EM QUAL DILMA ACREDITAR? Na que critica o decreto de Bolsonaro sobre as UBS ou naquela que defendeu parcerias com iniciativa privada para a área da saúde quando foi candidata?


Imagem: reprodução

A ex-presidente Dilma Rousseff fez críticas ao decreto de Jair Bolsonaro que previa estudos e avaliação de parcerias com iniciativa privada para as Unidades Básicas de Saúde – UBS.

Porém, em 2010, enquanto ainda era candidata à presidência, a própria Dilma Rousseff defendeu parcerias com a iniciativa privada para melhorar o serviço de saúde oferecido à população.

Segundo ela escreveu no Twitter nesta quarta-feira (28), o decreto era “um passo decisivo para a destruição do SUS”, criticando o decreto que acabou sendo revogado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Mas veja o que a própria Dilma Rousseff disse durante a campanha eleitoral para presidência em 2010:

“Efetivar o SUS significa necessariamente articular essa relação, seja através de parcerias público-privadas, seja através de parcerias de gestão, pra dar cada vez mais qualidade à serviço que é tão essencial pra população”, disse a então candidata ao receber a visita da Confederação Nacional de Saúde, que representa prestadoras de serviço e planos de saúde.

 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Carlos Araújo disse:

    Em quem acreditar, em quem critica tudo de Dilma, ou em quem usa as suas idéias para governar? Ela estava certa ou errada? Quando propôs estava errada e agora está certa? Ah tá, que dizer então que os atos do atual governo segue as idéias de Dilma?
    Sempre trabalhando com a inversão da lógica.
    Outra coisa, propor parceria não é a mesma coisa que privatizar ou acabar com o SUS.

  2. Rogério disse:

    É saber que muitos votaram nessa jumenta e brincadeira .

    • Véio de Rui disse:

      Difícil é entender como ela pariu milhões de jumentinhos pelo Brasil afora.

  3. Santos disse:

    Em qualquer uma das duas, mas nunca em Bolsonaro.

  4. Greg disse:

    Nossa BG, foi buscar num malabarismo histórico pra defender o BOZO< nessa foi longe hem? Quem diabos vai ouvidos a o obtuso como Bolsonaro, mas não…tem que ir atrás do petê…mas num era pra fazer diferente do petê? Então…pq a comparação? Estão fazendo igual, copiando?

    Bozo ta errado, DEFENDA O SUS OMI DE DEUS…essa foi de lascar mesmo.

    • Ruy disse:

      Meu caro, em nenhum momento o BG defendeu ou criticou ninguém, ele simplesmente fez uma crítica no fato de que hoje a Dilma crítica tudo aqui que ela mesma acreditou no governo dela só pelo fato, pelo prazer, pelo tesão de fazer oposição ao governo atual, fazendo o leitor refletir onde realmente ela quer chegar, no bem do povo ou na derruba do atual governo só para voltar ao poder. Geração Paulo Freire que não sabe interpretar um texto é FODA.

  5. Dinho disse:

    Isso é um troço… não sabe nem falar, quanto mais lembrar das colocações dela. É um quadrúpede

  6. Neto disse:

    BG, quem diacho, em sã consciência, dá ouvidos a essa anta? Ela não diz coisa com coisa. Desnecessária essa matéria. Era tão incompetente que foi impeachtimada. Quase acabou com o Brasil.

COMENTE AQUI