentos e áudio obtido pela Pública apontam algumas denúncias

    • José disse:

      Nenhuma notícia mais impactante sobre o descalabro e o desespero dos "Alguém que sabe o que diz" com uma manchete dessas da Imprensa Internacional:
      https://seekingalpha.com/pr/17539265-laureate-coo-ricardo-berckemeyer-step-helping-build-global-education-leader
      "COO and CEO of Brazil out
      Rearranging the deck chairs on the Titanic…"
      o subtitulo é apavorante: reearrajando as cadeiras no deck do titanic…

  13. Terceiro disse:

    Lamentável o status da Unp Laureat em Natal. Ora, enxugar despesas pode sim! Mestres e doutores podem ser demitidos, também podem, desde que sejam incompetentes e não atendam requisitos etc. Mas o que se sabe pela boca de dezenas de alunos é o contrário!Até professores com média de aceitação alta pelo discentes também entraram na leva. Estão brincando de administrar uma empresa deste porte com "meninos"sem nenhuma experiência administrativa na direção de cargos estratégicos na instituição. Veja como aconteceu: "eu não gosto de fulano e de cicrano, vou demitir quantos eu não for com a cara deles" Pode? Espere e vejam o que vai acontecer com a Unp com esse estado de coisas amadoras numa Academia!

  14. Igor disse:

    Fui vitima de fechamento de turma em Mossoró no início do ano, e agora estão demitindo professores. É um desmonte na educação no Brasil. Seja privada ou pública. Triste!

  15. jean disse:

    A UnP de tempos em tempos faz isso. Demite os professores mais qualificados para contrata-los novamente como horista ou outros com qualificação idêntica, mas sem experiência.

  16. TIAGO disse:

    Prefiro ir para o Walfredo do que ser atendido por um médico formado pela UNP, cada DOTÕ….

  17. Daniel disse:

    É por esses e outras que as universidades privadas no Brasil são uma bosta, quase não produzem pesquisa alguma, são irrelevantes, servem apenas de caça-niqueis. Conheço professores de universidades privadas aqui em Florianópolis que me falam que os alunos chegam no TCC e não sabem nem escrever. É um desastre só.

  18. Gabriella Martins disse:

    Sou aluna da Unp, já tenho uma graduação pela casa, estou terminando uma Pós e faço outra graduação … a Universidade está um caos, uma verdadeira balbúrdia. Estão demitindo os professores Mestres e Doutores mais experientes, para contratarem ( serviço prestado) e pagarem mais barato. Mas nós alunos, exigimos um serviço de qualidade e a Unp está deixando a desejar. Uma mensalidade de uma Pós é R$ 622,00 ( dependendo da área), muito alta para não termos um ensino de qualidade. Sem falar na desorganização que está na instituição, requerimentos abertos desde Fevereiro e não temos respostas. Isso é uma falta de respeito com os profissionais e nós, que infelizmente ainda fezemos parte da instituição. E mais, não estamos de " favor" então temos o direito de exigir, pois não dependemos do " Governo" para estudar, pagamos mensalmente uma mensalidade alta por sinal. Essa LAUREATE está em decadência, está sendo uma catástrofe essas demissões. A Unp já foi a melhor!

  19. Gabriella disse:

    Sou aluna da Unp a algum tempo, já tenho uma graduação, estou terminando uma Pós e faço outra graduação … a Universidade está um caos, uma verdadeira balbúrdia. Estão demitindo os professores Mestres e Doutores mais experientes, para contratarem ( serviço prestado) e pagarem mais barato. Mas nós alunos exigimos serviço de qualidade e a Unp está deixando a desejar. Uma mensalidade de uma Pós é R$ 622,00 muito alta para não termos um ensino de qualidade. Fora a desorganização que está na instituição, requerimentos abertos desde Fevereiro e não temos respostas. Isso é uma falta de respeito com os profissionais e nós, que infelizmente ai da fezemos parte da instituição. E mais, não estamos de " favor" então temos direito de exigir, pois não depenfemos do " Governo" para estudar, pagamos mensalmente uma mensalidade alta.

  20. Ivan disse:

    Bem vindos ao mercado com mis de 13mi de desempregados!!! Gestã americana é assim, antes de quebrar e dar calote em todo mundo, os caras tentam enxugar e manter a viabilidade… Qnd não der mais, vai todo mundo pra rua e fecham as portas…No Brasil, preferem raspar tudo antes, fechar, deixar o rombo com os fornecedores e não pagar nem as rescisões!!!!

  21. Cristina Ferraz disse:

    O governo quer acabar com a educação, só não vê quem não quer.

    • Lol disse:

      As faculdades vêm demitindo desde o ano de 2018, após a aprovação da "reforma" trabalhista que, aliás, já era proposta desde Dilma… E foi aprovada no governo de seu vice, Temer. Minha esposa também foi 'contemplada' com essas demissões. Lamentável que as empresas de "educação" tenham esse tipo de tratamento com os profissionais docentes.

  22. Rômulo disse:

    O enxugamento do quadro, à custa da qualidade do ensino, só reforça o caráter "caça-níqueis" dessa instituição, que não está se preocupando de fato com a formação do aluno.

  23. Valter F Silva disse:

    O MEC é 100% conivente com a situação, acorda Brasil, estão acabando com os professores. Ser pipoqueiro, vendedor de espetinhos, salgados, etc. Financeiramente é mais interessante e não exige especialista, mestres e doutores.

  24. Valter F Silva disse:

    Já passou da hora do governo intervir a favor da classe docente, os professores estão sendo massacrado e exterminados de maneira irresponsável e covarde em nome da redução de custos com consequente aumento na lucratividade. Exigem titulação de mestrado e doutorado como se estes títulos fossem conquistados gratuitamente. Quem pagar um valor hora aula que mau cobrem os custos de deslocamento e alimentação do professor. Uma simples diarista possivelmente ganha mais que um professor, e ainda tem condição e alimentação por conta do contratante. O valor hora aula não paga as horas que o professor trabalha em casa para elaborar aulas, criar e corrigir provas e trabalhos extras além de outros trabalhos de administração e secretaria que estão sendo impostos ao professor. Pensem bem professores, está mais que na hora de buscar outras opções de trabalho e fazer estes mercenários disfarçados de empresários da área acadêmica repensar suas formas de conduzir a educação que se transformou numa indústria de diplomas sem lastro.

    • Ivan disse:

      Nimguém é obrigado a aceitar uma proposta de emprego…Quem conhece as condiçoes de solvência é o empregador (q vai pagar a conta), se o empregado aceitar, ok, se não, bola pra frente e busque condições mais adequadas, isso se chama acordo mútuo ou bilateral…

  25. Valéria disse:

    No curso de Serviço Social também demitiram, e é previsto que na semana que vem aconteça novamente.

  26. Cigano Lulu disse:

    São os altos e baixos do mercado. Lá não tem Funpec não, seu menino.

  27. Gabi disse:

    Universidade lixo

  28. PEDRO disse:

    e são deuses? não poderiam serem demitidos?

  29. Carlos Henrique disse:

    Isso é o resultado de uma lei do Governo Lula que não obrigava as universidades de contratar somente professores com Mestrado e Doutorado, aí as universidades estão contratando só professores formandos com salários bem abaixo dos Doutores. Viva Lula minha gente…

    • Fabio disse:

      Agora Lascou mesmo … Tudo é Lula … Lula tá preso homi … idiotice da porra desse povo … Só vivem com essa Putaria de PT e Bolsonaro … já tá ficando chato isso !! Isso q tá levando o Brasil para o Buraco … essa divisão idiota … TODOS erraram e TODOS vão errar !!!

    • Fernando disse:

      Você tá certo, sendo pra penalizar o que o luladrão fez de ilegal, de maquiagem, de fraude, de entrega de riquezas pra países ditatoriais e alinhados com corrupção, ele teria que devolver uns 100 bilhões e pegar, no mínimo, 500 anos de cadeia. Ô caba de pêra esse nove dedos!

    • Gláucio disse:

      Lula? foi a reforma trabalhista que quase ninguém se interessou em discutir, as consequências estão chegando!! E quem paga a conta é o empregado!!! vai piorar muito!!

    • Otto disse:

      Pior que tem a culpa de Lula e Dilma sim senhor!
      Eles priorizaram as entidades particulares drenando bilhões para as bolsas da Kroton, Laureate etc. Além disso fazem avaliação de faz de conta. Estas empresas vampiras contratam professores com boa titulação apenas para aparecer diante do MEC, passada a visita do MEC, não precisam mais de Mestres nem de Doutores e os alunos que se lasquem com a mão de obra formada por professores precarios, muitos deles bem intencionados mas ralando pesado para sobreviver e porisso mesmo sem condições de darem boas aulas.

  30. Otto disse:

    a direção nacional da Laureate foi mudada recentemente. Trouxeram um cara de Baltimore para assumir a operação no Brasil, com ordens expressas de enxugar tudo. Aqui tem uma noticia maquiada com muito cuidado para não deixar transparecer a realidade:
    https://neofeed.com.br/blog/home/laureate-troca-de-comando-para-voltar-a-brilhar/
    " “Acontecerão outras vendas, eles estão se desfazendo de ativos e vão continuar”, diz um grande empresário do setor de educação."

  31. Otto disse:

    Só não nota quem não quer: A Laureate está indo embora do Brasil. Deve demais lá fora(3.2 bi de dolares) e já vendeu muitas pelo mundo e nem assim se equilibrou, agora começou a vender aqui. Vendeu a Uninorte(Manaus) e eu não ficaria surpreso se as proximas forem as nordestinas(PE, PB e RN). As demissões são os ajustes necessários para as vendas. Aqui dizem que tem um grupo forte que pode respaldar o antigo dono, Paulo de Paula, que inclusive continua como dono dos prédios, para reassumir as operações da Laureate no Nordeste, excetuando a Bahia, que dizem, não interessa a Paulo.

  32. Paulor disse:

    Se forem professores Petista tem todo o meu apoio…meu amigo isso é uma adequação do mercado.. com certeza os salarios estavam altos.. infelizmente na iniciativa privada vc pode demitir. o que não acontece na publica. vá abrir uma empresa para vc ver como toca a musica.

  33. Marly disse:

    Lógica do mercado. Não entendo o porque das suas matérias sempre denegrir a UnP.

    • Don disse:

      Ele faz isso não apenas com a UNP. Existem empresas concorrentes que patrocinam o blog. Simples.

  34. Realista disse:

    Notícia recorrente, lógica de mercado. Qual a razão de pagar mais caro para um Doutor, se pode pagar um salário chibata para um graduado/especialista? Se os preços dos cursos ainda fossem menores, até compensava estudar lá.

    • Marcos disse:

      Você quer aprender, saber mais sobre o mercado e novos conceitos, você acha que um graduado sabe mais que um professor com doutorado ? Outro fator, pesquisas sem fazem em cima de dados e conceitos, professores com doutorado já obtiveram resultados bem expressivos em sua linha de pesquisa, repassando a todo corpo docente até caminhos para se tentar encontrar soluções para casos jamais esclarecidos. Só tenho a externar cada vez mais a baixa qualidade dos professores desta instituição.

    • Realista disse:

      Amigo, Doutorado não quer significa didática nem garante que a pesquisa seja relevante ou recente, é só ver na UFRN a quantidade de doutores que não publicam faz tempo. Fora o fato de se doutorar em uma sub-área específica não signifique que se entenda das diversas matérias do curso.
      Há casos e casos, se a UnP quiser pesquisa ela tem que trazer de volta o pessoal mais graduado.

  35. João disse:

    Em sua maioria defendiam a Reforma Trabalhista, agora aguentem as consequências de terem pensamento de elite sendo povo.

    • José disse:

      João kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      O que uma coisa tem haver com a outra? Você mora em que mundo?
      A reforma trabalhista não atingiu a UNP em nada.
      A UNP vem demitindo os mestres e doutores desde o governo de Dilma, será que assim você consegue entender?

    • Joao disse:

      A instituição vem fazendo demissões em massa progressivamente e recompondo o quadro com novos contratados, já com a legislação nova. Caso você não tenha conhecimento, se um professor for demitido hoje, não poderá ser contratado pelo mesmo empregador num prazo de 06 meses. Então o que a empresa faz é contratar novos professores e diminuir seus ‘custos’, aumentando seu lucro e lascando os empregados. Não estou dizendo que a instituição está errada, até porque se eu fosse empregador faria o mesmo. Mas o sentimento de ‘acho é pouco’ vem à cabeça quando lembro dos professores que defendiam essa agenda das reformas eheheheheh e eu estive dentro da instituição durante todo esse período, inclusive no governo Dilma, e lhe digo que as demissões, à época, não eram em massa, mas existiam como em qualquer grande empresa.

  36. Angela disse:

    Em Estética e Cosmética tbm já tiraram excelentes professores , o pior que não tem professores e ficam enrolando com uns nada haver como curso.

  37. Joaquim Ferreira da Silva disse:

    Isso não é novidade, essa prática vem sendo adotada desde 2016, onde os antigos e preparados professores da instituição, vem semestralmente, gradativamente sendo afastados.
    Quem cursou na UnP até 2015 e hoje for visitar a universidade, provavelmente encontrará um quadro docente diferente em 90% dos cursos.
    A UnP já foi referência, destaque em alguns cursos em passado recente, será que essa prática vai manter a qualidade? Agora chegam notícias de um volume considerável de reclamações, vindas de todas as áreas. Em futuro próximo poderemos constatar a qualidade do ensino na UnP.

  38. Jefferson disse:

    Odontologia também passou o rodo. Na verdade tem 03 semestres que eles demitem todo fim de semestre.

COMENTE AQUI