Desembargador nega pedido de sindicato para suspender instalação de hospital de campanha na Arena

Imagem: reprodução

Na petição ao TJ, a entidade de classe representativa dos médicos no RN alegou que o Edital de Chamamento Público para a contratação de Organização Social para implantar e fazer a gestão via contrato emergencial do Hospital de Campanha estaria sob suspeitas de favorecimento e supervalorização. O Sindicato dos Médicos também alegou que a rede estadual dispõe ao menos de 130 leitos no Hospital da Polícia Militar, tornando desnecessária a construção de uma unidade temporária.

Porém, o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) Glauber Rego considerou que o Sindicato dos Médicos não tem legitimidade para fazer o pedido. O mandado de segurança impetrado pelo Sindicato dos Médicos do RN visava suspender a instalação, pelo Governo do Estado, do Hospital de Campanha para atender pessoas contaminadas pelo Corona vírus na Arena das Dunas em Natal.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Jorge disse:

    Se o motivo foi só esse, é só o presidente do sindicato entrar com a mesma petição apenas mudando o nome para : Ação Popular

  2. Poincyana Sonaly disse:

    Você teria a fonte da pesquisa? poderia me passar?

  3. SHUBUGO disse:

    Queria só fazer uma pergunta temos hospital desativado em natal ?

  4. Francisco disse:

    Por favor me expliquei, o pq de construí o HOSPITAL DE CAMPANHA no gramado ao inves do estacionamento do estádio, sabendo q assim q passar essa fase e voltar ao normal vamos ter q gastar com uma licitação pra um novo gramado. Não estou preocupado com o gramado, mas com a economia depois de tudo isso.

    • Victor pablo disse:

      E quem disse que vai ser no gramado???

      O hospital de campanha sera no estacionamento. Anel inferior abaixo das arquibancadas!

    • humbabomber disse:

      Francisco foi na onda da fotografia, que mostra o gramado do estádio..
      hehehe

COMENTE AQUI