Política

Deputadas e senadoras são majoritariamente contra a legalização do aborto, aponta levantamento

Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Tema que movimenta o debate político a cada eleição, como já ocorreu neste ano após uma declaração do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a descriminalização do aborto também mobiliza o Congresso e provoca um racha na bancada feminina. Levantamento do GLOBO mostra que as deputadas e senadores são majoritariamente contra a legalização do procedimento. Das 89 mulheres atualmente com cadeira no Congresso, 63 responderam ao questionamento — 44, o equivalente a 70% das ouvidas, se posicionaram de maneira contrária, enquanto 15 (24%) se disseram favoráveis, e quatro retornaram afirmando que preferiam não se manifestar.

No grupo que se posiciona contra a descriminalização, há 23 parlamentares que defendem a proibição em todos os casos, restringindo o que hoje é permitido em lei — a legislação autoriza o aborto quando a gravidez é resultante de estupro, nos casos em que há risco para a vida da mulher e se há má formação cerebral do feto. Outras 20 são contra, mas defendem que as autorizações específicas já previstas permaneçam. A deputada Carla Zambelli (PL-SP), por sua vez, discorda da descriminalização do aborto e afirma que o aval deve ocorrer só nos episódios em que houver risco de vida.

Já entre as parlamentares favoráveis à legalização, há quem defenda a ampliação dos casos previstos em lei e quem defenda que as hipóteses sejam irrestritas.

Os argumentos da ala que defende as restrições incluem o entendimento de que a vida deve ser preservada desde o zigoto, trecho do Pacto de São José, e o alerta de que o número de abortos poderá aumentar de forma indiscriminada. Já as parlamentares a favor da descriminalização sustentam que mulheres de alta renda, quando necessitam, recorrem a clínicas que efetuam a prática, enquanto gestantes pobres ficam à mercê de abortos clandestinos, arriscados. Outro ponto citado é que as mulheres têm autonomia sobre o próprio corpo, direito que não deve sofrer interferências externas.

De acordo com o estudo “Mulheres e resistência no Congresso Nacional 2021”, publicada pela ONG Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea), dos 26 projetos sobre aborto apresentados na Câmara dos Deputados e no Senado no ano passado, a maior parte amplia restrições. Dez deles, por exemplo, tratam de criminalização e punição, como o aumento da pena para mulheres que fizerem aborto em situações além das autorizadas em lei.

Para a deputada Dra. Soraya Manato (PTB-ES), não há justificativa suficiente que possa levar o país a rever a situação hoje vigente.

— Sou conservadora, cristã e a favor da vida. Como médica ginecologista e obstetra, tenho uma ligação muito forte com as gestantes. Sempre acompanhei todo o processo muito de perto. Não vejo justificativa para concordar com a legalização do aborto no Brasil. Sempre serei contra o assassinato de bebês inocentes — disse ela.

Já a deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS) vai no sentido oposto. Ela ressalta que ser a favor da descriminalização não significa endossar o ato, mas, sim, observar a realidade e construir uma solução que preserve a saúde e a autonomia das mulheres:

— Ninguém é a favor do aborto. Somos a favor de que mulheres pobres não morram em abortos clandestinos, enquanto as ricas se resolvem em clínicas de luxo sem problemas. Defendo que haja educação sexual para que as mulheres possam decidir sobre a concepção e não engravidem. E o aborto legal, para que não morram caso a gravidez aconteça e não haja condições de prosseguimento.

Uma pesquisa do Instituto Locomotiva, em parceria com o Instituto Patrícia Galvão, divulgada em março, mostrou que 77% da população concorda com a frase apontando que as mulheres pobres sofrem mais com a criminalização do aborto, já que não podem pagar por um procedimento realizado com orientação médica. Em 2018, em outro levantamento, o Datafolha identificou que 59% da população endossou que a lei do aborto deveria seguir como está.

Com informações de O Globo

Opinião dos leitores

  1. Quero saber é se são majoritariamente contra a corrupção, contra o orçamento secreto ou a favor da democracia sem demogagia e apologia a ditadura militar!

  2. “Outro ponto citado é que as mulheres têm autonomia sobre o próprio corpo, direito que não deve sofrer interferências externas.” Nesse caso o corpo é de um inocente, não é dela, que está sofrendo “interferências externas”. Me poupe. Argumento vazio.

  3. O papo é reto, se vc apoia algo que lhe distancia de Deus, vc encurta o caminho para o Satanás.
    A escolha é sua! ou vc esta com Deus, ou esta com o demônio.

    1. Então vc está bem distante de Deus e dorme com o demônio!!
      Deus, pai de Jesus Cristo, não é a favor de tortura.
      Gado Hipócrita

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

REDUÇÃO: Preço da gasolina cai em até R$ 1,00 em Natal

Foto: Reprodução

O preço da gasolina comum registrou queda em postos de combustíveis de Natal, chegando a patamares de até R$ 7,29, quase um real a menos do que estava sendo praticado há uma semana na capital potiguar. Na capital, postos que oferecem descontos a clientes cadastrados comercializavam a gasolina a R$ 7,23. Na semana passada, o preço em alguns postos da capital chegava a R$ 8,26.

O preço do óleo diesel também apresentou redução nesta quinta-feira (30), conforme constatou a Tribuna do Norte em visitas a postos de Natal e em consulta aos balanços publicados no aplicativo Nota Potiguar, da Secretaria de Estado da Tributação (SET-RN). O preço estava variando entre R$ 7,20 e R$ 7,89 para o diesel comum e R$ 7,45 e R$ 7,98, no caso do diesel S10. Na semana passada, o diesel estava sendo vendido a até R$ 8,40 na capital, superando o preço da gasolina pela primeira vez em 18 anos.

A justificativa para a redução é a sanção da legislação que isenta os impostos federais nos combustíveis, medida que entrou em vigor no último dia 23 de junho. A lei zera os impostos na gasolina, álcool e gás natural veicular (GNV) até o fim do ano.

Tribuna do Norte

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Celebridades

Termina pela 10ª vez o relacionamento de Maiara e Fernando

Foto: Reprodução

Acabou pela 10ª vez o relacionamento de Maiara e Fernando Zor. A informação foi confirmada na madrugada desta sexta-feira (1º/7) com pessoas próximas ao casal, de acordo com a coluna LeoDias.

Foram cerca de três meses desde a última reconciliação até aqui, e quando tudo parecia estar em um dos melhores momentos entre tantas idas e vindas, eis que a surpresa veio na madrugada de quarta para quinta-feira.

Segundo a coluna, amigas próximas a Maiara dizem que ela está muito bem, reagiu com tranquilidade ao término e está completamente focada no estrondoso sucesso da dupla. “Ela está sem tempo nem pra sofrer”, disse uma amiga.

Fernando e Maiara começaram a namorar há 3 anos. O número exato de separações é impreciso, mas fãs calculam que até a última reconciliação, que como citado acima foi em abril deste ano, a soma é de nove separações.

Com informações de Metrópoles

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Brasil

Cantor Filipe Ret é investigado por tráfico de drogas após ‘open maconha’ em festa de aniversário

Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Polícia Civil do Rio instaurou um inquérito para investigar o cantor e rapper, Filipe Cavaleiro de Macedo da Silva Faria, mais conhecido como Filipe Ret, pelo crime de tráfico de drogas, após ele oferecer um “open beck” ou “open maconha” em sua festa de aniversário, no último dia 23.

Em imagens postadas nas redes sociais pelo próprio artista, ele segura um balde azul com o que parece ser cigarros da droga dentro.

Convidados que estiveram no evento, como o surfista Pedro Scooby e o ex-jogador Ronaldo Fenômeno, devem ser intimados a depor na sede da especializada, na Cidade da Polícia, Zona Norte do Rio. A festa contou ainda com a presença de ex-BBBs Jade Picon, cantores, atores e atletas.

O Globo

SAIBA MAIS: Festa do rapper Filipe Ret tem “open maconha” e viraliza nas redes

Opinião dos leitores

  1. Esses cantor de rap são todos envolvidos com droga, não coloco rap nem fundo pra tocar na minha empresa, só gosto de cliente cidadão de bem

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Polícia

VÍDEO: Policial freia camburão bruscamente, preso bate a cabeça e fica paraplégico

Um homem preso ficou paraplégico depois de bater com a cabeça logo após uma freada do camburão em que o transportava.

O policial que conduzia o veículo precisou frear bruscamente e o detento, que estava algemado e não usava cinto de segurança, foi arremessado. Câmeras de segurança de dentro do camburão flagraram o momento do acidente.

R7

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social

TikTok remove 20 milhões de contas no 1º trimestre por suspeita de serem de menores de 13 anos

Foto: REUTERS

O TikTok removeu 20,2 milhões de contas no 1º trimestre por suspeita de serem de menores de 13 anos, o que vai contra as regras da rede social. O número é o maior desde que o relatório de aplicação das diretrizes da comunidade passou a ser divulgado, em 2020.

A “segurança de menores” continua sendo a principal razão para a derrubada de vídeos, segundo a empresa. Fazem parte desta categoria, conteúdos que explorem nudez e atividade sexual envolvendo menores — que são o principal montante entre os vídeos deletados dentro dela —, “atividades prejudiciais”, danos físicos e psicológicos, exploração sexual e comportamento de aliciamento.

“A nossa subpolítica de ‘nudez e atividade sexual envolvendo menores’ proíbe uma ampla gama de conteúdos, inclusive ‘menores com roupas mínimas’ e ‘dança sexualmente explícita'”, diz o TikTok. “Estas duas categorias representam a maioria dos conteúdos removidos com base nessa subpolítica. Materiais de abuso sexual infantil (CSAM, na sigla em inglês) são contabilizados separadamente.

g1

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Bolsonaro critica governadores que acionaram o STF contra redução do ICMS da gasolina: “Acham que está barata?”

Foto: Reprodução

Na tradicional live de quinta, o presidente Jair Bolsonaro (PL) condenou a ação dos governadores que foram à Justiça para barrar a diminuição do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Segundo o mandatário, muitos políticos estão ajudando, mas todos os nove chefes do Executivo estadual da região Nordeste – Pernambuco, Maranhão, Paraíba, Piauí, Bahia, Sergipe, Rio Grande do Norte, Alagoas e Ceará – se opuseram à medida e estão “unidos contra o trabalhador”.

“Esse pessoal [os governadores] que diz que está ajudando o pobre, é mentira. Ele quer mais é que o pobre se exploda”, declarou.

Bolsonaro também ressaltou que os partidos políticos que comandam os Estados da região são de esquerda, como o Partido dos Trabalhadores, Partido Comunista do Brasil e o Partido Socialista Brasileiro. “Estão achando que a gasolina está barata?”, questionou o comandante do Planalto.

Com a palavra, os governadores.

Jovem Pan

Opinião dos leitores

  1. Zema pra vice presidente, ia zerar os imposto todos
    Diferente de Fatman que liberar o álcool no preço da gasolina, assim fica ruim pros eleitores do PT que bebe até álcool de posto kkkkkkkkk

  2. Vamos aguardar o que Fátima Bezerra vai dizer. Responda aí Fátima pq vc é CONTRA A REDUÇÃO DE IMPOSTO, afinal vc tá contra o povo??

  3. Veio bom, justo e pelo povo é Bolsonaro. Esses governadores só querem saber de enricar os empresários e não estão nem aí para o povo.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Segurança

VÍDEO: Policial penal grava vídeo indignada com a morte de mais um policial civil no RN

Após o assassinato de um policial civil na noite desta quinta-feira (30), quando cinco indivíduos invadiram a casa de Cláudio Ferreira da Silva, amarraram sua família e lhe executaram aproximadamente 500 metros de sua residência, a policial penal Vilma Batista compartilhou um vídeo impactante.

No registro, ela solicita ao Governo do Estado e vários outros nomes competentes que reforcem todos os órgãos da polícia e reúnam, assim realizando uma varredura no Rio Grande do Norte contra esses criminosos.

“Se a gente não der a devida resposta, amanhã pode ser eu, você, qualquer um. Não podemos deixar que o crime tome conta do Estado e invada as nossas casas”, afirmou Vilma.

Opinião dos leitores

  1. O crime no RN é organizado. Quanto mais com o PT no governo. Ponham uma coisa na cabeça, enquanto a facção PT estiver no poder, tudo vai piorar. Imaginem se o bandido maior deles o Lula ladrão vencer?

  2. Sra. Wilma faz discurso apenas para colher frutos em momento de dor. Não é de atribuição da polícia penal atividade policial fora do âmbito peisional

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

MG: Zema baixa ICMS de gasolina, energia, telefonia e internet

Foto: Alex Silva/Estadão

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), anunciou nas redes sociais desta sexta-feira (1º) que assina o Decreto que reduz o ICMS da gasolina, energia elétrica, serviços de telefonia e internet no Estado.

“O imposto da gasolina era 31%, energia elétrica 30% e comunicação 27%. Todos passarão para 18% em nosso Estado a partir de hoje”, afirmou o governador.

Opinião dos leitores

  1. Parabéns governador Zema (MG), vc tá do lado do povo, diferentemente de Fátima (RN) que tá contra o povo. Vejam a diferença de um homem público!

  2. Parabéns governador Zenaide (MG), vc tá do lado do povo, diferentemente de Fátima (RN) que tá contra o povo.

  3. E aqui a jumentada segue de orelha murcha, com os coices que a lider da tropa contnua dando no povo.
    E dá-lhe coice !!!

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Terezinha destaca luta do prefeito Paulinho pela Estrada da Produção em São Gonçalo

Foto: Reprodução

“Assim que ele foi eleito, antes de tomar posse, contratou uma equipe para fazer o projeto. Ele acreditou. Ele sonhou junto com a população da zona rural”. A fala é da ex-primeira-dama de São Gonçalo do Amarante/RN, Terezinha Maia, ao destacar a luta e empenho do saudoso prefeito Paulinho Emídio para construir a Estrada da Produção que liga a comunidade Poço de Pedra, zona rural, ao Centro da cidade.

A obra, que já estava finalizada, foi inaugurada, oficialmente, nesta quarta-feira (29), pela governadora Fátima Bezerra e prefeito Eraldo Paiva em evento no IFRN campus São Gonçalo. “Infelizmente ele não está aqui hoje conosco. Mas ele foi feliz por ter visto a estrada concluída”, disse a viúva, concluindo: “Fica a marca de um grande guerreiro, que muito nos orgulhou como gestor, como pai de família e como companheiro”.

Opinião dos leitores

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clima

Marinha emite alerta de ventos de até 61 km/h no litoral do RN

Foto: Natinho Rodrigues/SVM

A Marinha do Brasil emitiu um alerta de ventos fortes no litoral do Rio Grande do Norte.

De acordo com o alerta, ventos de direção Sudeste a Leste, com intensidade de até 61km/h (33 nós), atingem a faixa litorânea entre os estados da Bahia e do Rio Grande do Norte, do sul de Salvador (BA) ao sul de Touros (RN). O alerta é válido entre a manhã do dia 01 e a noite do dia 03 de julho.

“Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio”, diz o comunicado.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no site.

Comente aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *