ELEIÇÕES: RN possui 30 municípios com mais eleitores que habitantes

Foto: reprodução/TRE-AP

O portal G1-RN destaca que o Rio Grande do Norte tem 30 cidades com mais eleitores do que habitantes. É o que aponta um levantamento feito com base nos dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e do IBGE.

O RN ocupa a sexta posição neste ranking. Na frente, estão Minas Gerais (118), Rio Grande do Sul (61), Goiás (58), Santa Catarina (38) e Paraíba (31). No Brasil, são 493 municípios nesta situação.

As diferenças podem ser explicadas por defasagem nas estimativas de população, disputas territoriais, migrações e fraudes, dizem especialistas e integrantes dos TRE´s.

O município que tem a maior diferença proporcional em todo o Brasil está no RN. O município de Severiano Melo (RN) tem 6.482 eleitores registrados, mas apenas 2.088 habitantes, segundo estimativa do IBGE divulgada em julho de 2020.

Também se destacam pelo alto índice de eleitores a mais que habitantes as cidades de Bodó, em que o número de pessoas aptas a votar equivale a 154% da população, Tibau (135%), Pedra Preta (130%), São Bento do Norte (129%) e Monte das Gameleiras (128%). Leia a matéria completa aqui.

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Santos disse:

    Esse é o conceito de moralidade que predomina no povo brasileiro, em particular no povo do RN. Mora num municipio, se queixa dos gestores, da violência, da falta de educação, de saúde e etc… aquele blá…blá…blá… td. Mas na eleição vai decidir o futuro de outro município, sabe Deus com qual objetivo. E o pior, está tudo bem.
    Ontem um comentarista disse no rádio, como uma forma de normalizar ou de diminuir a gravidade do problema, disse que é uma forma das pessoas aproveitarem para rever a família e etc…
    Hipocrisia é o mínimo que pode se dizer, pra não dizer coisa muito pior.

  2. Robert disse:

    Edison, é bom que seja esclarecido que habitação tem haver com domicílio territorial da pesdoa que habita (mora) no lugar. E para alguém ser eleitor precisa apenas de DOMICÍLIO ELEITORAL, que possui alguns critérios, onde o domicilio territorial é exigido, além de a
    outros que não obrigam vc a residir na cidade mesmo.
    Podemos ser eleitor numa cidade em que apenas trabalhamos, na cidade onde possuímos propriedade…
    Bom sempre se informar.
    A imprensa bem que pode ajudar nesse aspecto educacional.

    • Edison Cunha disse:

      Não é assim que a banda toca!
      Uma parte considerável desses eleitores são conquistados pelos candidatos fazendo transferência irregular apresentando comprovantes de residência falsos.
      A fiscalização do TRE para comprovar o domicílio eleitoral de quem solicita a transferência do título eleitoral é muito ineficiente, quase inexistente.

  3. Mario Pinto disse:

    Toda eleição tem isso é o problema se repete.
    Nada e feito, faz uma "arrumado" e a imoralidade continua.
    Era para a eleição ficar suspensa na s cidades até a questão ser resolvida.

  4. Edison Cunha disse:

    Se o TRE tem conhecimento que um município tem mais eleitores que habitantes, porque ele não suspende a realização de eleições até a solução definitiva dessa anomalia?

  5. Faça o bem disse:

    Isso pode, é legal?

COMENTE AQUI